Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Estão em vigor novas regras para rotulagem de cosméticos infantis

03 de novembro de 2016 0

Por Marcela Panke

Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Já estão em vigor as regras estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a rotulagem de cosméticos infantis. A Anvisa deu seis meses para a indústria se adaptar. As embalagens dos produtos de higiene infantis devem mostrar, de forma mais clara possível aos pais, a idade indicada, por exemplo, e as precauções.

Um exemplo das novas regras é a necessidade do rótulo de condicionador sem enxágüe constar a seguinte informação: “Não usar em crianças menores de 3 anos; a partir de 3 anos, deve ser aplicado exclusivamente por adulto; para maiores de 5 anos: usar sob a supervisão de adulto. Não usar se o couro cabeludo estiver ferido ou irritado; em caso de irritação, suspender o uso e procurar um médico; evitar contato com os olhos; caso o produto entre em contato com os olhos, lavar com água corrente em abundância e procurar um médico”.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA O FRALDA CHEIA NO TWITTER

SIGA DICAS DE MÃE NO INSTAGRAM

Faixa etária indicada

Os rótulos dos produtos deverão conter, também, a faixa etária para o público infantil, que vai de 0 a 12 anos incompletos. As novas regras da Anvisa também determinam a faixa de idade indicada para alguns produtos, como o esmalte para unhas, por exemplo, que só pode ser utilizado por crianças a partir de 5 anos. Os sabonetes podem ser indicados para qualquer idade.

Os desodorantes poderão ser usados a partir dos 8 anos e desde que não possuam substâncias antiperspirantes. Meninas de 3 anos já poderão usar sombra, brilho labial e batom, desde que com a ajuda de um adulto. Depois dos 5 anos, ela mesma já poderá usar os produtos sozinha. Nenhum cosmético infantil pode ser apresentado em forma de aerossol.

Produtos de higiene infantis

São considerados produtos de higiene condicionadores, pasta de dente, desodorantes, enxaguatório bucal, óleo capilar ou corporal, talco, sabonete e xampu.

Como cosméticos, a Anvisa cita batom e brilho labial, blush, esmaltes, fixador de cabelo, hidratante, maquiagens, produtos para prevenção de assaduras e para inibir o hábito de roer as unhas, protetor labial, protetor solar, repelente e perfume.

Cartilha sobre os cosméticos infantis

A Anvisa disponibiliza online uma cartilha sobre cosméticos infantis (acesse aqui), com orientações de especificações que os produtos devem conter. É um bom guia aos pais.

Novas regras para rotulagem

Assista no vídeo abaixo a orientação da Anvisa sobre as informações necessárias nos rótulos de cosméticos infantis:


Leia também:

Criança pode usar maquiagem?

Cuidados com a pele são essenciais para a saúde dos pequenos

Qual a melhor marca de lenços umedecidos?

As cinco crianças mais lindas do mundo são loiras, de olhos claros e até usam peitos falsos

Envie seu Comentário