Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Peeling: veja qual o tipo indicado para você

03 de setembro de 2013 0

(Foto: Gustavo Felippi/ Divulgação)

Foto: Gustavo Felippi/ Divulgação


Quem não gostaria de ter uma pele melhor?
Entre os procedimentos para conseguir tal resultado, o peeling é um dos mais conhecidos e procurados.

O peeling basicamente propicia o clareamento da pele e é um dos procedimentos de medicina estética capaz de promover a renovação celular, de forma progressiva, estimulando a regeneração natural dos tecidos. Estimulando a produção de colágeno e elastina, grandes responsáveis pela regeneração das células do corpo.

A pele é constituída de duas camadas principais: a epiderme e a derme. A epiderme é ainda subdividida em quatro camadas: córnea (mais externa e rica em queratina), granulosa, espinhosa e, por fim, basal.

>>> O Fica a Dica também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

É na basal onde ocorre a produção dessas células, que pouco a pouco se deslocam em direção a superfície, sofrendo alterações estruturais até descamarem naturalmente. Este ciclo é constante e dura de duas a quatro semanas – salienta a médica dermatologista Lilian De Luca Maciel, da Lis Dermo Plástica.

::: Descamar para acelerar

Os peelings agem descamando e acelerando o ciclo celular e podem remover pigmentos melânicos e estimular a formação de colágeno.

Os procedimentos pode ser classificados em três categorias: superficiais, médios e profundos.

Durante todo o tratamento é indispensável o uso do filtro solar, indicado pelo menos três vezes ao dia, evitar exposição ao sol e outras fontes de luz .

Quanto mais profundo o peeling, maior é o resultado atingido. Por outro lado, a recuperação é mais lenta e os cuidados mais intensos – explica.

O tratamento mais indicado varia conforme o biotipo do paciente.

::: Tipos

- O peeling de cristal e diamante são físicos. Melhoram o aspecto da pele, fecham poros e complementam a limpeza.

- O peeling de ácido retinoico é um peeling químico superficial que, além dos efeitos acima, ainda é capaz de clarear alguns tipos de manchas, tratar rugas finas e estimular a produção de colágeno.

- Os peelings a laser podem ser realizados em profundidades diferentes e são indicados para o tratamento de rugas, estrias e cicatrizes.

- Os peelings de ácido e a laser devem ser realizados preferencialmente no Inverno. Para a realização do peeling é importante o preparo da pele por três semanas, que é feito em casa pelo paciente através do uso de ácidos prescritos pelo médico dermatologista.

Envie seu Comentário