Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "Paris"

O luxo de Saab como inspiração

19 de setembro de 2012 0

Os vestidos do estilista libanês Elie Saab despertam suspiros e desejos, tamanha a delicadeza e o requinte aliados numa única peça. Além disso, as transparências, o brilho e os decotes generosos dão um toque sexy, simplesmente adorável. Esta coleção de alta costura para o inverno 2013, apresentada em Paris, me despertou vários suspiros e desejos. Fiquei apaixonada pelos pretos. Mas os tons pastel e os detalhes dourados é que deram show na passarela. O cinto fininho marcando a cintura, delineando a silhueta foi o acabamento perfeito. Nos cabelos, apenas tranças. Tudo muito limpo e elegante. O que brilha é o vestido. As criações de Saab são sempre uma aposta para as celebridades que desfilam no Tapete Vermelho e servem como inspiração para mulheres do mundo inteiro na hora de definir um vestido de festa. Em entrevista ao portal WWD, Saab revelou que suas inspirações para esta coleção de alta costura saíram diretamente da Turquia.



Os segredos da estilosa Ines de La Fressange

06 de setembro de 2012 0

Este post é uma homenagem as minhas quatro colegas queridas de redação (Roberta, Rafaela, Carolina e Cristiane), que neste segundo semestre vão aproveitar as férias na Cidade Luz. À elas sugiro que, antes da viagem, leiam e anotem todos os endereços deste guia de estilo de Ines de La Fressange.

O livro não tem apenas boas dicas de moda, “A Parisiense” vai além, é um guia para quem deseja aprender sobre estilo em Paris, sobre a cultura, os modos das mulheres que vivem lá. E tem ainda endereços de hotéis, restaurantes, indicações de lugares que estão fora do circuito turístico tradicional. Então, quem estiver com viagem marcada para esse destino tem nas mãos um roteiro cheio de charme.


A cada página que eu lia deste livro da Editora Intrínseca, (que custa, em média R$ 50), escrito em parceria com a jornalista de moda da “Elle”, Sophie Gachet, ficava me imaginando naqueles lugares, experimentando aquelas roupas, saboreando aqueles cafés e aproveitando cada cantinho sugerido por essa francesa ícone de elegância, que nos anos 80 foi a cara da Chanel e até hoje continua sendo capa das principais revistas de moda na França. Com certeza ela conhece Paris como ninguém e sua experiência de décadas na indústria da moda lhe confere bagagem suficiente pra gente confiar em seus conselhos.

No livro também há dicas de beleza, mas em relação a moda, Ines sugere um guarda-roupa a partir de sete itens básicos, que eu vou detalhar abaixo. O diferencial, segundo ela, está na escolha de bons acessórios, que garantem produções práticas e elegantes para qualquer ocasião. Os desenhos que ilustram o livro são da própria Ines e as fotos são da filha dela, Nine d’Urso.



 

Ines de La Fressange foi a primeira modelo a assinar contrato de exclusividade com a Chanel nos anos 80. No desfile de Karl Lagerfeld, em 2011 (foto abaixo), ela entrou com o estilista. Ines não aparecia nas passarelas da Chanel há 21 anos, depois se desentender com Lagerfeld.

 

 

 

O blazer é um dos itens básicos: para surpeender, segundo Ines, use com cinto; arregace as mangas; use com calça de cor diferente durante o dia; com camisa branca; ou com top básico, de renda, de seda ou com brilho.


 

 

O trench coat e o jeans perfeito também são ítens básicos no armário de qualquer mulher. Na hora de usar o trench coat, a dica é nunca afivelá-lo completamente. Em relação ao jeans, “o ideal é aquele que nos cai melhor”, garante Ines.


 

 

A jaqueta de couro é outro iten básico. E quanto mais surrada, mais bonita ela fica. “Uma boa opção de cor é o couro marrom”, diz a escritora.


 


A camiseta é companheira inseparável das parisienses, segundo Ines, e deve ser item fundamental no armário. As de cores neutras são as melhores porque aí é possível apostar em acessórios como um bom colar.

 

 

O pretinho básico não é só uma uma roupa, mas um conceito. E por isso é individual. Cabe a cada mulher descobrir o modelo perfeito para o seu corpo e estilo. E nem sempre basta um só! O segredo do pretinho é simplicidade e elegância.

 

 

O suéter azul-marinho de cashmere é outro clássico. Deixa qualquer mulher arrumada sem parecer muito séria. E não cai na obviedade do preto. A dica de Ines para um visual “easy cool” é usar com sapatos baixos.


Extravagância à la Gaultier

06 de agosto de 2012 0

Inspirado pelo filme “Confession of a Child of the Century”, que se passa nas épocas das guerras napoleônicas e traz o rockstar Pete Doherty no elenco, o designer francês Jean Paul Gaultier apresentou looks teatrais – sempre extravantes – no seu desfile na semana de alta costura em Paris, para a coleção inverno 2013.

O filme romântico ambientado no século 19 e exibido no festival de Cannes em maio deste ano, é baseado no romance autobiográfico de Alfred de Musset (1810-1857) sobre seu rela-cionamento com a escritora George Sand. Gaultier apostou em looks sensuais e com identidade própria.

O universo masculino das cartolas e fraques, dos poetas do século 19, se misturava às peças transparentes e femini- nas, com muitos bordados e capas extremamente volumosas. Peças de alfaiataria se intercalaram com vestidos longos, sempre trabalhados com aplicação de pedrarias, bordados e detalhes de pele de raposa. A coleção é totalmente à la Gaultier.


Amy Winehouse by Gaultier

25 de abril de 2012 1

A família da cantora não gostou, mas eu adorei e achei a cara de Gaultier. No último dia dos desfiles de alta-costura em Paris o estilista Jean-Paul Gaultier fez uma homeangem  à cantora Amy Winehouse. A modelo que abriu o desfile deixou o público desconcertado. Com um penteado alto, os olhos bem delineados e com um traço puxado, saia preta brilhante e blusa branca que deixava ver o sutiã. Era a própria encarnação de Amy, a cantora de soul falecida no ano passado. “Antes de mais nada, ela era única. Na música, como na forma de se vestir, misturava muitas influências para criar um estilo singular”, explicou o estilista.

Assim como na coleção de alta costura que Gaultier apresentou, a cantora britânica se inspirava nos anos 50 e 60. Jogando com o vestuário de Winehouse, Gaultier fez desfilar corpetes, o seu fetiche, espartilhos, as superposições, em cores vivas que alternava com o preto. Mas teve o cuidado de não ser literal em demasia. As top models mais solicitadas no momento, como a argentina Milagros Schmoll e a americana Karlie Kloss, deslumbraram na passarela, com abrigos envolventes, capas com capuz de musselina ou vestidas de terninhos de golas assimétricas e pantalona masculina com riscas, adaptados às curvas femininas e bordados com milhares de lantejoulas. O vestido de noiva era de um rosa empoeirado e as modelos também desfilaram com lingeries sofisticadas.

O pai da cantora britânica Amy Winehouse acusou o estilista francês Jean-Paul Gaultier de se aproveitar da morte de sua filha, inspirando-se em seu inconfundível estilo, para realizar seu último desfile de alta costura, considerado de “mau gosto”. “A família não gostou das imagens, foi uma comoção total”, declarou Mitch Winehouse ao jornal “The Sun” na semana do desfile. “Ver sua imagem utilizada para vender roupas foi um choque que nós não esperávamos e sobre o qual não fomos consultados.”  (Com informações AFP)


A delicada Louis Vuitton apresentou um verão colorido em tons de algodão doce

02 de novembro de 2011 0

Marc Jacobs, diretor artístico Louis Vuitton, fez uma homenagem festiva e colorida à moda parisiense em seu desfile de primavera/verão 2012. Como uma caixinha de música, um gigantesco carrossel girava com as modelos sobre cavalos brancos de madeira. Uma festa suave e alegre num parque de diversões. Em clima onírico, o desfile foi “adoçado” com looks branco-marshmallow, rosa-algodão-doce e azul-cor-de bala. Foi, com certeza, o desfile mais delicado da Semana de Moda de Paris, um dos mais aplaudidos e um dos mais caros também. Transparências, sedas drapeadas, rendas de nylon floral e bordado inglês marcaram as tendências da estação.

Novamente a icônica bolsa Lockit passeia pela passarela, mas desta vez como bastões de doces que estão ao alcance das mãos. As peças centrais da coleção foram as jaquetas bike em couro de crocodilo, e trench coats enfeitados com drágeas coloridas e brilhantes. Encerrando o desfile, Kate Moss em um vestido angelical, com bordado inglês e plumas esvoaçantes. Os calçados destacaram-se entre os acessórios por mesclar tons sorbet e conter uma biqueira prata. E marcaram a volta das mules. Confira fotos do desfile:




Entre as famosas que marcaram presença na fila A do desfile da Louis Vuitton, em Paris, a atriz Olivia Wilde; a sempre elegantérrima atriz Uma Thurman; a atriz Abbie Cornish; a modelo Natalia Vodianova; e Nicole Richie (na companhia de Joel Madden).




Clima fetichista no desfile da Louis Vuitton em Paris

10 de março de 2011 0

A Louis Vuitton  foi uma das marcas que desfilou na semana de moda em Paris, apresentando as novidades para temporada outono inverno 2011/2012. Marc Jacobs , o diretor criativo da marca, apresentou um desfile cheio de fetiche com as veteranas Kate Moss e Naomi Campbell na passarela. No time das tops brasileiras Raquel Zimmermman, Izabel Goulart, Aline Weber, Isabeli Fontana e Bruna Tenorio.
Na passarela Jacobs projetou quatro elevadores que traziam à passarela modelos caracterizadas como bellboys, porteiros, copeiras e arrumadeiras. Uma delas, a italiana Maria Carla, em vez de carregar uma bolsa, trazia um espanador de plumas de avestruz.


Entre os mais de 60 looks desfilados, destaque para os casacos-vestidos com botões e punhos grandes, saias com escamas, vestidos estampados com botinhas rebordadas e os casacos estruturados. O comprimento das saias ficou levemente abaixo dos joelhos e a cintura bem marcada, calças de montaria em versões bicolor e muitas, muitas botas de cano longo – que ao lado de peças transparentes, reforçaram o clima fetichista. As bolsas da próxima estação serão rígidas e elegantes, as clutchs permanecem em alta e aparecem em verniz, croco, python e couro emborrachado.


Na primeira fila do desfile como não poderia deixar de ser estavam personalidades como Julia Restoin-Roitfeld, Anna Wintour, Natalia Vodianova, Daisy Lowe, o arquiteto Peter Mariano, as irmãs Virginie e Claire Courtin Clarins, as atrizes Gong Li, Elodie Bouchez, Emma Stone e o ator Alex Pettyfer.