Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Rubens Barrichello pode voltar à F-1 em 2014

27 de setembro de 2013 17

rubensvit1
Se o futuro de Felipe Massa é um dos mais especulados no paddock da F-1, preparem-se. Surgiu nesta sexta-feira um rumor de que Rubens Barrichello, 41 anos, estaria na mira da Sauber para retornar à F-1 na temporada de 2014, no lugar de Nico Hulkenberg, que é cotado por Lotus, McLaren e Force India .

Preocupada com as mudanças no regulamento e a falta de experiência de seus prováveis pilotos – o mexicano Esteban Gutiérrez (22 anos) e o russo Sergey Sirtoskin (17) –, a equipe teria visto no retorno de Barrichello a solução para desenvolver o carro diante das mudanças no regulamento para 2014.

A volta de Rubinho teria apoio do chefão da F-1, Bernie Ecclestone, preocupado com a possível ausência de um brasileiro no grid. Barrichello ainda traria à equipe um bom valor em patrocínio, o que seria muito bem-vindo diante da situação delicada da Sauber (que deve ter um piloto russo só por causa do dinheiro).

Segundo a revista alemã Auto Motor und Sport, Barrichello teria declarado estar pronto para correr. Só faltaria treinar o pescoço para readquirir a velha forma. Hoje, Barrichello alterna disputas na Stock Car com a função de repórter/comentarista da TV Globo na cobertura da F-1.

Em 19 temporadas entre 1993 e 2011, o brasileiro correu 326 provas (recorde) e venceu 11 vezes. Correu por Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams. Foi com ele que o Brasil ganhou pela última vez na F-1, no GP de Monza, em 2009.

Análise

Os boatos vêm e vão na F-1. Muitas vezes não passam de suposição. Noutras, acertam em cheio. A ida de Kimi Raikkonen para a Ferrari começou assim, despretensiosa. Não é segredo que Rubinho deseje voltar, até porque saiu ressentido em 2011, após vários apelos para que tivesse mais uma chance. O rumor pode, sim, ser real.

Particularmente, creio que Rubinho já passou do seu auge e devia se conformar com a aposentadoria, não repetindo o que fez Schumacher. Até porque, com a Sauber, terá ínfimas chances de pontuar e vencer – salvo um efeito “Brawn”, que o catapultou de demitido a 3º no campeonato de 2009, com direito a duas vitórias em 2009.

Por outro lado, a experiência Rubinho é incontestável. Talvez a idade avançada pese contra, mas seu retorno seria, no mínimo, interessante. A Sauber precisa de dinheiro, claro, mas um piloto “cancheiro” como ele não existe no mercado. Isso sem contar que a volta de Barrichello também traria um marketing extra para a equipe.

Para mim, Rubinho sempre foi muito mais piloto do que Massa. Só não foi campeão por dois “problemas”: duelar com o fantástico Schumacher e, o pior deles, baixar a cabeça para o alemão reinar. Fora isso, sempre foi mais consistente e talentoso do que o sucessor de Ferrari.

Na F-1, muitas vezes, o ditado “onde tem fumaça, tem fogo” se concretiza. 

Será que ele volta? Façam suas apostas.

Comentários (17)

  • mario parussolo filho diz: 27 de setembro de 2013

    So a nível de informação: o motivo do Rubinho ser chamado pela Ferrari e ficar na equipe por vários anos, foi tão somente pela capacidade dele. A F1 é movida a dinheiro e patrocínios, e a Ferrari viu que ele era o único piloto capaz de fazer frente a toda categoria para que o Alemão fosse tantas x campeão.
    Com certeza teve vários e vários outros pilotos com capacidade financeira melhor que a do Rubinho, existem ate casos de Governos quererem ajudar a colocação de pilotos em boas equipes para que seu representante fique em evidencia levando seu pais a encabeçar notas mundialmente. O “Maico” Andretti, que foi segundo piloto da McLaren e na época do Airton, nas 5 primeiras provas não passou da primeira curva, tal era a pressão em cima dele, e olha que era um Andretti em, voltou para a Indy. O Massa que é segundo do Alonso, que esta longe de ser um Shumi, não faz e não fez a metade da capacidade do Rubinho, e o Massa tbem é um ótimo piloto, mais façam uma retrospectiva dos dois, Rubinho e Massa. Sorte Rubinho…contamos com vc SIM. Boa sorte.

