Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de February 2010

Com a palavra, o fotógrafo: Emílio Pedroso

28 de February de 2010 14

Estava acompanhando o repórter Rodrigo Cavalheiro em uma pauta sobre os sem teto que moram e dormem nos bancos das praças de Porto Alegre.

Quando clareava o dia chegamos na Praça da Alfandega, encontramos essa menina dormindo ensacada para se proteger do frio.

Fiz a foto mostrando a triste realidade do abandono familliar.

Bookmark and Share

Fotografia no PlayStation 3

26 de February de 2010 0

Fotografia Virtual, confira o “teaser” do game:

Bookmark and Share

Dia da Caça

25 de February de 2010 79

No dia da caçada, a sorte dos gatos sobre o rato, e a minha sorte também!

Bookmark and Share

Começou a Libertadores para o Internacional

24 de February de 2010 1

Inter 2 X 1 Emelec.

Melhor estreia do Inter em Libertadores.

Bookmark and Share

A Capa da Caretas

22 de February de 2010 0

Caretas, a principal revista semanal do Peru, estampa na capa do dia 18 de fevereiro uma fotografia no mínimo chocante. Um Juíz local apontando uma arma para o fotógrafo da mesma.

O Fotojornalista Carlos Saavedra, estava tentando fotografar Vossa Excelência Raúl Rosales Mora, quando o incidente ocorreu, no dia 13 de fevereiro de 2010, de acordo com a imprensa local.

O Semanário trabalhava em uma história sobre a decisão controvérsa de Rosales, que recentemente havia favorecido a nomeação de um Juíz polêmico para o Tribunal Regional do Peru.

Rosales saía de sua casa no Bairro de Lince Lima, quando o Fotojornalista Saavedra se aproximou, o Juíz apontou uma arma para ele e disse-lhe para ter cuidado, de acordo com a revista.

O Juíz, em entrevista para o diário El Comércio de Lima, disse que os fatos são um pouco diferentes. Rosales afirmou, que apontou a arma porque achou que o Fotojornalista  fosse um assaltante, justificando sua decisão dizendo que a criminalidade é galopante na capital Peruana, e qualquer um pode ser morto por causa de poucas moedas.

Aqui a notícia completa:

Bookmark and Share

Caçadores de Ícones

21 de February de 2010 4

Este texto foi escrito pelo Editor de Fotografia Ricardo Chaves a pedido do editor do Caderno Cultura de ZH, Luiz Antônio Araújo, em complemento à matéria publicada na contracapa da última edição do caderno, sobre as fotos no Reichstag feitas por Yevgeny Khaldei. As imagens são o símbolo da derrota nazista.

Com a morte do soldado Ismailov, último ator da cena (imortalizada pelo fotógrafo Yevgeny Khaldei) em que uma bandeira soviética tremula sobre o Reichstag proclamando a queda de Berlim e decretando a derrota dos nazistas na Segunda Guerra, volta a velha discussão sobre verdades e mentiras na fotografia.

Fotografia é um tipo de comunicação tão extraordinário que algumas imagens, possuidoras de magnífica forma e consistente conteúdo, acabam sacralizadas pelo tempo, adquirindo status de ícones de uma época e de um fato. Tudo que é consagrado e célebre torna-se, simultaneamente, alvo de inconformados críticos e convictos iconoclastas. É natural, e até saudável, que seja assim.

Com a famosa foto de Khaldei não é diferente. Cada vez que ela aparece ou é citada, lá vem o esquadrão de detratores sempre dedicados à inútil tarefa de combater mitos. Munidos de informações, tão precisas quanto irrelevantes, contam detalhadamente a história da foto sem levar em conta que se trata, tão somente, de uma foto histórica.

Análises mais serenas levam, inevitavelmente, à conclusão que, na grande maioria das vezes, são as circunstâncias que estabelecem o roteiro e escalam os protagonistas que estarão, ou não, à altura de suas responsabilidades. O isolamento, o mistério, a falta de acesso, a ignorância, podem ajudar a consolidar equívocos. Na atual era da informação on line, isso tudo está mais longe, pelo menos para quem estiver disposto e ligado. O que aconteceu no passado deve ser visto naquele contexto. Tudo está diferente. Agora, numa inundação de informações visuais e comunicação imediata, nada se destaca. Temos que ser mais espertos. Quase tudo está à mostra e nada aparece. A velha e única foto do nosso bisavô é muito mais importante do que as centenas de fotos que tiram da gente toda hora. Melhor usar nosso rigor para examinar o que se faz hoje.

Para começar, é bom atribuir à fotografia o que ela realmente é (e sempre foi): um misto de realidade e ficção. Se a foto no Reichstag foi feita dois dias depois, se a bandeira foi levada pelo fotógrafo, isso tudo, no momento, pouco importa. Temos que entender a fotografia desse jeito e ela é tão fantástica que, devido ao seu vínculo com o real, mesmo quando “armada”, ou feita sob encomenda, contém grande teor explosivo e poder revelador. Os dois relógios (um em cada braço, provavelmente fruto de saques) que o herói, agora morto, Ismailov ostentava na foto original, posteriormente retocada, falam tanto sobre a guerra quanto o cenário de destruição que se vê ao fundo. Fotografar, editar, publicar é estabelecer uma parceria, o fotógrafo entra com uma parte e o espectador com outra.

O jornalista mais cínico é capaz de afirmar que, no caso em que a versão esteja mais interessante que os fatos, melhor que se publique a versão. Já o poeta, mais honesto e romântico, lembrou: a mentira é uma verdade que se esqueceu de acontecer…

E aí? As coisas são mais complicadas do que parecem, né?

Bookmark and Share

Com a palavra, Mauro Vieira

20 de February de 2010 0

Toda semana, um fotógrafo de ZH é convidado pelo Informe Especial a escolher sua foto mais marcante. Hoje é a vez de Mauro Vieira: “Defendo o futebol arte, aquele jogado com alegria, com a alegria que Ronaldo, o gaúcho, joga. E isso é como andar de bicicleta, ninguém esquece. Chega de gladiadores, Josués, Elanos e Cia. Aproveito o retorno do jogador à boa fase para publicar novamente essa foto, feita em um amistoso da Seleção Brasileira contra a seleção da Catalunha, em Barcelona, no Camp Nou. Lá, Ronaldinho brilhou pouco tempo depois com a camiseta do Barça.”

Bookmark and Share

Você esqueceu do Haiti?

20 de February de 2010 0

Os problemas de saneamento no país arrasado pelo terremoto do dia 12.01, adiciona o risco de doenças.

Veja as imagens.

Matéria completa aqui.

Bookmark and Share

Imagens do Dia

19 de February de 2010 1

Bookmark and Share

Velho Mundo

18 de February de 2010 0

O cotidiano do Velho Mundo em imagens de Altair Nobre.

Mais imagens aqui.

Bookmark and Share