Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "pais"

Tem uma criança esperando por você: adote!

11 de abril de 2017 0

Por Sibeli Fagundes

Divulgação/TJRS

Divulgação/TJRS

O Rio Grande do Sul tem 573 crianças, a partir dos seis anos de idade, e adolescentes esperando por adoção. A Coordenadoria da Infância e Juventude atualizou a tabela com os dados básicos, como idade, sexo, raça e a situação jurídica. No Estado, há 5.375 pessoas esperando para adotar uma criança.

A lista foi criada em dezembro do ano passado pelo Projeto Busca-Se (r)  para ampliar as possibilidades de adoções que são mais difíceis por tratarem-se de casos como grupos de irmãos, fora da faixa etária mais procurada, ou portadores de deficiências ou doenças.

Quem tiver interesse, deve entrar em contato com a Coordenadoria da Infância e Juventude pelo email cijrs@tjrs.jus.br.

Pais ficam furiosos por escola enviar bilhetes dizendo que filhos estão obesos

21 de março de 2017 5

Por Sibeli Fagundes

Reprodução/Mirror

Reprodução/Mirror

Você ficaria furiosa se a escola do seu filho enviasse um bilhete com um alerta sobre o sobrepeso ou obesidade dele? Os pais de estudantes de uma escola primária de Plymouth, na Inglaterra, ficaram. As crianças têm quatro anos de idade e foram avaliadas seguindo regras do serviço público de saúde do Reino Unido.

Na avaliação enviada aos pais, havia as medidas da criança a avaliação do IMC (índice de massa corporal). Também indicava o serviço de saúde para que pudessem procurar auxílio.

O pai de Roxanne, Martin John Tall, considerada com excesso de peso, desabafou. Disse que ficou chocado e questionou que a atitude da escola, que poderia desencadear um complexo em uma criança tão nova sobre o peso dela.

Reprodução/facebook

Reprodução/facebook

Kelly Franklin, mãe de Jake, também ficou indignada. Disse que o filho, além de ter passado recentemente por um cirurgia no cérebro (nasceu com Sagittal Craniosynostosis, que provoca o fechamento das placas ósseas do crânio mais cedo ) e tem outras doenças, que afetam o processamento sensorial, além de déficit de atenção.

Olhando as fotos das crianças, nenhuma parece obesa. No entanto, pela calculadora de IMC, estão realmente acima do peso, mas nada que não possa ser revertido facilmente. A escolas, inclusive, pede atenção à alimentação e à prática de atividade física.

Quando meu filho tinha 4 anos, o pediatra também alertou que estava acima do peso. Quem o via, enxergava um criança magra (o excesso era pequeno, mas havia). Eu dei atenção ao alerta e cuidei mais ainda da alimentação dele. Hoje, está dentro da normalidade.

Talvez tenha havido falta de sensibilidade da escola. Procurada pelo jornal Mirror, a direção não se pronunciou.

Leia também:

Brasil tenta frear obesidade infantil

Avó é a 'culpada' pela invasão de crianças em entrevista ao vivo na TV

11 de março de 2017 1

Por Sibeli Fagundes

Foto: reprodução youtube

Foto: reprodução youtube

O vídeo viral das duas crianças entrando no cômodo em que o pai dava uma entrevista ao vivo para a BBC tem uma explicação agora. A avó da dupla e mãe do entrevistado Robert Kelly, Ellen Kelly, contou o motivo ao jornal Daily Mail.

Morando em Cleveland, Ohio, ela e o marido Joseph usam o Skype para falar com o filho, a nora Jung-a Kim, e Marion, de quatro anos, e James, nove meses. Ellen acredita que as crianças ouviram o pai falando e acharam que ele estava conversando com os avós e, por isso, protagonizaram a cena hilariante.

Robert Kelly mora na Coreia do Sul, é especialista em política sul-coreana e estava dando entrevista sobre o impeachment da presidente Park Geun-hye.

