Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de fevereiro 2012

O mais importante para ganhar o título de Garota Verão é mostrar a naturalidade

29 de fevereiro de 2012 1

Gabriella Soltys, representante de Torres, da região litoral da RBS TV Porto Alegre, tinha 18 anos quando venceu o Garota Verão 2010. Ela disputou o título em Capão da Canoa com outras 83 candaditas, sendo mais de 6 mil concorrentes nas eliminatórias regionais e municipais. Segundo a bela, este foi um momento muito importante da sua vida, que será guardado para sempre.

– Além de ser a cara do verão, ser a Garota Verão representa a beleza do nosso estado, a beleza, o brilho e a naturalidade que a garota do Rio Grande do Sul tem.

Sem dúvida, sua vida mudou muito depois do concurso. Gabriella conta que naquele ano trabalhou muito com modelo e as portas que se abriram não foi apenas naquele ano. A experiência como modelo está sendo muito boa.

– O Garota Verão não só abre portas no ano em que a eleita ganha o título, em outros anos também. Ainda continuo realizando trabalhos como modelo. Concilio com os estudos, curso jornalismo na PUCRS e faço estágio.

Para as meninas que estarão em Capão da Canoa a partir desta quinta, 1ª, em Capão da Canoa, a loira dá uma dica.

– Acredito que o mais importante para ganhar o título de Garota Verão é mostrar a naturalidade, o brilho de estar realizando um sonho, e claro também se preparar fisicamente e psicologicamente.


Fotos: Adriana Franciosi/Agência RBS; Claudio Cauduro e Pamela Zottis

Eliminatória regional - Santa Cruz

28 de fevereiro de 2012 2

Estas são as finalistas da região da RBS TV Santa Cruz:

>> Garota Verão Lajeado – Milena Fernandes

>> Garota Verão Ibarama – Bruna Rodrigues

>> Garota Verão Encruzilhada do Sul – Leticia Barros

>> Garota Verão Santa Cruz do Sul – Ingrid Mahl

>> Garota Verão Venâncio Aires – Eduarda Jacobi

>> Garota Verão Estrela – Laura Trasel

>> Garota Verão Sobradinho – Sabrina Trevisan De Nardi

>> Garota Verão Candelária – Daiane Lang


Foto: Raquel Hertz

Meu objetivo era apenas estar em Capão da Canoa...

28 de fevereiro de 2012 3

Luana entre a 1ª Princesa Karol Petry (D) e a 2ª,  Nathalia Gomes

“Uma surpresa”, é assim que Luana Baggio descreve sua vitória como Garota Verão 2007. Representando a cidade de Santa Maria, da região de cobertura da RBS TV Santa Maria, a bela tinha um objetivo humilde: apenas estar na passarela em Capão da Canoa.

– Foi um susto! Meu objetivo era apenas estar lá em Capão da Canoa naquela passarela e com aquela música (tan tan tananann)! Quando chamaram meu nome,  fiquei realizada, sem reação, sem palavras para expressar o que eu sentia. Foi algo inexplicável, uma das melhores coisas que aconteceu em minha vida!

Não é para menos! Luana tinha apenas 16 anos quando conquistou o título de Garota Verão e levou para casa um automóvel 0km. Ela concorreu com 79 meninas na final, sendo que mais de 6 mil candidatas participaram das eliminatórias do concurso.  Naquele ano, o Garota Verão celebrava 25 anos, houve uma apresentação temática, organizada pelos diretores artísticos do evento. Antes do desfile, as meninas representaram as etapas de produção para uma festa – do banho ao perfume.

– Meu concurso foi um verdadeiro espetáculo! Por ser uma data comemorativa, os 25 anos do evento teve um desfile diferenciado de abertura. Subimos na passarela interpretando as seis fases necessárias que uma mulher precisa passar para ir a uma festa.

Luana conta que viajou muito durante o seu reinado de Garota Verão. Todo final de semana estava em uma cidade do Rio Grande do Sul fazendo desfiles ou indo a eventos.

– É ser a Garota não só do verão, mas também do inverno e da primavera! É carregar para sempre um titulo de beleza que faz parte da historia do nosso estado! Ser Garota Verão é eterno!

