Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 25 October 2011

Em mesa… A beleza!

25 de October de 2011 0

Fox/Divulgação

Nos contos de fada, somente os puros de coração podem enxergar o lindo príncipe no sapo feio. Talvez sejamos verdadeiramente humanos ao acreditarmos que a beleza não está tanto nos olhos quanto no coração de quem tem a sensibilidade de ver. Como diria Platão, “o que é bonito, é bom”. Portanto, o inverso vale o mesmo.

O Bonito ou o belo é o bom. Portanto, a verdade, em qualquer forma e situação, é que irá definir o que realmente é belo por natureza, embora essas verdades algumas vezes não sejam atraentes, pois testam nossos conceitos. Mas, assim mesmo, será bela pela sua essência. Quem já não ouviu aquele ditado “quem ama o feio, bonito lhe parece?” O autor, embora desconhecido, já sabia que a beleza nos aflige, perturba algumas vezes e leva até à raiva.

Existem pessoas que, se fôssemos descrever, teriam de testa baixa e nariz caído a bocas cheia de dentes irregulares e acavalados. Porém, essa pessoa com tantas imperfeições tem nela uma poderosa beleza e cativa e encanta as mentes, fazendo com que outros se apaixonem por ela.

Charles Cherra

Por isso, definir a beleza… Seria mais fácil dissecar uma bolha de sabão. Ao natural, isso se repete a cada segundo, mas é o que não ocorre no mercado da beleza. Pessoas pouco convidativas para um dialogo de convivência estão nas mais famosas capas. Elas são belas e desejadas. Fascinam e atraem os mais diversos olhares e servem como formato difuso da realidade bela. Todos querem ficar o mais próximo possível do que está ditando o modismo do mercado belo. Há anos isso já acontece sem essa pretensão. Em uma situação macabra, mulheres que viviam na corte de Luis XVI, mas não eram tão íntimas do rei, pintavam veias azuis no pescoço e no ombro para enfatizar o dito sangue nobre.

Visualizamos as belezas impostas nas novelas com homens e mulheres esculturais, nos telejornais com seus apresentadores usando roupas novas e em programas em que corpos exageradamente perfeitos se exibem em uma vitrine e ditam o amanhã. A verdadeira beleza não está nesses lugares “perfeitos”. Na maioria das vezes, parece lindo e maravilhoso, mas pode não ser verdadeiramente belo.

Mas, ao mesmo tempo, em um asilo aqui perto, voluntárias pintam e penteiam uma senhora de 85 anos, que se prepara para receber visitas que, ao chegarem, lhe dizerm: “Nossa, como a senhora está linda!”.

Bookmark and Share