Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Não é desculpa de bêbado! Amnésia alcoólica existe, sim

06 de junho de 2014 0

esqueci-scaled500

O fim de semana está chegando e você está preo, pois marcou balada com a turma e não quer dar vexame na frente daquela pessoa especial que estará presente na festa? Relaxa, aproveita a noite e, no dia seguinte, diz que baixou a pomba-gira no melhor estilo ragatanga e que não lembra de NADA. Diga também que você é um ser fraco pra bebida e que isso nunca aconteceu antes. HAHAHAHA…

>> Dicas eficazes no combate à ressaca

É sério! Quem dá o respaldo para você fazer a loka é o psiquiatra Arthur Guerra, supervisor do Grupo de Estudos sobre Álcool e Drogas da USP, que garante: “Amnésia alcoólica existe, sim. E é inclusive bem comum após a ingestão excessiva de álcool”.

Pois é, use isso a seu favor.

Segundo o psi, se você beber pouco, vai ficar animado, falante e lembrar de tudo. Mas, com o acúmulo de doses, o álcool passa de estimulante a sedativo. “É como passar por uma endoscopia: você não recorda o que houve um pouco antes, durante e logo após o exame”, diz Carlos Salgado, presidente da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas.

E mais: se esqueceu de verdade, tem como recordar da bagaceirice toda! É só beber de novo. Oi?

“É como se elas tivessem uma senha e, para destravá-las, fosse preciso reproduzir as condições em que foram adquiridas”, diz o neurocientista da USP Gilberto Xavier.

Será? Bizzaro, né? Bom… Fica a Dica.

Fonte base: Abril.

Envie seu Comentário