Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Será que meu filho tem problemas para falar?

12 de maio de 2016 0

Por Sibeli Fagundes

Fique atento a problemas de audição em bebês e crianças Daniel Conzi/Agencia RBS

Fique atento a problemas de audição em bebês e crianças Daniel Conzi/Agencia RBS

Mães sempre estão com dúvidas constantes sobre o desenvolvimento dos filho. Será que ele está crescendo bem, tem o peso ideal, não tem problemas de visão? E porquê ele não fala, não fala direito, come letras, as outras pessoas não entendem o que diz? São questionamentos normais e importantes. É com a constante vigilância dos pais, responsáveis, professores e cuidadores que um problema pode ser detectado cedo. Pensando nisso, procurei o Conselho Regional de Fonoaudiologia e fiz diversas perguntas à fonoaudióloga e presidente da entidade, Luciana Kael de Sá.

- Com que idade é normal o bebê começar a falar?

Cada bebe tem seu ritmo de desenvolvimento e não é diferente quando se trata do surgimento da linguagem e das primeiras palavras.  Com 12 meses já é possível observar algumas palavras simples como mamá, papá, auau…

- O que fazer se um bebê de um ano e meio não fala? Dá gritinhos, fala tatata (papai) e a au au apenas. Como estimular (e se não vai à escolinha)? 

Mesmo que a criança ainda não fale é possível estimulá-la nas atividades diárias com uma fala clara e acessível.  “ ah, você pegou a água?”. Criar brincadeiras que oportunizem o uso da fala  “ vamos chamar o papai? PAPAI”.  “vamos brincar de índio? U u u u u “.  O excesso de estimulo, no entanto, deve ser evitado , como muitos brinquedos ao mesmo tempo, ou muitos vídeos. Esse momento a criança organiza seu pensamento e está organizando também a linguagem e um ambiente com excesso de estimulo pode acabar prejudicando. É importante que o bebe tenha feito o teste da orelhinha e no caso de otites ou resfriados muitos fortes cabe observar o comportamento auditivo após. Se a mãe observar que esta desatento, deverá  falar para o pediatra ou otorrinolaringologista  para descartar alterações auditivas .

- Quais as etapas do desenvolvimento da fala? Com que idade uma criança deve ser capaz de formular frases curtas?

Inicialmente a criança balbucia emitindo sons aleatórios como mamama, papapa, dadada. Após, vêm as primeiras palavras , geralmente papá, mamá, seguido pelo  período em que uma palavra pode siginificar toda uma frase ( agua = mamãe eu quero agua) Com  18 meses em média,  a criança já é capaz de formar frases com duas palavras .  Com dois anos já formula frases com 3 a 4 palavras e entre os 4 e 5 anos já se aproxima de uma linguagem adulto.

 - Até que idade é considerado normal uma criança não conseguir falar alguma palavra? Meu filho de quatro anos e meio fala ‘drento’ ao invés de ‘dentro’, mas não tem dificuldades em outras palavras. Lembro que minha falava ‘Cráudia’ ao invés de Cláudia.

Espera-se que até os 5 anos a criança fale corretamente todos os do português. Em casos de trocas de palavras especificas é interessante fazer alguma associação para facilitar a automatização. É importante observar se é capaz de falar corretamente após ser corrigido. Nesse caso a questão é automatizar o que já foi aprendido.

- Notei que várias crianças, na faixa etária de 4 anos,  não falam direito. Não pronunciam as palavras direito. Falam ‘Bicente’ ao invés de Vicente, por exemplo. A impressão que dá é de que a fala é meio anasalada.

Infelizmente nosso   clima é propício para alergias trazendo alterações respiratórias o que poderiam justificar alguma alteração na nasalidade ou ressonância da fala.  Porem nesse caso fica difícil opinar.

- Quando gaguejar um pouco é normal? O filho de uma amiga gaguejava um pouco no início das frases e a pediatra disse que era normal porque não conseguia acompanhar a velocidade do pensamento. Uma leitora disse que a neta de 2 anos e sete meses faz isso e nos questionou.

Segundo a Associação Brasileira de Gagueira, a criança dentro do seu desenvolvimento normal pode ser disfluente, ocasionalmente, repetindo uma ou duas vezes sílabas ou palavras, por exemplo: pa-pa-pato. Normalmente, essas disfluências são sinais de que a criança está aprendendo a usar a linguagem de maneira nova. Se as disfluências desaparecerem durante várias semanas e depois voltarem, a criança pode estar atravessando uma nova fase de aprendizagem. Essas disfluências ocorrem com mais frequência entre um ano e meio e cinco anos de idade, costumam ir e vir.

- Quais são os sinais de que os pais devem procurar ajuda de um (a) fonoaudiólogo (a)?

O fonoaudiólogo é um profissional que poderá ser consultado sempre que houver alguma dúvida em relação ao surgimento da fala e linguagem, da audição, amamentação, e demais especialidades da área. Através da prevenção e da orientação adequada aos pais é possível evitar que mais tarde o profissional seja procurado para um tratamento mais prolongado.

Dizer que se deve esperar até determinada idade pode ser perigoso. A ausência de linguagem pode ser indicativa não só de um atraso simples, mas de transtornos mais complexos, como por exemplo o transtorno do espectro autista. O fonoaudiólogo pode ser fundamental para um diagnóstico precoce e o início de uma intervenção terapêutica tão importante nesses casos.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA O FRALDA CHEIA NO TWITTER

Envie seu Comentário