Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Perfil de Edgar Guimarães

25 de fevereiro de 2017 0

O atleta profissional de Jiu-Jitsu e Bicampeão mundial, Edgar Guimarães de Souza hoje festeja uma nova conquista em Blumenau.

Ele nasceu em Imbituba e conta que a família é fundamental para ter forças e vontade de vencer no tatame, tanto no esporte tanto na vida.

Seu contato com as artes marciais começou na infância, e desde então, Guima- seu apelido- praticou várias modalidades esportivas como karatê, judo, boxe e o jiu-jitsu que pratica ha mais de 10 anos conquistando títulos e resultados importantes.

O atleta mora em Blu há 16 anos e conquistou três medalhas de ouro no Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu nos anos de2015 e 2016, duas medalhas de prata do Campeonato Europeu, também em 2016 e duas medalhas de bronze no Campeonato Mundial Master ocorrido em Las Vegas ainda neste ano que passou.
Ele também conta que apesar de todas estas, sua maior conquista, foi a concretização de um sonho- sua Escola de Jiu-Jitsu Brasileiro – EJB inaugurada no mês de janeiro aqui na cidade.

A principal proposta da escola diz ele ” É oferecer bem estar e qualidade de vida aos aprendizes da arte suave, utilizando como ferramenta para proporcionar esses benefícios o Jiu-Jitsu, e assim transformar positivamente a vida das pessoas.”

Muito bacana a iniciativa e o incentivo ao esporte aos nossos jovens blumenauenses.

 

Hobby- O surfe é meu maior hobby. Tenho praticado muito pouco :(

Lugar Inesquecível- São vários os lugares especiais, dentre alguns Praia do Rosa, Lisboa e Califórnia.

Música- Pontes Indestrutíveis – Charlie Brown Jr.

Mania- É muio doida essa mania, mas tudo que eu faço pro lado esquerdo tenho que fazer pro lado direito também kkkkkk
Filme- Moneyball – O Homem que Mudou o Jogo.

Luxo -Um bom churrasco com a família.

Não vive sem- O Jiu-Jitsu.

Sonho- Transformar positivamente a vida das pessoas com o Jiu-Jitsu pelo mundo com a Escola de Jiu Jitsu Brasileiro – EJB.

Caos- Falta de respeito.

Comida preferida- Aquela preparada com todo carinho por minha mãe, seja ela qual for.

Cidade que moraria- Blumenau foi o local que escolhi viver e continuaria sempre escolhendo esta cidade maravilhosa que me acolheu de braços abertos.

Como nasceu sua história com o Jiu Jitsu– Devido a influência de muitos amigos que percebiam em mim a habilidade para ter uma bom desempenho no Jiu-Jitsu. Com muito treino e determinação as conquistas começaram a acontecer naturalmente.

Qual momento mais importante de sua carreira- O momento mais importante na carreira de atleta foi ter conquistado o meu primeiro campeonato Mundial em 2015.

Como surgiu a idéia da Academia?

Em 2014 eu vi uma oportunidade de poder explorar melhor o Jiu-Jitsu, de criar algo que fizesse realmente a diferença na vida das pessoas. Então, comecei a planejar o meu negócio dentro do Jiu-Jitsu, surgindo a Escola de Jiu-Jitsu Brasileiro – EJB que é diferente desde sua estrutura até sua metodologia de ensino, visando o bem estar e qualidade de vida dos alunos.

Qual sua rotina de treino-

Minha rotina de treinos já chegou a ter 15 treinos por semana entre preparação física e Jiu Jitsu, sempre muito puxa e hoje tudo está bem diferente tem muito planejamento e mais eficácia. Varia de 6 a 8 treinos por semana.

Qual o diferencial do Jiu Jitsu brasileiro?

Resumão bem simples: possibilita “pessoas mais fracas fisicamente” a ter vantagem em um combate corpo a corpo com “pessoas mais fortes” sem precisar dar um soco ou chute. E pra o Jiu Jitsu Brasileiro pode transformar sua cabeça, seu corpo e sua alma e o melhor de tudo, sem violência. É o que empregamos aqui na EJB.

