Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Vila Isabel"

Compositor do samba da Vila Isabel para 2016 é assassinado

24 de dezembro de 2015 0
Diego Mendes / Divulgação

Diego Mendes / Divulgação

Morreu, na manhã desta quinta-feira (24), o compositor Izainaldo Vieira Leonel, mais conhecido como Leonel, aos 54 anos. Ele foi um dos autores do samba da Vila Isabel para o Carnaval de 2016.

O enredo “Memórias de Pai Arraia: um sonho pernambucano, um legado brasileiro” homenageia o político Miguel Arraes, político famoso no estado e que foi eleito governador em três oportunidades. O samba foi assinado em parceria com Martinho da Vila, André Diniz, Mart’nália e Arlindo Cruz.

Leonel integrava a comissão de carnaval da Vila Isabel, onde compôs 13 sambas. Ele também atuou no Salgueiro em  2003, 2004 e 2006 e deixou sua marca no carnaval de Uruguaiana  sendo compositor dos sambas da Cova da Onça de 2015 e Bambas da Alegria em 2012 e 2013.

Conforme informações da assessoria de imprensa da escola, o sambista foi morto na porta de casa no bairro de Vila Isabel, na Zona Norte do Rio. Vizinhos afirmam que um homem em uma moto passou pelo local e disparou contra Leonel, que morreu na hora.

Em nota, a Vila Isabel lamentou a morte de Leonel: “Com muito pesar e consternação profunda, a Unidos de Vila Isabel confirma que foi assassinado nesta manhã do dia 24 de dezembro o compositor Leonel. O sambista é um dos maiores vencedores de sambas-enredos da história da agremiação, com 13 vitórias, incluindo a deste carnaval. A dor é profunda, indescritível, e nos solidarizamos com sua família. A lembrança que sempre teremos é a deste sorriso feliz e apaixonado, de parceiro de todas as horas, de um humilde e grandioso vencedor, de um grande homem, cuja vida toda foi talhada pelo amor a nossa Vila Isabel. Um dia muito triste. Estamos de LUTO. Manteremos toda a família Azul e Branco informada”.

Falta de alas prejudica desfile da Vila Isabel

04 de março de 2014 0

Opinião da Gaúcha

Foi pouco para um desfile de uma atual campeã. O desfile da Vila Isabel deixou bastante a desejar, principalmente, no quesito fantasia: muitas deles incompletas ou inacabadas. Cinco alas não entraram em desfile. A rainha da bateria, Sabrina Sato disse em entrevista a Rádio Gaúcha que recebeu sua fantasia dez minutos antes do desfile começar. Cid Carvalho, carnavalesco da escola, desfilou aos prantos. A Vila fez desfile apenas para permanecer no grupo.

Vila Isabel Carnaval 2014. Foto: Juliano Vieira

Vila Isabel Carnaval 2014. Foto: Juliano Vieira

Galeria:

União da Vila do IAPI é o destaque da primeira noite em Porto Alegre

01 de março de 2014 0
IAPI Carnaval 2014. Foto: Liliane Pereira

IAPI Carnaval 2014. Foto: Liliane Pereira

Em uma noite em que se esperava muito de Bambas da Orgia e Estado Maior da Restinga, a União da Vila do IAPI roubou a cena. A escola da Zona Norte que homenageou a cidade de Canela fez um desfile muito bonito com fantasias e alegorias de bom gosto e muito coloridas transmitindo muito bem o enredo. Também se destaca a empolgação dos componentes e dos intérpretes da escola, Tinga, Aryzinho, Wilson Astral e Borracha. O desfile só não impressionou mais devido ao quesito evolução. A agremiação, em alguns momentos, deixou buracos entre os carros e as alas que vinham à frente.

As duas favoritas da noite, Restinga e Bambas, vêm na sequencia com dois bons desfiles, mas ambos com problemas na parte visual. Os acabamentos nas alegorias e fantasias prejudicaram as duas multicampeãs. O canto também esmoreceu em muitos momentos. Problemas estes que também afetaram a Vila Isabel. Porém, a escola de Viamão ainda terá prejuízo em evolução.

