Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de julho 2011

Isabeli Fontana é homenageada na "Vogue" Brasil de agosto

29 de julho de 2011 0

Uma das maiores modelos de sua geração, Isabeli Fontana é a estrela da “Vogue” Brasil de agosto. Com quinze anos de carreira, Isabeli é uma das tops mais prestigiadas em capas brasileiras e internacionais da revista, que neste mês faz uma homenagem à ela. Um rápido levantamento no arquivo da publicação revela que desde 2004 Isabeli estampou nada menos do que quinze capas da edição nacional, uma média de duas por ano. Isto sem contar os editoriais de moda que fotografou para a revista.

Nos próximos meses os mexicanos, italianos, turcos e indianos também poderão comprovar a versatilidade de Isabeli nas edições locais de Vogue. Com uma agenda profissional de tirar o fôlego, a top ainda encontra tempo para se dedicar aos filhos, família e amigos. É uma das poucas modelos que consegue trafegar com muita naturalidade e carisma entre o universo da moda e, ao mesmo tempo, ter a simpatia do grande público. Uma verdadeira celebridade.


Confira as novidades do primeiro dia de desfiles da Passarela da Dança

26 de julho de 2011 0


De figurinos a roupas do dia a dia, na Passarela da Dança tem de tudo. O evento paralelo ao 29º Festival de Dança de Joinville, começou nesta terça-feira, dia 26 de julho com os desfiles das grifes Lolita, Caliman, D de Dança, Biju Ballet, Balé Mania, Nina Ballet e Capézio + Cecília Kerche e ainda acontece nos dias 27 e 28 na Feira da Sapatilha. Programe-se e participe você também! Agora, confira alguns dos looks que desfilaram no primeiro dia:




PROGRAME-SE!!!

Desfiles do dia 27, quarta-feira
15h30: Da Dança
15h45: Ballare Tricot
16 horas: Dança Maria
16h15: MF Costumes + Vera Marquesan
16h30: Só Dança

Desfiles do dia 28, quinta-feira
16 horas: MAZ
16h15: Dú Ballet
16h30: Soul Dance
16h45: Lela Magrela
17 horas: Do Dance
17h15: Cristine

Que tal um Louboutin inspirado numa sapatilha de balé?

22 de julho de 2011 0

Eu sempre fico admirada com a delicadeza das saptilhas e amo sapatos de salto, como toda a mulher. Imaginem um calçado que une tudo isso e ainda é todo cravejado de cristais Swaroviski. Claro que não é um sapato pra sair desfilando por aí, nem dançando pelos palcos, mas só o gênio dos sapatos Christian Louboutin poderia criar uma sapatilha de ponta, toda de seda, de salto altíssimo e deixar todo mundo babando de vontade de ter uma obra de arte como esta em casa. A criação foi leiloada para arrecadar fundos para o Ballet Nacional Inglês (ENB). Vários designers de moda (Erdem, Giles Deacon, Moschino) já criaram peças super originais para serem leiloadas em prol do Ballet Inglês (ENB).

Na Feira da Sapatilha tem de tudo

21 de julho de 2011 0


Não são apenas as bailarinas que aproveitam o preço e a qualidade dos produtos que estão à venda na Feira da Sapatilha. Gente comum não resiste a tentação e sempre dá uma passadinha por lá para ver as novidades. Peças e acessórios do mundo do balé podem ser usados no dia a dia, com muito estilo. Confira as dicas de quem conhece o métier e entre na dança você também. As fotos são de Leo Munhoz.



Renatha de Carvalho Maia, 24 anos é professora de balé em Belo Horizonte e veio para Joinville com um grupo de 15 alunos que vão assistir as apresentações, conhecer o Festival e participar dos cursos. “Eu já dancei, agora só ensino dança. Costumo comprar na feira porque o preço vale a pena e os produtos têm qualidade. Dá pra usar o ano inteiro”, diz. Renatha escolheu três produtos para sugerir: uma calça de malha verde da Capézio, que pode ser usada em qualquer ocasião, uma calça de ginástica bem divertida e um tênis bem confortável Só Dança.

 

 

 

 

Já as estudantes de dança de Brasília Cinthia de Oliveira, 22 anos e Waleska Guimarães, 25 escolheram acessórios que nenhuma mulher resiste: uma meia rendada, uma máxi bolsa e um belo cachecol para aquecer nos dias frios.

 

 

FEIRA DA SAPATILHA
A feira funciona no
Expocentro Edmundo Doubrawa das 10 às 23 horas. O local reúne diversas opções em compra, lazer e alimentação, além de contar com um palco para apresentações de dança. Oferece produtos específicos em dança, livros, artesanatos, roupas e acessórios. O acesso ao local é gratuito. Avenida José Vieira, 315, América. Informações: (47) 3423-1010.