Com quem (alguém famoso)já teve a oportunidade de treinar?

Tem vário famosos que já treinei desde artistas a atletas do UFC, mas prefiro deixar uma saudação especial para todos os grandes atletas do Jiu Jitsu que tive a honra e o privilégio de conhecer e treinar. Que vai desde Roger Gracie, passando por Lendro Lo e Rafael Mendes por exemplo.

Onde busca inspiração? Qual seu ídolo?

Essa pergunta é bem bacana porque eu me inspiro em muitas (Steve Jobs, Bill Gates, Bill Bowerman, Phillip Knight e muios outros) e principalmente na minha própria história que é marcada por muitas batalhas e superações . Vejo que é muito importante valorizarmos a nossa história!

Conselho- Pra tudo na vida sempre faça um bom planejamento, analise tudo inclusive os riscos, capacite-se e vá pra cima.

Frase – Encare de Frente todos os seus desafios!

Edgar foto de Pedro Waldrich

Edgar foto de Pedro Waldrich

Dê sua opinião

comentários

Perfil de Patrícia Müller

18 de fevereiro de 2017 0
foto de Pedro Waldrich

foto de Pedro Waldrich

 

A blumenauense, neta e sobrinha de bordadeiras que produziram os enxovais das mais nobres famílias da região realiza hoje trabalhos manuais maravilhosos por aqui.

Neta também de professor e de chapeleira, conta que na sua infância já brincava em meio às maquinas e aos retróses de linha.

Casada, buscou uma ocupação para ajudar na renda familiar, foi quando sua mãe ensinou a costurar algumas pequenas peças.

Era uma questão de tempo para se tornar artesã profissional.
Formada em Turismo, ela trabalhou até 2008 na área de Marketing.

Elam era autodidata em patchwork até o período em que iniciou seus cursos de aperfeiçoamento.

Hoje possui seu próprio ateliê com loja, o Ateliê Casa de Pano, onde atende mais de 100 alunas.

Atua também como professora convidada em diversos workshops e festivais.

É autora de dois cursos On Line, nos quais ensina tudo sobre patchwork.

Mensalmente ela ministra aulas no programa Atelie na TV, em São Paulo, do apresentador e empresário Dotan Mayo, o mais conceituado apresentador de artesanato do Brasil.

Patrícia é professora efetiva do Festival de Patchwork de Campos do Jordão e professora convidada do Festival de Quilt e Patchwork de Gramado.

Em 2014 seu trabalho, produzido em conjunto com Solange Radloff, foi premiado no Festival de Quilt Patchwork de Gramado, agraciado com o “Melhor uso da Cor“ de todo o festival e terceiro lugar na categoria “Iniciante“.

Em 2016, este mesmo trabalho recebeu o premio de 1º lugar na categoria Quilt Tradicional, no Festival Floripa Quilt e no mesmo ano, um novo trabalho foi novamente premiado em Gramado, na categoria Quilt tradicional.

Atualmente é Vice presidente da ABPQ – Associação Brasileira de Patchwork e Quilt.

Suas criações são lindas de viver!

 
Hobby – Curtir os netos Ana Julia e Bento

Lugar Inesquecível – Gramado, na edição em que recebi meu primeiro prêmio no maior concurso de Quilt e Patchwork do Brasil!

Música – MPB ou a que o momento sugerir

Mania – perfeição

Filme – aventura

Luxo – Um bom vinho com os amigos

Não vive sem – Família e Patchwork

Sonho – Premio no maior festival de Quilt e Patchwork do mundo – Houston – Texas

Caos – politica brasileira

Comida preferida – Sushi
Cidade que moraria – em nosso pequeno paraíso, Zimbros!
Qual curso é mais procurado no ateliê – Patchwork
Sua técnica preferida – Dentro do patchwork existem milhares de técnicas, e cada nova que aprendo, é minha preferida no momento!!
Onde busca inspiração – mestres (em especial os brasileiros), literaturas (espanhola, alemã, japonesa, americana), cotidiano (decoração, arquitetura, natureza)
Quais aulas o ateliê oferece e quais idades podem frequentar- temos alunas de 20 a 70 anos!

