Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Porto Alegre"

Morre Antônio Lemos, personagem marcante do Carnaval de Porto Alegre

16 de fevereiro de 2016 0

 

Capa do LP Samba Total

Capa do LP Samba Total, lançado por Antônio Lemos em 1978 (Reprodução)

Por Vinícius Brito

O Carnaval de Porto Alegre perdeu um dos seus mais marcantes intérpretes. Antônio Lemos, voz do inesquecível título dos Acadêmicos da Orgia em 1978, com o enredo “Festa no Gantois”, faleceu na tarde de segunda-feira (15), aos 78 anos.

Lemos também foi intérprete dos Imperadores do Samba, jurado de Carnaval e cantor na noite porto-alegrense e das rádios Farroupilha e Gaúcha. Em 1978, lançou um LP com o título Samba Total.

Nos últimos dois meses, Lemos vinha sofrendo com complicações decorrentes da diabetes. Ele estava internado no hospital da PUCRS e morreu com infecção generalizada. O sepultamento aconteceu há pouco no Cemitério São João.

Sandro Ferraz está de volta

04 de fevereiro de 2016 0
20160203180912 (4)

Sandro Ferraz, intérprete da União da Vila do Iapi

Por Vinícius Brito

Bela notícia para o Carnaval de Porto Alegre.

Sandro Ferraz voltou a cantar. Ele será um dos intérpretes da União da Vila do IAPI, ao lado de Cezinha e Borracha. A decisão foi tomada ontem e a “estreia” no microfone da Vila foi no ensaio técnico realizado há pouco no Complexo Cultural do Porto Seco.
Em 2015, Sandro foi diretor de harmonia dos Embaixadores do Ritmo e chegou a cantar no desfile das Campeãs. Na preparação para o desfile desse ano, ele ocupava funções de diretor de Carnaval e harmonia da União da Vila do IAPI. Durante a semana, foi convidado para assumir mais um desafio: cantar o samba-enredo na avenida, sem deixar de dirigir a harmonia e o Carnaval da escola.

Fim de semana será de muito carnaval em Porto Alegre; confira a programação

22 de janeiro de 2016 0

Noite de sexta contará com a segunda edição da Descida da Borges (Luciano Lanes/PMPA)

Nesta sexta-feira (22), acontece mais uma edição da Descida da Borges, evento que tem por finalidade reviver os antigos carnavais do centro da cidade. A festa inicia às 20h50, com a apresentação da Academia de Samba Praiana. Em seguida, desfila a Império da Zona Norte.

Atual bicampeã, a Imperadores do Samba encerra as festividades de hoje. A expectativa é de um público superior a 30 mil pessoas.

No sábado (23), começa o carnaval de rua na Cidade Baixa. A festa inicia às 15h, com o bloco Panela do Samba e, às 19h, será a vez do bloco Do jeito que tá vai tomar conta da avenida. O carnaval dos blocos de rua vai até o dia 12 de março.

A festa continua no domingo (24). A partir das 18h, tem a Muamba da Areal, promovida pela Prefeitura de Porto Alegre e Secretária Municipal de Cultura, em parceria com a Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa). O evento conta com a participação do Bloco da Trinca, Unidos da Vila Mapa e Imperadores do Samba.

Saiba mais:

Confira como foi a Descida da Borges de sexta-feira

É hoje! Carnaval de Porto Alegre tem abertura oficial na noite desta sexta-feira

15 de janeiro de 2016 0

Programação da Descida da Borges terá início na noite desta sexta Foto: Juliano Vieira

Por Elias Costa

Ocorre na noite desta sexta-feira (15) a abertura oficial do Carnaval de Porto Alegre. A festa começa com a entrega da chave da cidade para o rei, Momo Mauricio Melo, no Paço Municipal, às 20h. Após a solenidade terá início a programação da Descida da Borges com as apresentações de Império do Sol, Estado Maior da Restinga e Bambas da Orgia.

Devido à realização do evento, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa que a Avenida Borges de Medeiros terá bloqueio ao trânsito de veículos, a partir das 12h, entre a Esquina Democrática e a José Montaury. A partir das 19h, o bloqueio será entre a José Montaury e o Paço Municipal.

Carnaval de Porto Alegre: venda antecipada de ingressos começa no dia 30

13 de janeiro de 2016 0

Por Elias Costa

Carlos Macedo/Agência RBS

Carlos Macedo/Agência RBS

A pré-venda de ingressos para o Carnaval de Porto Alegre ocorrerá nos dias 30 e 31 de janeiro, no Centro Municipal de Cultura (av. Érico Veríssimo, 307), das 9h até as 17h.