O balé é fashion e está super na moda

20 de julho de 2011 0

 

Especialmente na época do Festival de Dança, o balé também está nas ruas. E basta prestar atenção numa bailarina para acertar no figurino deste inverno e ficar fashion para desfilar durante os dez dias em que a dança toma conta de Joinville. Este ano não vai ser apenas a Feira da Sapatilha que vai dar aquela ajuda para compor o look. Marcas nacionais e internacionais já desfilaram novidades esvoaçantes, influenciadas pela dança.

A marca brasileira Maria Bonita Extra levou o chão de madeira para as passarelas do Fashion Rio no início deste ano, quando apresentou sua coleção de inverno. As modelos entraram de coque. Tule, moletom, seda e lã estavam entre os tecidos escolhidos para as roupas. As cores eram suaves e delicadas como os passos do balé. A marca abusou dos tons rosa, lilás, amarelo e cinza. As sapatilhas tinham laçarotes, como se fossem de ponta. Tudo combinado em sobreposições. A marca também trouxe de volta as leggings. Diferente do inverno passado, quando ganharam uma versão rocker, neste, elas vêm com o pé coberto, para usar com sapatilhas e proteger do frio, como a de uma bailarina.

Outra grife brasileira que buscou inspirações no balé foi a New Order. O desfile misturou o militarismo com a dança clássica. Botinhas, sapatilhas e plataformas ganharam pontas achatadas como as de balé.  Sapatos vieram com amarrações em verde musgo e marrom. Bolsas e mochilas grandes foram suavizadas pelo cetim. Até Chanel rendeu-se à arte e quebrou o pretinho básico. Na coleção de verão 2011, a grife mostrou roupas em tons de rosa claro e saias volumosas de tule. E a francesa Chloé também entrou na dança e colocou o balé na passarela com colante, sapatilhas e saias transparentes e esvoaçantes. (Com informações da repórter Júlia Antunes Lorenço)

 

 

A Maria Bonita Extra tinha muito tule, seda e sobreposições em sua coleção idealizada por Ana Magalhães. Destaque para os acessórios, as sapatilhas de cores vibrantes e faixas de cabelo com brilho. Eu adorei o resultado delicado!!!

 

 

 

A New Order se inspirou na dança e nos treinamentos militares. Tutus estilizados se harmonizaram com mochilas de campanha. Destaque para as botas com bico de sapatilha confeccionadas em cetim rosa. Achei a coleção é linda e muito usável!!!

 

 

 

A Chloé apostou em colantes e saias esvoaçantes ou plissadas. E nos pés as modelos desfilaram com delicadas sapatilhas

 

 

 

A Chanel mostrou o estilo bailarina com saias de tule cheias de camadas, laços e sapatilhas bem baixinhas: um luxo

Das modistas às fashion weeks, livro conta a história da moda no Brasil

19 de julho de 2011 0

“História da Moda no Brasil: das Influências às Autorreferências” é uma dica de leitura imperdível pra quem deseja conhecer detalhes de cada período da moda no País. O trabalho é inédito e está sendo lançando pela Pyxis Editorial (642 páginas, R$ 120). Foi coordenado pelo jornalista e escritor Luís André do Prado e pelo professor de moda e escritor João Braga, viabilizado por meio da Lei Rouanet e teve patrocínio da Pernambucanas. Além de contar a história das casas pioneiras na confecção de moda no Brasil e quando foram realizados os primeiros desfiles, ainda em 1926, no Mappin Stores, o livro relembra costureiros de luxo, como Dener Pamplona e Clodovil Hernandes. Com a moda jovem, o prêt-à-porter se consolidou na década de 70, abrindo espaço para o surgimento de marcas calcadas no jeans e na moda praia. Seguiu-se o boom das butiques e, na década de 80, os grupos de moda deram início a um movimento de valorização do criador brasileiro. Simultaneamente, apareceram os primeiros cursos para formação de criadores, que culminaram com as semanas de moda, como Fashion Rio e São Paulo Fashion Week. Todo este trabalho permite reconhecer e compreender a identidade da moda brasileira.


