Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mullets: confira as dicas para usar e abusar das novas saias

19 de março de 2014 1
Reprodução/ blog MeiguecesdaCarol

Reprodução/ blog MeiguecesdaCarol

A saia mullet está em evidência. Mas você sabe como usar esse novo modelo? Para evitar erros, confira abaixo 14 dicas  fundamentais da consultora de imagem pessoal e corporativa Marcele Goes, da Estilo Sob Medida:

saia_5612

1. O comprimento mullet confere irreverência ao visual, provocada pela assimetria. Combina com ocasiões em que se possa ousar, que não sejam extremamente formais;

2. Esse tipo de comprimento cai melhor em mulheres mais jovens. Quando o assunto é tipo físico, combina mais com pessoas de pernas longas. Gordinhas devem evitá-lo;

3. Deve-se usá-lo preferencialmente com sapatos ou sandálias de salto para alongar a silhueta. O tipo de sapato varia de acordo com o material da saia e o comprimento. Por exemplo, modelos com a frente bem curta podem ser usados com sapatos Mary Jane (de bico arredondado e tira que prende o dorso do pé), ankle boots, escarpins. Os de comprimento maior na frente pedem sapatos que deixem o peito do pé livre, como o escarpim;

4. As baixinhas podem usar, sim, o mullet. Para parecer mais alta, apostem em tons monocromáticos ou bem parecidos ao combinar saia, blusa e sapato. Assim vocês vão parecer mais altas!;

5. As peças com pouca assimetria entre a parte da frente e a de trás, e com corte mais reto são mais democráticas. As com bastante assimetria e volumosas, por sua vez, favorecem mulheres com pernas mais longas e pouco quadril;

Set-2201891-500

6. Os tecidos que mais combinam com saias e vestidos mullet são os maleáveis e de aspecto elegante, como cambraias de viscose, seda, algodão, cetim de seda, viscocrepe, gaze de viscose;

7. As peças não precisam ser amplas, mas devem ser soltinhas para evitar que a assimetria do comprimento seja deformada por algum ponto que ficar justo demais no corpo;

8. Como os modelitos são mais soltos, é importante que a blusa seja mais sequinha ou tenha um caimento mais fluido, sem fazer volume. Ela costuma ficar por dentro da saia, mas isso não é uma regra;

9. Quanto mais quadril e menos altura a pessoa tiver, mais sutil deve ser a diferença entre os comprimentos;

10. Para quem tem bastante quadril, é melhor optar por modelos lisos e mais escuros. Quem quer aumentar essa região pode escolher itens claros, lisos ou estampados;

11. Os comprimentos mais curtos na frente favorecem quem tem pouca altura;

12. As mulheres altas podem abusar das saias que têm bastante volume e assimetria;

13. O comprimento de trás não influencia muito na ocasião. O comprimento da frente segue a linha de raciocínio da saia comum: curto é mais casual e, próximo ao joelho, mais formal;

14. No inverno aposte em uma saia preta, com tecido leve, um voil, por exemplo, e combine com meia-calça e sapatos da mesma cor: a proporção entre os tons escuros vai criar um efeito muito charmoso e correto. Na parte de cima, você pode brincar com estamparias e peças em couro ou pelo sintético.

montagem_043

Saia mullet lisa em viscolycra vermelha – Renner – R$ 59,90
Saia Mullet em Chiffon com Forro – Renner- R$ 89,90
Saia mullet lisa em viscolycra – Renner-R$ 59,90
Saia Mullet em viscolycra azul – Renner – R$ 59,90
Saia em chiffon com elástico na cintura, forro interno em malha – Renner – R$ 69,90

Fontes: TodaTeen/ Atrevida

Comentários (1)

  • Marina diz: 19 de março de 2014

    Por deus! que coisa mais medooooonha, jeca mesmo! me lembra a moda da calça saruel, outro equívoco medonho!

Envie seu Comentário