Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Família e cozinha na vida de Onyx

22 de agosto de 2008 2

Júlio Cordeiro

DA ZERO HORA DE HOJE (22/8)

Quem costuma falar logo cedo por telefone com o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM) não estranha mais que ele diga lá no meio da conversa:

— E aí, galera? Bom dia! Vamos trabalhar?

A frase de incentivo não é para o seu interlocutor do outro lado da linha, mas para “aqueles” que, garante ele, mantêm seus telefones grampeados.

— O senhor tem certeza?

— Absoluta. Desde a CPI dos Correios sou grampeado 24 horas por dia e seguido. Todo dia dou bom dia a eles.

Outro hábito do candidato à prefeitura de Porto Alegre é acordar cedo e por conseqüencia acordar quem com ele convive. Sua mulher, Hellen Lorenzoni, revela que o despertar às 6h30min é seguido pelo rádio ligado e uma série de telefonemas matinais. Na família, Onyx ganhou o apelido de Sonoro.

O candidato é pai de quatro filhos, dois do primeiro casamento (Rodrigo, 28 anos, e Mariana, 25) e dois do casamento com Hellen, pedagoga e professora universitária (Pietro, 14 anos, e Isabella, seis). Eles estão juntos há 23 anos, e a conquista da mulher, brinca, foi trabalhosa. Se conheceram em Rainha do Mar, em um verão, na beira da praia. Hellen havia ganho o título de Namorada do Mar e precisava de um carro conversível para desfilar.

— Eu tinha um Puma.

Desde então seguem uma rotina metódica para embalar o casamento. As noites de sexta-feira são dedicadas ao casal.

— O pessoal de casa sabe que é o dia que a gente sai para namorar — fala Onyx, quando o programa escolhido é jantar em um dos seus restaurantes preferidos, entre eles Le Bateau Ivre, Chez Philippe, Koh Pee Pee e Sashiburi.

A rotina da família segue-se aos sábados, quando normalmente ficam em casa assistindo a filmes e já pensando no cardápio do almoço de domingo. Onyx, confirma a família, é um cozinheiro talentoso.

— Excetuando essa época de campanha, sábado, às 14h, onde quer que eu esteja, arrumo minhas malas e volto para casa. É uma regra. Domingo, todos os filhos almoçam conosco. É obrigatório, e eles podem trazer quem quiserem — explica.

Pietro, o filho que estuda mandarim há três anos e é faixa roxa de kung fu, divulga os dotes do pai:

— Ele é bom mesmo. Gosto do peixe em folha de bananeira que ele faz.

A casa da família, em um condomínio fechado no bairro Tristeza, tem três andares. Eles dividem-se ainda entre dois outros endereços: um apartamento na Praia Brava, em Santa Catarina, e uma casa de fim de semana em Guaíba, endereço que sedia as experiências gastronômicas dos Lorenzoni.

— Aqui não é a MINHA cozinha — enfatiza, referindo-se à casa de Porto Alegre.

— Na outra casa, a de Guaíba, tem duas cozinhas — conta. Uma delas é só MINHA.

Nela, tudo foi projeto pelo deputado. Desde a pedra para o tampo dos balcões às panelas e armários. O mundo das receitas, brinca, tem apenas dois rivais:

— O que mais gosto na vida são crianças e bichos. Por mim, teria mais cinco, seis filhos. Mas parei. Só não descarto uma adoção.

Vaidoso, mas sem excessos, Onyx demonstra preocupação apenas com o peso e os cabelos: fez dois implantes. Mesmo colorado, não tem preconceito com a cor do time rival. Só gosta de camisas azuis.

Corredor, surfista e evangélico

Domingo é dia de almoço em família para os Lorenzoni, com menu elaborado pelo deputado. Mas antes, ele e a mulher vão ao culto na igreja.

— Nos tornamos luteranos, mas somos de família católica. Conhecemos um pastor em um momento de dificuldade da nossa vida. Foi muito importante para nossa família — conta.

A mudança religiosa foi precedida de um estúdio bíblico, relembra, de quase um ano.

Onyx Lorenzoni, 53 anos, é de família tradicional de veterinários. A clínica, onde trabalhou por mais de 20 anos, foi fundada pelo pai, herdada por Onyx e, hoje, é comandada pela terceira geração, o filho mais velho.

O deputado diz que durante algum tempo foi um dos poucos especialistas da cidade em cirurgia óssea em cães e gatos. A formação deu-se em uma temporada de quatro meses na Califórnia.

Desde janeiro, graças às corridas diárias e à dieta, Onyx perdeu oito quilos. O sobrepeso, explica, foi fruto da ansiedade.

— Nervoso com a eleição?

— Não. Queria que a campanha começasse logo, não agüentava mais esperar.

Ele ainda espera emagrecer pelo menos outros quatro quilos.

Corredor de 10 quilômetros, Onyx, assim como a mulher, também é surfista. Hoje, só pega ondas quando o mar “vale a pena”. Na família, todo mundo já fez aula de surfe.

Sempre de cuia em mãos, o candidato é um grande apreciador de chimarrão. Em uma reunião de trabalho, bebe pelo menos duas térmicas. É tão fã da bebida que, entre seus quatro endereços, incluindo Brasília, contabiliza um estoque de 14 cuias.

— Minha família está numa torcida chamada “Fica Papai”. Para eu voltar a Porto Alegre como prefeito e deixar Brasília.

 

Stitch é o único cachorro que o veterinário Onyx Lorenzoni deixa circular pela casa em Porto Alegre. Foi um presente comprado em Santa Catarina para agradar à mulher.

 

 

 

No gabinete de Onyx, no terceiro andar da casa, ele exibe um porta-retrato com a foto da mulher. Ela posa com a faixa de “Namorada do Mar”. Foi na época do concurso que o casal se conheceu.

 

 

Isabella, a caçula da casa, ajuda nos menus que o pai gosta de inventar durante as férias. A menina tem dotes artísticos, e suas obras fazem parte da decoração. A porco é criação de Bellinha.

 

Praticante de exercícios físicos, Onyx gosta de correr. Em tempos de dieta, chega a correr duas vezes no mesmo dia. O hábito é mantido também em Brasília, onde mora parte da semana.

 

“Meu hobby é cozinhar. É uma forma de manter a família integrada. Bem coisa de gringo, né?”, conta o candidato Onyx Lorenzoni. Entre as receitas famosas estão os molhos para massas.

Postado por Fernanda

Comentários (2)

  • Estela Barufaldi diz: 28 de agosto de 2008

    Edivaldo tem razão. Onix é um excelente PATRÃO…

  • Edivaldo Pereira Barros diz: 26 de agosto de 2008

    adorei a entrevista, ficou otima.Agora quero falar do deputado Onyx, como patrão e´um excelente patrão..amigo,que por onde ele ja exerceu sua função de patrão todos o adoram desde a copeiras aos mais alto cargo, pra mim e´um segundo pai e se eleito for,Porto alegre vai estar de parabens e em boas mãos, pois Onyx tem garra, e´destemido,humilde e do povo, nos de coraçao estamos torcendo por vc.abçs do amigo edivaldo.

Envie seu Comentário