Criação de Clodovil Hernandes, ateliê da rua Oscar Freire, Saõ Paulo, 1974

 

 

Inge veste modelos de Dener Pamplona para a Seleção Rhodia Têxtil, São Paulo, maio de 1961

 

 

Manequim francesa posa com modelo da coleção primavera de Madame Rosita, São Paulo, 1950

Figurinos de dança que são verdadeiras obras de arte

17 de julho de 2011 4


A partir de uma atividade da disciplina de gestão da criatividade, no curso de Design de Moda do Centro Europeu, os alunos desenvolveram looks conceituais em homenagem ao Festival de Dança de Joinville. Com o tema dança, eles criaram figurinos que são verdadeiras obras de arte e vão estar em exposição entre os dias 21 e 30 de julho no segundo andar do Shopping Mueller de Joinville, ao lado do café da Kopenhagen. Se você gosta de dança, de design e de moda, vale a pena ver o trabalho desta turma supercriativa.




O look criado por Emerson Silva e Thaís Rodriguez é inspirado na moda e dança popular japonesa



 

A fibra de bananeira foi o material utilizado por Keilla Silveira e Jean Cardoso para fazer a peça que tem a saia toda decorada com pérolas na cor lilás





Jardim de Hortênsias é o nome da criação de Amanda Joenk





 

A bailarina Marie Taglioni, que imortalizou este tipo de roupa em 1832,  foi a inspiração do look de Ana Lutke e Helenice Baldin




 

O look de Amanda Rossi é todo feito em papel jornal, representando o tutu romântico





Layane Medeiros de Castro se inspirou na preservação do meio ambiente e no clássico “O Cisne Negro” para criar o seu look





Partindo dos princípios da técnica de moulage, Marcia Regina Pereira criou uma roupa inspirada na dança de rua





A moda do plástico foi a inspiração de Camilla D’Amato e Morgana Paula Ferreira




O próprio Festival de Dança inspirou Daniela Acordi e Joane Menezes Prata a desenvolverem a peça




Papel vegetal e elástico foram os matérias usados por Julianne Martins para criar seu look





 

O papel também foi o material utilizado por Camila Mader e Hevily Atuati na confecção no look

A moda praia do verão 2012 vai à festa

15 de julho de 2011 0

As quatro marcas que desfilaram coleções de moda praia no Fashion Rio Verão 2012 mostraram que a estação do calor promete sofisticação e modelitos bem mais comportados que no último ano. A ideia é que os maiôs elegantes da Trya, por exemplo, com cortes complexos e até brilho possam ser usados como body nos balneários, durante a estação do calor, e combinados com saias longas e esvoaçantes – ou pantalonas – em uma festa pós-praia. A Salinas e a Lenny também apostaram nesta ideia, levando diferentes modelos de saídas de praia para a passarela. A Lenny ainda apostou nos recortes e brincou com as franjas (uma tendência que deve seguir no verão). Já a Blue Man chamou mais atenção pelo incidente com Ana Claudia Michels, que escorregou na passarela e foi amparada pela amiga Ana Beatriz Barros, e pelo aguardado desfile da transexual Lea T.




A Blue Man apresentou versões para o biquíni jeans criado por David Azulay, fundador da marca




A Salinas desfilou estampas gráficas, modelagem larga, laços e peças tomara-que-caia



 

A Trya mostrou uma coleção com estampas psicodélicas e cavas comportadas



 

A Lenny comemorou 20 anos e revisitou peças e estilos que são suas marcas registradas, como os cortes a laser

Você é louca por novidades? Confira o que vai ser moda no verão 2012

14 de julho de 2011 0

Agora que o frio deu uma trégua vou continuar falando de moda verão! Neste post você confere como foram os desfiles dos últimos dois dias da São Paulo Fashion Week, a maior semana de moda brasileira. Se você quer ver os desfiles dos outros quatro dias da  SPFW clique aqui. E nos próximos dias vou falar das novidades de moda praia e de cinco tendências que eu identifiquei durante o evento e que devem ser marcantes para no verão 2012.


Capas e casacos em combinações de recortes e materiais, casacos com bolsos e compartimentos desfilaram na passarela de Alexandre Herchcovitch Masculino


 

 

Adriana Degreas desfilou uma moda praia chique e sofisticada, muito brasileira, e mostrou isso especialmente pela entrada performática de Sônia Braga

 

 

 

 

Inspirada no filme “Fome de Viver” a VRom criou uma coleção leve e despojada para o verão 2012

 

 

 

A Vila Isabel de 1930 e Noel Rosa foram as inspirações para a coleção de Ronaldo Fraga que lembrava um carnaval à moda antiga

 

 

 

 

Com um verdadeiro trabalho de engenharia na roupa – que foi além da simples alfaiataria -, Pedro Lourenço surpreendeu e também apostou na brasilidade

 

 

 

Looks monocromáticos, colorblocking e estampas gráficas e étnicas coloriram a passarela da Neon

 

 

 

 

