Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Rock, salto alto e muito batom

11 de agosto de 2011 2

Cultura

Imagem: we heart it

Elas usam preto, couro, batom vermelho e abusam da sensualidade no palco. Apesar de serem mulheres lindas, são muito mais do que rostinhos bonitos e provam que músicas cheias de atitude e uma boa voz, são essenciais para ser uma musa do rock.Essas princesas e muitas outras mostram e mostraram que o rock n’ roll não é uma coisa para “machos”, e sim uma forma de extravasar os sentimentos femininos em solos de guitarra.Conheça algumas das musas nacionais e internacionais que entraram para a história desse ritmo envolvente.

Imagem: Divulgação

Courtney Love

Escândalos, drogas, sexo e muito rock! Courtney Love começou sua carreira bem cedo. Dentre as primeiras bandas nas quais participou, a banda Sugar Baby Doll se destaca. Quanto ao seu estilo, make borrado e vestido do estilo “boneca” davam ao mesmo tempo atitude e feminilidade nos palcos, deixando os marmanjos completamente loucos. Já na década de 90, Courtney participa da banda Hole, que acabou sendo um dos destaques da época. A banda era formada por meninas, onde a loira era vocalista.Courtney também foi atriz de filmes e era casada com Kurt Cobain, ex-vocalista do Nirvana.Até hoje não se sabe se a morte de Kurt foi suicídio ou se Courtney o havia assassinado.

Imagem: Divulgação

Cyndi Lauper

Lembrada pelo hit “Girls just wanna have fun!”, Cyndi era a musa da década de 80. Cabelos esvoaçantes e de muitas cores, além de um swing que só ela tinha e roupas completamente ousadas para a época. Uma Lady Gaga dos anos 80.Cyndi foi à primeira mulher a emplacar cinco músicas na Billboard e vendeu milhões de discos.Dentre as músicas mais conhecidas se destacam True Colors, Girls Just wanna have fun e Time after time.A musa também participou de algumas séries famosas como Gossip Girl e trabalhou no The Celebrity Apprentice, um reality show americano.

Imagem: Divulgação

Rita Lee

Como se lembrar do rock sem falar de Rita Lee? É praticamente impossível não é mesmo?Rita sempre gostou de música e mesmo seu pai sendo muito rígido continuou a cantar e virou esse fenômeno do rock nacional.Suas músicas eram impactantes, e mostram a feminilidade e a busca da liberdade das mulheres.Rita teve muitos hits contemplados, dentre eles, Erva venenosa, Ovelha negra e principalmente a música Pagu com seu refrão inesquecível: “Porque nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é bunda, meu peito não é de silicone, sou mais macho que muito homem”.Atualmente Rita tem sua música “Ti Ti Ti” na abertura do remake da novela Ti Ti Ti da Rede Globo.

Imagem: Divulgação

Pitty

Uma baiana arretada, já diriam seus fãs. Priscila Leone tem 33 anos e possui uma voz incrível. É um destaque do rock n’ roll brasileiro, principalmente por suas músicas cheias de atitude e letras incríveis.Pitty começou a fazer sucesso em 2003, com o álbum “Admirável Chip Novo”. As músicas mais conhecidas desse álbum são Equalize e Teto de Vidro.A roqueira tem um estilo único, o batom vermelho e roupas pretas sempre estarão em seu guarda-roupa, além de uma sensualidade incrível que só a baiana tem.

Sabemos que há muitas outras mulheres, além dessas que fizeram o rock n’ roll ficar mais charmoso. É uma pena não podermos falar de todas, mas elas com certeza serão sempre lembradas por sua coragem e ousadia ou um solo de guitarra e um batom vermelho.

Comentários (2)

  • Carlos diz: 11 de agosto de 2011

    O problema é encontrar uma “rockeira” que tenha esse tal rosto bonito, como se pode perceber por todas as fotos postadas…

  • olha tenho cabelo volumoso e sou negra (morena) no volume posso dar um jeito mas meus pais não deixam fazer nada de pintura em meu cabelo e meu cabelo é pretíssimo mesmo assim posso ser rockeira? diz: 18 de janeiro de 2013

    olha tenho cabelo volumoso e sou negra (morena) no volume posso dar um jeito mas meus pais não deixam fazer nada de pintura em meu cabelo e meu cabelo é pretíssimo mesmo assim posso ser rockeira?

Envie seu Comentário