Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Pedir aumento para o chefe pode ser mais fácil do que se imagina

15 de maio de 2013 0

Pedir aumento pode parecer um momento deliciado e muitos profissionais acabam perdendo a oportunidade por medo de cometer algum deslize e prejudicar a imagem profissional.  A mentora de coaches, Mônica Vitória, explica que há várias maneiras efetivas, usando estratégias inteligentes na hora de pedir um aumento salarial.

É importante perceber se a empresa passa por um momento estável financeiramente que permite o aumento, verificar se o salário está compatível com o mercado de trabalho; e outro ponto importante, se o trabalhador está atendendo as expectativas do gestor e da organização.

“O maior medo dos trabalhadores é que o pedido seja mal interpretado, gerando o fim da reputação ou até mesmo gerar uma imagem negativa, desgastando o relacionamento entre ambos, mas isso não influencia, é importante ter argumentos claros e consistentes sobre o porque do merecimento do aumento,” explica a mentora de coaches.

Isso envolve apresentar resultados, mostrar o quanto contribuiu para o crescimento da empresa ou departamento que atua. Apresente fatos (planilhas e cases que realmente desenvolveu e que trouxeram benefícios para a empresa).

Nada de pedir o aumento por e-mail ou telefone, isso só vale quando a diretoria possui sede em outro estado ou país. Evite ocasiões informais como festas ou happy hours, a conversa deve acontecer em uma reunião, dependendo da cultura da empresa, um almoço ou café de negócios também é uma oportunidade válida. Seja sempre breve e objetivo. Nada de rodeios.

Nunca use o argumento que pedido de aumento é para solucionar problemas pessoais como pagar dívidas ou arcar com os custos da educação dos filhos. “O que acontece na vida pessoal do funcionário não diz respeito à empresa, isso não se trata de um mérito em termo de renumeração, para conseguir um aumento é importante superar expectativa,” avalia a mentora.

Outra coisa a ser evitada é comparar-se aos outros funcionários, não se trata de uma boa estratégia dizer que o colega tem um salário superior, nenhuma comparação é válida nestas ocasiões, a pessoa pode ter uma carga horária de trabalho menor, mas talvez ser mais produtiva ou tenha outro desígnio de trabalho, e não cabe ao trabalhador avaliar o desempenho e as responsabilidades dos outros.

Caso o trabalhador não receba o tão aguardado “sim”, tentar negociar de outra maneira é a forma primordial de mostrar o merecimento, através da disposição para outras atividades que possam gerar este aumento. Cumpra as metas, se esforce e supere as expectativas diariamente de forma que o chefe veja o desenvolvimento profissional.

Fica a Dica
>>> O Fica a Dica também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Envie seu Comentário