Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Especial Porta-Bandeiras"

Especial Porta-Bandeiras RJ: Marcella Alves - Mangueira

18 de fevereiro de 2012 0

Por Juliano Vieira

Para encerrar o especial sobre as porta-bandeiras cariocas, o Gaúcha no carnaval conversou com Marcella Alves da Estação Primeira de Mangueira. Cria de outra verde e rosa, a Lins Imperial, Marcella foi primeira porta-bandeira com 14 anos na Caprichosos de Pilares.

oi tão bem que chamou atenção do Salgueiro. Já no primeiro ano de Academia foi Estandarte de Ouro. Em 2006 se transferiu pra Mocidade e, neste ano, faz seu terceiro carnaval na Mangueira.

Considerada por muitos, a porta-bandeira mais técnica do Carnaval, Marcella nos fala agora como é sua vida de porta-bandeira.

Você pode rever todos os especial clicando na tag ao lado Especial Porta-Bandeira

Especial Porta-Bandeiras: Giza - Império da Zona Norte

17 de fevereiro de 2012 0

Por Juliano Vieira

A quinta e última porta-bandeira de nosso especial é Giza, porta-bandeira do Império da Zona Norte. Campeã do Carnaval 2010, vencedora do troféu Personagem da Folia 2011, ambos pela Imperatriz. Giza voltou a sua velha casa em 2012, a toca dos leões.

Com esta entrevista com Giza, o Gaúcha no Carnaval encerra a sua série com as porta-bandeiras do Carnaval de Porto Alegre. Agradecendo a todas pela atenção e pela beleza que proporcionam na avenida.  E desejando a todos os casai um grande desfile neste carnaval.

Veja o vídeo:

Especial Porta-Bandeiras: Fernanda - Imperadores do Samba

16 de fevereiro de 2012 0

Por Juliano Vieira

A quarta porta-bandeira do Carnaval de Porto Alegre que vamos apresentar é Fernanda Costa dos Imperadores do Samba. Oriunda da Vila Isabel de Viamão, Fernanda começou a ser reconhecida no Carnaval não como porta-bandeira, mas sim na corte: foi princesa do Carnaval em 2000.

Mas seu sonho sempre foi carregar pavilhões na avenida e a mesma Vila Isabel que a indicou à corte lhe deu a oportunidade. Virou porta-bandeira e fez sucesso. Chamou atenção dos Imperadores do Samba e desde 2010 tem a responsabilidade de carregar a bandeira vermelha e branca.

Confira no vídeo, a entrevista com Fernanda, e ainda, o depoimento que seu mestre-sala, Tiago Tika lhe dedica.

Veja também:

Isabel – Imperatriz Dona Leopoldina

Pricila – Estado Maior da Restinga

Suelene – União da Vila do Iapi

Porta-bandeiras do RJ:

Giovanna – Unidos da Tijuca

Selmynha Sorriso – Beija-Flor

Especial Porta-Bandeiras: Suelene - União da Vila do Iapi

15 de fevereiro de 2012 0

Por Juliano Vieira

A terceira porta-bandeira entrevistada pelo Gaúcha no Carnaval atua na função desde 1991. Suelene, que estreia no Iapi neste ano, tem uma carreira sólida. Durante muitos anos foi porta-bandeira da Praiana. Passou ainda pela Imperatriz e Acadêmicos de Gravataí.

A estreia no Iapi vem ao reencontro com um antigo parceiro: o mestre-sala Gustavo Tiriri. Confira agora a entrevista na qual Suelene conta qual foi seu desfile inesquecível e veja o depoimento que seu parceiro de outros carnavais lhe oferta.

Especial Porta-Bandeiras: Pricila - Estado Maior da Restinga

14 de fevereiro de 2012 0

Por Juliano Vieira

O Gaúcha no Carnaval segue sua série contando um pouco da vida e da história das mulheres que carregam o pavilhão de suas escolas na avenida. A primeira foi Isabel da Imperatriz. Agora, conversamos com Pricila Abreu, porta-bandeira da Restinga.

Pricila nos recebeu no barracão da escola no Porto Seco. Campeã pela Tinga em 2001 e pelos Imperadores em 2009, Pricila conta sua trajetória desde porta-bandeira mirim até um fato curioso do desfile do ano passado. Assim, como Alexandre da Imperatriz, o mestre-sala da Restinga, Chula, gravou um belo depoimento sobre sua parceira.

Veja o vídeo:

Especial Porta-Bandeiras RJ - Giovanna - Unidos da Tijuca

13 de fevereiro de 2012 0

Por Juliano Vieira

Além de homenagearmos as porta-bandeiras dos Carnaval de Porto Alegre, o Gaúcha no Carnaval contará um pouco da história das porta-bandeiras do Rio de Janeiro.

Começaramos com a porta-bandeira da Unidos da Tijuca, Giovanna. Oriunda da Mangueira, onde começou em 1995 e ficou até 2009, Giovana está na Tijuca desde 2010, escola na qual já foi campeã em 2010. Antes disso, já havia sido campeã outras duas vezes na Mangueira.

Giovana concedeu esta entrevista exclusiva ao nosso site. Onde fala como é ser uma porta-bandeira.

Acompanhe a entrevista:

Especial Porta-Bandeiras: Isabel - Imperatriz Dona Leopoldina

12 de fevereiro de 2012 1

Por Juliano Vieira

“Não deve existir nada mais elegante do que ela, nada mais que mereça uma reverência, um cortejo. A porta-bandeira é o doce gracejo de um sonho. Um sonho distante. Um sonho íntimo.

É a mulher vestida no carnaval nú. Sua beleza vem do interior, vem da alma de ser uma porta-bandeira. Vem do bailar, do sorriso, da simpatia. Da mais pura flor que mareja a vista de incrível contemplação.

A porta-bandeira não pisa, ela desliza no horizonte. Com sua mão esquerda colada ao seio faz um gesto de amor por sua arte. Com a destra enverga o seu pavilhão que trata carinhosamente como uma mãe protegendo seu recém-nascido.

Com seus pés contorna o giro como se suas pernas possuíssem dois compassos. E sai tudo retinho: a bandeira desenrolada beija o vento enamorado por ela e seu sorriso é de quem acordou da mais bela quimera. A quimera de naquele momento estar representando o pavilhão do amor de um povo.

E quem sabe um dia, de uma nação, do nosso país. Brasil: despacha teus diplomatas, teus oficiais e teus patrões e te seja representado por esta deusa da dança que me vem à mente para que eu sempre tenha viva a imagem do carnaval. Ela sim sabe amar sua bandeira.”

O Gaúcha no Carnaval reverencia as grandes damas da dança do Carnaval e apresenta 5 grandes porta-bandeiras da atualidade do Carnaval de Porto Alegre

Para começar umas das porta-bandeiras mais premiadas do Carnaval de porto Alehre: Isabel da Imperatriz Dona Leopoldina.

Confira abaixo: