Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Carnaval capixaba abre os desfiles das escolas de samba no Brasil

01 de fevereiro de 2016 0

Por João Victor Torres Apresentações em Vitória ocorreram no último fim de semana de janeiro

Carnaval de  Vitória abriram os desfiles das escolas de samba no Brasil

Foto: João Victor Torres

A cidade de Vitória, no Espírito Santo, foi a responsável por abrir o Carnaval brasileiro, uma tradição que iniciou em 2002 e a cada ano vem ganhando mais força.

14 agremiações desfilaram no Complexo Cultural Walmor Miranda, o Sambão do Povo, entre sexta-feira (29) e sábado (30), pelo Grupo A e Grupo Especial, respectivamente.

O equilíbrio foi a tônica nas apresentações das seis escolas que integram a elite da folia capixaba. A Mocidade Unida da Glória (MUG), de Vila Velha, fez um desfile primoroso e é favorita para conquistar o bicampeonato.

A Unidos de Jucutuquara, que trouxe o enredo em homenagem à capital do estado, Vitória, aparece como uma das postulantes a brigar pelo título.

Unidos da Piedade e Independentes de Boa Vista realizaram desfiles técnicos e estão no páreo. Além disso, Pega no Samba e Unidos de Barreiros também desfilaram sábado. Dentre as agremiações que buscam uma vaga no Especial em 2017, Novo Império desponta como a escola a ser batida, seguida de perto pela Independentes de São Torquato.

A Chega Mais, também integrante do Grupo A, homenageou Neguinho da Beija-Flor e contou com um duplo reforço da atual campeã carioca, apesar da ausência do intérprete homenageado. O casal de mestre-sala e porta-bandeira, Claudinho e Selminha Sorriso, defenderam o pavilhão da azul e branco capixaba.

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, concedeu entrevista à Rádio Gaúcha e destacou que o evento mobiliza também os municípios da região metropolitana. “Possuímos uma parceria muito forte com a Liga e está nos possibilitando um grande  crescimento do nosso Carnaval”, disse Rezende.

O presidente da Liga Espírito Santense das Escolas de Samba (Lieses), Rogério Sarmento, reforçou que 2016 marcou um grande desafio para a organização. “A Lieses gerencia de forma independente o Carnaval, também buscamos o financiamento da festa”, afirmou. “Trabalhamos sério com a confiança de estarmos no caminho certo, mas sabemos que temos muito para crescer” completou Sarmento. Segundo a Secretaria de Turismo de Vitória, a expectativa foi de movimentar 80 mil pessoas durante os dois dias, entre expectadores e turistas. A apuração será quarta-feira, 3 de fevereiro, no Ginásio Alvares Filho, às 15 horas.

Envie seu Comentário