Oferecemos cursos de Patchwork, Artes Aplicadas, Crochê e Bordado, Corte e Costura, Cartonagem e Gastronomia. Nossa loja, aberta ao público, possui tudo o que as alunas e clientes precisam para estas terapias! Todos os ambientes são climatizados e equipados, além de possuirmos um delicioso espaço de café e um cantinho de manicure!!
Qual trabalho marcante que já realizou – Meus dois trabalhos premiados “Movimento em Cores (2014)” e “Bem Vinda Nova Estrela (2016)”
- Campanha Almofada do Coração, entregue às pacientes mastectomizadas da RFCC

Que artista do seu ramo que admira- Doris Teixeira, a inigualável, para não ser injusta com muitos que admiro.
Você apenas dá aula ou realiza trabalhos sob encomenda? Atendemos também encomendas, criamos peças exclusivas, desde utilitários ate enxovais completos!

 

Conselho – Quanto mais aprendemos, menos sabemos. Para ser um bom professor busque sempre conhecimento, e entregue, integralmente aos seus alunos, sua mente, alma e coração!
Frase – A porta mais bem fechada e aquela que se pode deixar sempre aberta!

 

Dê sua opinião

comentários

Hamburgueria Barbecue em Blu

17 de fevereiro de 2017 0

A coluna foi conferir de perto a nova Hamburgueria Barbecue, recém inaugurada na rua Chile 253, na Ponta Aguda. O local é uma graça, bem na esquina com mesas externas e um cardápio de dar água na boca, bem no estilo food porn. As sobremesas também são um show a parte e o atendimento é nota mil. Alguns dos nossos pedidos: Hambúrguer de costela com farofa de banana, hambúrguer de cordeiro com molho de gorgonzola e hambúrguer com creme de cheddar. Todos acompanham 2 tipos de maioneses artesanais(adorei a de azeitonas prestas e a de manjericão) e batatas de vários tipos. Eu escolhi chips de batata doce. Tudo muito saboroso e farto. A casa é uma franquia de BC e partir de agora será a referência para as outras que virão, conta o empresário Felipe Lyra.

Chips de Batata Doce e hambúrguer com gorgonzola

Chips de Batata Doce e hambúrguer com gorgonzola

Dê sua opinião

comentários

Villa Gourmet em Blu

16 de fevereiro de 2017 0

Foi um sucesso a inauguração do Villa Gourmet, novo espaço de Kátia e Evandro Freygang. A peixaria ficou muito bacana, com produtos frescos e congelados e um painel belíssimo do artista catarinense Jesus Fernandes(o mesmo que realizou o painel no restô Ostradamus em Floripa). A Casa do Temaki servirá no deck e no espaço superior- onde a decoração está uma graça, também, com um grande painel feito pelo artista plástico Julian Gallash. Também haverá sushis para levar pra casa e a Casa do Café atenderá no espaço inferior. Promete realmente ser um dos hotspots da cidade.

Fotos de Pedro Waldrich

IMG_1474

Villa Gourmet

IMG_1586

Espaço interno

IMG_1636

Espaço superior e obra de Julian Gallasch

IMG_1997

Convidados

IMG_1871_Evandro Freygang e Kátia Simão Freygang

Evandro Freygang e Kátia Simão Freygang

IMG_1624_Catarina, Alvir e Vera Simão

Catarina, Alvir e Vera Simão

IMG_1941_Gonzalo e Cibelle Beltrame

Gonzalo e Cibelle Beltrame

IMG_1831_Sergio Hammes e Lucimar Sbaraini

Sergio Hammes e Lucimar Sbaraini

IMG_1948_Carmem Deschamps, Marcos Luz e Julia Luz

Carmem Deschamps, Marcos Luz e Julia Luz

 

Dê sua opinião

comentários

Cupcake Salgado

14 de fevereiro de 2017 0

A Fairyland, a charmosa cupcakeria do bairro Santo Antônio de Lisboa, em Florianópolis, aposta em um sabor inusitado: o cupcake de caramelo salgado.