Atualmente, ela continua em sua cidade, Santa Maria, está cursando o 7º semestre de jornalismo e conciliando trabalhos de modelo com a faculdade.


Fotos: Cristina Espinoza/Agência RBS;  Léo Diaz/Divulgação; Patricio Orozco Contreras/Divulgação

Garota Verão 2000: Ingrid Alfaya

27 de fevereiro de 2012 2

Ingrid Alfaya, Garota Verão 2000, entra a 1ª princesa, Sheron Menezes,  e a 2ª, Rafaela Griza

Nome: Ingrid Alfaya

Tem twitter? Qual? Sim, @ingridalfaya

Ano que foi Garota Verão: 2000

Município que representou: Torres

Como foi quando você ganhou o Garota Verão 2000?

Ingrid Alfaya: Foi inesquecível. Sempre acompanhei o concurso, e desde muito menina tinha o sonho de participar. Quando chegou a minha vez, dei a sorte de ser um ano especial. Até hoje ainda posso fechar os olhos e ouvir o apresentador chamando meu número… “A garota verão é candidata número… 73″.

Ser Garota Verão para você é…

Ingrid Alfaya: Um marco. Minha vida mudou completamente por causa do concurso.

Como era o concurso na sua época?

Ingrid Alfaya: O concurso era o fechamento do verão. Todo mundo voltava paras suas casas e ficava torcendo para sua candidata ou apenas esperando quem seria a garota dessa temporada. No ano 2000 o concurso se reformulou. Teve uma música especial, os biquínis eram prateados e, pela primeira vez, houve um desfile sobre a história do traje de banho. Tudo isso fez com que minha vitória fosse ainda mais especial e marcante.

O que você fez naquele ano?

Ingrid Alfaya: Participei de muitos eventos ligados à RBS, viajei por todo o Rio Grande do Sul visitando festas e feiras, além de trabalhar proffissionalmente como modelo.

Fez fotos? Muitos trabalhos?

Ingrid Alfaya: Sim. Fiz várias campanhas e trabalhos quando trabalhei nas agências Ford e a Mega Models.

Sua vida mudou depois do Garota Verão?

Ingrid Alfaya: Mudou bastante. Até hoje sou conhecida como Garota Verão! Sério mesmo! Brincadeiras a parte… eu conheci muitas pessoas e lugares que jamais pensei em conhecer. O concurso me proporcionou uma carreria de modelo. E, tudo isso, ajudou para que hoje eu trabalhasse com televisão.

Por onde você anda? O que você faz atualmente?

Ingrid Alfaya: Hoje eu moro em São Paulo. Sou jornalista. Atualmente, trabalho como repórter de TV.

Dê uma dica para as candidatas a Garota Verão 2012.

Ingrid Alfaya: Seja natural. Quanto mais a menina for espontânea mais as chances dela ganhar. A garota verão precisa ter a cara dessa estação. Então, invista no bronzeado, na boa forma e no sorriso.


Fotos: Arquivo Pessoal

Eliminatória regional - Vale do Sinos

27 de fevereiro de 2012 3

No sábado, 25 de fevereiro, foi realizada a eliminatória regional – Vale do Sinos, em Estância Velha. Vinte e duas candidatas disputaram cinco vagas para a grande final do concurso, dia 03 de março, em Capão da Canoa. As finalistas são: Garota Verão Rolante, Edinéia Bach; Garota Verão São Sebastião do Caí, Amanda Azevedo; Garota Verão Feitoria, Ketlin Nogueira; Garota Verão Novo Hamburgo, Bruna Reis; e Garota Verão São Leopoldo, Andressa Haas.

Finalistas da etapa regional – Vale do Sinos

A programação das meninas começou as 9h, com a apresentação das candidatas para o credeciamento. Em seguida, elas desfilaram em carro de Bombeiros pelas principais ruas do município. Após, participaram de um almoço e, logo, fizeram uma visita ao gabinete do prefeito de Estância Velha, José Waldir Dilkin.

Pensa que terminou por ai? Nada disso! Depois elas ensairam, participaram de um coquetel de apresentação aos jurados e, finalmente, desfilaram.

