Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Ayrton Senna: 19 anos, 19 inimigos

01 de maio de 2013 129

O relógio marcava no Brasil exatamente 9h10min quando a Williams de número 2 batia no muro da Tamburello, daquele 1º de maio de 1994. Ayrton Senna praticamente morreu naquele momento, porque todas as tentativas médicas ainda na pista e depois no hospital não poderiam resultar em sucesso porque as lesões na cabeça do maior piloto de todos os tempos eram irreversíveis.
Isso ocorreu há exatamente 19 anos. Muito, ou quase tudo, já foi dito sobre o mito Senna e sobre aquele 1º de maio no circuito de Ímola. Em uma fatalidade, como a de um acidente da aviação comercial, não existe uma causa apenas. São sempre vários os motivos que acabam na chamada fatalidade.
Vamos a 19 motivos que colaboraram para aquela fatalidade. Se você quiser falar alguma coisa, sinta-se à vontade.

1 A Williams projetada por Adrian Newey era o carro dos sonhos de Senna.

2 Quando finalmente conseguiu ir para a equipe inglesa, a FIA retirou todos os recursos eletrônicos dos carros.

3 O carro que nasceu como o melhor da história da F-1 em 1992 continuava sendo muito rápido em 1994, mas não tinha estabilidade. Era “inguiável”, por assim dizer.

4 De forma velada, a Benetton de Michael Schumacher continuou utilizando os recursos eletrônicos. Aquela Benetton é considerada o carro mais fora do regulamento que já passou pela F-1.

5 Na primeira prova do ano, em Interlagos, Senna foi para o pit stop em primeiro, mais de 5 segundos à frente de Schumacher. Voltou quase 10 segundos atrás. Os vigaristas da Benetton tinham uma mangueira de reabastecimento que dava uma vazão de gasolina muito maior, fora do regulamento.

6 Antes da primeira corrida, Senna pediu para aumentar a coluna da direção de seu carro. Suas mãos batiam nas laterais do cockpit.

7 Grosseiramente, uma equipe do tamanho da Williams não produziu uma coluna nova, mais longa, mas fez uma emenda na já existente.

8 Em conversas com Alain Prost, com quem tinha se reconciliado logo após a última corrida pela McLaren em 1993, Senna se mostrava deprimido, com a certeza que a Benetton estava trapaceando desde o começo do campeonato.

9 Embora tivesse feito a pole position nas duas primeiras corridas (fez também na de Ímola), Senna não concluiu nenhuma prova, e estava sob pressão para o GP de San Marino, 20 pontos atrás de Schumacher.

10 O terrível acidente de Rubens Barrichello assustou Senna na sexta-feira.

11 O acidente fatal de Roland Ratzenberger no sábado deixou Senna arrasado.

12 Senna não queria correr no domingo, mas foi obrigado pela FIA, sob ameaça de punição severa.

13 Mais um acidente sério na largada, envolvendo o português Pedro Lamy, colocou mais pressão nos ombros dos pilotos e de todo o circo.

14 Nas voltas com a presença do safety car, o ritmo foi lento demais, com os pilotos não conseguindo aquecer os freios adequadamente.

15 Por causa do desgaste dos materiais desde a primeira corrida, a barra da direção da Williams de Senna se rompeu justamente na Tamburello, uma “reta torta”, como dizia Nelson Piquet, feita a mais de 300 km/h.

16 Mesmo sendo violenta, a batida no muro em diagonal não era preocupante. Mas aí começa a série de fatalidades e acontecimentos desfavoráveis.

17 Uma ponta de um braço da suspensão dianteira direita foi arremessada contra a cabeça de Senna.

18 A ponta da suspensão chocou-se contra a única parte vulnerável do capacete: a viseira. Milímetros mais para cima, a ponta teria ricocheteado no capacete, sem problemas.

19 Foi como Senna tivesse levado um tiro na cabeça, logo acima do olho direito. Senna não teve nenhum ferimento no corpo e teria saído do carro caminhando se não tivesse sido alvejado pela ponta da suspensão.

Comentários (129)

  • Guilherme diz: 1 de maio de 2013

    Muito bom o texto, só não concordo com o título, pois Senna uma vez disse, ao ser perguntado se possuia inimigos, “A vida é muito curta para se ter inimigos”.
    Um dia para lembrar aqueles domingos, quando Senna era o único capaz de fazer o brasileiro sentir orgulho do seu país.

  • Mauro Douglas diz: 1 de maio de 2013

    Saudades eternas desse cara sensacional dentro e fora das pistas.

  • Valdir diz: 1 de maio de 2013

    Quanta explicação para justificar uma batida no muro.
    Quanto ao “maior piloto de todos os tempos”, só se for na mente dos patriotas acéfalos.Os números já provaram quem foi melhor.
    A benetton (uma equipe pequena), poder trapacear enquanto a super willians de Senna segue as regras é um argumento risível.
    Não sequer tentar freiar o carro quando se vai bater num muro não é uma opção?

    Leio muito pouco esse blog. Desde já, nem o pouco, até porque sei que o comentário não será publicado. É proibido falar sobre o “mito”-miguelão-senna.

  • KIKO diz: 1 de maio de 2013

    Assassinato ou sacrifício em ímola ?

  • Luiz Carlos Padoin diz: 1 de maio de 2013

    Parabéns Daniel, sua colocação sobre o ocorrido na minha ótica está perfeita concordo em 100%. Mais uma vez parabéns…………………………………

  • Gabriel diz: 1 de maio de 2013

    Valdir, Briatore sempre foi um grande vigarista, inclusive, aplicando golpes noutros ramos… acabou sendo expulso do automobilismo para sempre, caso único até hoje… A gambiarra na coluna de direção ficou comprovada pelas análises técnicas feitas pelos mais respeitáveis laboratórios técnicos da Itália, a pedido da Justiça italiana. E, sim, Senna freiou o carro antes de bater, informe-se antes de dizer bobagens…

  • Fernando diz: 1 de maio de 2013

    20 – O médico amigo de Senna, após o acidente com Barrichello, em que ele foi visitar o amigo disse na saída do hospital para ele parar de correr, que não precisava disso…poderiam pescar juntos…devem estar pescando os dois agora.
    21- Você disse tudo.

  • Cristiano diz: 1 de maio de 2013

    Onde estava o todo poderoso Galvão e Globo que não denunciou todas estas barbaridades???

  • Renato Foretti diz: 1 de maio de 2013

    para o Valdir… Estupido!!!!!!

  • Sérgio tadeu de freitas soares diz: 1 de maio de 2013

    Hoje as causas não mudaram oque já aconteceu,porem cabe resaltar a falta de idolos que o nosso BRASIL padece para mim as manhãs de Domingo nunca mais foi a mesma sem a musíca,sem a nossa bandeira trimulando ou mesmo os gestos de Senna com os colegas eo publíco.Talves um dia nos o esqueceremos assim como já esquecemos a D Zilda Harnes/Sérgio Vieira de Melo………..somos um país sem memoria somos portadores de Halzaimer pior não nos lembrarmos de nos mesmos(Brasileiros)

  • Edster diz: 1 de maio de 2013

    Realmente a palavra certa é “fatalidade”. Foi uma sequência de eventos muito precisa para dar no que deu. Uma pena, seria muito legal ver uma disputa aberta entre Senna e Schumacher nas temporadas seguintes.

    Valdir, segundo a telemetria o Senna reduziu 3 marchas antes de bater no muro. Ou você levanta a hipótese de suicídio? Não me considero patriota (muito menos um acéfalo), aliás, sou totalmente contrário a qualquer forma de nacionalismo, mas daí a dizer que o Senna não pilotava nada… bom, cada um com sua opinião.

  • Rafael diz: 1 de maio de 2013

    Que saudades faz quando eu acordava aos domingos e corria para frente da TV para assistir a F1. Eu tinha apenas 13 anos mas não perdia nenhuma corrida, acompanhei o Senna desde quando eu tinha 8 anos. Além dele ser um ídolo para muitos como eu, ele era uma excelente pessoa e de um caráter indiscutível. Hoje aos 32 anos raramente eu paro para ler alguma notícia sobre a F1, depois de tantas armações e manipulações de resultados eu perdi o gosto de assistir. Bons tempos quando se ganhava na raça, no suor, na estratégia e com patriotismo. Naquele dia 1º de maio de 1994 não foi apenas o nosso querido Airton Senna que nos deixou, mas para mim a F1 morreu junto com ele. Eternas saudades…..