Os valores dos ingressos variam entre R$ 5 e R$ 15, conforme a data do desfile (confira o serviço abaixo).

Crianças até 6 anos não pagam ingresso. A venda será feita exclusivamente em dinheiro e limitada a dois ingressos por pessoa.

Valores:

5 de fevereiro: R$ 10
6 de fevereiro: R$ 15
7 de fevereiro (Grupão, o antigo grupo de acesso): R$ 5
9 de fevereiro (desfile das campeãs): R$ 10

Carnaval de Porto Alegre: leilão de camarotes e frisas tem nova data

12 de janeiro de 2016 0

A data para o leilão de camarotes e frisas do Carnaval de Porto Alegre foi alterada. Será no próximo dia 19, às 20h30, na sede da Liespa no Complexo Cultural do Porto Seco.

foto-luiz-armando-vaz

Foto: Luiz Armando Vaz/Agência RBS

 O evento estava previsto para ocorrer no dia 8 de janeiro, mas foi suspenso devido à paralisação do processo de licitação para montagem da estrutura da avenida.

Interessados em participar dos lances devem apresentar Carteira de Identidade e CPF ou CNPJ, e realizar uma inscrição, no local, a partir das 19h. Já foram realizadas 168 inscrições para participar do leilão e serão comercializados 60 frisas e 42 camarotes.

O lance inicial para os camarotes será de R$ 1,5 mil e para as frisas R$ 500,00, e a diferença entre as ofertas deve ser maior que R$ 100.

Menina morta por bala perdida desfilaria pela Império da Zona Norte no Carnaval

25 de dezembro de 2015 0
Divulgação / Arquivo Pessoal

Divulgação / Arquivo Pessoal

Por: Eduardo Torres (eduardo.torres@diariogaucho.com.br)

O assassinato da adolescente Vitória Pereira Boeira, 15 anos, atingida por uma bala perdida durante um tiroteio no começo da noite da última quarta, na Vila Santa Rosa, Bairro Rubem Berta, Zona Norte de Porto Alegre, não calou somente o Natal da vizinhança. Deixou de luto também a comunidade carnavalesca de Porto Alegre. Integrante da Ala das Mulatas da escola de samba Império da Zona Norte, a menina se preparava para o seu primeiro desfile no Complexo do Porto Seco. As informações são do Diário Gaúcho.

Na última segunda, ela participou do seu último ensaio, na quadra da União da Vila do IAPI.

“Era uma menina cheia de alegria, muito educada e determinada. Estamos pensando em uma homenagem para ela”, conta a coordenadora do grupo de mulatas, Luciane dos Santos.

Na próxima segunda, os estudantes da escola Bento Gonçalves, onde Vitória estudava, também pretendem fazer uma homenagem a ela. E no próximo dia 2 de janeiro, a família organiza uma caminhada pedindo paz no bairro.

“Infelizmente não temos mais a quem recorrer contra essa violência”, lamenta a tia, Rita de Cássia Pereira, 41 anos.

Por volta das 18h, a menina saía da padaria, na Rua Doutor Meer Mario Kaufman com a sobrinha, de sete anos, quando pelo menos um carro entrou na rua atirando. Um dos disparos atingiu certeiro o coração de Vitória. A sobrinha ainda conseguiu correr e pedir socorro. A mais nova de três irmãs, ela havia passado para a sétima série do Ensino Fundamental e, no próximo Carnaval, brilharia como uma das passistas do Império da Zona Norte.

União da Vila do IAPI: Revolução, Coragem e Liberdade!

15 de janeiro de 2015 0

Um Mundo Preto e Branco, Ela Coloriu.

A Vila Apresenta: A Juventude do Brasil

00a9b590

Foto: Luiz Armando Vaz

Blog Chora Cavaco – por Renato Dornelles

No ano passado, bateu na trave. Por muito pouco, a União da Vila do IAPI não conquistou o primeiro título de sua história, no Grupo Especial do Carnaval de Porto Alegre. Neste ano, porém, a escola da Zona Norte não quer deixar por menos.
– Esperamos que sim. Estamos trabalhando muito para sermos campeões, como todas. Mas acreditamos no nosso potencial – diz o presidente Jorge Sodré (foto).
O vice-campeonato de 2014 foi muito semelhante ao de 1991. A escola realizou belos desfiles, mas acabou superada, daquela vez pela Estado Maior da Restinga e, no ano passado, pela Imperadores do Samba. Outro bom resultado foi obtido em 2004, quando o Trem da Alegria (apelido da Vila) ficou em terceiro lugar.
Na busca pelo título inédito, a Vila falará sobre a juventude, suas lutas, batalhas, vitórias e enfrentamentos, com o enredo Revolução, Coragem e Liberdade! Um Mundo Preto e Branco, Ela Coloriu. A Vila Apresenta: A Juventude do Brasil. A aposta é da dupla de carnavalescos Sérgio Guerra e Renan Delavega. Os grandes festivais da canção, o combate à ditadura militar e à censura estão entre os temas que serão abordados.
A Vila será a terceira escola a pisar na passarela do Porto Seco, na primeira noite de desfiles, na virada do dia 13 (Sexta-feira) para 14 de fevereiro. O trabalho de barracão é intenso. Como o da maioria das entidades, está em um estágio atrasado, se comparado a anos anteriores. Mesmo assim, os carnavalescos estão tranquilos e confiantes.
– Vamos agora decorar os carros. Três dias para cada um deles é o suficiente – explica Sério Guerra.
A escola
Cores: azul, vermelha e branca
Símbolo: locomotiva
Bairro: Sarandi
Presidente: Jorge Sodré
Carnavalescos: Sérgio Guerra e Renan Delavega
Intérprete: Tinga, Marcynho Ferraz e Wilsinho
Diretor de carnaval:
Diretor de bateria: Boneco
Mestre-sala e porta-bandeira: Gustavo Tiriri e Suelene Neves
Enredo: Revolução, Coragem e Liberdade! Um Mundo Preto e Branco, Ela Coloriu. A Vila Apresenta: A Juventude do Brasil.

Como vai: a escola vai levar cinco carros e terá cinco setores: Um grito de liberdade, igualdade e fraternidade; Não vi, não sei, se ouvi, neguei, calei mas resisti; nos braços da censura, os membros de uma ditadura; na Era dos festivais, faço a minha expressão; e eternamente jovens. Serão cerca de 1,7 mil componentes, distribuídos em 18 alas.

O samba
Revolução, Coragem e Liberdade! Um Mundo Preto e Branco, Ela Coloriu. A Vila Apresenta: A Juventude do Brasil
Compositores: Rafael Tubino, Gustavinho Oliveira, Thiago Meiners, Victor Alves e Léo do Paysa

Eu sei… não dá mais pra esperar
Eu sei… a vitória vai chegar
“Viajando pelo tempo”
Seguindo a clamor da razão
Trazendo a coragem, traçando a revolução
Abaixo a ditadura! queremos cultura!
“viver é melhor que sonhar” então
Os anos de chumbo ficaram para trás
Destino nos une pela igualdade
Lutamos… acreditamos…
Em paz, amor e liberdade

“Vêm” vamos embora
Quem sabe faz a hora, no tom da canção
“Pra não dizer que não falei das flores”
“Na tropicália” a voz da inspiração

Acordes que invadem minh’alma
Acorde pra realidade
“As tribos” na rua de “cara pintada”
Somos jovens para eternidade
Gerações… conectadas em um mesmo ideal
Inspirações… unificando o bem social
Em cada “borboleta” ainda pulsa um coração
Azul, vermelho e branco, vai marcando esse chão
Onde você quer chegar, não deixe a vida passar
Um sonho, futuro… sou a juventude do brasil
Um amanhã melhor… oh pátria mãe gentil

Lá vem o Trem da Zona Norte
Eu quero ver me segurar,
Chegou a Vila, “essência do samba”
É por amor o meu cantar!

