Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O que as futuras mamães precisam saber sobre a gravidez

09 de maio de 2016 0

Por Elisandra Borba

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Se você está pensando em ser mãe, já vai se preparando. Se já está grávida, deve estar vivenciando e se seu filho já nasceu, certamente enfrentou algumas dessas situações.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA O FRALDA CHEIA NO TWITTER

1. Amarrar o cadarço ou colocar as meias é deveras uma tarefa difícil. No final na gravidez então, praticamente impossível. Hora de usar aquele sapato que não exige tal esforço e se for inverno, contrate ajuda especializada (marido, mãe, amiga, filhos mais velhos). Você vai precisar.

2. Talvez você inche. Seu rosto pode ficar redondo e isto não significa que engordou demais. Seus calçados podem deixar de servir; sua voz pode ficar mais grossa. Que lindo é uma mulher grávida, né? Lindo mesmo, mas se olhar bem de perto, talvez enxergue alguns defeitinhos. Você também vai caminhar como um pato. Vai jurar que está caminhando normalmente, mas não está.

3. Nos primeiros meses é muito comum sentir enjoo. E ele não escolhe a hora de acontecer. Talvez você esteja caminhando na rua e precise parar para vomitar. O mesmo vale para o sono. Talvez você vá no banheiro só para escorar na parede e cochilar durante o horário de trabalho. Falando em banheiro, você vai frequentar ele muito mais. Várias vezes por dia e por noite.

4. As pessoas vão pensar que podem opinar sobre seu peso. Aliás, todos são um pouco médicos nessa hora. Alguns dirão que você precisa comer por dois. Outros vão te puxar a orelha porque está comendo demais.

5. Aquela parte do seu corpo que cresce com o bebê, que antes era a sua barriga, agora é a barriga de todo mundo. As pessoas vão alisar como se você não estivesse ali. Pessoas conhecidas e desconhecidas. Estará na fila do supermercado e pimba! Uma senhorinha vai vir alisar sua barriga. Geralmente você vai sorrir e falar sobre seu bebê. Talvez você não goste muito também.

6. Dormir é uma tarefa cansativa. De barriga pra cima dá falta de ar. De lado adormece a perna que está por baixo. Se virar exige auxílio e um pouco de dor.

7. Depilação. Se tem o costume de fazer isto sozinha, cogite pedir ajuda. Ou adote um modelo mais primitivo.

8. Sua temperatura muda. Talvez sinta muito calor, às vezes muito frio. As pessoas vão questionar se a roupa que está usando é apropriada para a temperatura que está fazendo naquele dia.

9. As hemorroidas são comuns durante a gestação. Assim como a constipação. Você vai falar sobre seus hábitos intestinais com uma certa naturalidade.

10. Se você nunca foi muito dotada de peitos, entrará em estado de amor pelos novos e temporários peitos que seu filho lhe deu.

11. Você vai chorar. Se a caneta que está na sua mão cair, será motivo para chorar. A propaganda de margarina na TV é extremamente tocante. O copo guardado no lugar errado é uma afronta. Tudo se torna bem maior que realmente é.

12. Talvez você faça menos sexo. Talvez você queira fazer mais sexo. A barriga vai atrapalhar um pouco, mas você terá condições de ultrapassar esta barreira, se quiser.

Item bônus – talvez você não se importe com nenhum item acima, pois não há felicidade maior que saber que há um filho chegando!

Leia também:

Momento Fralda Cheia: barriga de grávida é patrimônio público?

Ilustradora cria imagens com situações que as mães passam durante a gravidez

33 palpites que mais irritam as mães

Hoje é o Dia da Gestante… e de momento fralda cheia

“Uma boa hora”: o que é isso?!

Nidificação: à espera do bebê

Envie seu Comentário