Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de January 2013

Santa Maria, 27/01/2013

28 de January de 2013 2

texto e foto de capa: Lauro Alves

“Eu não sabia o que fazer!”
Dizia um bombeiro com tristeza no rosto a minha direita. Na minha esquerda outro o conformava:
“Tu fez o que pode meu amigo, o que pode…”
Vivi muitos anos nesta cidade onde cresci e fui educado.
Saindo da redação de ZH, fiquei pensando o que fazer ao chegar ao mesmo tempo que os números insistiam em aumentar a cada passagem no radio que ouvíamos no carro.
Como trabalhar nesse ambiente? Como reconhecer amigos que eram felizes falantes e que tinham muito a fazer, e que agora eu os revejo deitado no chão com restos de desespero gravados em seus rostos?
Pensei em uma só palavra que meu pai Alvino Alves e minha mãe Cleci Alves, tanto me explicavam.

RESPEITO

Colocar meus equipamentos foi quase como me vestir para a guerra, mas esta palavra ficou o dia todo ressonando na minha cabeça. Respeito Lauro, Respeito… Respeito…
Fiquei pensando: E se fosse eu? Se fosse meu filho? Minha linda irmã? Meus primos? Meu incrível irmão? Meu filho?
Devo trabalhar pelo bem das pessoas, apontar a câmera para as pessoas mas contra o problema, não ferir e informar.
Meu pai que expressa seu anseios pintando olho sobre tela ao mesmo tempo que eu brincava na terra cresci ouvindo uma frase.

“Filho não tenha medo de misturas as tintas para se expressar, a criação das imagens é a arte de ver, se não se doar não vai conseguir ver”.

Levantar a câmera para traduzir o que eu sentia me fazia baixa-la novamente pelo mesmo motivo.

A entrada ainda não era permitida, então, esperei e fiquei olhando outros tentando entrar discutindo com os os policiais. Nesse mesmo momento uma gaúchinha com um chapéu acompanhava aos prantos um caixão fechado. Eles entram por outra porta, olho novamente a para a porta onde a discussão já não existia mais.
Os policiais me chamaram depois de alguns instantes pois a liberação não devia ser em “bando”, então entrei.
Lá dentro procurei a mesma menina. Ela parecia estar fora de seu corpo os movimentos corporais eram desordenado e seus olhos pareciam estar olhando um deserto, parecia só.
Eu tinha passe pare me aproximar mais e mais, podia ter esperado ela levantar o seu triste rosto, mas o respeito ainda ecoava.
Deixei ela suspirar mais uma vez entre seu chapéu e sua tristeza.

Vi os mais valentes ficarem humildes e se prontificar com tudo e todos. Cobrir tal evento é ruim mas impossível ignorar, fotojornalismo é isso, desde a concepção da vida até que a morte nos separe.

Bookmark and Share

Xeque-mate

17 de January de 2013 0

Mesmo com o sol lá na praia, uma cena me chamou a atenção ontem, quando chegamos no hotel em Cidreira – para a cobertura do Verão Off Road. Sentados na sala de jogos, Larissa e Pedro, de 5 e 8 anos, jogavam xadrez! Fotografei de longe, mas, intrigado, fui questioná-los.

Pedro me explicou que, na sua cidade, São Valentim, é comum os alunos terem aula de xadrez, “para participar da Olímpiada que acontece entre as escolas”. Larissa, inquieta e curiosa, não esperou pela escola e já aprende os primeiros passos com o professor-mirim.

_ Larissa, sai do sol!, ouvi hoje, possivelmente de sua mãe, da sacada do meu quarto. Xeque-mate para a praia.

texto e fotos | Bruno Alencastro

Bookmark and Share

Cristal em luto

14 de January de 2013 0

Os cerca de 7 mil moradores da cidadezinha no sul do RS tentam entender a tragédia familiar que marcou a virada do ano. Dezesseis dias após o primogênito matar o irmão mais novo e a cunhada, o patriarca da família tirou a própria vida. O enterro ocorreu na última quarta-feira.

Fotos de Caco Konzen.

Bookmark and Share

Toda Leica têm alma

09 de January de 2013 0

Confira o belo vídeo da nova Leica M – Monochrom:

Bookmark and Share

MMA em Porto Alegre

09 de January de 2013 2

Maior evento de MMA da América Latina, o Jungle Fight teve a edição de número 47 em Porto Alegre, no dia 21 de dezembro. Foram sete lutas no Ginásio Tesourinha, que recebeu cerca de 8 mil pessoas.

Belo ensaio do fotógrafo Júlio Cordeiro.

Bookmark and Share

Senegaleses no RS

04 de January de 2013 1

Grupos de senegaleses têm migrado do país africano para Caxias do Sul em busca de trabalho e melhor qualidade de vida. Eles cruzaram o Atlântico em viagem de mais de 6 mil quilômetros. Agora, se adaptam à rotina serrana.

Localizado na costa oeste da África, o Senegal ocupa uma planície semiárida, coberta por savana e irrigada por três rios: Senegal, Gâmbia e Casamance. A distância entre o Senegal e o Brasil é de 5.215 km.

Confira as fotos dos Senegaleses no cotidiano serrano. As imagens são do fotógrafo Juan Barbosa.

Foto - Juan Barbosa

Foto - Juan Barbosa

Foto - Juan Barbosa

Foto - Juan Barbosa

Foto - Juan Barbosa

foto - Juan Barbosa

Foto - Juan Barbosa

 

Bookmark and Share

Show de imagens

02 de January de 2013 0

Com a manipulação de fotos de arquivo da WWF foram criados estes impressionantes efeitos de câmera lenta. Criaçao de filme independente, combinando os “paralaxes” de dois filmes existentes produzidos por Films ad hoc para a WWF.
Animação / composição: Make Productions
Produtor: Daniel Glynn-Ad Hoc Films
Créditos fotográficos: makeproductions.co.uk / WWF
Cliente: Ad Hoc Films para a WWF
Música: Snow Patrol “What If This Storm Ends?”

WWF PARALLAX SEQUENCE from Make Productions on Vimeo.

Bookmark and Share