Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cuidados com a mãe no pós-parto

28 de setembro de 2015 0

Por Elisandra Borba

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Após dar à luz, as mães normalmente ficam tão felizes que até esquecem-se de cuidar delas mesmas e voltam a atenção total para os bebês. Claro que o momento é maravilhoso e feliz, mas para continuar assim as mães precisam pensar um pouquinho nelas também. Da mesma forma os familiares precisam estar atentos para manter a mamãe saudável. O Ministério da Saúde orienta sobre alguns cuidados no puerpério, que é o momento em que muitas modificações físicas e psicológicas. As dicas estão também na caderneta da Gestante.

Parto normal

Se houve corte próximo à vagina (episiotomia), mantenha a cicatriz bem limpa, lavando-a com sabonete durante o banho ou após fazer suas necessidades, e secando bem o local. A região em cicatrização pode ficar dolorida. Os pontos devem cair sozinhos.

Cesariana

Mantenha a cicatriz bem limpa, lavando com sabonete durante o banho e secando-a bem. Os pontos deverão ser retirados de 8 a 10 dias, na Unidade de Saúde.

Pode acontecer

O útero estará voltando ao tamanho normal. Por isso é comum ter cólicas, que, às vezes, aumentam durante a amamentação. Por mais ou menos um mês pode acontecer uma secreção que sai pela vagina, que no início é como um sangramento e depois vai diminuindo e clareando gradativamente.

Se houver dor na parte de baixo da barriga, sangramento vaginal com cheiro desagradável e febre, o recomendado é procurar rapidamente uma Unidade de Saúde. Pode haver um quadro de infecção que necessita de tratamento.

A mãe passou por transformações da gestação e do parto, e poderá se sentir frágil e insegura em alguns momentos. Se esses sentimentos aparecerem, é fundamental lembrá-la de que esta fase é passageira e que logo ela e o bebê estarão mais confortáveis nesta nova vida.

Sexo e cuidados

As relações sexuais deverão aguardar em média 40 dias, tempo para o organismo da mulher se recuperar. Independentemente do tipo de parto, é comum a vagina ficar ressecada e poderá haver certo desconforto na relação sexual, mas o corpo deve voltar ao normal.

Existem muitos métodos de evitar filhos, sendo alguns mais indicados durante o período de amamentação. É direito das mulheres e dos homens conhecerem todos os métodos e suas indicações para uma escolha mais apropriada. Por isso, se possível, as consultas devem ser acompanhadas pelo companheiro para que juntos com o profissional de saúde possam escolher o método mais adequado nessa fase.

Envie seu Comentário