As modelos de Lino Villaventura pareciam deusas do Olimpo em seus divinos vestidos drapeados


 

 

 

A alfaiataria fora dos padrões e supercolorida de João Pimenta

 

 

 

Andre Lima, sempre com seus vestidos exuberantes, volumosos e cheios de texturas

 

 

 

A Amapô apresentou um verão divertido e vibrante

 

 

 

A Ellus mostrou mostrou uma coleção que tem uma inspiração punk chique

 

 

 

Formas irregulares e bordados irregulares estavam em todos os vestidos de Fernanda Yamamoto

 

 

 

O brilho, a transparência, o peso e a leveza de formas estavam na coleção FH por Fause Haten

Romântica, versátil e fácil de usar, a estampa liberty é uma aposta deste inverno

10 de julho de 2011 4

A estampa floral mais famosa de todas surgiu no final do século 19 pelas mãos do inglês Arthur Lazehby Liberty. Ele importava seda, algodão e cashmere sem tingimento para estampá-los artesanalmente e comercializá-los. As padronagens tinham inspiração campestre, no movimento Art Nouveau, em florais do Oriente e na exuberância dos jardins ingleses. Com a popularização desses tecidos, ele criou a marca Liberty of London, em 1875.


A loja Liberty of London fica numa das regiões mais chiques de Londres

 

 

O  floral Liberty passou a ser sinônimo de um estilo floral miúdo, repetido ao infinito, podendo ter fundo claro ou escuro

 

 

A estamparia se tornou um sucesso, tanto que o termo “estampa liberty” passou a ser usado para designar toda a padronagem de florais miúdos. Hoje, diversas grifes, como Target, Ray-Ban e Richards, têm parcerias oficiais com a marca, mas a estampa virou um clássico do estilo romântico, superdemocrático que combina com quase todas as silhuetas e fica lindo também em acessórios.



Pulseira da Chanel, caneca da Liberty of London, cinto, carteira da Liberty of London, clog, relógio, mala da Liberty of London e tiaras Liberty.

 

 

Dois modelitos de tênis florais e um sapato Oxford

 

 

 

Campanha e maquiagens da MAC, criadas em parceria com a Liberty of London



Delicada e com um ar vintage, nas roupas a liberty é o tipo de estampa que ajuda a disfarçar medidas e afinar a silhueta. É versátil pois pode ser usada no verão ou no inverno, dependendo da combinação. Dá pra misturar com acessórios e peças em cores pastéis e neutras e produzir looks para diferentes estilos. Para o visual não ficar assim tão romântico, uma ideia é contrapor o floral com peças mais pesadas ou modernas. E pra quem deseja ousar totalmente, a dica é combinar dois tipos de florais diferentes no mesmo look. O jeans ainda é a combinação preferida para a estampa.

Na coluna publicada neste domingo, dia 10 de julho, no “Anexo D”, você conferiu um editorial que a gente produziu com looks da Lez a Lez, em que a estampa liberty é a grande estrela. Na coleção de inverno da marca, que tem como tema Canção Folk, é possível ver muito desta referência vintage, ao lado de tons terrosos, tachas e franjas. Você pode conhecer a coleção completa da Lez a Lez no site www.lezalez.com. Agora, inspire-se com os looks fotografados por Leo Munhoz e aproveite para usar e abusar da padronagem liberty neste inverno.



Vestido de babado de malha com viscose em estampa liberty, cinto de elástico com fivela dourada e jaqueta de PU, que tem o toque da camurça. Bolsa de corrente dourada e ankle boot Marta Maria, que harmoniza com os detalhes dourados do look

 

 

 

Blusa segunda pele com gola, casaquinho floral e maxicardigã – tudo sopreposto e preso por cinto de elástico – e calça superskiny

 

 

 

Bata de babado na estampa liberty, blazer de sarja marcando logo abaixo do busto, short jeans e bota preta de cano alto Marta Maria

 

 

 

Macacão tomaraque- caia em estampa liberty, bolero, colete de pelo e sapato Oxford bicolor Marta Maria

 

 

 

Short jeans, cinto de couro com detalhes de pérolas, blusa de moletom com manga bufante em liberty, colete de couro com arremate de lã e pulseiras num tom dourado envelhecido

 



FOTOS: Leo Munhoz
MODELO: Larissa de Faria Rodrigues (DF Model – www.dfmodel.com.br)
PRODUÇÃO: Ana Paula Cavalcant e Lez a Lez Joinville (www.lezalez.com)
BELEZA: Carolina Perotto (Fuzz Cabeleireiros e Estética – www.fuzz.com.br)
AGRADECIMENTO: Levino’s Café, no Joinville Garten Shopping