Imperadores do Samba: A Magia dos Opostos, Ponto de Equilíbrio do Universo

15 de janeiro de 2015 0

Imperadores2015

Blog Chora Cavado - por Renato Dorneles

Opostos, polaridades e rivalidades são ingredientes nos quais a Imperadores do Samba aposta na busca do bicampeonato no Carnaval de Porto Alegre. O enredo – A Magia dos Opostos, Ponto de Equilíbrio do Universo – é ousado e conta com a assinatura do carnavalesco Silvio Oliveira, campeão com a escola em 2009 e 2014, e o desenvolvimento de Ramão Carvalho.
Como já é costume de Silvio, o público pode esperar muita movimentação humana sobre as cinco alegorias. Para apresentar os opostos, o carnavalesco ousará. Principalmente no último setor do desfile, quando abordará Os Opostos Que se Atraem. Nele, homenagerá a maior rival da Imperadores no Carnaval, a Bambas da Orgia, inclusive apresentando fantasias com suas cores (azul e branca) e uma alegoria com o seu símbolo, a águia, ao lado do Leão, da Imperadores.
No texto do enredo, a justificativa: “A maior rivalidade que há no Carnaval gaúcho, sem desmerecer as demais co-irmãs, sem dúvida acontece entre os opostos vermelhos dos Imperadores do Samba e os azuis da Bambas da Orgia… Historicamente muito do que uma destas escolas fazia, estava sempre em função das constantes disputas de campeonatos, são 17 de Imperadores do Samba (fundada em 1959) e 20 títulos de Bambas da Orgia (fundada em 1940).
Podemos ver a rivalidade das escolas nos diversos gritos de guerra, onde uma escola sempre responde a outra, como por exemplo: a torcida da Imperadores grita: (…) sou… sou Imperador até morrer… (…) e a torcida da Bambas retruca: (…) …e eu sou Bambas!

A escola
Cores: vermelha e branca
Símbolo: dois leões africanos guardando a coroa imperial
Bairro: Praia de Belas
Presidente: Rodrigo Costa
Carnavalesco: Silvio de Oliveira
Intérprete: Vinícius Machado
Diretor de carnaval: Érico Leotti
Diretor de bateria: Urso
Mestre-sala e porta-bandeira: Ceeh e Simone Ribeiro
Enredo: A Magia dos Opostos, Ponto de Equilíbrio do Universo

Imperadores20151

Como vai:
A escola será dividida em cinco setores: As Trevas e a Luz, A Água e o Fogo, A Razão e a Emoção, o Passado e o Futuro, e Os Opostos Que se Atraem. Serão cinco carros alegóricos (um por setor) e há uma estimativa de 2 mil componentes.

O samba
A Magia dos Opostos, Ponto de Equilíbrio do Universo
Compositores: Victor Nascimento, Andy Lee e Roberto Nascimento

Clareia que vai passar o Mar Vermelho de amor
Vem no embalo do Imperador
Hoje a razão não é maior que a emoção
Na escola do povo fala a voz do coração

Brilhou na escuridão divina luz no infinito
O caos em harmonia se desfez
Mutações, o universo em movimento
Transformações para surgir os elementos
Essenciais da natureza
Polaridades se fazem presentes em tudo que existe
O diferente se torna igual do lado oposto ao seu
As energias fundamentais que se complementam
Buscando equilíbrio natural

Tremeu lá em cima… Orun
O rugido aqui de baixo… aiyê
Num sopro de amor um milagre aconteceu
Obatalá então a vida me deu

Sentimentos bons ou maus
Se manifestam para o bem e para o mal
Da atração da bela e a fera não se pode duvidar
Um no outro se completa pra brigar ou para amar
Torcida se agita no Gre-Nal e Carnaval
O azul que ilude o céu contra o vermelho pôr do sol
Porém, há um problema nesse amor
Que não tem como resolver
Enquanto se falar de samba “sou Imperador até morrer”
Superando os desafios vou sorrindo
Em meio a saudade respeitando as diferenças
Pra encontrar a felicidade

Morre o intérprete de sambas-enredo Gilson Dornelles

10 de setembro de 2014 1

 

Bambista, Gilson foi intérprete da escola do coração nas vitórias dos anos 2002, 2003 e 2004

Foto: Luiz Armando Vaz- Bambista, Gilson foi intérprete da escola do coração nas vitórias dos anos 2002, 2003 e 2004

por Roberta Schuler

Foi encontrado morto, nesta segunda-feira, em sua casa no Bairro Rio Branco, na Capital, o intérprete de sambas-enredo Gilson Dornelles Teixeira. Ele tinha 45 anos, era diabético e fazia hemodiálise. A causa da morte, no entanto, não foi divulgada. O sepultamento será na terça-feira, às 11h, no Cemitério São Miguel e Almas.

Bambista, Gilson foi intérprete da escola do coração nas vitórias dos anos 2002, 2003 e 2004, mas passou por várias outras escolas de samba do Carnaval de Porto Alegre. No Carnaval deste ano, foi intérprete da Samba Puro.

O presidente da azul-e-branco, Cleomar Rosa, destaca que Gilson era uma referência para a escola. Gilson chegou a participar do festival que recentemente definiu o samba para o Carnaval de 2015, no qual a Bambas da Orgia cantará a Bahia.