  • sandro diz: 1 de maio de 2013

    na boa, esse tal de valdir é desse planeta???

  • DANIEL BERNARDES diz: 1 de maio de 2013

    O nobre jornaleiro esqueceu de analtecer o mau caratismo do idolo tapuia. Ou ja esqueceram que o idolo tapuia passou o ano anterior, de sua ida para a Wiliians, tentando demitiir algum dos pilotos que la estavam? oNelson Piquet, este sim um grande piloto, perguntado por reporter sobre qual a diferneca entre ele e o idolo tapuia, definiu: “eu estou vivo…”

  • Juarez R dos Santos diz: 1 de maio de 2013

    O maior idolo Brasileiro e do mundo , este era um verdadeiro piloto, não estes medrosos que só ultrapassam , quando alguma carro entra no box ou quebra, quanta saudade Airton Senna do Brasil, melhor piloto, que o Brasil já teve, fora massa, barrichelo já era.

  • Rodrigo Labajaski diz: 1 de maio de 2013

    Não sendo melancólico, mas ao acordar hoje pela manhã, lembrei de uma música Gaúcha feita para o Grande Airton Senna e mais uma vez senti muito orgulho de ser Brasileiro, e de poder lembrar do expetacular homem que era Airton Senna, bem diferente dos pequenos e limitados comentários realizados por alguém que diz pouco ler este blog e pelo que nos parece de nada entende do que é levar a bandeira do Brasil em um esporte.
    Parabéns pelo Excelente Trabalho sobre este inesquecível 1º de Maio de 1994.
    Forte Abraço

  • EMERSON diz: 1 de maio de 2013

    PARABÉNS VALDIR, FALOU POUCO E NAO FALOU NADA, INCRIVEL NAO SABE NADA DE F1 E VEM COMENTAR, MELHOR VC IR CURTIR SEU FERIADO FAZENDO OUTRA COISA PORQUE DE F1 REALMENTE NAO SABE NADA. MAS AINDA DA TEMPO LEIA MAIS OU SE INFORME A RESPEITO. LAMETAVEL.

  • eduardo diz: 1 de maio de 2013

    Valdir, vc nao entende nada de corrida, numeros sao frios e nao prova nada! Senna foi sim um dos melhoes do mundo, o acidente foi ate normal,falha mecanica,acontece.Mas uma curva sem area de escape , sendo que ja tinha acontecido varios acidentes graves ali, culpa da FIA e da Williams, Senna deu azar com aquela lança na sua cabeça.Mas Senna era muito maior, por isto foi para um lugar muito melhor que este nosso mundinho!

  • Cleomar Piovesan diz: 1 de maio de 2013

    Lendo os comentários, é lamentável ver o posicionamento do Valdir. Acredito que a desinformação transforma qualquer pessoa em um agressor incomparável, pois levanta comentários absurdos e possíveis de serem imaginados exclusivamente pela total e completa falta de informação. Senna foi considerado o melhor piloto de todos os tempos até mesmo por Schumacher. Fangio só não o fez porque não viveu para vê-lo correndo.

  • André Rech diz: 1 de maio de 2013

    VALDIR ! Tu só pode estar escrevendo de dentro do Hospício São Pedro !!! Ou tu és daquelas pessoas que ninguém aguenta, coloca defeito em tudo, acha tudo ruim, teu comentário foi ridículo, portanto, tua ausência neste blog nos fará muito bem.

  • Antonio Silveira Jr diz: 1 de maio de 2013

    Os que falam mal do senna, devem ser daqueles que adoram idolatrar heróis ou mitos importados, pois não conseguem valorizar nada do Brasil. Ayrton foi uma pessoa que mostrava seu sentimento patriota acima de tudo, mesmo passando mais tempo fora do Brasil do que dentro, devido necessidade da sua profissão. Numa época difícil do pais, era o único capaz de fazer o Brasil parar, unindo rico e pobre num só sentimento, dando esperança de que um Brasil melhor poderia existir. Senba mostrou ao mundo que o brasileiro não era bom apenas em corrupção, carnaval, futebol e garota de Ipanema, Mas que o brasileiro também é batalhador, dedicado, estudioso e capaz. um abraço e pensem antes de falar mal de um herói que sempre teve orgulho deste pais e seu povo, mesmo morando na Europa e sendo rico.

  • Vicente Trevisan diz: 1 de maio de 2013

    Seu Valdir Vc é muito ignorante mesmo nem devia fazer comentarios idiotas

  • Cleomar Piovesan diz: 1 de maio de 2013

    Vejam….como comentei a pouco, a ignorância é uma arma. Pois percebam que o Daniel já foi aliciado pela manifestação infame do Valdir. Por favor senhores, foquem-se no MMA, ali encontrarão ídolos que atendam vossas expectativas.

  • Luiz Menezes diz: 1 de maio de 2013

    ôoooo Valdir, vê isso aqui, depois comenta!!!!

  • luiz diz: 1 de maio de 2013

    O que eu sei é que a Igreja respirou aliviada com o óbito do atleta. Ele vinha tirando os jovens da missa das 10h. Era preciso eliminá-lo. ‘Vade retro’, Satanás. E ele foi. No muro.

  • Fabio Castro diz: 1 de maio de 2013

    Valeu Campeão. Obrigado pelos exemplos e pelo amor e paixão aos verdadeiros valores que o Bem representa. Exemplo para muito que hoje são personagens bixas e idolatradas por seguidores incultos, fruto de um produto midiático míope, anacrônico, tendencioso e comprometido ideologicamente.

  • Clairton Leal diz: 1 de maio de 2013

    Todas as inscrições são bem-vindas, todavia senhores, não podemos perder a noção de que certos esportes são considerados contratos de extremo risco, e esse não é diferente. Somente nos resta lamentar.

  • Antonio Silveira Jr. diz: 1 de maio de 2013

    Ser contra por ser, é coisa de radical como vemos com freqüência em Porto alegre. Senna com certeza tinha seus defeitos como todos temos, mas devemos lembrar e julgar pelo que de mais importante ele mostrou e deixou de legado ao nosso povo que era carente, desacreditado lá gora e que só valorizava pessoas de fora. Hoje temos muitos brasileiros destaques lá fora, em parte graças ao trabalho dele, entre outros. Venceu no mundo europeu de forma técnica, profissionAl e dedicada, coisa que hoje 20 anos depois, muitas pessoas e entidades se deram conta que assim devem agir para crescer, e não com gambiarra, jeitinho brasileiro e sem conteúdo.

  • alexandre diz: 1 de maio de 2013

    O V I A L D I R esta todo gaybola ja teve os seus 24 segudos de fama.

  • Rejane Osório diz: 1 de maio de 2013

    Incrível ,19 anos se o Senna . Foi impossível seguir assistindo a fórmula 1 .
    Ficou sem graça.

    E o tal de Valdir perdeu de ficar calado.

  • Daryl diz: 1 de maio de 2013

    Valdir, num documentário da Tv Inglesa sobre a morte de Senna, Jeremy Clarkson apresentador do programa Top Gear, disse :”..que até nem gostava muito do Senna…”, mas depois de fazer o documentário ele viu que TODA a corrida que Senna correu ele a fez de forma espetacular, podendo ser considerado o melhor piloto da história, ao contrário de outros que foram espetaculares mas nem sempre brilhantes. Não é só ufanismo não. E aquele carro da Bennetton comandada pelo Briattore… nem precisa dizer mais nada.

  • Eduardo diz: 1 de maio de 2013

    O Valdir é do fã clube do Nelson Pique..daqueles que acham o pique melhor que o Senna. Do contrario só pode tá louco ou é um ignorante que não sabe nada do Senna.

