Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Confira as novidades para o verão 2012 que desfilaram nas passarelas da SPFW

17 de junho de 2011 0

Estamos em pleno inverno, mas a semana de moda mais badalada do Brasil está em pleno vapor. Desde segunda-feira as passarelas da São Paulo Fashion Week (SPFW) estão mostrando o melhor da moda verão 2012. Eu não consegui publicar fotos desde segunda-feira aqui no blog porque tive uma semaninha bem confusa, mas hoje fiz um esforço pra resumir o melhor que as marcas apresentaram nos quatro primeiros dias do evento. Eu amei as coleções de Alexandre Herchcovicth e Reinaldo Lourenço. Adoro o estilo “mulher galmourosa” com ar contemporâneo. Gostei da delicadeza das roupas apresentadas pela Iódice e pela Maria Bonita e achei inusitada a proposta da Tufi Duek. Confira:

 

A Animale trabalhou com tecidos naturais, se inspirou no mar e investiu no artesanado para aplicar em tecidos como o couro

 

 

Usando miçangas e tramas de cestaria a Tufi Duek levou um trabalho de texturas à passarela do SPFW

 

 

Samuel Cirnansck voltou as origens, apresentando vestidos que vão dos coquetéis até os longos para noivas. As palavras para definir o desfile são fetiche, sensualidade e sofisticação

 

 

 

A Reseva polemizou com uma sátira à Cuba, mas apostou em paletós coloridos e modelagens amplas

 

 

 

Reinaldo Lourenço fez uma celebração da elegância com uma série de vestidos longos, glamourosos, mas com um tom de modernidade

 

 

 

Calçinhas mais altas, combinadas com tops, marcadas com cintos e maiôs com decotes generosos desfilaram na passarela da Movimento

 

 


Tecido vintage e silhuetas  com jeito de anos 40 e 50, com cintura bem marcada, cores suaves e bordados delicados. Assim foi o desfile de Alexandre Herchcovicth

 

 


A Cori trouxe uma alfaiataria clean e despojada para a passarela

 

 

 

Coleção superfemina da Iódice, com uma alfaiataria elegante. Destaque para as aplicações em renda de guipire

 

 

 

Destaque para os voloumes e tecidos tecnológicos contrastando com as texturas artesanais no desfile de Jefferson Kulig

 

 


O melhor da Triton são os brancos que abriram o desfile, com recortes vazados e à laser

 

 

 

A Cavalera desfilou à beira da lagoa, no parque do Ibirapuera, com camisetas que tinham uma fusão de imagens da pintora Frida Kahlo com caveiras, figuras do rock,  flores, pássaros e o logo da marca

 

 

 

Gloria Coelho sempre com sua pegada futurista e mix de materiais

 

 

 

Desta vez, além do masculino, Mario Queiroz também mostrou roupas femininas na passarela, com macacões, terninhos e afaiataria

 

 

 

A Huis Clos é chique sem exageros. E desta vez destaque para as franjas e recortes das roupas

 

 

 

A Osklen fez uma homenagem à cultura negra, à sua estética e suas influências

 

 

 

Alessandra Ambrosio de body laranja e jaqueta azul marinho e Ashton Kutcher com camisa navy de manga longa abriram o desfile da Colcci. Também teve Candice Swanepoel e Ana Claudia Michels na passarela numa coleção embalada pela Era Disco

 

 

 

Paula Raia apresentou uma coleção embalada no Hip Hop e criou volumes  nas peças com aplicações e pregas

 

 

 

Minimalista e elegante a Maria Bonita levou macacões  com alças de fio dourado, cintura alta, flores, recortes e tricôs delicados para a passarela

 

 

 

A arte moderna foi a aprincipal referência da Água de Coco. Biquínis e maiôs apareceram assimétricos em cores fortes e constrastantes. Achei lindo o desfile! Cheio de efeitos e valorizando o corpo feminino

 

 

 

Formas retas e alongadas que valorizam o simples e o artesanal foram levadas para a passarela por Priscilla Darolt. A coleção também teve muita transparência

 

 

 

Estampas de pele de onça ou cobra, bordados metalizados, aplicações à mão e fendas poderosas  estavam na coleção da Cia. Marítima


Envie seu Comentário