Mais fotos do evento

Fotos: Pamela Zottis

A eterna Garota Verão de Taquara

24 de fevereiro de 2012 0

Andréa Lauck com 15 anos já trabalhava, nunca tinha pensado em ser modelo e de repente se viu como uma das finalistas do Garota Verão 1992 e venceu. Muitos anos se passaram e ela ainda é reconhecida nas ruas como a eterna Garota Verão Taquara.

Confira o depoimento de Andréa.

Na verdade não me inscrevi para participar do Garota Verão de Taquara, fui inscrita e comunicada. Topei a parada, pois no momento estava passando por uma fase difícil, e achei que me envolvendo com o concurso desviaria um pouco minha atenção dos problemas. Com 15 anos já tinha compromissos com o trabalho, precisava ajudar nas despesas da casa e estudar. Ser modelo nunca havia passado pela minha cabeça.

Acabei me classificando para final, e a coisa ficou séria, precisei assumir de fato os compromissos, e passei a valorizá-los cada vez mais. A partir daí mudei completamente minha alimentação, comecei a cuidar da pele, a me exercitar, ler muitos jornais, saber tudo sobre minha cidade e região, ficar bem informada sobre assuntos em geral.

Minha meta era representar de fato minha cidade e região. Ganhar era apenas uma possibilidade, e sabia que mesmo que não vencesse, aquela experiência seria única, então aproveitei ao máximo. Para minha surpresa, fui eleita Garota Verão!

Logo após, recebi proposta de uma agência para morar em São Paulo, e acabei aceitando. Fui morar sozinha, no alojamento da agência, com meninas de outros estados. Foi uma loucura, de repente me vi numa cidade enorme, tendo que me virar de ônibus para todos os lados, para fazer os castings a que a agência nos direcionava. Não aguentei ficar lá sozinha, muitas despesas, muita saudade. Acabei voltando no fim do meu reinado [entrega da faixa], mas, mesmo assim, fiz trabalhos muito legais e terminei de assumir minha agenda de Garota Verão.

Ah, esqueci de falar do carro Escort XR3 conversível… Gastamos uma parte com a ida para São Paulo e com a construção da nossa casa, onde ainda moro até hoje.

Sou a eterna Garota Verão Taquara. Todos me reconhecem até hoje, meus filhos muitas vezes não são chamados pelo nome, e sim, de filhos da Garota Verão. Minha filha já é apontada como futura Garota Verão. Por isso, ressalto a importância do compromisso que você assume após ganhar o concurso, pois carrega o título para o resto da vida.

Apesar dos erros que cometi, das dificuldades que passei, das cobranças, tudo valeu muito a pena, não tenho arrependimentos. Só cresci como pessoa, surgiram grandes oportunidades profissionais, muitos amigos e lembranças maravilhosas! Hoje trabalho na área de beleza, adoro o que faço, e fico muito feliz quando surgem oportunidades de produzir as meninas para o concurso.


Fotos: Lisete Guerra e Arquivo Pessoal

Biquínis da final do Garota Verão

24 de fevereiro de 2012 3

Quem acompanha o Garota Verão sabe que todos os anos as meninas desfilam com biquínis exclusivos do concurso. As cores e modelos mudam e seguem tendências. Este ano não podia ser diferente: serão quatro modelos. Segundo Bia Dockhorn, diretora da empresa responsável pela confecção dos biquínis, a tendência será o verão 2013. Os tons escolhidos serão laranja, rosa, verde e uva.

O tecido utilizado será o cirré – super brilhoso. Outra novidade é que a parte de baixo do biquíni será listrada. A cor muda de 20 em 20 meninas. As dez finalistas usarão um maiô, diferenciado, é claro,  desenhado pela designer Ana Paula Silveira.

Quer conferir os modelitos? A grande final ocorre no dia 3 de março, a partir das 14h45min, nas areias de Capão da Canoa. Para quem não puder ir até lá,  o evento será transmitido ao vivo pela RBS TV.


Fotos: Reprodução

Eliminatórias regionais: Litoral e Caxias

22 de fevereiro de 2012 1

Neste fim de semana duas eliminatórias regionais foram realizadas: Litoral e Caxias. Doze meninas garantiram sua vaga na finalíssima do concurso, que será realizada no dia 3 de março.

