Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Confira as apresentações da primeira noite da Descida da Borges

12 de janeiro de 2013 0

Por Júlio Ferreira

É impossível chegar no centro de Porto Alegre e não sentir aquele clima nostálgico dos antigos carnavais. Tá certo! Eu não era nem projeto de ser humano nessa época dourada dos carnavais da cidade. Mas só de ouvir os relatos de quem viveu esse tempo, faz pensar e querer sentir na pele toda essa energia. E foi assim, que me senti ao chegar para ver a Descida da Borges. Um evento extremamente esperado por todos que gostam dessa cultura popular.

Não tem como, não lembrar, que por aquele asfalto, desfilou o exuberante Bambas da Orgia, que ganhava tudo nos anos 60. Até que Imperadores do Samba, conquistou um tri campeonato, em 67, 68 e 69. Sorte de quem pode estar lá pra ver. Também, era só levar um banquinho e muita disposição para curtir um carnaval de primeira. Nesta época, as escolas traziam um naipe enfezado de sopro. Imagina, que festão.

Mas hoje, além de relembrar os antigos carnavais. A Descida da Borges serve de vitrine para as escolas de samba. É um momento em que as pessoas que não estão familiarizadas com o carnaval, sentirem de perto essa energia gostosa. Quem sabe, não começa aí uma relação de querer. Pois, um samba envolvente, garra dos componentes, bateria enfezada, organização e um show bem apresentado. Sim! É um convite para que o público queira sair na escola, conviver com esse mundo mágico.

Divulgação/PMPA

Os Filhos da Candinha foram os anfitriões desse espetáculo. Depois, foi a vez da Acadêmicos de Niterói. As escolas, vieram com força, organizadas apresentaram os sambas de 2013. E finalizando a festa, Imperatriz Dona Leopoldina. A laranja e preto abusou da alegria. Cezinha, interprete da escola, fez a festa acompanhado da entusiasmada Laranja Mecânica.

Segundo o Presidente da escola, Maurício Nunes, esse é o caminho a seguir. A força da comunidade, o empenho dos componentes da escola, servem como energia, para que a Imperatriz se fortaleça na briga pela primeira colocação. Maurício revela, que apesar das dificuldades encontradas para compor o carnaval da escola, ele é otimista e, acredita que tudo esteja pronto uma semana antes do grande dia.

Digamos, que a Descida começou com o pé direito. Com escolas de comunidade proporcionando pra o público que foi em peso para o centro, um espetáculo de primeira. Organização e pontualidade foram o diferenciais das demais edições. O público estava feliz, cantou, vibrou e curtiu do começo ao fim.

Sexta que vem, tem mais. É a vez das escolas, União da Tinga, Acadêmicos de Gravataí, Unidos de Vila Isabel e Bambas da Orgia.

Confira as apresentações da primeira noite nas imagens de Liliane Pereira:

Imperatriz Dona Leopoldina

Acadêmicos de Niterói

Os Filhos da Candinha

Envie seu Comentário