Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Vereadores da Capital rejeitam proposta que permitia presença de doulas em partos

22 de dezembro de 2016 0

Por Marina Pagno

Foto: Marcelo Min / Agência RBS

Foto: Marcelo Min / Agência RBS

O projeto de lei que garantia a presença de doulas durante o trabalho de parto em maternidades e instituições hospitalares de Porto Alegre foi rejeitado pelos vereadores da Capital na tarde desta quinta-feira (22). A proposta recebeu 23 votos contra e teve quatro abstenções. O projeto tramitava há 2 anos.

Ninguém votou a favor, pois a própria autora, vereadora Jussara Cony (PC do B), subiu na tribuna e pediu aos demais parlamentares para rejeitarem a proposta, alegando que as emendas acabaram descaracterizando o projeto. Uma delas, por exemplo, suprimia as instituições da rede pública de saúde da possibilidade de oferecer doulas às gestantes. No total, 18 emendas e uma subemenda foram anexadas à proposta.

As doulas são mulheres contratadas para orientar, tranquilizar e acompanhar a grávida durante toda a gestação até o período pós-parto, tranquilizando os pais e indicando quais as melhores posições e formas de respiração para diminuir o desconforto na hora do parto. O projeto que estava em tramitação na Câmara de Vereadores não traria ônus para os hospitais públicos e privados, pois o contrato seria feito pela gestante.

Leia também:

Câmara aprova Lei que proíbe participação de doulas em maternidades de Porto Alegre

Projeto que obriga hospitais aceitarem doulas durante o parto é aprovado em comissão da Assembleia

9 fatos que ninguém conta sobre o parto

Gravidez não é doença: o que a gestante pode fazer?

Depressão Pós-Parto: o que é e como ajudar!

Álcool na gestação e durante a amamentação: pode? Confira aqui!

Envie seu Comentário