No sábado, 18 de fevereiro, a região Litoral da RBS TV Porto Alegre escolheu em Balneário Pinhal suas cinco finalistas.

As escolhidas foram (da esquerda para a direita):

Garota Verão Xangri-Lá: Lays Piccini

Garota Verão Bal.Pinhal: Alexsandra Padilha

Garota Verão Torres: Tamires Krauspenhar

Garota Verão Jardim do Éden: Laís Frozza

Garota Verão Palmares do Sul: Marceli Viana

No domingo, foi a vez da região da RBS TV Caxias escolher suas representantes na final do concurso.

As escolhidas:

Garota Verão Antônio Prado – Brenda Paulette Lago

Garota Verão Caxias do Sul – Elisa Minuzzo Salvador

Garota Verão Cotiporã – Patrícia Gabriel

Garota Verão Farroupilha – Wendy Graliki

Garota Verão Flores da Cunha – Evelyn Sond

Garota Verão Veranópolis – Aline Tessaro

Garota Verão Nova Prata – Natália Grisa


Fotos: Pamela Zottis e Elisângela Silva

Vencer o Garota Verão é incrível

22 de fevereiro de 2012 1

Garota Verão 2004: Eliza Porciúncula Justo

Eliza Porciúncula Justo tinha 18 anos quando venceu o Garota Verão 2004. Representando Jaguarão, da RBS TV Pelotas, disputou o título com outras 79 candidatas e levou para casa a faixa e um carro 0KM. A morena foi escolhida em uma tarde chuvosa e ventosa, que não a impediu de brilhar.

Confira o relato da bela.

– Qual menina nunca sonhou um dia estar lá em Capão da Canoa representando a sua cidade em um evento tão grandioso, estampar a capa da Zero Hora, no dia seguinte dar entrevista para o Patrola e Jornal do Almoço, ganhar como prêmio um carro 0 km?

Eu tinha 18 anos na época, e muito antes disso já acompanhava ansiosa a grande final do Garota Verão, apostando nas vencedoras, torcendo e imaginando como seria estar lá em Capão desfilando. Em 2004 chegou a minha vez de viver esse momento. Subir a passarela com a clássica trilha sonora do concurso, enxergar as torcidas vibrando pelas suas candidatas, sentir o frio na barriga na frente dos jurados e, finalmente, ouvir a famosa frase “E a Garota Verão 2004 é… A candidata de número 32”.

É inexplicável a sensação deste momento. Talvez as fotos, com meus gestos nos 3 segundos seguintes ao anúncio, que vi na contracapa da Zero Hora do dia seguinte, dêem uma ideia do que eu senti. Foi incrível.

Ser Garota Verão é ser uma guria determinada, inteligente, bela e carismática, capaz de usar essas suas grandes qualidades harmoniosamente para mostrar a todos que ela pode ser o símbolo do verão. Acho que eu fui iluminada naquela tarde. Acredito que as pessoas têm os “seus” dias de vencer, e aquele era o meu.

Aquele ano, 2004, foi um ano muito diferente na minha vida. Eu já estava preparada para iniciar o cursinho para Medicina em Porto Alegre, mas com o título e os compromissos, decidi que deveria aproveitar aquele momento. Viajei muito, conheci muitas cidades, minha agenda era lotada, toda sexta-feira e sábado participava de eventos pelo interior do Rio Grande do Sul. E, durante a semana, na capital.

Oportunidade de trabalho como modelo é o que não falta para uma Garota Verão. As pessoas descobrem o teu telefone no dia seguinte do concurso e te fazem muitos convites para trabalhar. Eu tinha uma agenda apenas para esses compromissos. Participei de diversos desfiles, festas, eventos e propagandas. Eu lembro o quanto aquilo tudo era diferente pra mim. Quando acabou o concurso, eu só fui chegar na minha casa, em Jaguarão, uns 3 dias depois, pois tive que ficar em Porto alegre para fotos, gravação do Jornal do Almoço entre outros compromissos.  Foi uma fase na minha vida que guardo boas recordações.

