Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cuidados essenciais para a pele com acne no inverno

28 de junho de 2013 0

Quem tem ou teve acne sabe da dificuldade que é manter a pele bonita e sem manchas. A vontade de ficar cutucando as espinhas é grande e, principalmente na adolescência, o problema mexe com a autoestima. O dermatologista Anderson Bertolini explica os cinco mandamentos para cuidar da pele com acne.

>>> O Fica a Dica também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Foto: Inmagine Free/ Divulgação

1 – Limpar – É importante lavar o rosto três vezes ao dia com um sabonete neutro, ou seja, que tenha o pH próximo ao pH da pele (que gira em torno de 5.4 e 5.6). As loções de limpeza devem ser evitadas, pois geralmente são oleosas. As melhores são as soluções aquosas, que não contêm óleo. Usar adstringentes para diminuir a oleosidade e produtos antiacneicos, que diminuem a produção do sebo e controlam a flora bacteriana da pele. Os mais prescritos são os retinoides, os alfa-hidroxiácidos, o peróxido de benzoíla e os antibióticos.

2 – Hidratar – Peles oleosas e acneicas também precisam de hidratação, pois a produção excessiva de sebo não impede a perda de água. No inverno, a diminuição da produção de suor, que auxilia na hidratação da pele, contribui para seu ressecamento, além das baixas temperaturas, vento e a água quente do banho (fatores comuns nesta época do ano). Os hidratantes devem ter fórmula não-comedogênica e do tipo oil-free, ou seja, com quantidade mínima ou nenhuma de óleos. Podem ser produtos em forma de gel, gel-creme ou compostos de água e derivados do silicone. Também se recomenda que sejam hipoalergênicos e não perfumados, já que as essências podem piorar a acne.

3 – Proteger – A pele acneica deve ser sempre protegida do sol, pois além de prevenir o câncer da pele e o fotoenvelhecimento, a proteção evita que haja uma hiperpigmentação pós-inflamatória no local das lesões. O filtro solar para a pele com acne deve ter FPS 15, no mínimo, e ser do tipo oil-free. Cremes e produtos oleosos devem ser evitados.

4 – Tratar – Qualquer indicação de tratamento para acne depende da sua gravidade, mas há alguns casos específicos de tratamento, como uso de isotretinoína ou realização de peeling, para os quais o inverno é a estação mais adequada.

5 – Derrubar mitos - Os mitos mais conhecidos envolvendo a acne referem-se à alimentação e à exposição solar. Nenhum estudo realizado mostrou relação entre alimentação e comportamento da acne, portanto, restringir o consumo de açúcar e gordura, por exemplo, não faz parte do tratamento. No caso do sol, apesar de haver um disfarce da acne quando a pele fica levemente avermelhada ou bronzeada, nos dias seguintes o problema piora, pois há aumento da produção de sebo e da espessura epidérmica, o que contribui para obstruir os poros.
*Fonte: blog Lady.

Envie seu Comentário