O caramelo salgado é comum nos Estados Unidos e Europa, de onde o empresário Fernando D’Aquino Machado trouxe a ideia. O caramelo salgado é mais usado em cafés, mas o chef pâtisserie aposta em uma versão do sabor para fazer o famoso bolinho inglês.

O caramelo salgado é da França. A ideia nasceu pelas mãos do confeiteiro Henry Le Roux. Aproveitando a famosa manteiga salgada da Bretanha francesa, ele criou um caramelo com nozes feito com o ingrediente. A receita foi patenteada em 1981, mas o conceito do caramelo salgado pegou.

A Fairyland fica na Rua dos Açores, 1740.

Cupcake

Cupcake

 

Dê sua opinião

comentários

Perfil de Ivo Müller

14 de fevereiro de 2017 0
Ivo Müller- foto Marcos Alves

Ivo Müller- foto Marcos Alves

 

O ator catarinense Ivo Müller segue no próximo mês para Berlim, onde participa mais uma vez do famoso Festival Internacional de Cinema. Ele ficou conhecido pelo premiado longa Tabu, dirigido por Miguel Gomes, diretor português. O filme foi superpremiado e concorreu ao Urso de Ouro no Festival de Berlim de 2012, ganhou o Prêmio da Crítica Internacional e ficou entre os melhores do ano na época para a revista Cahiers du Cinéma.

Ele nasceu e estudou em Floripa, filho de Ivo e Stella, ele de Grão Pará e ela de Braço do Norte. O casal saiu do interior de Santa Catarina para estudar e nunca mais deixou a capital do Estado.

A iniciação escolar de Ivo foi no CEMJ, o Menino Jesus, escola que usa o Método Montessori. Foi onde ele teve contato com o “jogo lúdico”, o que, avalia, foi uma semente para sua formação artística. Depois estudou no Colégio Catarinense. Na época não havia teatro, mas em uma oportunidade a professora de história pediu um trabalho em forma de encenação e “A Vinda da Família Real” acabou sendo sua primeira vez num palco com plateia.

Morou na ilha até 2002, ano em que se formou na UFSC, e depois se mudou para São Paulo.

Foi cronista do Diário Catarinense e chegou a ser vocalista em uma banda de rock, mas atuar é sua grande paixão.

No teatro, atuou na primeira versão da premiada montagem de “Doze Homens e Uma Sentença”, dirigida por Eduardo Tolentino, do Grupo TAPA; nos EUA, estudou no Susan Batson Studio com o ator e preparador de elenco Clark Middleton e no cinema brasileiro já interpretou vilões e coleciona participações em minisséries e curtas.

Em 2016 fez uma turnê pelo interior paulista com a peça “Huis Clos – A Portas Fechadas” e para fechar o ano que passou ele foi um dos destaques da 32ª Bienal de São Paulo pela atuação no curta “Os Humores Artificiais”, do artista português Gabriel Abrantes.

Este é o filme que segue para participar do 67º Festival Internacional de Cinema de Berlim, e a gente, como catarinense, torce por aqui, afinal é o nosso estado com mais uma promessa de sucesso mundial.

-

- Hobby: capoeira.

- Lugar inesquecível: Vale da Lua, no Deserto do Atacama, no Chile.

- Música: todo o disco “Transa”, do Caetano.

- Mania: sublinhar os livros que leio.

- Filme preferido: O Poderoso Chefão, o primeiro.

- Luxo: estar com filme no Festival de Berlim pela segunda vez.

- Não vive sem: minha família.

- Sonho: os mais ousados.

- Caos: viver em cidade grande.

- Comida preferida: queijos e sorvetes.

- Cidade onde moraria: qualquer uma que me desse a chance de exercer minha profissão e voltar a Floripa de vez em quando.

- Como iniciou sua carreira? Com o despertar de alguma loucura depois de fazer uma peça no colégio.

- Qual seu primeiro grande trabalho? O monólogo Cartas a Um Jovem Poeta.

- Palco que marcou sua carreira até agora? O teatro histórico de Évora, Portugal.

- Com quem sonha contracenar um dia? Gostaria de encontrar o ator Willem Dafoe novamente. Fiz leituras com ele nos testes para o filme “Meu Amigo Hindu”, do Héctor Babenco.

- Prefere cinema ou teatro? É um privilégio tão grande fazer os dois que prefiro que um não tenha ciúmes do outro.

- Em quem se inspira?Algum ator ou algum ídolo? O cineasta Andrei Tarkovsky, o poeta Mário Quintana, o ator Vigo Mortensen, o escritor Rainer María Rilke.

- Próximo projeto? Estrear em São Paulo a peça Huis Clos – A Portas Fechadas, texto de Jean Paul Sartre.

- Planos para o futuro? Quero construir uma casa de madeira, em alguma serra ou montanha.

- Conselho: seja você mesmo, olhe para dentro.

- Frase: “Viva agora as perguntas. Aos poucos, sem notar, num futuro distante, consiga viver a resposta.” Rilke

Dê sua opinião

comentários

Conexão Verão em BC

06 de fevereiro de 2017 0

Com a vista para o mar de Balneário Camboriú, um grupo de convidados celebrou neste sábado (4) o sucesso do Conexão Verão, que realiza atrações de lazer e cultura em todo o Estado.
O brunch reuniu empresários, autoridades e formadores de opinião no Ibiza Towers, situado na avenida mais movimentada da cidade. No empreendimento está ancorado também o estúdio de verão da RBS TV.
“A alegria é uma marca do verão catarinense e o Conexão Verão é um projeto com ampla sinergia entre todas as frentes de atuação do Grupo RBS e da RBS TV, com envolvimento da população, dos turistas que aqui estão nesta época do ano e as marcas em diversos segmentos de atuação”, disse Delton Batista, diretor de negócios da RBS SC.
O DJ Thon Soriedem, da Rádio Itapema, preparou um set list especial para a abertura do evento. Em seguida, os convidados puderam acompanhar o show a banda catarinense Nego Joe. O prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, também chegou a subir no palco para relembrar momentos de quando tinha a banda “Coyotes no Deserto”. Ele cantou e tocou no violão um mix de músicas de reggae e pop.
A cantora D’Lara, semifinalista do The Voice Brasil 2016, fechou o brunch com uma apresentação especial com um repertório de house music.
O Conexão Verão está em sua terceira temporada e é um dos principais projetos de verão da RBS TV. A atração já passou por Florianópolis e Balneário Camboriú e terá edições ainda em São Francisco do Sul (11/02) e Chapecó (18/02).
As ações envolvendo as comunidades em diversas regiões do Estado atraíram parceiros comerciais que acreditam na força do marketing de experiência.
A temporada 2016/17 do Conexão Verão é patrocinada pelo Sicoob, Kia Power Imports, Drogaria Catarinense e UniSociesc.

Crédito: Green Multimídia

Adilson Delovino, Patrícia Rodrigues, Patricia Duarte, Edson Bruning

Adilson Delovino, Patrícia Rodrigues, Patricia Duarte, Edson Bruning

Daniel Araújo, Delton Batista, Fabricio Oliveira, Patrícia Rodrigues

Daniel Araújo, Delton Batista, Fabricio Oliveira, Patrícia Rodrigues

Fabricio Oliveira

Fabricio Oliveira

0B-ZRX2J-rf6IM2RPcTZrOHQ1Ykk

Luciano Moura (Gerente Executivo RBS Joinville), Elviani Moura (esposa), Alvaro Poleza (Diretor de Atendimento Agência Manada), Cibele Cardoso (Executiva de Contas Joinville RBS), Aline Silvano (Executiva de Contas Joinville RBS), Juliana Finardi (esposa), Alexandre Finardi (Sócio Proprietário da Kia Power Imports)

Guilherme Bernardy, Romi Liz, Laura Coutinho e Jacqueline Mendonça

Guilherme Bernardy, Romi Liz, Laura Coutinho e Jacqueline Mendonça

Vocalista Nego Joe  e DLara

Vocalista Nego e DLara

 

 

Dê sua opinião

comentários

Perfil de Lica Paludo

06 de fevereiro de 2017 0
Lica Paludo- foto Ricardo Wolff

Lica Paludo- foto Ricardo Wolff

Casamentos e eventos corporativos exclusivos e cheios de charme em Santa Catarina levam a assinatura dela. E nenhum é igual ao outro. Sempre inovando, a produtora Lica Paludo se consagrou neste universo de eventos e há 16 anos comanda a Lica Paludo Produções.

