Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Nasr assina com a Sauber e garante estreia em 2015, mas terá desafio gigante para se manter na F-1

06 de novembro de 2014 4

nasr

A partir de 2015, o Brasil voltará a ter dois pilotos na Fórmula-1. O brasiliense Felipe Nasr, 22 anos, fechou com a Sauber por duas temporadas e se juntará a Felipe Massa, da Williams, como representante do país na categoria. Na equipe suíça, Nasr fará dupla com o sueco Marcus Ericsson, atualmente na Caterham.

Com o anúncio, confirmado na noite desta quarta-feira, Nasr se tornará o 31º brasileiro a competir na categoria. Pesaram no acerto a necessidade de renovação da escuderia, que não marcou um mísero ponto até agora, e um contrato muito bem articulado com apoio de patrocinadores como o Banco do Brasil, que terá logotipo visível nos tanques laterais e na parte de trás da asa traseira do carro. Com isso, aliás, a tendência é de que o banco estatal deixe de patrocinar a Williams. Os valores do acerto não foram revelados.

Nem mesmo o fato de a escuderia ser a penúltima no campeonato de construtores desanimou o atual piloto de testes da Williams, que se mostrou radiante com o acordo. Também lembrou que foi na Sauber que estrearam talentos comocampeões como Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel.

nasr_williams_3

A alçada de Nasr à F-1 é animadora para o Brasil. Além de voltar a ter dois representantes no grid, a torcida finalmente consegue ver um piloto promissor e jovem tendo sua merecida oportunidade. Mas o caminho não será nada fácil.

É preciso lembrar que a Sauber vive uma temporada pífia. Está atrás da Marussia no mundial de construtores. Adrian Sutil e Esteban Gutiérrez vivem reclamando do carro. E mais: o melhor resultado obtido até agora foi 11º (Austrália e Hungria), ambos com o alemão, agora demitido.

Isso tudo sem contar a crise financeira do time, que junto com Force India e Lotus luta pela sobrevivência. Marussia e Caterham já chegaram a não participar de corridas (EUA e Brasil), mas a escuderia suíça ainda vem se segurando como pode. A dúvida é se terá fôlego para investir no carro do ano que vem.

Paolo Pellegrini

Agora, vamos aos pontos positivos: com Ericsson ao lado, Nasr pode muito bem se impor como piloto número 1 da equipe. Tem talento e plenas condições. Equipada por motor Ferrari, que terá uma grande mudança em relação ao mediano deste ano, a Sauber deve melhorar o nível. Resta saber se será suficiente para Nasr mostrar a que veio. Caso contrário, o trampolim pode ruir.

—É um passo muito importante na minha carreira assinar com a Sauber. A gente tem condições de construir um carro legal para 2015. Tem estrutura para ter um rendimento bem melhor do que foi neste ano — disse em entrevista à TV Globo.

Hoje, o brasileiro é atual vice-líder do campeonato de GP2, onde acumulou quatro vitórias. O principal título de Nasr na carreira é o da Fórmula-3 inglesa, em 2011. Com origens no kart, quando foi duas vezes vice-campeão brasileiro, o piloto tem participado de uma das sessões de treinos livres na Williams neste ano, substituindo Valtteri Bottas. Logo, não entra cru para 2015.

Resumindo: a notícia da entrada de Nasr é ótima para o Brasil. Torçamos que ele tenha condições de mostrar seu talento e, em 2016, garimpar uma vaga em um time com melhores condições de brigar por pontos e, quem dera, vitórias. E, para fechar, uma brincadeira que eu já vinha fazendo aqui, mas sempre na condicional: agora cabe ao brasileiro escolher por qual Felipe torcer.

Qual será o seu predileto?

Comentários (4)

  • Cesar Silveira diz: 6 de novembro de 2014

    Leandro, tudo bem …
    Infelizmente não tenho acompanhado a GP2, fica dificil ter opinião sobre Nasr, mas a lógica leva crer que ainda em 2015 Massa terá melhores resultados por estar na Willians … mas aproveito para fazer uma pergunta ? Qual sua opinião sobre Luiz Razia, seria melhor que Nasr ? Um abraço.

  • Humberto diz: 6 de novembro de 2014

    É Massa!

  • Hamilton Patrício diz: 1 de março de 2015

    ” Penso que a Sauber será só uma vitrine para o Nars mostrar seu talento,,,ou não! Jeito e simpatia de Ayrton Senna ele tem… só precisa mostrar resultados para ser contratado por uma equipe de ponta! Parabéns pelo site,Tche Becker!!! “

Envie seu Comentário