A mulher que aparece no vídeo, chamada de “ninja” por vários internautas, e confundida com uma babá também, é a esposa dele, Jung-a Kim, ex-professora de ioga.

reprodução blog asiansecurityblog

Leia também:
Entrevistado é surpreendido por filhos durante transmissão ao vivo na TV

Mãe de primeira viagem tem bebê de 6kg por parto normal

25 de janeiro de 2017 5

Por Sibeli Fagundes

Brian virou sensação nas redes sociais

Brian virou sensação nas redes sociais

Já imaginou dar à luz a um bebê de mais de 6kg? Nem Natashia Corrigan, de Preston, na Austrália imaginava isso quando Brian Jr nasceu nesta terça-feira (24) no Mercy Hospital, em Melbourne. O menino nasceu com 6,07kg e 57 centímetros.

 
Em uma entrevista ao 7 News , Natashia afirmou que estava esperando por um bebê pequeno e gordo, mas o tamanho dele a surpreendeu e ela postou as imagens nas mídias sociais para expressar a alegria.

 
Disse que ela e o parceiro, Brian Liddle, ficaram chocados com o tamanho do garoto, nascido com quase 41 semanas por parto normal. E é o primeiro filho do casal.

 
Natashia conta que a equipe do hospital e o marido a ajudaram. “… ele era tão grande, era um pouco difícil tirá-lo para fora, e eles tinham que conseguir alguns funcionários extras para entrar e ajudar”.

Não diga a meu filho que homem não chora!

17 de janeiro de 2017 1

Por Sibeli Fagundes

Campanha incentiva o choro de meninos Reprodução/Youtube

Campanha incentiva o choro de meninos Reprodução/Youtube

Um dia meu filho começou a chorar por ter se machucado e um conhecido que estava perto veio com a maldita frase “homem não chora”. Depois de fuzilar a pessoa com o olhar, disse ao Vicente: “Está doendo? Então chora!”. E aviso: ele também é livre para derramar lágrimas quando estiver triste, com medo, feliz demais… e por aí vai. Estou criando um ser humano, não a Muralha da China. Estou criando uma fortaleza que não vai desmoronar por não saber lidar com os sentimentos.
Não quero que depois meu filho vá parar em algum divã porque não consegue enfrentar a vida, porque quer chorar mas mandaram ele engolir o choro. Ele poderá frequentar um divã, por outros motivos, não porque não pode chorar.
Aliás, já pararam para pensar no que está implícito em “engolir o choro”? Você está dizendo à criança para engolir as frustações da vida, para engolir os sentimentos, para engolir a dor, para não se expressar. O choro, lembrem bem, a primeira forma de expressão de um ser humano.
Quem não chora por perdas, perderá sempre. Quem não chora por amor, vai deixar o amor escapar. Quem não chora de dor, tatua uma cicatriz na alma. Quem não chora na vida, pode achar que a vida não vale a pena.
Na Austrália, o problema de suicídio entre homens é tão grave que a Man Up fez uma campanha para incentiver os homens a chorar.

Agora é lei: advogadas que têm filhos podem pedir suspensão de prazos processuais

28 de novembro de 2016 0

Por Sibeli Fagundes

amamentação21838506

Fóruns terão de ter local para amamentação Foto: Felipe Carneiro Agência RBS

O presidente Michel Temer sancionou a lei que garante a suspensão de prazos processuais por 30 dias para advogadas que tiverem filhos. O texto, que altera o Código de Processo Civil, abrange também casos de adoção e traz ainda outras garantias para advogadas grávidas.
Elas serão dispensadas de passar em aparelhos de raio X e terão prioridade nas sustentações orais. Além disso, terão vagas reservadas nas garagens dos fóruns dos tribunais e acesso a creches ou a local adequado para atendimento das necessidades dos bebês.
E, no caso de um advogado se tornar pai e for o único responsável pela criança, pode também pedir a suspensão dos prazos oito dias. Tanto no caso de advogada, como de advogados, o benefício só é garantido se não houver nenhum outro colega responsável pela ação.

