Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O grande Piquet faz 60 anos

17 de agosto de 2012 23

O Nelson Piquet já foi responsável por vários e inesquecíveis momentos de extrema felicidade para mim no mundo dos autinhos. Para muitos, a maioria, este cara que faz hoje, dia 17 de agosto, 60 anos de idade, é o maior acertador de carros da F-1. O Nelson Piquet é muito mais do que isso. Profundo conhecedor de mecânica e do próprio automobilismo, o tricampeão – 1981, 1983 e 1987 – talvez seja entre os nossos três campeões o mais técnico na pista. Talvez seja o mais técnico que já pisou na F-1. Dono de uma pilotagem extremamente clássica e refinada, o Nelson não era inventivo apenas fora das pistas. Era também dentro da pista, como exemplifica perfeitamente aquela ultrapassagem de cinema sobre o Ayrton Senna na Hungria em 1986.
Parabéns, Piquet, e muito obrigado por tantos momentos felizes.
Falem aí sobre o grande Nelson Piquet.

Comentários (23)

  • Pablo diz: 17 de agosto de 2012

    Conheci o automobilismo por obra do mestre Neson Piquet. Era fantástico acompanhar as corridas dele contra os grandes da época: Mansel, Prost, Senna, … Parabéns CAMPEÃO!!!

  • Fabrício Martins Tavares diz: 17 de agosto de 2012

    Parabéns Piquet, meu maior ídolo na F1 pelo aniversário e para você Daniel, pelo post. Para os mais novos, vale lembrar que Piquet foi o primeiro campeão da era turbo, foi campeão também com três regulamentos diferentes e com três marcas de pneus diferentes. Introduziu, junto com Gordon Murray, o reabastecimento na F-1 e o aquecimento de pneus. Além de um piloto muito técnico, era extremamente versátil e tinha uma leitura fantástica das corridas. Quando tinha equipamento para vencer, disparava na frente e fazia a sua corrida. Quando fazia um treino aquém de suas possibilidades, acertava o carro para a prova e tinha paciência para galgar posições. E quando não podia vencer, marcava os pontos que podia, para as circunstâncias. Seu humor era ferino. O Mansell sofreu nas suas mãos na Williams. Na Brabham ele chegou a fazer xixi embaixo do carro e pedir para os mecânicos verificarem que tipo de vazamento era aquele … Outra história que me marcou foi a de tirar as primeiras três marchas da Brabham em um treino, fazer uma volta veloz com o carro mais leve em um circuito de alta velocidade e, ao ser perguntado pelo seu engenheiro como ele conseguiu aquilo, responder tranquilamente: “não sou burro, a primeira coisa que testei era se o carro arrancava em quarta marcha” !!! Viva o Nelsão !!!

  • Joe diz: 17 de agosto de 2012

    Verdadeiro heroi, venceu corridas no sacrificio, foi bi-campeão SEM guiar o melhor carro, era honesto e falava o que pensava.. Coisas que a midia não gosta, não interessa. Piquet atribuia suas vitorias a ele mesmo, não a deus. Piquet perdeu um titulo por causa da FIA em 86 e não ficou chorando, se lamentando, tampouco jogou o carro em alguem no ano seguinte pra conquistar seu tri-campeonato. Piquet não ficava dando aulinha de vida porque sabe que é um ser humano com virtudes e defeitos, assim como TODOS os outros. Por tudo isso, merece o post e o nosso reconhecimento. Obrigado, blogueiro.

  • Andre Cortez diz: 17 de agosto de 2012

    Tive muita felicidade de crescer na Era Piquet, porque foram inùmeros belos momentos ao torcer pelo Nelson pilotando as “baratinhas”. Tenho ainda guardado uma Brabham que incorporei ao meu autorama Fittipaldi, que também trouxe muitas alegrias. Mas a minha idade de “guri” apaixonado pelas “baratinhas” foi no tempo do Grande Nelson Piquet. Valeu Nelson e Emerson……….

  • Jonas diz: 17 de agosto de 2012

    Para mim o MAIOR DE TODOS, corria numa época em que o campeão do mundo tinha duas ou tres vitórias, tamanha a competitividade , ganhou co a peuqeunina Brabahan o campeonato…Sena foi bom, mas quando campeão teve sempre o melhor carro…Piquet para quem não sabe foi por exemplo que mse deu conta que os pneus aquecidos nas primeiras voltas seria um diferencial e inventou o sistema de aquecimento dos pneus…O MAIS TECNICO SEM DUVIDA NENHUMA, PARA MIM O MELHOR!

  • Paulo Roberto Moura da Silva diz: 17 de agosto de 2012

    Parabens Nelson,pilotou com muita garra e determinação,domou o leão e fez o que muitos hoje não fazem acertar carros,ainda é um previlegio de poucos muito poucos conseguem e vc fazia com maestria.

  • Luís Oscar diz: 17 de agosto de 2012

    Piquet além de um piloto completo é uma pessoa transparente. E, por ser transparente, sem sofismas e hipocrisia, foi muitas vezes mal interpretado, conquistando muitos inimigos na imprensa, dentre eles o GV, cujo apresentador fomentou desavenças entre os nossos dois maiores pilotos da história. Grande ídolo que nos trouxe muito orgulho. Parabéns Piquet!

  • Mauro diz: 17 de agosto de 2012

    Grande Nelson Piquet, puro talento. O melhor campeão que a fórmula já viu.

  • Henrique de Sottomaior diz: 17 de agosto de 2012

    Ótimo piloto, acompanhei somente o final de sua trajetória na F1. Brilhante.
    Apenas acho, que como pessoa poderia ter sido bem melhor, não estou dizendo que é ladrão ou algo assim. Mas deixou a desejar sim e isso é fato, os pilotos não estão lá para fazerem amizades, mas muitas vezes faltou ética e respeito. Concordo em muitas coisas contigo Daniel, mas foi o segundo melhor, na minha humilde opinião.

  • GENARO diz: 17 de agosto de 2012

    Muito bom piloto, mas so muito mais Ayrton Senna, Ayrton sempre piso mais fundo,sempre foi mais arrojado.Mesmo assim parábens Piquet.

  • Flávio Ricardo Souto de Abreu Fialho diz: 17 de agosto de 2012

    Sempre fui torcedor deste cara,paa mim poderia ter sido o maior piloto de todos os
    tempos,mas acho que foi injutiçado e preterido pêla midia e pêlo circo da F1 por
    dizer oquê pensava e não oquê os outros queriam ouvir.Grande Nelson Piquet Souto
    Maior,para mim o maior de todos.

  • Jaime diz: 17 de agosto de 2012

    Para mim, o melhor piloto brasileiro. O maior acertador de carros da F1, pois entendia muito de mecânica de automóveis…

  • JC Dias diz: 17 de agosto de 2012

    Olá Daniel, parabéns pela lembrança. Piquet foi o cara responsável por eu gostar de F-1. Fittipaldi era um ídolo, presente no imaginário de todos os brasileiros dos anos 70 (eu tinha uma “baratinha” de plástico “do Fittipaldi), como Eder Jofre, Pelé, Roberto Carlos, Mequinho, etc. Mas a aposta no Coopersucar o tirou das disputas pra valer, ou já tinha saído da F-1, não lembro. Com ele parou também o interesse pela F-1. Me lembro de, com 13, 14 anos, começar a ver o tal Nelsinho (na Bandeirantes, se não me engano, pois até a Globo tinha perdido interesse nas corridas). Foi gênio e extrovertido, nunca paparicado pela mídia porque não queria o papel de herói ou martir. Ganhou campeonatos sem apoio midiático nenhum, e muitas vezes até sem apoio da equipe. Também não fez ou foi drama nunca. Quando se arrebentou todo na Indy não teve comoção nacional nenhuma. Imagine se fosse o Senna? Especial no Fantástico, Globo Repórter, uma edição inteira da Veja seriam insuficientes, há claro, as vigílias com tietes chorosas em frente às igrejas, rezando por ele. Um dia Piquet falou, sobre o acidente, para o Flávio Gomes: “Corro de carro, é perigoso, bati, me ferrei, sabia que podia acontecer, só isso”, e deu de ombros. Como estão fazendo falta pilotos assim.

  • Ricardo diz: 17 de agosto de 2012

    Concordo em se tratar de um dos pilotos mais tecnicos que já passou pela F1, mas discordo do exemplo da ultrpassagem, inicialmente pela diferença de carros e tambem pelo que o Senna fez uma volta antes. Se esse é o momento de gloria do Sr Nelson, então ele nao tem nenhum.
    Abraço.

  • nelson dutra diz: 17 de agosto de 2012

    Esse foi o melhor de todos os pilotos brasileiros!

    O Senna era um nota 8 marketeiro!

    O Piquet era um NOTA 10, ranzinza!!!

    Mas o mundo sempre foi saturado de garotos bonzinhos!

    Piquet era rock n’ roll!!!! Salve mestre das pistas!!!