  • Max diz: 1 de maio de 2013

    Esse Valdir só pode estar embriagado ou está querendo atenção o coitado!!! Parabéns ao colunista e tbm ao Gabriel pelo seu comentario “lembrando” do safado do Briatore…Depois de Imola eu larguei as corridas!!! Retornei apos acreditar que Massa poderia me trazer alegrias de novo, mas infelizmente as “falcatruas” da Formula 1não me permitiram… A mais clássica é aquela que o massa iria ganhar o campeonato e deixaram o adversário passar!!! É uma pena…

  • Fagner diz: 1 de maio de 2013

    Se foi comprovado o roubo da Beneton de Micael S. Por quê não houve punição, afinal ele foi campeão? E ainda comparão ele a Senna… ridiculo os sites que fazem estas pesquisas , sou um tanto ignorante aos bastidores fa F-1, mas como nunca ouvi ou li estes dados de corrupção da Beneton? Jornalismo preocupado em não manchar o nome da F-1?

  • Humberto diz: 1 de maio de 2013

    Não vou falar nada destes dois BOSSAIS, a turma ai ja falou tudo.
    Será que eles nunca assistiram outros grandes pilotos e conhecedores de F1 e de outras categorias?Todos falam de Senna como um piloto diferenciado.

  • EVANDRO DIAS diz: 1 de maio de 2013

    UM EXCELENTE FERIADO A TODOS OS AMANTES DO MITO E MELHOR DE TODOS OS TEMPOS: SENNA. E TU VALDIR, PASSA AMANHÃ EM UM CARTÓRIO E TROCA O TEU NOME DE: VALDIR IGNORANT SCHUMACHER PRA VALDIR SENNA DA SILVA, POIS O TEU PROBLEMA É INVEJA.

  • Yuri diz: 1 de maio de 2013

    Valdir babaca, otário e invejoso. Tua opinião não serve pra nada, seu maluco. SENNA será MITO para sempre.

  • Rafael Severo Moreira diz: 1 de maio de 2013

    Valdir: Um minuto e trinta e dois segundos de uma explicação sem utilizar palavras para você entender quem foi Ayrton Senna no cenário da fórmula 1:

  • Alexandre diz: 1 de maio de 2013

    Ayrton Senna tornou-se uma lenda há 19 anos, coisa que schumacher, prost, piquet, jamais serão.

  • Júnior Menerosa diz: 1 de maio de 2013

    Tenho 33 anos de idade e nessas 3 décadas vi poucos homens tão determinados como Ayrton Senna.
    Descobri apenas que na essência de um vencedor você pode encontrar duas qualidades: “Foco e Amor”.
    Aliado a essas duas qualidades(foco e amor/saber amar é uma qualidade), está o carisma. O carisma arrasta uma nação.
    Não sejamos vis o nosso coração. Sentimos falta de um ídolo que nos transporte para a total alegria. Um representante fiel das nossas paixões. Aquele que justifique o nosso amor por algo que nos preenche de satisfação e de esperança.
    Bons sentimentos marcam nossas vidas. O Ayrton fez isso. Fez de forma consciente.
    Saudade.

  • Abreu diz: 1 de maio de 2013

    Triste ver que as pessoas não sabem conviver com opiniões diversas das suas. Pior é ver que na tentativa de rebater argumentos, partem para ofensas. Em vez de enumerar fatos, desqualificam, agridem e ofendem. Tenho pena de você, Valdir.

  • Rafael Severo Moreira diz: 1 de maio de 2013

    Valdir: Um minuto e trinta e dois segundos de uma explicação sem utilizar palavras para você entender quem foi Ayrton Senna no cenário da fórmula 1:

  • Igor Farias diz: 1 de maio de 2013

    Pessoal, para mim a formula 1 acabou em 94, lembro que tinha 14 anos naquele ano, todo domingo eu pegava uma toalha de banho, rissriss que tinha a figura do senna na maclarem ainda e saía correndo pela rua acenando ela como se fosse uma bandeira em final de campeonato. As pessoas, carros passavam e buzinavam me apoiando, era muito bom.. memória que não sai da cabela, Senna eterno, o melhor piloto de todos os tempos, espero que meu filho hj com 1,7 anos de idade tenha futuramente um ídolo a altura.. tenho certeza que até la o Senna ainda sera lembrado. Abraço a todos que comentaram coisas boas do Senna, que realmente conhecem F1

  • RAFAEL diz: 1 de maio de 2013

    LUIZ VC PERDEU TEMPO ESCREVENDO SEU COMENTARIO, VC DEVE SER UMA BIBA QUE É LOUCA PELO SHUMACHER ESSE SHUMACHER QUE VENCEU VARIAS CORRIDAS PORQUE PILOTOS DEIXAVAM ELE GANHAR COMO FEZ O RUBINHO LEMBRA BIXONA?

  • Bruno diz: 1 de maio de 2013

    Certamente o Michael Schumacher alcançou números improváveis na F1. No entanto sempre fico me perguntando quem conseguiu ser adversário para um piloto que sempre teve toda a política deste espórte a seu favor? Senna se destacou numa época recheada de grandes nomes na F1, como Prost, Piquet, Mansell, Lauda . Era contra grandes pilotos que Senna travava duelos inesquecíveis e também contra a política da F1. Por isso chego a conclusão que Shumacher só conseguiu estes números improváveis porque Senna não permaneceu. Saudades das manhãs e madrugadas de domingo.

  • Filipe diz: 1 de maio de 2013

    Esse Valdir não tem o que falar, sem dúvidas o Senna foi o maior piloto de formula 1 de todos os tempos sim! Ele ganhou uma corrida no braço, no braço, em Interlagos no brasil, esqueceu valdir, que brasileiro de BOSTA que tu É VALDIR, achar que a farsa do SCHUMACHER é o maior, qual a corrida historica, no braço, ou sem trapassa que o shumacher ganhou? Me diz, qual? pq até o pobre do rubinho que não ganhou nada, teve que deixar o shumacher ganhar uma corrida, isso é uma vergonha dizer que o shumacher é o maior. Sendo que por irônia do destino shumacher acabou atrás do Senna, pq na corrida na hora do acidente do Senna o filha da puta do Shumacher tava atras do nosso grande e eterno campeão, e shumacher já começo ganhando o primeiro titulo trapasseando na cara dura, então cala essa boca, porque se tu falasse estas besteiras na rua, certamente já teria sido linxado o filho da puta. Senna é o maior!!!

  • Denispoa diz: 1 de maio de 2013

    Para o Valdir. HUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!
    Uma vaia bem grande, estúpido, revoltado e derrotado!

  • Mauricio diz: 1 de maio de 2013

    O Benetton B194 nunca foi um carro fora do regulamento. A única novidade era um controle de largada que não era ilegal. Não havia nele um sistema de controle de tração e nenhum outro dispositivo banido.

    A Benetton retirou os filtros das bombas de abatecimento, o que conferia um acréscimo de quase 1L por segundo nos seus pit-stops. Outras 8 equipes também fizeram o mesmo. Ninguém perdeu pontos por isso.

    Todos os carros eram instáveis em 1994, e a Williams sempre foi o melhor carro e melhor conjunto carro/piloto até a morte de Senna. Senna foi pole position em todas as corridas que disputou. Após isso, a William só teve o melhor conjunto carro/piloto com Hill e a Williams-B, que era um carro melhorado em relação ao primeiro, a partir do GP da Alemanha.

    O carro da Benetton era suspeito de usar dispositivos eletrônicos pois era um carro rápido demais para o motor que usava. A Benetton usava um motor Ford V8, enquanto Williams e Ferrari usavam motores V10 e V12.

    A Benetton no entanto só era um carro vencedor nas mãos de Schumacher. Os outros 3 pilotos que correram de Benetton B194 disseram que o carro era extremamente difícil de guiar.

    Schumacher foi rigorosamente banido de 3 corridas porque não cumpriu uma punição de STOP & GO no GP da Inglaterra.

    O campeonato de 1994 foi fantástico até a última corrida, quando Hill e Schumacher estavam separados por apenas 1 ponto. Os dois carros colidiram por culpa de Damon Hill e o campeonato acabou ali, com Schumacher campeão.

  • Carlos diz: 1 de maio de 2013

    Esse tal de Valdir com certeza è um idiota completo, tenho pena das pessoas que convivem com uma criatura destas pois com certeza essa sua ignorancia contagia a todos.