A Lei 13.363 foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (28) e já entrou em vigor.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA O FRALDA CHEIA NO TWITTER

SIGA DICAS DE MÃE NO INSTAGRAM

Leia também:

Servidora em licença-maternidade tem direito a receber adicional de insalubridade

Entenda porque a licença-maternidade ainda não é de 180 dias no Brasil

Mãe adotiva ganha na justiça direito a licença-maternidade de 180 dias

Advogadas podem pedir suspensão de prazos processuais após o parto

24 de novembro de 2016 0

Por Sibeli Fagundes

Suspensão de prazo é válido também para adoção Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

Suspensão de prazo é válido também para adoção
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

O Senado aprovou um projeto que garante a suspensão de prazos processuais por 30 dias para advogadas que tiverem filhos. A proposta que altera o Código de Processo Civil abrange também casos de adoção. O texto traz ainda outras garantias para advogadas grávidas.
Elas serão dispensadas de passar em aparelhos de raio X e terão prioridade nas sustentações orais. Além disso, terão vagas reservadas nas garagens dos fóruns dos tribunais e acesso a creches ou a local adequado para atendimento das necessidades dos bebês.
O projeto prevê também outra hipótese para suspensão do processo. Quando o advogado se tornar pai e for o único responsável pela ação. Nesse caso, o período de suspensão será de oito dias.
A matéria segue para sanção presidencial. O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia manifestou entusiasmo com a aprovação: “a suspensão dos prazos garante que as advogadas e os advogados do país possam dedicar-se também às suas famílias, sem prejuízo às causas patrocinadas por eles”.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA O FRALDA CHEIA NO TWITTER

SIGA DICAS DE MÃE NO INSTAGRAM

Órfãos de pai vão ter também o nome do pai socioafetivo na certidão de nascimento

17 de novembro de 2016 0

Por Sibeli Fagundes

Divulgação

Divulgação

Duas crianças que perderam o pai biológico agora vão ter na certidão de nascimento também o nome do pai sociafetivo. A autorização foi dada pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Pelotas, dentro do Projeto Pai Presente, do Conselho Nacional de Justiça.

O pedido foi realizado pelo homem que se declarou pai socioafetivo dos dois filhos da esposa. Ele relatou que cria, educa e ama os meninos e por esse motivo requereu a inclusão do nome no registro das crianças.

O juiz Marcelo Malizia Cabral autorizou também que o sobrenome do pai socioafetivo seja acrescido ao nome dos garotos. 

Projeto Pai Presente

O Projeto Pai Presente estimula o reconhecimento de paternidade de pessoas que não possuem o registro do pai na certidão de nascimento, considerando que o direito à paternidade é garantido pelo artigo 226, § 7º, da Constituição Federal de 1988.

O Projeto também tem por objetivo propiciar a reflexão sobre a importância da presença do pai na criação dos filhos, direitos e deveres, bem como facilitar o reconhecimento espontâneo de pais que ainda não constam do registro de nascimento dos filhos e o acesso à investigação de paternidade para os casos em que a pessoa apontada como pai não reconheça esta circunstância espontaneamente.

Leia também

Juiz altera certidão de nascimento de menino após separação dos pais

Menina terá nome de duas mães na certidão de nascimento

Juiz autoriza nome das duas mães em certidão e diz que Justiça precisa de “um novo pensar”

Carteira de identidade pode ter nome de pai biológico e de pai socioafetivo

As mais acessadas da semana!

21 de outubro de 2016 0

Pais que não pagam pensão em dia podem ficar sem Carteira de Habilitação

07 de outubro de 2016 1

PorElisandra Borba

carteiras

Desde a criação do novo Código de Processo Civil, os juízes de todo Brasil vêm tomando medidas para assegurar o cumprimento de ordens judiciais. O que se aplica para o pagamento de pensão para os filhos. O entendimento dos magistrados é que se o pai/mãe tem dinheiro para manter um carro, precisa ter dinheiro para manter as obrigações legais com os filhos.

O texto diz que é dever e responsabilidade do juiz “determinar todas as medidas indutivas, coercitivas, mandamentais ou sub-rogatórias necessárias para assegurar o cumprimento de ordem judicial, inclusive nas ações que tenham por objeto prestação pecuniária;”.

A ação serve para evitar que os pais transfiram bens para terceiros com intuito de justificar a não condição para pagar a pensão. Os juízes também estão bloqueando passaportes e cartões de crédito.

Leia também:

Justiça condena Furg a pagar pensão vitalícia a criança que teve sequelas após parto

INSS é condenado a pagar benefício a menina de 3 anos com má-formação

Ufrgs foi condenada em quatro ações judiciais por erros em exames de DNA

Justiça nega indenização para mulher que engravidou após laqueadura

Carteira de identidade pode ter nome de pai biológico e de pai socioafetivo