  • Isafan Silva diz: 17 de agosto de 2012

    Boa tarde Daniel, Piquet era um genio da F1cmo vc disse o melhor acertador que andou pelo circo, criador do aquecimento de pneus e reabastecimento e alem do mais nunca foi garoto propaganda da Globo.
    Parabens e obrigado Nelson Piquet

  • Francisco diz: 17 de agosto de 2012

    Tem aquela que ele deu um murro no capacete do Élio Salazar. Ele ainda deve dar muita rizada daquele murro. Grande Piquet como já falaram aqui, sem polemizar com Senna. 2 títulos apertados com um carro mediano. 3 vitórias nos 3 títulos. No ano que mais ganhou, não foi campeão. Ultrapassagens incríveis como já foram mensionadas, Hungria 86, Mônaco 83, Espanha 87.

  • Adriano Mezari Duarte diz: 17 de agosto de 2012

    Não tenho nem o que falar, depois de tudo que foi dito pelos colegas anteriormente. Dominou os anos 80, 3 titulos. Eu considero o melhor piloto e sempre considerei um homem etico e moral sendo piloto e após quando pai de piloto, caso renault e alonso. Também fiquei contente em ver comentarios do grande Fabrício.

  • Marco Machado diz: 18 de agosto de 2012

    O maior de todos…sem marketing pessoal, sem frescura, sem politicamente correto, tava ali porque gostava, nasceu pra isso!!! Parabens Piquet, meu maior ídolo!!! O resto todo é lenda…Abraços!!

  • Mateus diz: 18 de agosto de 2012

    Para mim entre os 3 melhores da F1, ainda mais hoje se compararmos com os molengões Massa e Bruno – me recuso a incorporar o sobrenome Senna, pois não o faz por merecer.

    Parabéns Piquet!!!

  • PAULO ROBERTO VIEGAS diz: 21 de agosto de 2012

    Foi grande, só não é maior porque não gostava de pergunta idiota de reporter e porque não se entregou para o Galvão e a Globo, por isto não tinha a mídia que outros tiveram. Dizia o que vinha a cabeça e não tinha ” papas na língua” . Ganhou três campeonatos de Fórmula 1 contra Reutemann, Lauda, Prost, Villeneuve (pai), Mansell, Rosberg, Prost, Senna, etc. Mas não falava o que queriam ouvir, e não era “sócio” do Galvão e nem pauilista.

  • PAULO ROBERTO VIEGAS diz: 21 de agosto de 2012

    Foi grande, só não é maior porque não gostava de pergunta idiota de reporter e porque não se entregou para o Galvão e a Globo, por isto não tinha a mídia que outros tiveram. Dizia o que vinha a cabeça e não tinha ” papas na língua” . Ganhou três campeonatos de Fórmula 1 contra Reutemann, Lauda, Prost, Villeneuve (pai), Mansell, Rosberg, Prost, Senna, etc. Mas não falava o que queriam ouvir, e não era “sócio” do Galvão e nem paulista.

  • jorge freitas diz: 2 de março de 2014

    Caros colegas,realmente piquet foi um grande acertador de carros de F-1 pois começou em Brasilia com uma oficina mec.na época das corridas de super V.E, além disso fez 3 anos de engenharia mecanica.-Sem apoio e apenas com seus esforços,foi para a Europa e se tornou um grande piloto na F-1 após passar anteriormente por outras categorias do automobilismo lá.Não devemos nos esquecer que:cada piloto tem seus limítes de arrojo,velocidade e destreza.E em condições iguais de equipamento(monoposto);é que veremos quem foi melhor.Faço este comentário porque o Senna também foi um grande piloto,talvez até superior a Piquet e outros daquela época. Aquela Lotus do Sena era tecnicamente inferior ao monoposto do Piquet em termos de velocidade e desenvolvi-mento tecnológico.Acho que o piloto mais rápido da F-1 daquela época era o Manssel (o grande leão);mas,não era um piloto completo,digo cerebral;poderia ter obtido mais titulos mas era cabeçudo demais. Vale lembrar que a escuderia que ele corria projetou carros que na época eram considerados
    de outro planeta tal o nível tecnológico (suspenssão ativa;controle de tração;o podero-so motor Renalt V-10 etc…etc…).Moral desta opinião:os dois pilotos brasileiros (Piquet e Sena);representaram muito bem o Brasil no senário do “circo” e contribuí-ram em muito para este esporte,um lembrete apenas:o pré-aquecimento de pneus e re-abastecimento foi levado da F-Indy (frase dita pelo Collin Chapmam na F-1 tudo se copia).Goron Murray e Piquet copiaram a ideia da F-indy e levaram para a antiga Brabham.
    Moral dessa historia:Os dois brasileiros Senna e Piquet acrescentaram em muito para este esporte porém, meu voto vai pro Senna,sem desmerecer o também tri-campeão Nelson Piquet.
    Abraços…

Envie seu Comentário