Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Evitar a proliferação do Aedes aegypti é a melhor forma de prevenção

14 de novembro de 2016 0
Melhor maneira é acabar com focos  Foto: Germano Rorato Agência RBS RORATO/AGÊNCIA RBS

Melhor maneira é acabar com focos Foto: Germano Rorato Agência RBS

O tempo começou a esquentar e o zumbido intermitente dos mosquitos dá um alerta: não podemos deixar a prevenção de lado. De nada adianta só passar repelente. É eficiente, mas sem combater os focos de Aedes aegypti, um descuido coloca tudo por a perder. Reunimos algumas dicas do Ministério da Saúde de como deve ser feita o combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. Aproveite e chame seus filhos para ajudar na ‘caça’ aos focos e explique as doenças que o Aedes transmite e como atitudes simples podem evitar que isso ocorra. As crianças vão adorar ajudar a encontrar garrafas, tampas e outros locais que servem de criadouros.

Mãos à obra! Comece explicando e identificando os principais tipos de criadouro e o que fazer:
- Guardar ou jogar no lixo os objetos que podem acumular água: tampas de garrafa, folhas secas, brinquedos;
- Guardar garrafas, baldes e outros vasilhames com a boca virada para baixo;
- Certificar que caixa d’água e outros reservatórios de água estejam devidamente tampados;
- Retirar folhas ou outro tipo de sujeira que podem gerar acúmulo de água nas calhas;
- Guardar pneus em locais cobertos. Se usados para fazer balanços, artesanato ou na jardinagem, faça furos para que a água não acumule;
- Realizar limpeza periódica em ralos, canaletas e outros tipos escoamentos de água;
- Limpar e retirar acúmulo de água de bandejas de ar-condicionado e de geladeiras;
- Utilizar areia nos pratos de vasos de plantas ou realizar limpeza semanal;
- Retirar água e fazer limpeza periódica em plantas e árvores que podem acumular água, como bambu e bromélias;
- Esticar lonas usadas para cobrir objetos, como pneus e entulhos;
- Manter limpas as piscinas;

Agora, está na hora de explicar como eliminar os focos:

- Lavar as bordas dos recipientes que acumulam água com sabão e escova/bucha;
- Jogar as larvas na terra ou no chão seco;
- Para grandes depósitos de água e outros reservatórios de água para consumo humano é necessária a presença de agente de saúde para aplicação do larvicida;
- Em recipientes com larvas onde não é possível eliminar ou dar a destinação adequada, colocar produtos de limpeza (sabão em pó, detergente, desinfetante e cloro de piscina) e inspecionar semanalmente o recipiente, desde que a água não seja destinada a consumo humano ou animal. Importante solicitar a presença de agente de saúde para realizar o tratamento com larvicida.

Utilização da água sanitária:

tabelavalida

Água sanitária também poder ser utilizada no combate às larvas. Mas é importante lembrar que ela NÃO PODE ser utilizada em recipientes usados para armazenamento de água para consumo humano e de animais.

Leia também:
9 dicas para proteger seu filho das picadas de mosquito!

rodapé MatInset Blog NOVO

 

Envie seu Comentário