A minha vida não mudou depois do concurso, mas eu certamente mudei. Percebi como é importante ter em mente o que se quer e o que se deve fazer para alcançar aquilo. Eu procuro aplicar isso em todas as situações que vivencio até hoje.

Atualmente moro em Porto Alegre, me formo em Medicina no final de 2012 –  e já estou me preparando para residência. Minha vida é corrida, com muitas horas dedicadas ao meu trabalho, mas me sinto gratificada, pois amo a profissão que escolhi. Gosto de praticar exercícios e faço ballet clássico. Uma das minhas paixões é viajar, faço isso sempre que posso.

Para quem vai entrar na disputa… Como se destacar em meio a tantas gurias num concurso como esse? A cor do verão, a simpatia, um cabelo e corpo bem cuidados, isso todas já sabem né? Mas o mais importante naqueles dias lá em Capão é o que a menina é, e se ela tem personalidade o suficiente para ser pura e simplesmente natural. A Garota Verão não é uma mulher produzida, sempre impecável, mas sim uma menina que gosta de praia e que tem a sua beleza natural ainda mais exacerbada quando chega o verão.

Então, a dica que deixo aqui, pra todas vocês, é dedicação máxima – com cabelo, ginástica, passarela –  antes do evento. Em março, na grande final é hora de desfrutar disso tudo, e ser essencialmente natural!


Fotos: Adriana Franciosi/Agência RBS e arquivo pessoal

Marisa Brandão: a primeira Garota Verão

17 de fevereiro de 2012 13

Nessa quinta-feira, 16 de fevereiro, recebemos na RBS Eventos a visita ilustre de Marisa Brandão: a 1ª Garota Verão.  Ela venceu o concurso em 1983. Naquela época, o Garota Verão tinha uma mecânica diferente da atual. As meninas eram filmadas nas piscinas de clubes e nas praias gaúchas e depois exibidas durante os intervalos da novela das 19h.  A final do concurso foi na casa noturna Encouraçado Butikin, em Porto Alegre, e ao invés do biquíni, elas desfilaram de vestido de festa. Como prêmio ela recebeu um troféu e uma viagem de quatro dias para a Bahia com acompanhante, no caso, sua irmã.

– Eu fui filmada na beira da praia de Nova Tramandaí, não tinha produção nenhuma. Filmavam as gurias na beira da praia, sem maquiagem.

Com 22 anos, estudante de Comunicação Social – PP na PUCRS, ela não tinha como objetivo ser modelo. Na época em que ganhou o concurso ela participou de diversos comerciais, fez várias fotos, conheceu muita gente. Apareceram convites para participar de outros concursos de beleza, mas ela se dedicou mais aos estudos.

Marisa diz que não tinha o perfil de modelo, tem apenas 1,64 cm. Independente de ter ou não perfil, ela afirma que a experiência de ser Garota Verão foi muito legal. O assédio de homens e mulheres era muito grande também.

– As adolescentes achavam o máximo e queriam participar. Qual é a garota que não gosta de ser escolhida?

A morena conta um fato engraçado que aconteceu na volta às aulas da faculdade:

– No quadro da faculdade, no primeiro dia de aula depois das férias,  um colega escreveu: “Bem-vinda Marisa Verão a nossa Garota Brandão”.

O trocadilho foi proposital, é claro.

Recortes dos jornais e algumas fotos que Marisa fez


Marisa conta que sempre gostou de mar e natureza e que talvez, por isso, estivesse bem e tranquila quando foi filmada na beira da praia. Ela casou e tem uma filha de 20 anos. Atualmente mora em Porto Alegre, mas em um sítio cheio de animais: cavalo, tartaruga, cachorro, gato e canários.

Ela está com 51 anos e não fez nenhuma plástica, nem botox.  Seus cuidados de beleza são sempre passar protetor solar no rosto e creme.  Para quem gostaria de seguir os seus passos e ser uma Garota Verão, ela dá a dica:

– Acho importante controlar a ansiedade. Tem que estar no clima do verão, de bem com a vida. Ser alegre e descontraída. O que é pra ser, vai ser.


Fotos: Pamela Zottis e Arquivo Pessoal