  • Edmilson Farias diz: 1 de maio de 2013

    Perdemos o maior herói de todos os tempos,nós brasileiros que somos tão sacrificados
    com politicos desonestos não temos mais nenhum herói para nos alegrar, vc Valdir não
    dv ser brasileiro…

  • vagner diz: 1 de maio de 2013

    proibido ” valdir” é falar m*** sobre um super campeão…

  • Cristiano diz: 1 de maio de 2013

    Sabem “aquela” festa quando algum clube ganha algum campeonato depois do jogo final? Era assim que faziamos quase todo domingo… quem viveu sabe do que estou falando, a gurizada toda saindo pra rua pra comemorar depois do “tan tan tan”, com bandeiras do Brasil, toalhas do Senna, bonés do Banco Nacional…

  • Nestor diz: 1 de maio de 2013

    Parabéns pelo texto. Nos trouxe a memória nosso maior ídolo de todos os tempos. Como todo ser humano, Senna não foi unanimidade. Todos temos os nossos erros e acertos. O que deve ficar é o bem e o exemplo positivo dado pelo nosso ídolo.
    Senhores, não deem atenção para o tal do Valdir. Eles só queriam um minuto de fama. Papai do céu há de perdoá-los por sua ignorância.

  • Igor Freiberger diz: 1 de maio de 2013

    Bela lembrança, Daniel. É uma pena que, 19 anos depois, falar sobre Senna cause reações extremadas – como algumas bobagens escritas nos comentários. Senna foi um esportista espetacular, o que também pode ser dito de Piquet. Tive o privilégio de torcer para ambos e seria infantil desmerecer um para elogiar o outro.

    Pode-se discutir longamente quem foi o melhor de todos os tempos, mas é preciso lembrar que os números só contam uma parte da história. Primeiramente, porque a quantidade de provas, o número de pilotos e a distribuição de pontos mudou muito desde 1950. Além disso, houve anos em que uma equipe se mostrou tão à frente das demais que o título estava delineado já na segunda prova da temporada.

    É claro que o campeão, em qualquer ano, sempre foi um piloto de talento e técnica, mas o brilhantismo de um Senna ou Piquet é também resultado da concorrência igualmente brilhante que enfrentaram – Prost, Mansell, Reutmann, Lauda, Jones etc. Por isso a aura de invencibilidade do Schumacher é hoje relativizada quando se lembra que em alguns de seus títulos ele corria somente contra si mesmo. Ainda que isso não diminua Michael, tampouco autoriza dizer que ele é necessariamente o melhor porque tem mais títulos e vitórias.

    De qualquer forma, lembrar do Senna traz uma tristeza dupla: pela sua morte prematura e pela decadência que a F1 viveu desde então. Não consigo me empolgar ou mesmo chamar de esporte uma disputa em que carros adulterados, dinheiro do patrocínio e ordens do box se sobrepõem ao talento, habilidade e técnica dos pilotos.

  • Ederson diz: 1 de maio de 2013

    Valdir, vai ler um livro em latin. Vc nao merece esse tipo de reportagem, vc esta se rebaixando……… otario.

  • Vilson Gustavo diz: 1 de maio de 2013

    Como as pessoas do mal são audaciosas e disparam palavras insensatas, porém as pessoas do bem são educadas e discreta, e quem as houve enxergam a verdade. O Airton registrou uma marca de comportamento do ser Humano que deve ser seguido por todos. Fazer tudo que estiver ao seu alcance até atingir todos os seu limites e ter certeza que outra pessoa possa dar continuidade da mesma forma até atingir todos os limites. Só assim podemos ter a certeza de sermos gratos e respeitosos com as coisas que recebemos e passamos a ser responsáveis. Assim como ele falava com seus mecânicos do que precisava ajustar para se obter melhores resultados, também devemos e temos que compartilhar as coisas que precisam ser melhoradas.

  • SERGIO diz: 1 de maio de 2013

    SR. VALDIR! TENHO CERTEZA Q O SENHOR ESTA COM O MESMO PROBLEMA Q ACONTECEU NO CARRO DO MAIOR ÍDOLO Q O BRASIL JÁ TEVE…SUA BARRA DE DIREÇÃO DO SEU CÉREBRO DEVE ESTAR COM UMA BAITA RACHADURA. COM TODO O RESPEITO

  • Delfino diz: 1 de maio de 2013

    Ô Valdir… se n sabe o q falar fica quieto!

  • Don diz: 1 de maio de 2013

    Não creio que haverá comentário melhor que o feito pelo Igor Freiberger, parabéns cara, disseste tudo! E olhe que li todos, dos mais infames aos mais apaixonados e não teve um tão sensato como este. Nada mais precisa ser dito.

  • Delfino diz: 1 de maio de 2013

    Concordo com quase tudo caro Maurício, exceto com o fato da culpa da colisão de Hill e Schumacher na Austrália ser de Hill. Dá uma olhada no link abaixo e reavalie a culpa: https://www.youtube.com/watch?v=kW0t4Ug11v8

  • Dulce diz: 1 de maio de 2013

    SENNA!!!! Saudades eternas!!!!!
    Ignoremos àqueles que necessitam da luz alheia.

  • Emerson diz: 1 de maio de 2013

    O tal Valdir deve ser o cara…
    Só pode ter escrito isso para chamar atenção. Pois viver ao lado de uma pessoa tão mesquinha, ignorante e egoista deve ser o máximo, se é que alguém se atreve a conviver com vc. Tenho pena de vc.

  • Rodrigo Labajaski diz: 1 de maio de 2013

    Poxa! Fiquei com medo de xingar o Infeliz do Valdir…. Mas fiquei aliviado agora que todos complementaram o que a grande maioria do Brasil pensa desse tal Valdir hoje!!!
    Abraço a todos, menos para esse coitado do Valdir!!

  • Max Bataglia diz: 1 de maio de 2013

    Esse Valdir foi totalmente infeliz no seu post, deve sofrer do mesmo mal que acomete o tal do Daniel Bernardes, o Piquetismo… Piquet sim um mal caráter discarado, Senna nunca foi santo mas mal caráter como Piquet e a turma da Benetton também não… Aquele carro da equipe italiana era sim irregular e Schumacher aquele ano foi tão favorecido que nem teve punição no caso da batida no Hill naquele GP de Adelaide… Não sou fã de Senna, na F1 meu ídolo era o Mansell mas esses dois perderam uma grande oportunidade de ficarem calados afinal como mencionado nos comentários vários pilotos já enalteceram que Senna foi o maior de todos os tempos

  • ELCI FLORES diz: 1 de maio de 2013

    este Valdir não tem cerebro pois a cabeça dele é cheia de M!!!!!

  • Elbrick diz: 1 de maio de 2013

    Ambos – Valdir e Luís – estão completamente de acordo com a sua capacidade de compreensão. O Valdir um ignorante metido a sabe-tudo que, por odiar o grande Airton Senna, postou um monte de infâmias. no entanto, pior do que este ´o Luiz, um fana´tico religioso, que parece que mais adora ao tal de Satanás (que só existe nas cabeças doentes destes fanáticos) e esquece que o Deus que el, mentirosamente, diz respeitar, é Amor. E, portanto, a ambos os meus pêsames, por estarem mortos em vida!

  • Everton Miranda diz: 1 de maio de 2013

    Ayrton Senna, foi e será sem duvidas o maior BRASILEIRO de todos os tempos, um cara capaz de alegrar e valorizar a todas as classes sociais, em um periodo que muitos riquinhos tinham vergonha de serem brasileiros, ele apresentava a todos um outro Brasil.
    Apresentava ao mundo o orgulho de seu povo,de seu País.Terei sempre o maior respeito por esse ser Humano incrivel.
    Respeito…. palavra, que esse tal de Valdir, não sabe o significado.

  • leandro diz: 1 de maio de 2013

    valdir tu é um alienado nao sabe nada sobre corrida senna foi o melhor e sempre sera um idolo . vai se tratar o imbecil

  • Daniel Kohlrausch diz: 1 de maio de 2013

    Ruim o artigo, baseado em inferismos logo após o acidente. O item “15 Por causa do desgaste dos materiais desde a primeira corrida, a barra da direção da Williams de Senna se rompeu justamente na Tamburello, uma “reta torta”, como dizia Nelson Piquet, feita a mais de 300 km/h.” Esta completamente errado. Foi comprovado que a perda de controle do carro se deu por desgaste dos pneus aliados ao carro extremamente baixo que senna configurou. Tanto verdade que o carro soltava faiscas ao passar por ondulações da pista. Se fosse a quebra da barra de diração, senna ainda poderia frear o carro. Ele nao conseguiu frear pq o carro ficou oscilando entre os 4 pneus. Assistam o documentario do Discovery.