  • Henrique de Sottomaior diz: 27 de setembro de 2013

    Bem, descordo quanto ao Rubinho ser melhor do que Massa, mas é claro, respeito a opinião de quem entende. Já faz tempo, mas o arrojo que o Massa já teve, nunca vi no Rubinho, torci sim por ele, muito técnico, porém pouca audácia…
    Na torcida para que o Massa tenha um bom carro ano que vem.
    Quanto ao retorno do Rubinho, lamentável, já foi o seu tempo.

  • Caetano Petry diz: 27 de setembro de 2013

    sai um perneta entra um maneta, um pior que o outro acho melhor olhar corrida de kart – pelo menos dá para achar alguém que corre – pois estes dois é o 6 e o meia dúzia

  • Caetano Petry diz: 27 de setembro de 2013

    sai um perneta entra um maneta, um pior que o outro acho melhor olhar corrida de kart – pelo menos dá para achar alguém que corre – pois estes dois é o 6 e o meia dúzia…..

  • Junior diz: 28 de setembro de 2013

    Bom, respeito a opinião de todos mas a minha sempre acreditei no talento do Rubinho, um grande piloto, e anda igual Airton Sena na pista molhada, ñ q eu queira dizer q o shumi seja um mal piloto, ninguém e melhor q ninguém e sim mais experinte, mas acredito q o Rubinho seja + experiente q o alemão, como prova é o kart onde ali não é quem tem mais maquina e sim é no braço e o Rubinho sobrou na frente do alemão…verifiquem……imaginem se a FORMULA -1 fosse assim……pois para o Rubinho sempre teve má sorte, quando esta na frente quebra, falta combustível ou sacaneiam com ele, Mas com certeza com a volta do Rubinho a F-1, no começo sera complicado mas acredito q se ele tiver um carro competitivo a sorte o acompanhar e ninguém jogar sujo com ele, o BRASIL terá a honra de voltar ao ouvir logo logo,nas manhãs de domingo um hino, Adivinhem?…….

  • adriano mezari duarte diz: 28 de setembro de 2013

    Mais um ponto negativo para o rubinho, o russo ta mais experiente, fez 18 anos dia 27 de agosto.

  • Leonel Lerman de Toledo diz: 28 de setembro de 2013

    Seria fantástico, termos novamente um piloto com a capacidade e de retrospecto tão valioso, nos representando mais uma vez na F1.
    Sorte Rubinho!

  • Roberto Oresko diz: 28 de setembro de 2013

    Ano que vem o Rubeca vai correr na Formula-Truck com um Alfa-Romeo.

  • Julio Cabreira diz: 28 de setembro de 2013

    gostei da noticia mas acho que na realidade deveriam dar mais uma chance a um mais novo como Bruno Senna está na hora dele eu acho.Esta é a minha opinião e sempre acompanho a formula 1 desde de 1970 e ainda mesmo sabendo que não temos um piloto para fazer frente aos alemães no momento.Vamos ter um campeão novamente com certeza.

  • Luis Roberto Medeiros diz: 28 de setembro de 2013

    Eu, como amante da F1 e de todos pilotos, acho muito legal o Rubinho voltar. Sempre torci pelo “circo” e muito mais pelos pilotos brasileiros.

  • Wiliam José Tomaz diz: 29 de setembro de 2013

    Seja como for, não devemos nos esquecer de uma coisa somente: Rubinho assombrou o mundo na sua estréia na F-1, ao conquistar uma pole na Bélgica, logo após a morte do Senna…e embasbacou mais ainda esse mesmo mundo, ao vencer de forma irretocável sua primeira corrida…debaixo de chuva, largando em 18º..com pneus para pista sêca…ultrapassou um a um os 17 carros à sua frente – e isso na pista sem privilégios…e ainda teve um maluco que invadiu a pista…rssss. é claro que contra Schummacker ele foi preterido…mas nem por isso deixou de brilhar…e em matéria de brilho, ele trouxe vários sucessos em seu curriculum. Pilotos brilhantes nem sempre são campeões na F-1…que o digam Cevert, Peterson, Pironi, Gilles Villeneuve, Tom Pryce, Jabouille, Arnoux, etc. OBrasil teve Cristiano Da Matta, Pedro Paulo Diniz, Luciano Burti, Ricardo Zonta, Gugelmin, Boesel, Moreno, etc. Rubinho e Massa deixam em nós uma grande frustração – não contra eles, mas, contra o destino que não lhes permitiu colocarem seus nomes na galeria dos campeões. Quem foi o culpado por esse destino ingrato? Senhores: se vocês rastrearem bem, verão que foi a Ferrari com toda a sua incompetência. Digo mais, e podem me cobrar isso: nem Alonso, nem Kimmi serão campeões com os vermelhinhos de Maranello…A Ferrari ainda se ressente das feras Jean Todt e Brawn nos boxes…A Ferrari não tem comando nem estrategistas capazes de fazê-la vencer novamente…Vem aí a era Mercedes e Lotus na F-1. Eu aposto ainda no Hamilton, no Vettell, NO Button, e até no Massa com uma Lotus…E, ao Rubinho resta a incógnita de sempre…mas, a certeza do dever bem cumprido…Força Brasil…WILIAM JOSÉ TOMAZ

  • George diz: 29 de setembro de 2013

    Assim que o Rubinho saiu perdi o tesão pela F1, se ele voltar será ótimo e voltarei a assistir! Que boa notícia”

  • Luttiano Lomazzi diz: 30 de setembro de 2013

    O Rubinho já passou tanta raiva na gente,que mais um ano ou menos 1 ano se ele correr,não vai fazer diferença.Na minha opinião,hoje no Brasil,me parece que só existe a Fórmula Truck,mas ainda vão inventar a Fórmula Trator ou Fórmula Patrola,assim, o Rubinho não terá que levar tanto patrocínio assim a F-1,pode correr nessa categoria.Agora se ele quiser gastar pouco,vá para o sertão de Pernambuco correr de Fórmula Jegue.Ah,e que seja c/a narração do Galvão,heim?? kkkkkk

  • WILIAM JOSÉ TOMAZ diz: 30 de setembro de 2013

    Acho de bom tom alertar alguns torcedores para o que acontece pelo mundo…Na Argentina surgiram 2 pilotos anos atrás: José Fróilan Gonzales e Carlos Reutemann…Do México vieram or irmãos Pedro e Ricardo Rodriguez, além de Hector Rebaque…Na Venezuela nasceu Johnny Cecotto…no Canadá nasceu Gilles Villeneuve…na França Jabouille, Jarrier, Beltoise, Cevert, Arnoux, Panis, etc…na Itália, Patrese, Naninni, De Angelis, e mais etc…Se vocês resolverem pesquisar estes caras aí, verão que foram ídolos no passado, e são ídolos até hoje…são reverenciados e idolatrados muitos anos após terem falecido ou saído da Fórmula 1…muitos saíram de forma medíocre, mas, nem por isso perderam o contatp com seus torcedores…A Fórmula 1 teve Regazzoni, Depailler, Pironi, Brambilla, Ickx, Amon, Revson, Bandini, Siffert, Scarfiotti, Schenken, e bota etc nisso…Muitos desses caras aí fizeram corridas que jamais um Hamilton, um Alonso, um Vettel, ou qualque um desses que vocês vêem hoje na telinha, farão…os feitos desses caras que escrevi aí, só são comparados a Senna, Schummacker, Piquet, Lauda, Prost e Mansell…Mas, o que quero dizer é que, mesmo não sendo campeões eles fizeram o espetáculo…tá legal: Massa, e Rubinho correram e ganharam corridas memoráveis….mas, eu pude ver um Henrique Bernold segurando o David Coulthard em Mônaco uma corrida quase toda…eu vi Roberto Pupo Moreno, escudando Piquet no Japão…eu vi o Gugelmin dando um show em Interlagos junto com o Emerson num carro brasileiro…eu vi o Cristiano da Mata e o Ricardo Zonta voando baixo co verdadeiras carroças da Fórmula 1…mas, vi o Rubinho fazer a corrida dos sonhos de qualquer campeão do mundo…sair do 18º lugar para o 1º lugar ultrapassando todo mundo a sua frente, debaixo do maior toró de chuva e com pneus para pista sêca…quer mais? teve até maluco que invadiu a pista em plena corrida…Ah! ia me esquecendo, se vocês não viram o José Carlos Pace correndo, vocês precisam ler um pouco mais sobre o assunto…vocês vão aprender a cultuar mais nossos caras das pistas…Daqui uns anos, eu vou dizer pros meus netos que pude ver tudo isso…WILIAM JOSÉ TOMAZ

  • WILIAM JOSÉ TOMAZ diz: 30 de setembro de 2013

    Desculpem-me…faltou citar o eterno Emerson…faltou citar a vitória memorável de Peter Gethin em Monza-1971…faltou Mikka Hakinen…faltou Ivan Capelli, Stirling Moss, Fangio, etc…Resumindo: um mega teatro com grandes artistas…Wiliam José Tomaz

  • Alberto Gaia diz: 8 de outubro de 2013

    Pessoal !! Vcs viajam !! Nossa formula 1 esta como nosso congresso nacional .Sempre aquelas entrevistas dos medalhões que nunca fazem nada que esperamos.Estão sempre com desculpas ..Assim é nossa safra atual..Nao temos pilotos para correr de igual para igual com Hamilton por exemplo. Falta ausadia ,falta meio segundo no braço , falta freiar lá dentro, falta gritar dentro da equipe, falta entrar junto na cruva, falta ultrapassar na parabólica por fora, falta incandescer os freios em cada curva, falta desmaiar no fim da corrida, falta entrar junto no final do túnel de Monaco , falta NAO freiar na Eau Rouge de spa e quem sabe até ganhar uma corrida somente com a sexta marcha.
    Quando um piloto nosso voltar a fazer uma dessas coisas , voltaremos a sorrir.

  • Wiliam José Tomaz diz: 8 de outubro de 2013

    Caríssimo Valter Gaia…você teria que acasalar Jimmy Clark + Jochen Rindt + Piquet + Mansell + Lauda + Hunt + Schummacker primeiro… Logo após leve tudo isso num tubo de ensaio e acrescente genes do Senna e do Villeneuve… Tempere tudo com a frieza do Fittipaldi e do Stewart… Você terá como resultado exatamente o piloto capaz de fazer tudo isso que você escreveu… Jamais se esqueça de uma coisa: nós vivemos a era dos cyber-carros…dos pilotos que só fazem por virar o volante prá esquerda e direita… os “fodões” já não estão aí… Por isso é que eu digo que Massa e Rubinho têem lugar nesses carros aí… Vá lá em Interlagos e pergunte aos pilotos que correm de Stock o seguinte: “-Por quê vocês continuam correndo aqui, sendo que muitos já correram na Europa? Vou te dizer: a molecada daqui pega na graxa, vira piolho de oficina cedo…e, treina muito. Pergunte ao Rubinho e ao Massa quantas horas de treinos para acerto eles fizeram na Ferrari enquanto companheiros do Schummy, do Kimmy e do Alonso. Te digo sem mudar de cueca: no mínimo 3 vezes mais. Só que no frigir dos ovinhos da codorna, a grana dos gringos fala mais alto. Aí, nossos moleques têem que ceder um tiquinho… Você viu Massa andando de Sauber? Viu o Rubinho de Stewwart e de Jordan? Vou te avivar a lembrança: eles faziam aquelas charretes virarem bigas meu filho… Eu sou mais a vontade e o carisma do moleque-brasilis nessas horas… se no próximo ano eu não puder ver nem ao menos um brasileirinho lá na Fórmula 1, eu te juro que vou assistir tudo o que for corrida antiga com pilotos brasileiros nos meu velho vídeo cassete, ou em dvd, ou na internet… em pleno horário de corridas… vai dar mais legitimidade ao meu protesto contra a patifaria dos mega investidores da Fórmula 1… tome como exemplo esse espermatozoide maluco que a Rússia tá colocando aos 18 anos na Fórmula 1… Não vale comparações com o Vettell… ele teve muita experiência antes de estrear na F-1… Já o russo, tá comprando o direito… nossos meninos fazer carreira…enquanto eles fazem asneiras. Você nunca vai ouvir dizer de um piloto brasileiro que ao chegar na Fórmula 1 não tenha conquistado títulos e mais títulos nas categorias de base… Todos eles foram campeões ou vice por onde passaram… já a gringaiada chegou em sua maioria, movida pelo dim-dim…com excessão do Schummy e do Ralph…eles eram filhos de um sapateiro que adorava corridas…assim como Cristo que era filho de carpinteiro mas deixou-nos um legado de amor e justiça…Vamos pesquisar isso juntos e mostrar prá galera aqui… Cara, eu gosto de polêmicas… Um abraço, e parabéns pelo comentário…WILIAM JOSÉ TOMAZ

Envie seu Comentário