Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Perfil de Gilson Hoepfner

16 de maio de 2016 0

No ano que vem serão comemorados 500 anos de Reforma Luterana, que ocorreu na Alemanha em 1517. E a comunidade religiosa de todo o mundo já se prepara para as festividades. Para falar um pouco mais sobre o assunto, a coluna traz entrevista com o jovem pastor Gilson Hoepfner, responsável pela Pastoral Escolar da Escola Barão do Rio Branco em Blumenau.

Nascido em Joinville, ele permaneceu por cinco anos na Igreja Evangélica Luterana do Centro de Blumenau, junto ao pastor Valmor. Na sequência assumiu o cargo na escola, sempre participando ativamente da vida religiosa na cidade.

Gilson acredita que cada pessoa tem seu momento de descoberta de vocação. Ele sempre teve a vida ligada à igreja, ia aos cultos com a família, mas nunca havia se descoberto como pastor.

Então, durante os anos que cursou faculdade de TI (Processamento de Dados), em Joinville, participou de um encontro de vocação, promovido pela Igreja. Na ocasião ocorreu uma oficina de teatro, e ele se impressionou com a cena de uma benção. Foi impactante e o marcou profundamente. Ali nasceu sua história com a pregação. Foi atrás de seu caminho e, em 1998, ingressou na Faculdade de Teologia de São Leopoldo, primeira faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação.

Ele conta que hoje administra bem o tempo entre família, escola e igreja. É muito interativo e aberto aos alunos, que o procuram para pedir conselhos sobre todos os temas. Ao passear com ele pelos corredores da Barão, foi fácil notar como é querido por todos.

Foi uma entrevista gratificante e muito bacana. Espero que curtam!

Hobby: Assistir bons filmes.

Livro: “Geração de Valor”, de Flavio Augusto Silva.

Música: rock Nacional.

Caos: falta de diálogo.

Sonho: mais igualdade social.

Comida preferida: frutos do mar.

Como é a preparação para se tornar pastor? São cinco anos de estudos teóricos, na Faculdade de Teologia, mais um ano e meio de prática.

Esta profissão é remunerada? Sim, é igual para todos os ministros, estipulada por um concílio, a cada ano.

Quais as festividades programadas para festejar os 500 anos de Reforma Luterana? Há 10 anos a Alemanha se prepara para 2017, com eventos culturais e sociais. No Brasil há uma contagem regressiva de cinco anos. São comemorações pontuais, como o selo comemorativo que foi lançado no país, concertos de músicas eruditas, encontros e sim, ano que vem haverá algo especial.

Qual o rito mais importante da Igreja Luterana? A Palavra, a coerência com a realidade, o próprio culto. A pregação pura do evangelho.

Qual a procura para a prática hoje? Hoje a gente percebe, não só na nossa religião, que os impulsos para seguir a vocação não ocorrem mais tanto. Sempre há, mas diminuiu com os anos.

E os jovens? Aqui em Blumenau a frequência deles é bem considerável. Aos finais de semana, a turma chega a ter 50, 60 integrantes só aqui no Centro.

Como atualiza as histórias bíblicas para hoje em dia? Com muita pedagogia e bom senso, utilizando uma linguagem que todos entendam, até as crianças.

Sua função na escola: não é catequizar e doutrinar. É manter a escola em clima harmonioso, conversar com estudantes, manter valores e princípios humanos, e ter um olhar cuidadoso.

Conselho: viver a verdade acima de tudo.

Frase: “A paz se possível, a verdade a qualquer preço”

Pastor- foto de Patrick Rodrigues

Pastor- foto de Patrick Rodrigues

 

Dê sua opinião

comentários

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: