Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Uma das finalistas no Concurso Moda Inclusiva é de Joinville

01 de novembro de 2012 0

A 4ª edição do Concurso Moda Inclusiva, iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, já classificou os 20 melhores trabalhos que participarão do desfile de premiação no Museu Brasileiro da Escultura, no dia 13 de novembro, na capital paulista.

Entre os finalistas está uma estudante de moda da Udesc de Joinville, Ana Helena Hubner, que concorrerá com um look para pessoas com deficiência. Os três primeiros colocados serão premiados.

O concurso recebeu inscrições de diversos estados e os trabalhos foram desenvolvidos por estudantes e profissionais de moda de todo o país. Os três primeiros colocados receberão um diploma de menção honrosa e prêmios. Confria no site Moda Inclusiva

O Brasil tem hoje cerca de 45 milhões de pessoas com deficiência. Há um mercado potencial enorme de produtos e serviços para atender as demandas específicas desse segmento.

Santa Catarina tem finalista no
Concurso Moda Inclusiva

Desfile acontecerá no Museu Brasileiro da Escultura e premiará os três melhores looks para pessoas com deficiência

A 4ª edição do Concurso Moda Inclusiva, iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, já classificou os 20 melhores trabalhos que participarão do desfile de premiação no Museu Brasileiro da Escultura, no dia 13 de novembro, na capital paulista. Entre os finalistas está uma estudante de moda de Joinville, que concorrerá com um look para pessoas com deficiência. Os três primeiros colocados serão premiados.

O concurso recebeu inscrições de diversos estados e os trabalhos foram desenvolvidos por estudantes e profissionais de moda de todo o país. Os três primeiros colocados receberão um diploma de menção honrosa, além de prêmios descritos no site: http://modainclusiva.sedpcd.sp.gov.br.

O Brasil tem hoje cerca de 45 milhões de pessoas com deficiência. Somente no Estado de São Paulo, esse contingente ultrapassa 9 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Há um mercado potencial enorme de produtos e serviços para atender as demandas específicas desse segmento.

Envie seu Comentário