As outras duas escolas da noite, possivelmente, serão as rebaixadas. Com muitos problemas, a estreante Imperatriz Leopoldense abriu a noite do Grupo Especial do Carnaval de Porto Alegre.  A escola passou incompleta em fantasias e alegorias. Ao todo, dois carros não desfilaram e a escola já está penalizada em 4,5 pontos. O enredo sobre a China não ficou claro. A Samba Puro, homenageando as Marias, apresentou menos problemas, mas o desfile foi igualmente modesto.

Confira a galeria de fotos da primeira noite:

Cante o samba com a Gaúcha - Unidos de Vila Isabel

24 de fevereiro de 2014 0
Foto: reprodução

Foto: reprodução

Tentando se recuperar do desfile problemático que realizou em 2013, quando quase foi rebaixada, a Unidos de Vila Isabel vai para a avenida, na sexta-feira, contando “A história das roupas na passarela da alegria”. Apesar do mau resultado no ano anterior, o seu time de destaques teve poucas mudanças.

Uma delas é no comando da harmonia. Marcio Medina será a voz que levará o samba da Vila Isabel. Filho do lendário Carlos Medina, Marcio volta ao carnaval depois de seis anos afastado. E é ele junto com Fabiano lima no cavaco que cantam o samba de Rafael Tubino, Gustavinho Oliveira, Thiago Meiners, Willian Tadeu, Leo do Paysa, Victor Alves e PC da Cesta. Veja:

Ou no You Tube:

Vila Isabel é a terceira se apresentar na Muamba

23 de fevereiro de 2014 0
Foto: Juliano Vieira

Bateria da Vila senta na pista. Foto: Juliano Vieira

As imagens da Vila Isabel:

Vila e Tijuca recebem troféus da Gaúcha

18 de fevereiro de 2013 0

Os desfiles do Rio de Janeiro foram marcados pela já tradicional premiação dada pela Rádio Gaúcha as campeãs do carnaval carioca. Neste ano foram agraciadas com o troféu a Unidos de Vila Isabel, campeã 2013 e a Unidos da Tijuca, vencedora em 2012.

Pela Tijuca, quem recebeu foi o diretor Julio Cesar Farias.

Pela Vila, o presidente Wilsinho.

Festa no arraiá... é pra lá de bom

18 de fevereiro de 2013 1

Por Vinicius Brito

“O Galo cantou”
E cantou também um portelense no Setor 1…
“Com os passarinhos no esplendor da manhã”
Respondeu firme um salgueirense no alto de outra arquibancada…
“Agradeço a Deus por ver o dia raiar”
Disse com os olhos no céu o mangueirense que espiava a Vila do alto de um viaduto
“O sino da igrejinha vem anunciar”
Anunciou um tijucano ao lado de alemães que estavam conhecendo a Sapucaí
“Preparo o café”
Cantarolou um simpatizante da Grande Rio em um luxuoso camarote
“Pego a viola, parceira de fé”
Entoou um fervoroso independente que via tudo pela TV lá em Padre Miguel
“Caminho da roça e semear o grão”
Falou firme o gresilense que ouvia o Carnaval pelo radinho, numa guarita em Ramos…
“Saciar a fome com a plantação”
Empolgou-se o insulano em uma frisa na Praça da Apoteose
“É a lida, arar e cultivar o solo”
Orgulhou-se o Clementiano, cada vez mais acostumado com o chão do Especial
“Ver brotar o velho sonho”
Sonhou a jovem caçula de Belford Roxo, ainda maravilhada com a novidade
“Alimentar o mundo, bem viver”
Soltou a voz, além dos passos, o gari passista que é estrela da avenida
“A emoção vai florescer”
Gritou o dançante prefeito no meio da pista

“Ô muié, o cumpadi chegou”
Arranhou um japonês no lounge de alguma multinacional na Sapucaí
“Puxa o banco e vem prosear”
Proseou um cearense nas arquibancadas gratuitas improvisadas por cima do mangue
“Bota a água no feijão, já tem lenha no fogão”
Arriscou o americano no camarote da Brahma
“Faz um bolo de fubá”
Cantou com um isopor sobre os ombros um vendedor de cerveja…

Nem um poderoso criador de manga-larga marchador se conteve e cantou:
“Pinga o suor na enxada”
Megan Fox e Will Smith, como meros espectadores na Sapucaí, improvisaram em coro:
“A terra é abençada”
No ABC Paulista, um homem do Sertão, soltou sua voz rouca para dizer:
“Preciso investir, conhecer, progredir, partilhar, proteger…
De Brasília, uma mineira com jeito de gaúcha brincava de intérprete:
“Cai a tarde, acendo a luz do lampião”
E de qualquer canto do planeta, quem olhava para a lua suspirava:
“A lua se ajeita, enfeita a procissão”
Ao lado da lua, Cartola apareceu e anunciou:
“De noite, vai ter cantoria”
Zé Ketti, Nelson Cavaquinho, João Nogueira e Silas chegaram cantando e convidando:
“E está chegando o povo do samba”
Noel, orgulhoso de Martinho, Diniz e de todo seu povo, se exibiu:
“É a vila, chão da poesia, celeiro de bamba”
E repetiu:
“Vila, chão da poesia, celeiro de bamba”

E a festa começou…
“FESTA NO ARRAIÁ, É PRA LÁ DE BOM…”

Vila Isabel confirma favoritismo e vence o Carnaval do Rio de Janeiro

13 de fevereiro de 2013 3

A “festa do Arraiá” que o samba cantava virou uma grande festa na quadra em Vila Isabel. A escola confirmou o favoritismo e ganhou pela terceira vez o carnaval carioca. A Vila foi a última a desfilar e teve como enredo ” A Vila canta o Brasil celeiro do mundo – Água no feijão que chegou mais um…”.

A apuração começou de forma tranquila para a Vila até o quesito bateria quando a escola perdeu à liderança para a Unidos da Tijuca. No quesito samba-enredo, o maior destaque da agremiação, a escola recuperou a primeira posição para vencer o carnaval 2013. A Inocentes foi a escola rebaixada.

Confira a classificação:

1. Vila Isabel – 299.7
2. Beija-Flor – 299.4
3. Unidos da Tijuca – 299.2
4. Imperatriz – 298. 3
5. Salgueiro – 297.9
6. Grande Rio – 297.2
7. Portela – 296.6
8. Mangueira – 296.5
9. União da Ilha – 294.9
10. São Clemente – 293.5
11. Mocidade – 293.5
12. Inocentes de Belford Roxo – 291.1

Vila Isabel faz desfile apoteótico e é a grande favorita ao título

12 de fevereiro de 2013 2

Opinião da Gaúcha

Quem estava na Sapucaí saiu com uma sensação: na quarta de cinzas, a Vila Isabel será a campeã do carnaval. Com um samba-enredo fantástico e envolvente, a escola foi perfeita e não apresentou problemas no desfile. No fim, o desfile foi uma grande “festa no arraiá”.

Três escolas da primeira noite sofrem penalidades

09 de fevereiro de 2013 3

Vila Isabel, Praiana e Bambas da Orgia começarão a apuração com prejuízo devido à obrigatoriedades não cumpridas no desfile. A Vila Isabel perde 2 pontos por ter entrado com 3 alegorias, sendo o obrigatório 4.

Praiana perdeu 0,5 por iniciar seu desfile com atraso e 1 ponto por não trazer o número mínimo de baianas. No total, a Praiana perde 1,5 ponto. Já Bambas da Orgia perdeu 0,2 décimos por estourar o tempo de 70 minutos.

União da Vila do IAPI e Acadêmicos de Gravataí não foram penalizadas.