Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Duas marcas de álcool gel são proibidas pela Anvisa

02 de dezembro de 2016 0

Por Elisandra Borba

Foto: Roni Rigon

Foto: Roni Rigon

Atenção aos pais. Um dos produtos mais utilizados com os recém-nascidos é o álcool gel. É importante desinfetar bem as mãos antes de manusear o bebê, para evitar transmitir qualquer doença para ele, que ainda não tem o sistema imunológico bem formado. Por isso, é recomendado, além de lavas as mãos, utitilizar o álcool gel. Mas é necessário também levar em conta os produtos certificados e autorizados pelos órgãos competentes, para não correr o risco de intoxicar de alguma forma o bebê. O órgão responsável por estas análises é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A Anvisa está alertando para problemas em duas marcas do produto. Um deles foi proibido por não possuir registro na Anvisa e o outro por apresentar valor de grau alcoólico fora do valor referência.

O álcool para mãos Nexcare Gel Antisséptico foi proibido de ser comercializado no mercado. A empresa fabricante, Adhetech Química Indústria e Comércio Ltda, precisa recolher todo o estoque, além de ter proibida a distribuição e divulgação do produto. O produto Nexcare Gel Antisséptico não possui registro na Anvisa.

O álcool desinfetante Ciclo Gel 70 apresentou um lote com valor de grau alcoólico fora do valor referência. Trata-se do lote 15011295 do produto, fabricado pela empresa Ciclo Farma Indústria Química Ltda. Este lote foi interditado.

Envie seu Comentário