Desde o ano passado ela também dá dicas de como bem receber em workshops – sempre lotados – que organiza pelo Estado compartilhando sua experiência e conhecimento. Dicas de mesa posta, o que servir em cada ocasião e etiqueta são assuntos que ela aborda nos cursos.

Com um olhar apurado e plural, Lica assume que tem dificuldades em escolher um só destino ou um único restaurante para chamar de preferido, como você irá perceber, mas faz parte da vida intensa que ela leva.

Aberta a novas descobertas, se revela uma pessoa com olhar sem vícios, sempre em busca de inspiração para o próximo evento.

Seu bom gosto chama atenção nas redes sociais e suas duas contas no Instagram – @licapaludoproducoes e @licapaludo – são recheadas de fotos inspiradoras.

A seguir, um pouco mais da intimidade de Lica.

Hobby: viajar e caminhar pela natureza, coletando flores e galhos, matéria-prima que a natureza me proporciona para a criar arranjos.

Lugar inesquecível: são muitos, mas em especial Ilhas Eólias na Sicília (Panarea, Stromboli e Salina); ilha Mnemba (Zanzibar/Tanzânia); Deserto do Atacama (Chile); Queenstown (Nova Zelândia); Moorea (Taiti).

z Música: amo jazz, blues e reggae. Não saberia apontar uma única dentre estes estilos.

Mania: colecionar pedras e galhos.

Filme: Cinema Paradiso, Imensidão Azul; Mediterrâneo; Como Água para Chocolate; Comer, Viver, Beber.

Luxo: o “dolce far niente”. Aprecio o luxo das coisas simples: piquenique num lugar especial, cozinhar para os amigos, dar boas risadas bebendo um bom vinho e sem pressa…

Não vive sem: o cheiro do meu filho.

Sonho: levar meu filho para conhecer o mundo.

Caos: trabalhar com pessoas egoístas e que não sabem se relacionar de forma colaborativa.

Sua comida preferida: mediterrânea com azeite e ervas frescas, spaghetti alle vongole e tudo que tem tomate.

Cidade onde moraria: Sidney (Austrália) e Londres, por um tempo.

Restô preferido no mundo: L’amis Louis (Paris); Da Paolino (Capri); Siete Fuegos dos Francis Mallmann (Mendoza); Alain Ducasse (Bastide de Moustiers – Provença)e muitos outros.

Como iniciou sua história com a produção de eventos? Sempre tive um olhar apurado para a estética. Isso veio da minha infância no interior, onde aprendi a apreciar o simples e o belo e a ter um olhar humano para o mundo. Depois coloquei o pé na estrada. Sempre busquei oportunidades para conhecer o mundo e com isso meu universo se ampliou. Foi depois de uma temporadas morando fora que decidi escrever minha própria história. Voltei da França encantada com os festivais de música que aconteciam por lá e pensei: por que não fazer algo assim em Floripa? E comecei a criar eventos com esta pegada cultural e gastronômica. O resto foi consequência de um trabalho muito dedicado e da busca constante por referências no mundo todo.

Qual foi o evento mais elaborado que já realizou? Meu casamento, WTTC e alguns casamentos especiais.

Para quem sonha um dia produzir uma festa? Para quem respeita o meu trabalho e entrega tudo nas minhas mãos.

Onde busca inspiração? Nas minhas viagens, em tudo o que sai da minha rotina.

Qual o segredo para ser uma boa anfitriã? Receber com amor, calor e um grande sorriso. Acolher os convidados de braços e coração abertos.

Saia-justa: não lembro de algo relevante, mas posso citar como um momento difícil a produção de um casamento em Blumenau durante a enchente de 2011.

Suas flores preferidas: peônias, wandas, rosas trepadeiras, proteas e muitas outras. Amo também os capins.

