Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

De mãos dadas com o verão

25 de janeiro de 2009 0

DO CADERNO DONNA DESTE DOMINGO (25/1)

Três cidades são a cara deste verão: Florianópolis, Rio de Janeiro e Punta del Este. Não é tarefa fácil limitar a estação a três roteiros. Mas pelo desejo que o trio gera em turistas brasileiros e — mais ainda — europeus, pela diversidade de tribos que reúne, pela multiplicidade de atrações que oferece e pela capacidade de lançar modismos, essa é a lista.

Estilo Próprio destaca as três cidades e busca fugir dos roteiros muito óbvios. Nessa coluna, há um pot-pourri de dicas. Certamente algumas são conhecidas, porém a intenção é agradar variados bolsos e gostos, com passeios, hotéis, compras, museus, restaurantes e praias.

No Rio, Copacabana continua clássica para os estrangeiros, enquanto Leblon e Ipanema são, indiscutivelmente, os bairros preferidos pelos brasileiros. Há programas nessas localidades e um pouco mais além. O bairro eleito é Santa Tereza, onde a essência carioca parece intacta nos casarões, nos botecos e na paisagem bucólica. A região, que abrigou os intelectuais no Modernismo e voltou a ser reduto de artistas, foi redescoberta pelos estrangeiros. Franceses, holandeses e outros europeus investem seus euros em empreendimentos de charme, e, surpreendentemente, são empresários de fora que apresentam o novo conceito de hotelaria, a do design tropical.

Punta del Este — praia uruguaia comparada a Ibiza pela imprensa internacional pelas baladas e os frequentadores luxuosos — continua sendo o destino com melhor estrutura. A coluna sai do centro e direciona o olhar a um Uruguai que convive com praia e campo. José Ignácio é uma vila de pescadores que une infraestrutura sem perder a característica despojada. As indicações vão ainda mais longe, em restaurantes e atrações no meio do mato, cuja graça está justamente no inesperado e na procura.

Por fim, a parada é Florianópolis — a ilha que oferece uma praia para cada tribo. O The New York Times descobriu isso e afirmou que, uma vez no Brasil, Floripa é o lugar para se estar. A intensidade da vida noturna agitada está em Jurerê, que importou o estilo paulistano. EP montou um roteiro para quem já cansou de lá (Lagoinha do Norte) e para quem nunca pensou em tantos flashes (Santo Antônio de Lisboa).

Confira aqui dicas do Rio de Janeiro

Leia aqui dicas para Punta del Este

Veja dicas de roteiros para Floripa

Postado por Fernanda

Envie seu Comentário