  • Jesu A.R. da Silva diz: 1 de maio de 2013

    Essa ameba, sem nome, cuja designação começa com a letra v ( minúscula mesmo ), conseguiu os minutos de fama que queria, pena que o décimo de neurônio atrofiado que possui dentro do minúsculo grau de areia que é seu suposto encéfalo não vai permitir que usufrua destes minutos de exposição.
    Antomar

  • Jesu A.R. da Silva diz: 1 de maio de 2013

    Essa ameba, sem nome, cuja designação começa com a letra v ( minúscula mesmo ), conseguiu os minutos de fama que queria, pena que o décimo de neurônio atrofiado que possui dentro do minúsculo grão de areia que é seu suposto encéfalo não vai permitir que usufrua destes minutos de exposição.
    Antomar

  • Milton hentges diz: 1 de maio de 2013

    Até o momento nenhum piloto foi maior que Senna. O Schumacher ganhou 7 títulos sim, mas teve como fiéis escudeiros num primeiro momento Irvine, e depois durante o Rubinho, que lhe facilitavam ultrapassagens e deste modo permitiam vitórias importantes ao alemão. Nas pistas Senna teve monstros sagrados como adversários, tipo Piquet, Prost, Lauda, Mansel, Rosberg etc. Quem foram os adversários de quilate do Schumi? Durante uma década pilotou a melhor máquina do mundo sozinho, e aí meus amigos até eu seria campeão.

  • Rodrigo diz: 1 de maio de 2013

    Valdir! Parabéns, o Senhor conseguiu: teve seus minutinhos de fama repentina. Fico feliz em saber que você sabe escrever e o que é acéfalo e risível. Porém, falta-lhe o principal: conhecimento sobre o tema e especialmente educação. Ter sua própria opinião é saudável e garantida pela Carta Magna, só que denegrir a lenda/mito Senna com palavras ofensivas não pode ser permitida sem retaliação. Saiba seu acéfalo que em todas as pesquisas feitas pelo mundo inteiro até hoje provam que Ayrton Senna da Silva foi o maior piloto que já existiu. Por fim deixo você com uma frase de um comentarista britânico: “Nunca fui fã de Senna, para mim o maior de todos foi Hill (pai), mas ao assistir vídeos de Senna percebi que enquanto aquele foi brilhante em vários momentos da sua carreira, este foi brilhante durante toda a sua”. Obrigado pela oportunidade.

  • Mauricio diz: 1 de maio de 2013

    Delfino:
    Schumacher foi por vezes punido durante o campeonato. Os comissários e direção de prova decidiram que ele não teve culpa.

    Fica nítido que ele mantem a trajetória da curva e nunca fecha Hill. O Hill é que tentou passar pode onde estava o carro do Schumacher.

    Aliás, se o Hill tivesse feito a curva atrás, teria o ultrapassado na reta seguinte, pois o carro do Schumacher estava avariado.

  • paulo diz: 1 de maio de 2013

    esse valdir e um imbecil sem cerebro dessas pessoas alienadas que vivem em outro planeta,Senna e o maior idolo do brasil no esporte de todos os tempos. nada e proibido
    nesse pais, vivemos numa democracia.mito pra esse cidadao deve ser
    o sarney, collor e renan calheiros

  • Wagner Pereira diz: 1 de maio de 2013

    Grande Valdir! Sabe tudo de ballet! Sim, poque de F1 tu não sabe nada! És um ignorante e derrotado. Comentário bem sem fundamento!

  • Bruno diz: 1 de maio de 2013

    Caramba! Só comentários sobre esse Valdir, acho que isso que ele queria… Enfim, o cara não entende nada de F1, se entendesse, assistisse as corridas quando Senna corria não ia ter dito uma bobagem destas. Nunca vi nem metade do Senna no Schumacher, cheio de recordes..

    Senna foi muito foda porque ele fazia o que outros tinha medo de fazer, e isso que na F1 só chegam os melhores e só vencem os melhores dos melhores. E como não tem graça a F1 sem as disputas “no braço” daquela época, é tudo eletrônico… enfim, saudades do Senna!

  • Marcos Coimbra diz: 1 de maio de 2013

    Este vídeo mostra toda a grandiosidadedo Schumacher:

  • Márcio Dewitte diz: 1 de maio de 2013

    Ayrton Senna foi sem dúvida o melhor piloto de todos os tempos … simplesmente o melhor … acredito mesmo que vários fatores contribuíram para esta fatalidade … mas … Deus é quem sabe…

  • claudia diz: 1 de maio de 2013

    Saudades eternas do grande AYRTON SENNA…como já foi escrito aqui a formula 1 acabou para mim no dia que ele partiu.que esteja com deus.

  • Renato Pereira diz: 1 de maio de 2013

    Senna, sem sombra de dúvida, além de sua exemplar personalidade, foi e sempre será o maior piloto da categoria.

  • Vanderlei diz: 1 de maio de 2013

    O TRI campeonato do Senna e seu carisma, devem moer demais a alma desse inseto chamado Valdir. Que Deus possa te perdoar. AINDA HÁ TEMPO PARA REFLETIR.

  • Raquel diz: 1 de maio de 2013

    Sempre acompanhava as corridas(e estava assistindo essa),após o acidente nunca mais consegui ver.Uma perda lastimável.Saudades sempre…..

  • Luciano Rasche diz: 1 de maio de 2013

    Um piloto de Fórmula1,não existira outro nem que seja brasileiro.
    AYRTON SENNA, após aquela data, nunca mais as corridas tiveram um piloto como ele.

  • Francisco Oliveira diz: 1 de maio de 2013

    A todos que como eu reconhecem e respeitam SENNA como o melhor de todos os tempos chego a conclusão que esse tal Valdir só pode ser argentino.

  • Ruy diz: 1 de maio de 2013

    Puxa!! o Maurício deve ser fâ do “shumi” e do gavião bueno. O alemão só chegou onde chegou correndo contra ninguém e burlando regras. Os vídeos sugeridos deixam claro a conduta dele, desde o início da carreira.
    SENNA O MELHOR PARA SEMPRE!!!

  • Ezequias Maciel diz: 1 de maio de 2013

    As manhâs de domingo continuam sendo as mesmas, só que sem o CAMPEÂO!!! Saudades Ayrton Senna!.

  • Anderson diz: 1 de maio de 2013

    VALDIR
    simplismente ridícula as tuas palavras..
    quer aparecer coloca uma melancia no pescoço e vai passear na josé bonifácio a noite
    vais fazer sucesso

  • jessica diz: 1 de maio de 2013

    Valdir, vai dormir, viu? Até rimou!Excelente texto, Daniel Dias. AYRTON SENNA É INSUBSTITUÍVEL!!! schumacher ? quem? melhor pilolto? Os “schumaquetes” só podem estar loucos!!!

  • adriano diz: 1 de maio de 2013

    Graaaande Valdir…conseguiu seus momentos de fama!
    quando não entendem nada e querem aparecer, falam qualquer coisa pra chamar a atenção.

  • armando noldin diz: 1 de maio de 2013

    o seu Valdir e seu Daniel Kohlrausch vao comentar jogo de peteca que eu acho que vocês devem entender ao invés de falar bobagens

  • mateus diz: 1 de maio de 2013

    Quem fala mal do senna só pode ser idiota ou fracassado
    E o nelson piquet não chega a unha do pé do senna….
    sem fala do filhinho dele que fez aquele papelão de bate o carro pra ajuda o alonso…

  • Julio Cesar diz: 1 de maio de 2013

    Para mim o melhor piloto brasileiro de todos os tempos foi Nelson Piquet, mas adorava o Senna tbem. Acho que foram dois dos melhores pilotos do mundo. O que esse Valdir escreveu é digno de se excluir. Grande Senna, grande Piquet, saudade dos verdadeiros pilotos brasileiros.

  • Cristiano diz: 2 de maio de 2013

    Não gostava do Senna, nem por isso achava que ele era ruim, pelo contrário um baita piloto, um dos melhores. Mas sempre gostei do Nelson Piquet acho que ele era/é mais autêntico, fala o que pensa e o que sente, já o Senna não era assim.

  • Mauro diz: 5 de maio de 2013

    Aprendi a gostar da F1 assistindo ao Nelson Piquet e depois Ayrton Senna. A competição era legal e, como criança/adolescente, achava legal que pilotos brasileiros estivessem “nas cabeças”. Mas parece que algumas pessoas pararam no tempo. Os caras merecem respeito e admiração pelo que fizeram, mas essa “viuvice” é uma das coisas mais irritantes no contexto brasileiro da F1. Em minha opinião, claro.

  • Andre Rodrigues diz: 13 de junho de 2013

    Quando Airton morreu.eu tinha 3 anos..ví uma correria q alguém muito imortante teria falecido..pois passara na tv…hoje aos 23 eu não aguento as lágrimas que caem do meu rosto com emoção procurei saber quem éra a pessoa importante e esse seria AIRTON SENNA DA SILVA…O anjo q corria nas pistas…o melhor pois fazia juz ao que digo..como éra veloz…cair pra 5* na primeira…antes de abrir a segunda volta já..éra primeiro…obrigada Airton Senna do brasil… Eu procurei saber quem éra Airton… E vc valdir é um energúmeno…

  • Renan Borges diz: 25 de julho de 2013

    A maior prova de senna foi e sempre será o melhor piloto de todos os tempos é aquela corrida de mônaco onde o diretor de prova de forma irresponsável interrompeu a prova porque senna ja ia ultrapassar nada menos do que o tão famoso NIke Lauda em sua Mclarem e senna de toleman!!!chovia muito mas ele mandando vê e pasando todos a sua frente, a vergonha seria muito grande para os “grandões” da F1 quando senna o ultrapassaria com muita facilidade então pessoal: Quando que isto aconteceu com schumaquer e outros????? numca ainda mais que quando senna morreu o shumaquer ficou sem adverssários a sua altura não tinha niguem de alto nível em atividade, só meias-boca, caso ficasse vivo com certeza shumi não teria todos estes títulos e sim senna teria mais uns 3 ou 4 a mais do tri-campeonato mas infelizmente foi interrompido ainda no “auge” de sua forma física e intelectual! abraço!

  • LUIZ SARTONI diz: 27 de julho de 2013

    “SENA” ULTIMO HEROI ( UNICO -?- ) BRASILEIRO ! QUE NOS FAZ FALTA PRINCIPALMENTE NOS DIAS QUE ESTAMOS VIVENDO SEM ETICA /MORAL/HONESTIDADE COISAS QUE SENA TINHA E DEMONSTRAVA NA PISTA E NA VIDA ! CERTAS PESSOAS DEVERIAN SIMPLESMENTE LER E SE INFORMAR PARA NAO DIVULGAREM SUAS OPINIOES TOTALMENTE DIVERGENTES DA IMENSA E SAUDOSA TORCIDA BRASILEIRA !!!

  • José diz: 2 de agosto de 2013

    SENNA foi o maior piloto de todos os tempos, usando ou não os freios na tal curva não faz dele menor. Trocou a maclaren pela williams a qualquer custo. O preço foi a vida.Todos sabemos que ele poderia exigir uma barra de direção nova, poderia mesmo e por alguma razão não o fez. Ele via na williams apenas coisas boas e ignorou as ruins e as coisas boas mesmo estava na equipe anterior. Porém nada disso faz dele menor. SENNA sempre será lembrado como um grande piloto e que fazia tudo para vencer, até mesmo coisas que eram erradas, e as vezes muito erradas. Olhem bem, nós não podemos esquecer que estão surgindo novos e bons pilotos e não podemos repudia-los e sim compara-los com o SENNA.

  • Rafael vieira diz: 4 de setembro de 2013

    qual o nome da música gaúcha feita para senna que o Rodrigo Labajaski citou? sou carioca mas gostaria de ouvi-la.

  • Rafael vieira diz: 4 de setembro de 2013

    qual o nome da música gaúcha feita para senna que o Rodrigo Labajaski citou?
    sou do rio gostaria de conhecer a música

  • Fernandão diz: 6 de setembro de 2013

    Os números não mentem. O melhor piloto de Formula 1 de todos os tempos é Schumacher. Em breve, seu número de vitórias e títulos poderá ser superado pelo também fenômeno Vettel.
    Schumacher aposentou Piquet e “matou” o Senna. Não fosse as habilidades deste alemão, Senna não precisaria estar naquela velocidade na curva Tamburello. Aliá, para mim ele “barberou”, como barberava sempre. Ou andar acima do limite de um carro não é barberagem. Quem preferir pode chamar de idiotice.
    Piquet foi melhor que Senna. Ganhou 3 títulos sem ter o melhor carro da temporada.
    Senna afirmar que terminou uma corrida só com a quinta marcha, foi tachado como cascateiro, por pilotos como: Piquet, Emerson Fittipaldi, Lauda, Mansell, etc.

  • Delfino diz: 6 de setembro de 2013

    Cala a boca Fernandão… No grande prêmio do Brasil de 1993 ele não terminou a corrida com a 5ª marcha como vc sonhou… foi com a 2ª e a 6ª. Vc poderia pelo menos se informar primeiro, antes de falar suas asneiras! E não foi a única façanha dele não. Antes da fórmula um ele terminou uma corrida completamente sem freios. Na época os mecânicos duvidaram e colocaram a mão nos discos que estavam gelados. Você vai dizer que é cascata também, claro. E a primeira volta de Donington Park no mesmo ano, foi cascata também? Se sua memória não te ajudar dá uma olhadinha no youtube. O seu melhor do mundo ficou pra trás. Aliás, Senna morreu vendo o Schumacker pelo retrovisor!!!

  • Maxi diz: 24 de setembro de 2013

    Senna dava a impressão de que “vestia o carro”, ele e o carro fazia parte de um todo.
    E quando ele colocava a cabeça de lado nas curvas então, ninguém o segurava.
    Saudades!!!

  • Rui diz: 6 de outubro de 2013

    Valdir, aqui em Portugal costuma-se dizer “mais vale estar calado e passar por burro do que abrir a boca e desfazer as duvidas”…isso do palmares é uma treta, daqui a pouco vais dizer so pk ganhou o mundial de clubes o corinthians é o melhor clube do mundo….so pra rir

  • Rui diz: 6 de outubro de 2013

    Fernandão….outro idiota, o piquet melhor que Senna??? es mesmo burro, o Schumacher melhor que o piquet ainda acredito agora os 2 juntos nao davam meio Senna, o Schumacher conquistou tudo a correr sozinho, o unico que lhe podia dar luta era o barrichelo e esteve sempre de mãos atadas pela equipa…se o Senna não tivesse morrido esses recordes eram todos dele se ate o Hill conseguiu ser campeão com aquele williams o Senna ganhava tudo…

  • fernando diz: 19 de novembro de 2013

    POIS É AMIGOS. TEM UM TAL DE VALDIR AÍ PRA CIMA QUE DEVE TER ALGUM PROBLEMA EM CASA. OS NUMEROS DIZEM MUITAS COISAS SIM E COLOCAM O AYRTON DENTRO DO GRUPO MAIS SELETO DA F-1 SIM.O CARA REDUZIU E MUITO A VELOCIDADE ENTRE DETECTAR O PROBLEMA E ATINGIR O MURO, MAS O FATO É QUE O CARRO FREIA ENQUANTO SOBRE O ASFALTO DEPOIS JA ERA. NÃO DEFENDO NINGUEM POIS CURTO A FORMULA 1 COMO FORMULA 1 E NAO EM DETRIMENTO DESSE OU DAQUELE. O PIQUET FOI UM FENOMENO AO VOLANTE, NO ACERTO DOS CARROS, NO PIONEIRISMO E NA ADMINISTRAÇÃO DA CARREIRA. UM PILOTO INCOSTESTAVEL, ASSIM COMO PROST, MANSEL, LAUDA, ARNOUX, ROSBERG, EMERSON FITTIPALDI, E TANTOS OUTROS. MUITOS BATERAM NAQUELE MURO, NÃO FOI SÓ O SENNA, MAS FOI ELE QUEM MOPRREU E POR ISSO SÓ FALAM DELE. QUEM MATOU O GRANDE PILOTO,( SIM, DEVEMOS RESPEITO A ELE POR TUDO O QUE REPRESENTOU E TROXE PARA O ESPORTE A MOTOR NO BRASIL), FOI O MURO. OS CARTOLAS DA F-1, QUE PENSAM EM TUDO, SÓ NÃO PENSARAM, DURANTE TANTOS ANOS E ACIDENTES NO MESMO LUGAR, QUE O QUE PASSA POR ALI SÃO MAQUINAS FABRICADAS PELO HOMEM A 300 KM/H E PODEM A QQUER MOMENTO DAR UM DEFEITO, E AI ENTAO, NÃO SE PODE TER UM MURO DE CONCRETO A POUCOS METROS DO CARRO. IMBECILIDADE TOTAL DO PROJETO DO AUTODROMO QUE OS CARTOLAS NÃO VIRAM ENQUANTO NÃO MORREU ALGUEM. DESDE CRIANÇA EU VIA PERIGO NAQUILO, E EM 94 CONFIRMOU-SE COM MORTE A MINHA TEORIA. SIM. O ASASSINO É O MURO NO LUGAR ERRADO. SÓ UMA COLOCAÇÃO. (HA REGISTROS DE QUE A COLUNA FOI SOLDADA E FOI COM O CONCENTIMENTO DO PROPRIO PILOTO). ABRAÇO A TODOS

  • Christian diz: 28 de dezembro de 2013

    Maurício… Vc só pode estar brincando ao dizer que a culpa da batida entre Schumacher e Hill em 1994 tenha sido do inglês. Assista ao vídeo no youtube de forma imparcial para analisar melhor: Hill já tinha meio carro ao lado de Schumacher na curva depois de ser fechado pelo alemão que escapou da pista na curva anterior. Schumacher jamais poderia seguir a linha que seguiu sabendo que tinha um carro do lado. Foi só mais uma sujeira do Dick Vigarista.

  • Leandro Salvador diz: 31 de dezembro de 2013

    Bom, sou fã de F-1 desde muleke, tinha 14 anos como um amigo acima, quando o Ayrton bateu. Eu estava vendo e gravando a corrida, inclusive gravei e tenho até hoje todos os treinos transmitidos naquele fim de semana. Já li muito sobre todo o ocorrido, Não gosto muito de lembrar da morte dele, pois chorei demais, gosto sim de saber que ele vive na minha mente até hoje como um piloto fantástico, de uma habilidade incrível e concentração que jamais vi em ninguém. Ao longo dos anos procurei saber dos outros fantásticos pilotos que passaram pela historia, Piquet, apesar de seu jeito “não to nem aí” é simplesmente incrível, só parou porque tb viu a morte de frente, Emerson também. A questão é que como esses três, JAMAIS haverá igual, nem parecido, cada um tem uma particularidade que os tornam mestres no que faziam. Por isso, não se compara nenhum piloto de nenhuma época, cada um foi GÊNIO da sua forma! Espero que o Shumacher sobrevida, pois quanto mais lendas vivas, mais inspirações temos para os futuros campeões.

  • Rui Sousa diz: 15 de janeiro de 2014

    meu caro leandro salvador, concordo quando dizes que o Senna foi o melhor de sempre, mas o Piquet???? jamais havera igual???? deves estar a brincar…queres maia duzia assim de repente melhor que essa farsa de piloto??? tipo, Prost, Schumacher, Villeneuve, Niki Lauda, Alonso, Jackie Stewart…etc, deixa de ser faccioso ou “brasilioso” se preferires o termo, o como o piquet? muitos… ele nao valia os carros que pilotou…e como homem então nem se fala…

  • Leandro Salvador diz: 15 de janeiro de 2014

    Meu caro Rui Souza, entenda, sou fã do Senna, muito por sinal, só que também sou fã de automobilismo assim como da F1, sei bem diferenciar pilotos bons de pilotos que foram bons enquanto tiveram carros bons, Não me entenda mal, essa é a MINHA opinião, não quero causar discussões por opinião formada, só quero expressar o que eu acho dentro do meu ponto de vista. Acompanho automobilismo desde os 8 anos de idade, ja andei de Kart quando pequeno, já acompanhei muito tudo que envolve esse meio, conheço muito profundamente, não fui adiante por falta de dinheiro pois é um esporte caro e minha família não tinha tantas condições assim para me ajudar a evoluir. Gosto sim do Piquet, e ele é sim um ótimo piloto, um excelente mecânico, um visionário. Foi ele quem desenvolveu a suspensão ativa da Williams em 86 que foi vetada pela equipe, inúmeras outras melhorias da F1 foi ele que criou e desenvolveu, só que a maioria delas passam despercebidas. Essas são algumas razoes, Por isso eu disse, essa é a MINHA OPINIÃO, mas que ele é folgado, isso sem duvida, mas isso é ele como pessoa, aí já é um problema dele. Um abraço.

  • Filipe diz: 17 de janeiro de 2014

    Valdir que criticou Senna, lá em cima…(comentário editado porque o conteúdo fere as regras do blog) sobre assunto senna, pq o cara foi o cara, td vez q me lembro do 1 de maio de 1994 sinto raiva d lembrar q vivi aquele dia senna não podia morrer, seria tão importante ter ele aqui com nós ainda, nós amantes de automobilismo, q graça tem hj em dia ver f1 pra quem viu a era senna não tem graça nenhuma, axu q se senna ainda fosse vivo ele teria fundado a equipe Senna gp, e mts outras coisas o cara teria feito, para q nós brasileiros ainda fossemos vidrados nas tvs nos domingos, Senna foi herói da vida real é super herói msm tanto q virou ate historia em quadrinhos, e pra terminar valdir qnts anos vc tem? pq pra falar essa merda vc nao ter visto senna correr,ou intao tem alzeimer, pra nao se lembrar das corridas dele em monaco, donnigton park 93, brasil 91 93 puxa e tantas outras q tenho gravado na memoria, para amantes da velocidade é triste demais viver sem senna, os domingos mais felizes q vivi na vida! Domingo axu q smp foi p mim um dos piores dias da semana pq q agnt sabe q no amanha será segundona brava, mais na epoca q senna corria isso tinha acabado o domingo era o dia mais esperado das semana, enfim já falei demais pra finalizar vou dz o q minha vó smp me dizia “q uma pessoa amada pro outras pessoas não morrem, elas ficam vivas dentro da memoria e lembranças ou seja dentro do coração!”

  • Rui Sousa diz: 22 de janeiro de 2014

    Meu caro Leandro Salvador, é a sua opinião e respeito, mas continuo a achar o piquet esta sobrevalorizado, não acho que seja assim tao bom “mecanico” como dizes se ele fosse assim tão bom não tinha feito a figurinha triste que fez quando foi pra lotus onde foi quase sempre mediocre, assim como hj em dia o vettel, ambos são tão bons como o carro que conduzem, tirando-lhes isso é que se ve o valor real deles, e olha tb sei um pouquinho daquilo que estou a falar quanto a suspensão activa que falas ele nao desenvolveu nada, a suspensão activa foi criação da lotus no fim dos anos 70 (nao sei se sabias disso) apenas a Williams assim como a Mclaren tentarem adaptala sem sucesso nos anos 80 abraço

  • Leandro Salvador diz: 22 de janeiro de 2014

    Oi Rui, então, essa da suspensão ativa que vc citou eu não sabia, pelos registros que eu achei, e pelo que me contaram(pessoas que estão no meio), as informações me levaram a essa data que citei. Mas enfim, vou pesquisar mais sobre isso.
    Quanto ao restante, da uma olhada, se vc conseguir achar, o porque de não ter dado certo a Lotus 88. Se não me engano, um dos problemas foi contratos de exclusividade de motor da Honda com a mclaren e um péssimo desenvolvimento na pré temporada. Não tenho certeza dessas informações, me perdoe de me equivocar!
    Abraços

  • Luis BC diz: 25 de janeiro de 2014

    Oo Valdir imagino que nem carro tu tens!!!!!Pensa num burro!!!!Senna era braco,o cara era bom demais e tbm exemplo de pessoa!!!!Saudades!!!

  • Rui Sousa diz: 25 de janeiro de 2014

    Oi Leandro, o Lotus 88 foi dado como irregular devido ao chamado “chassis-duplo”, a equipa de Colin chapman foi inovadora em muitas coisas, essa foi uma delas, assim como o chamado “carro asa” que esmagou a concorrencia com Carlos Reutmann ou Mario Andretti ao volante (se não me engano) era o Lotus 78, depois a tyrrel aproveitou a ideia de chapman no modelo 010 e usou a ideia do carro asa e a suspenção ativa, alias a ideia de carro asa foi adotada por varias equipas como a Ferrari e a Ligier com o fantastico ligier js-11 que quase foi campeão do mundo com o Jacques Laffite, abraço

  • Isafan Silva diz: 27 de janeiro de 2014

    Caros internautas, em especial Valdir, cuidado com o vespero das viuvas, são implacaveis.

  • Pedro Moicano diz: 5 de março de 2014

    Valdir é estupido e ignorante que nem uma porta…será o Nelson Piquet escrevendo com nome alterado?
    Vai-te curar cabrão!

  • Carlos Joe diz: 14 de março de 2014

    Rui Sousa, tem um detalhe que você não está lembrando. O acidente do Piquet em 1987 prejudicou muito suas habilidades. Ele escondeu de todos que estava indo no hospital de Milão toda semana. Nem os caras mais próximos dele sabiam. Com muito custo conseguiu vencer aquele campeonato porque já tinha pontos para seguir na disputa. Mas disputar um campeonato desde o início de igual pra igual com os demais ficou impossível.

  • Vinicius G diz: 18 de março de 2014

    Pela opinião mundial, que ora divergem de uma região ou país, o que fica em primeiro como o melhor piloto da F1 de todos os tempos é o Senna, na Alemanha com certeza é o Schumacher. Não é só o brasil que o elege como o melhor, a opinião é da maioria global, tanto dos especialisados no assunto quanto o torcedor comum. Neste final de semana 16/03/14, com as novas mudanças na categoria, vimos que o talento de alguns sumiu, a desculpa é o carro. Aí sito um evento com carros de rua onde vários pilotos de categorias diferentes participaram, os carros eram os mesmos, iguais, apenas foi colocado numeração neles, houve um sorteio onde cada piloto recebeu o seu carro momentos antes da corrida, ao final da corrida adivinhe quem foi o primeiro? Senna é claro. tão duvidando pesquisem, ainda tem o vídeo no yotube.

  • Francisco diz: 21 de março de 2014

    encontrei este blog por acaso, e queria apenas dizer que para mim a F1 também acabou quando desapareceu o grande Ayrton Senna.
    Não sou Brasileiro, mas o Ayrton sempre foi o melhor, com uma pesonalidade incontornável, com uma força de vontade e perícia no volante sem comparação!
    Adorava ver as suas “lutas” com o Alain Prost, espetacular!
    Quando chovia, então não dava hipóteses a ninguém… muito bom!
    Parabéns Ayrton

  • Leandro Becker diz: 21 de março de 2014

    Olá Francisco! Bem-vindo ao Blog, é uma satisfação receber tua visita. Volte sempre, abraço!

  • Adilson diz: 22 de março de 2014

    Essa mídia porca que faz parte do sistema podre que existe nesse Brasil, e quem tem a necessidade de fazer o idiota dos brasileiro acreditarem que os esportistas brasileiros de destaque são os melhores do mundo, não tem jeito, falam isso porque vivem de audiência e tem que colocar na cabeça dos brasileiros que tal atleta e desportista brasileiro é o melhor do mundo, com isso induzem os trochas a acompanha-los na mídia. Senna foi um grande piloto, um dos melhores, mas não foi o melhor. Essa história que a Benetton de Michael Schumacher estava trapaceando é mentira eu acompanhei o campeonato, ninguém trapaceia na F1 e fica impune. A Benetton de Michael Schumacher estava ganhando o campeonato na época porque Schumacher era melhor piloto, não tinha como segurá-lo, e provou isso com a quantidade de títulos que ganhou. Usam como argumento que pelo é o melhor do mundo porque fez mais de 1.200 gols, agora quando se trata de números de títulos na F1 aí os números do Schumacher não valem. Eu sei pensar.

  • vinicius g diz: 24 de março de 2014

    O adilson, então traga o comentário da imprensa internacional a respeito quem é o melhor da história da F1.

  • Marcos diz: 9 de abril de 2014

    O Valdir é desinformado em chamar a Benetton de equipe pequena…Eles eram a antiga Toleman até 1985 (realmente pequena) em 1986 virou Benetton continuou pequena com 70 membros, basicamente a mesma estrutura da Toleman, mas com um motor muito forte o BMW, mas que tinha que pagar, em 1987 se tornou a equipe média porque era de fábrica (Ford) e a partir daí houve um grande crescimento econômico, pois além de não pagar pelos motores Ford recebia investimentos de 50 milhões de dólares anuais, toda a tecnologia da Ford foi posta em ação para ajudar no desenvolvimento dos Benetton, não só no motor, como no chassis, freios ABS, controle de tração, suspensão ativa etc… em 1990 a Benetton comprou a Reynard se tornando uma equipe grande com quase 300 funcionários, se botarmos os técnicos da Ford e da Crosworth chegariam a quase 500, a Benetton era a equipe com mais funcionários da F1 superando a Ferrari (sem incluir os técnicos que fabricam o motor) , em orçamento era o terceiro da F1, perdendo para a Ferrari e para a Mclaren, ficando um pouco a frente da Williams. A decadência da Benetton começou em 1995 com a saída da Ford, tudo bem conseguiram um motor superior o Renault, ganharam o campeonato de 1995, mas tinham que pagar pelos Renaut (já a Williams recebia motores de graça, além de receber grande ajuda econômica, exemplo foi ela que pagava o salário de Prost, foi ela que pagou a rescisão do Prost etc…) sem dinheiro tiveram que vender a equipe para a Renault….que foi campeã, graças a boa estrutura da equipe e ao forte apoio de fábrica….em 2010 a Renault resolveu investir só em motores e numa equipe de fábrica a Red Bull, e vendeu para a lotus.

  • aislan diz: 27 de abril de 2014

    A verdade é que surgiu um novo idolo para F1 e que iria trazer mais dinheiro pros mandachuvas. Tudo que envolve muito dinheiro é desse jeito, é a ganancia do ser humano.

  • BBBF1 diz: 26 de junho de 2014

    Piquet disse : Estou vivo , para dizer que era melhor que o Senna , só quem é muito retardado pra não perceber que o Piquet morria de inveja e ciúmes do Senna , que pulverizou todos os seus números , e não me venham com essa que Piquet correu contra grandes adversários e o Senna não , porque o Senna correu contra Prost , Mansell e Piquet , ainda em 1984 humilhou todos na pista dando show de …TOLEMAN na chuva , um dos carros mais fracos do grid , na pista molhada vale o
    VERDADEIRO TALENTO do piloto , pois o carro já não conta tanto , e aí Senna mostrava porque era o maior , vejam a corrida do Gp da europa de 1993 e como Senna novamente humilha todos na pista ; Prost , Hill e o ” Grande Shumacker “, largando em quarto , caindo pra quinto , se recuperando e terminando a primeira volta em primeiro ; gosto muito do Piquet , foi um grande piloto , mas não um super como Ayrton Senna , abraços pra todos .

  • Pedro diz: 9 de setembro de 2014

    O grande problema do Senna foi que ele se precipitou ao assinar o contrato com a Williams, o Adrian Newey é um projetista brilhante, mas um pouco louco, ele foi demitido da March por ser louco, o carro do Gugelmin não tinha curso de suspensão na traseira e na Mclaren ele também fez coisas brilhantes, mas também fez muita porcaria e foi demitido por isto, quem controlava as loucuras dele, na Williams, era o Patrick Head, com o fim da eletrônica, os carros tiveram que partir do zero e o erro do Newey foi ter feito um carro sem curso de suspensão na traseira, igualzinho as bobagens que ele fez na March, o objetivo ter ganhos aerodinâmicos, fazendo o carro ser problemático a traseira da Williams pulava muito. Senna queria correr com o carro de 1993 de Prost que é um pouco mais rápido e previsível que o novo modelo 1994, mas Newey era contrário ele queria desenvolver o modelo 1994, só em Mônaco na quarta corrida finalmente a Williams colocou o curso da suspensão traseira e na França surgiu uma nova aerodinâmica aí começou a reação das Williams. Não estou criticando o criativo projetista da Red Bull, mas ele é muito imprevisível fruto da sua genialidade.

Envie seu Comentário