Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Sai Nelsinho?

30 de setembro de 2008 12


Lucas Di Grassi, 24 anos, também brasileiro e piloto de testes da Renault, no lugar do Nelsinho Piquet em 2009. Alguém acredita nisto? Eu, não. O Flavio Briatore não vai queimar o Nelsinho assim. Alguém vai dizer: mas o Briatore é conhecido como queimador de piloto. Mas desta vez, não acredito. Ah, o Lucas é o cara do meio aí na foto, entre o Nelsinho e o Fernando Alonso.

 

O Di Grassi foi um dos destaques da GP2 neste ano. Foi muito bem mesmo não participando das 6 primeiras etapas.

Postado por Daniel Dias

Comentários (12)

  • Mário Gayer do Amaral diz: 30 de setembro de 2008

    É, Daniel. Para mim, o Nelsinho Piquet é a grande decepção da temporada pelo fato de não ser vibrante nas corridas e também de não ter ambição de crescer dentro da equipe. O Lucas di Grassi é uma incógnita, pode ser bom na GP2, mas corre o risco de ser outro “foguete-molhado” na F1. Até provar o contrário, o Nelsinho é mais um “foguete-molhado” na história da F1, mas ainda tem tempo para mudar esse conceito. É só ele ter atitude e vontade de mudar como o pai dele fazia. Só isso.

  • Rafael diz: 30 de setembro de 2008

    Pra mim ele lembra o famoso “catagrama”

  • Rodrigo Dias diz: 30 de setembro de 2008

    Acredito que ele baila, sim. Em Jerez de la Frontera, o Di Grassi quebrou o recorde da pista em um teste, ficando a frente dum McLaren. Além de que, se tivesse participado de todas as etapas da GP2, seria campeão – algo que o Nelsinho não conseguiu nos dois anos que ficou lá. Fora que, segundo a Autosport, o Nelsinho foi “oferecido” à Toro Rosso. Não tem aquela velha máxima de “onde há fumaça, há fogo”? Acho que nessa o incêndio está recém começando.

  • Pablo diz: 30 de setembro de 2008

    Depois daquele “sorry guys”, o cara já era. O pai é de deve estar fulo da vida, pois até jatinho comprou para o pimpolho não perder a hora do treino.

  • L. Fabiano diz: 1 de outubro de 2008

    O Daniel, eu acredito sim que a Renault troca Piquet por Di Grassi mas só em 2009. Até o final dessa temporada o Nelsinho fica pra ajudar a Renault na busca do 4 lugar no mundial de construtores, depois disso acho que ele dança, fazer o que.. Abraços..

  • Joubert diz: 1 de outubro de 2008

    O problema não foi o Nelsinho.O problema foi o companheiro de equipe dele.Se colocasse ele correr numa equipe com o Sebastian Bourdais, por exemplo, até que ficaria parelho.Mas , por favor , não coloquem ele com o filho do Satoro Nakajima, para não passarmos vergonha!!

  • Ricardo Cantergi diz: 30 de setembro de 2008

    Não creio mas não duvido que ele troque o Nelsinho….mas vejo que nelsinho pode se tornar um belo piloto mas tem que ser lapidado….Mas será que dá ainda para acreditar no campeonato do MASSA???? Nele eu acredito não acredito mais é na Ferrari!! mas é sem sombra de súvida o melhor ano de fórmula 1 depois da morte de Senna!

  • Claudio Lopes diz: 30 de setembro de 2008

    Caro Daniel, infelizmente o Nelsinho não é desta turma…
    F-Indy ou Nascar prá ele, e olhe lá hein!

    Abraços!

  • Misael diz: 30 de setembro de 2008

    Como assim não acredita Daniel? Está comprovado que o Nelsinho não tem condições de correr na f1.Está lá só pelo sobrenome.O Lucas di Grassi é muito mais piloto tanto em relação a Piquet quanto ao Bruno Senna.O piloto de testes não pode ser melhor que o titular.Por isso quero ver o di Grassi na f1 em 2009.

  • marcelo diz: 30 de setembro de 2008

    O nelsinho até agora não mostrou qualidade nenhuma, conseguiu chegar em terceiro em uma prova pq deu sorte.. disseram q ele era bom nas pistas da europa, e nada… infelizmente está longe do talento do pai e vai ser mais um brasileiro q vai passar apagado na F1. Felizmente hj temos o massa para torcer, foi indiscutivelmente o melhor piloto do ano, mas por falhas da equipe poderá perder o título.

  • Eduardo Tomedi diz: 1 de outubro de 2008

    Demorou para o Briatore fazer a mudança…

    O Piquetzinho é bom, mas não está preparado, foi pelo caminho mais fácil, sempre amparado pelo pai dele, nunca precisou correr atrás de dinheiro para patrocinio e etc…

    O Di Grassi sempre foi um excelente piloto, lutou muito para chegar lá, merece muito!

  • rodrigo jacques diz: 1 de outubro de 2008

    pena mesmo o cara não conseguir da sombra do pai. realmente temos de reconhecer que sair da sombra do quase genial Nelson Pai Piquet é das mais árduas tarefas, mas não impossivel. se sair agora jamais será um grande piloto. em último caso seria uma boa topar equipes menores pra pegar o jeito da coisa.

Envie seu Comentário