Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Ordem de equipe?

31 de agosto de 2012 0

Com o fraco desempenho de Button e a ascensão de Hamilton, a McLaren já cogita adotar o jogo de equipe. A estratégia até funcionou bem com Hakkinen e Coulthard, com o bicampeonato do finlandês. E mais: o passado mostra ser desastroso dar liberdade de duelo aos pilotos.
Em 1988, a briga entre Prost e Senna acabou em briga, apesar do título. Em 2007, a rusga entre Alonso e Hamilton fez o título cair no colo de Raikkonen. A dúvida é: será Button gentleman o suficiente para facilitar para o compatriota Hamilton?
O manager da McLaren Martin Whitmarsh foge do assunto. Diz que ainda há tempo para decidir. A preocupação é unir esforços da equipe para um Hamilton que sequer renovou o contrato com a escuderia para 2013, ao contrário de Button. Seria o risco de ajudar e se arrepender depois.
- A McLaren se orgulha de entrar em cada campeonato com os dois pilotos tendo igual oportunidade de ganhar corridas e lutar pelo título _ despistou Whitmarsh.
Quem desceu do muro foi Hamilton. Para o inglês, título vencido com ajuda não tem o mesmo sabor. Uma alfinetada caprichada no desafeto Alonso.
- Quero ganhar porque sou o mais rápido, não porque recebi os pontos de alguém _ afirmou.
E se na reta final Hamilton precisar de um favorzinho do companheiro? Perderá com honra?
Leandro Becker

Eu: a ajuda do Coulthard para o Hakkinen terminou em briga com o Schumacher justamente em Spa em 1998. O alemão meteu o dedo na cara do escocês no box acusando-o de provocar a batida (na foto aí de cima) dos dois no meio de um temporal no circuito belga. Para o Schumacher, o Coulthard reduziu a velocidade de propósito quando viu ele vinha atrás. O Coulthard era retardatário na corrida.

Envie seu Comentário