Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Pai receberá indenização da Ufrgs por erro em exame de DNA

22 de agosto de 2016 1

Por Sibeli Fagundes

Divulgação TRF4

Divulgação TRF4

Um morador de Pelotas perdeu mais de dez anos de convívio com o filho devido a um erro no teste de DNA, feito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O exame realizado pelo laboratório da Ufrgs não acusou que o homem era pai da criança.

Ele fez o teste em 2003 por determinação da Vara de Família de Pelotas, quando respondia a uma ação de reconhecimento de paternidade, movida pela mãe do garoto. Com o passar do tempo, percebeu que o menino se parecia com ele e resolveu, em 2013, fazer novo exame em laboratório particular. O resultado deu positivo. Ele entrou na justiça federal pedindo 80 salários mínimos de indenização, mas foi estipulado valor menor, de 30 salários mínimos.

A universidade recorreu, alegando que o valor era excessivo, mas o Tribunal Regional Federal manteve a condenação. A Ufrgs terá de pagar R$ 26 mil. Ainda cabe recurso da decisão.

Comentários (1)

  • Olegário diz: 23 de agosto de 2016

    Será que foi um IC quem fez o PCR?! hahahahah

Envie seu Comentário