Receber bem é… querer receber. Isso vem de dentro e precisa ser sincero. De resto, imprimir amor em todos os cantos.

Conselho: faça tudo com amor e dedicação, coloque a alma em tudo o que faz. Não existe sucesso sem isso.

Frase: a simplicidade é o mais alto grau da sofisticação.

Dê sua opinião

comentários

Rappa em BC no final de semana

03 de fevereiro de 2017 0

Nesse sábado, dia 4 de janeiro, O Rappa traz seu novo show a Balneário Camboriú, como parte da turnê de divulgação do trabalho mais recente da banda, o Acústico Oficina Francisco Brennand. A apresentação acontece no Music Park BC, a partir das 21h.

Durante o lançamento do novo DVD, o guitarrista Xandão declarou que neste projeto a banda apresenta uma sonoridade mais crua, como é típico do formato acústico, porém sem perder a identidade do som que é conhecido pelos fãs. Os arranjos foram feitos com a utilização de instrumentos não usados normalmente pelo grupo, como guitarra de 12 cordas, clavinete, piano elétrico, escaleta e steel drums. O repertório privilegia músicas dos álbuns Nunca Tem Fim e Sete Vezes, mas não deixa de fora clássicos da banda, como Pescador de Ilusões. Em um segundo momento do show, O Rappa retorna ao palco com um som mais pesado, relembrando seus grandes hits.

Formado por Marcelo Falcão, Lauro Farias, Marcelo Lobato e Xandão, O Rappa é hoje uma das bandas mais representativas do cenário pop rock nacional, com influências de diversos ritmos, como rap, reggae e mpb, além de letras que abordam o cotidiano do povo brasileiro e sua luta por uma vida mais digna.

O responsável pela abertura da noite será o rapper paulistano Rael. O artista lançou seu primeiro single solo em 2010, chamado Trabalhador, despontando na cena hip-hop nacional. Um de seus principais trabalhos, chamado Ainda Bem Que eu Segui as Batidas do Meu Coração, foi produzida pela dupla americana Beatnick & K-Salaam, conhecida por produzir canções para a cantora Lauryn Hill. No último ano, o rapper lançou o álbum Coisas do Meu Imaginário, incluindo o sucesso Minha Lei. Rael também já fez algumas participações na TV Globo, no programa Som Brasil e na série Antônia.

Ingressos antecipados estão à venda pelo site Blueticket e toda rede de lojas Multisom. Também é possível adquirir entradas na bilheteria do Music Park BC, até as 19h do dia do evento.

 

20170120-ORAPPA_foto-Caio Graça-155

O Rappa- foto Caio Graça

 
Serviço
Show: O Rappa + Rael
Local: Music Park Balneário Camboriú – Rua José Francisco Corrêa, Nº 908
Data: 04 de fevereiro de 2017
Abertura dos portões: 21h

Dê sua opinião

comentários

Grupo Eva no Cafe

01 de fevereiro de 2017 0

O Cafe de la musique de Jurerê Interacional traz dois eventos bacanas no final de semana.

No sábado, a partir das 14h, o sunset terá um line up especial, com os DJs Du Pereira + Rafael Pigozzi, Lucas Borchardt, Vini Gomide e​​ projeto SWITCH com Sandro Horta + Edo Krause + Pic Schmitz, que sempre colocam “fogo” na pista do Cafe.

​E após o pedido especial do vocalista do Grupo Eva, Felipe Pezzoni, de realizar o esquenta pro carnaval de Salvador no Cafe, o Grupo Eva retorna ao endereço com um convidado especial: o irreverente João Brasil, do hit “Nunca mais eu vou dormir”. O agito ainda contará com os DJs​ Gustavo Lago (house), Lucas Vieira (house e funk) e Victor Ventura (funk e hip-hop) encerrando mais um final de semana badalado em Jurerê Internacional.

Os sunsets tem iníco às 14h e os ingressos estão à venda no www.ticket360.com.br

Felipe Pezzoni- foto Larissa

Felipe Pezzoni- foto Larissa Trentini

Dê sua opinião

comentários