Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Perfil de Walmore Siqueira

12 de março de 2016 0

Referência quando o assunto é cardiologia, o médico Wálmore Siqueira faz de sua trajetória profissional uma brilhante história. Ele se formou em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina, com residência no Incor, na Universidade de São Paulo. Fez pós-graduação em Geriatria no Johns Hopkins Hospital, em Baltimore (Estados Unidos), onde morou durante algum tempo com a família.
Wálmore assumiu a presidência da Unimed de Blumenau durante dois mandatos, e liderou a criação do Hospital Dia na cidade, além do Homecare e da SOS Unimed. Durante sua gestão lançou a Unicred, inicialmente com a participação de 33 médicos e hoje com mais de 8,5 mil cooperados, e criou a Usimed para reduzir o custo de medicamentos e serviços para os clientes da Unimed. O médico também já foi vice-presidente da Federação das Unimeds em Santa Catarina. Hoje Wálmore atua na primeira clínica de cardiologia da cidade, onde tem uma equipe interdisciplinar envolvendo neuropsicologia, reabilitação cognitiva e nutrição, e se dedica à cardiogeriatria.
Bem casado com Mirella Menezes, uma das paixões do casal é viajar e conhecer o mundo – que aliás já conhecem quase todo. Ele é pai de Maria Eduarda, que segue seus passos na Medicina e de Maria Gabriela, que aguarda seu segundo neto. O primeiro, Vitor, é hoje seu xodó. Sua família é seu tesouro e é uma das mais bacanas, animadas e bem resolvidas que conheço. Sou muito fã.
Hobby: leitura.

Lugar inesquecível: Croácia, junto com minha família.

Música: Bossa-nova.

Mania: comprar vinhos, queijos e azeites.

Filme: gosto dos franceses.

Luxo: não trabalhar nas sextas-feiras.

Não vive sem: atualização.

Sonho: aumentar a expectativa de vida das pessoas para cem anos, com qualidade.

Caos: o trânsito no retorno do fim semana para Blumenau.

Comida preferida: bacalhau.

Cidade em que moraria: Florianópolis.

Porque escolheu a medicina e a cardiologia? Para poder ajudar pessoas nos momentos difíceis, e a cardiologia pelo desafio de aprender a interpretar exames de alta complexidade.

Quando uma pessoa deve procurar um cardiologista? Devemos procurar um cardiologista de forma preventiva para saber nosso grau de risco, nutrição, estresse e genética para programarmos mudanças caso seja necessário.

Homens ou mulheres, quem está mais propenso a desenvolver doenças cardíacas? Homens antes dos 45 anos e mulheres depois da menopausa. Portanto, mulheres, não descuidem do coração!

Hereditariedade ainda é o maior fator de risco? A hereditariedade compõe um fator importante de risco, que pode ser minimizado pelas possibilidades de diagnóstico precoce e medicamentos poderosos.

Nos agitados dias de hoje, que cuidados devemos tomar? Devemos adotar medidas para uma dieta equilibrada, fazer atividades físicas de 3 a 4 vezes por semana e saber aproveitar os momentos de lazer.

Com quais tecnologias as clínicas contam hoje? A tecnologia evoluiu muito rápido e chega também em qualquer lugar. Sou fascinado pela revolução digital tanto para os cardiologistas como para os pacientes.

Se não fosse médico seria: estudante de Filosofia.

Conselho: faça prevenção anualmente e aproveite todos os benefícios da vida de forma adequada.

Frase: a raiva pode ser breve, mas pode causar danos que vão durar para sempre.

foto de Patrick Rodrigues

foto de Patrick Rodrigues

Dê sua opinião

comentários

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: