Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Roubos de carros crescem - Dicas para proteger as crianças

19 de janeiro de 2016 8

 Por Giane Guerra

Foto: Arquivo Pessoal.

Foto: Arquivo Pessoal.

 

Acha que estar com crianças vai espantar os ladrões? Esquece. Eles não têm mais pena. Assim como crescem mais de 50% os números de roubos de veículos em Porto Alegre, as abordagens estão mais audaciosas.

Aliás, adultos com filhos junto no carro têm menos chance de reagir, ou seja, vítimas interessantes. Respondendo pela Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, o delegado Arthur Raldi até alerta para o risco de colar no carro aqueles adesivos mostrando que há crianças ou bebês a bordo.

O principal alerta do delegado para os pais: olhem em volta! Prestem atenção a comportamentos suspeitos, pessoas paradas na rua, estacionadas, motos com duas pessoas, etc.

- Se desconfiar, não pare. Fique dentro da escolinha até as pessoas se afastarem, dê mais uma volta na quadra.

Com este alerta, o delegado Raldi se refere a casos em que os assaltantes atacam pais que estão deixando ou pegando os filhos na escola. São pouquíssimos estabelecimentos com estacionamento. São situações de risco porque é preciso prender ou soltar as crianças das cadeirinhas.

Se possível, é bom ter mais de um adulto junto. Ajuda a fazer todo o processo com mais rapidez.

- Quando colocar a criança no carro, arranque rápido. Não fiquem conversando com outros pais, como vejo com frequência, e nem fiquem olhando o celular.

Os criminosos buscam momentos de desatenção das vítimas. Mulheres e idosos também são alvos mais atraentes.

Reação

Não reagir e obedecer o criminoso. É revoltante, mas é a orientação básica da polícia para proteger as crianças.

O delegado Arthur Raldi repete várias vezes:

- Explique antes o que vai fazer. Diga que está com crianças, que vai tirar o cinto, que vai abrir a porta, que vai sair do carro, avise sobre qualquer movimento para que o assaltante não suspeite que seja uma reação.

Quando os pais são abordados dentro do carro, tentar tirar as crianças por dentro pode deixar o assaltante nervoso. Mesmo com o medo de que o criminoso leve o veículo com as crianças, o delegado acha melhor negociar a retirada por fora.

- Ladrão de carro não quer a criança. Quer levar os bens materiais.

Outro ponto: não encare. E, se estiver com duas crianças, tire as duas pela mesma porta.

Leia mais postagens de Giane Guerra:

Da desconfiança ao desmaio: como pais reagem à gravidez de gêmeos

Frase Fralda Cheia: “Coitadinho! Doces e guloseimas fazem parte da infância.”

Negada indenização por gravidez após vasectomia

Bendita diabete gestacional

Nova loja Amamãe já tem data de inauguração

Preço do material escolar sobe acima da inflação em Porto Alegre

Experiência pessoal: Volta ao trabalho, mantendo a amamentação e sem tirar leite

Pais perguntam: Esterilizador de ar funciona mesmo?

Frio provoca soluço sim

“Reação da mãe evitou que roubassem o bebê”. Consultor dá dicas para segurança de crianças.

10 temas para tratar na consulta com o pediatra ainda no pré-natal

Cresce venda de roupa com proteção solar. Saiba como funciona e como comprar.

Como reforçar a imunidade das crianças

 

Comentários (8)

  • Breno Schmitt diz: 19 de janeiro de 2016

    Este é o momento em que vivemos, precisamos de curso para aprender a ser roubados, é ou não é o fim da várzea??

  • Estácio diz: 19 de janeiro de 2016

    ONDE É O FUNDO DO POÇO ?
    QUANDO HAVERÁ UMA REAÇÃO DA SECRETARIA DE SEGURANÇA ? E DO GOVERNADOR ENGRAÇADINHO ?

  • vinic diz: 19 de janeiro de 2016

    Quero ver você bandido “meter” o secretario de segurança ou a Maria do Rosário. Assaltar pessoas indefesas e idosas ate eu faço! Seus bosta! Quando meterem a Rosario ou o secretario ai sim terão o meu respeito!

  • Marcio diz: 19 de janeiro de 2016

    A imprensa, arma poderosa, poderia ao invés de ficar omissa, dando razão para a bandidagem, quem sabe lutar contra, forçar autoridades, cobrar, insistir, não, ao invés disso, vem com dicas de como ser roubado, há faça meu favor, eu cansei desse lugar, o próximo passo é todos virarmos bandidos e pronto.

  • Maria diz: 19 de janeiro de 2016

    Amigos da RBS: que tal uma matéria DANDO A REAL para o governo Sartori e seu secretário de segurança pública? CHEGA DE VIOLÊNCIA!!! Somos reféns dos bandidos e chegamos a ponto de ter matéria (bem intencionada) nos ensinando a lidar com o inevitável assalto envolvendo nossas crianças! CHEGA DE OMISSÃO, IMPRENSA!!! Esse governo passou dos limites!

  • Nilda diz: 19 de janeiro de 2016

    Dica para proteger as crianças: PRENDAM e NÃO SOLTEM os bandidos.

  • Carine diz: 20 de janeiro de 2016

    Minha filha quase foi levada em frente a escola.
    03 Mulheres armadas e mais 2 homens estes desarmados renderam o pai dela no instante que ele colocava ela na cadeirinha.
    Quem espera ser assaltado às 17h por uma familia inteira…05 pessoas? E que queiram não o carro, mas sim sua filha?
    Não queriam o carro, queriam que ele saísse e deixasse ela. Graças a Deus ele teve sangue frio, tirou ela do carro, virou as costas e saiu caminhando, com a certeza que seria alvejado e segundo ele pensando que eles tinham 06 balas e ele 6 passos até deixar ela de volta no portão.

  • Felipe Zorzato diz: 20 de janeiro de 2016

    O Governo não faz nada porque o crime organizado financia as instituições.
    Sei que a 15a DP recebida mesada de R$ 30.000,00 por mês, o que só acabou quando matam o Teréu.
    É só um exemplo. Têm outros “Teréus” que “trabalham” em outra área, como no roubo de veículos.

Envie seu Comentário