Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Deputada quer proibir puxada de cavalos em Santa Catarina

30 de maio de 2011 59

Depois de Blumenau proibir a puxada de cavalos na cidade agora é a vez do Estado discutir o assunto. Está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa um projeto de lei que proíbe a competição que obriga cavalos a arrastar uma carreta sem rodas, com pesos que variam entre 1 mil e 2,5 mil kg por um percurso de 24 metros e que colocam em risco os animais.

A iniciativa foi da deputada Ana Paula Lima (PT), que tem reduto eleitoral no Médio Vale. O projeto foi protocolado dia 19 de abril. Na justificativa, a deputada apresentou argumentações do movimento de proteção aos animais. Entre as manifestações, as condições físicas dos cavalos. Eis um trecho do texto:

“Arrastar esta carga em uma carreta sem rodas em um trecho de chão e lama pode dobrar o peso da carga devido ao atrito com o solo. O esforço físico exagerado imposto aos animais leva a um quadro de exaustão e destruição da estrutura muscular, insuficiência renal e sofrimento orgânico que pode culminar em suas mortes. Ocorre também sobrecarga das funções cardiovascular e respiratória com elevação da pressão arterial além de sofrimento mental pela situação de subjugação e estresse a que o animal é submetido. Em abril de 2010, um grupo de ativistas pelos direitos dos animais que protestava pacífica e ordeiramente foi brutal e covardemente agredido pelos praticantes de uma puxada de cavalos em Pomerode resultando em vários manifestantes hospitalizados com ferimentos e fraturas graves”.

Comentários (59)

  • Danilo diz: 30 de maio de 2011

    Ou proíbe a puxada de cavalos ou libera a briga de galo…..não tem como um ser liberado e outro não, ambos são de extrema crueldade com os animais. Parabéns pela iniciativa deputada!

  • Juca diz: 30 de maio de 2011

    Parabens pela iniciativa, e com certeza essa Deputada Ana Paula Lima terá voto da nossa família na proxima eleição, que covardia fazer os probres cavalos puxar um peso daqueles por causa de uma competição imbecil, maltratando os bixinhos.

  • Fabio diz: 30 de maio de 2011

    Parabéns a Deputada. Já estava demorando a elaboração deste projeto de lei. Espero que os demais parlamentares aprovem o projeto.

  • Jefferson Pedroso diz: 30 de maio de 2011

    Tem que proibir mesmo. E chamam isso de tradição? Isto deve se chamar crueldade. Porque que esses “senhores” que são tão valentes que chegam ao ponto de bater em mulheres, como ocorreu no ano passado, por que eles não puxam. Ou melhor, por que não procuram algo mais util para fazer? ..para mim, não passam de um bando de covardes.

  • Marcelo Elias Seibt – Blumenau diz: 30 de maio de 2011

    Em vez de se preocupar em proibir a puxada de cavalos, estes deputados populistas que não tem o que fazer, deveriam se preocupar em melhorar as condições de saúde da população humana, e também proibir a corrupção que assola todas as esferas da política nacional.

  • Tatiane diz: 30 de maio de 2011

    Tantas outras coisas mais importante para se preocupar. Isso é perseguição aos colonos…
    Convido a Deputada para ver como é uma Puxada de Cavalo, mas duvido que ela se misture no meio de pessoas simples, de agricultores…
    Não adianta os veterinários e fiscais darem suas palavras garantindo que os animais não são judiados… mais vale a palavra de pessoas que só sabem cuidar de cachorro e gato … que só sabem criticar.

  • Roberto diz: 30 de maio de 2011

    Prezada Deputada,

    Antes de acabar com esta tradição dos Descendentes Alemães, acabe primeiro com a Farra do Boi, com a criminalidade, com a prostituição. Tem coisa muito mais importantes a fazer para melhorar o bem estar do cidadão Catarinense.

  • paulo diz: 30 de maio de 2011

    tem que colocar esse pessoal pra puxar carroça e depois dar capim pra comer, cambada de ignorantes

  • Luciano F. Schmitz diz: 30 de maio de 2011

    Deputada, deixe demagogia e invista seu tempo e trabalho (PAGO POR NÓS) em algo útil.
    No lugar de perder tempo com questões insignificantes, com mínima importância, volte seus olhos para o drama da BR-470, por exemplo. Quantos cavalos já morreram nessa tal de “puxada”? Quantos HUMANOS morreram apenas desde o início de 2011 nessa rodovia? Ana Paula Lima, Décio Lima e cia, após tantos anos estando ao lado do governo federal, não conseguiram resolver esse problema. Vergonha. VERGONHA!

  • claudemir casarin diz: 30 de maio de 2011

    Fico feliz em ver a classe política se mobilizando a favor dessa causa que não é apenas uma questão de saúde animal, mas também de manutenção da dignidade humana, que não pode prescindir jamais do cuidado com os animais indefesos diante da brutalidade do homem. Parabéns à deputada pela iniciativa e a todos os demais deputados que contribuirem com seu voto para essa nobre causa. Os animais e as pessoas agradecem.

  • Nanci León dos Santos diz: 30 de maio de 2011

    A Deputada Ana Paula Lima propõe uma lei para proteger os cavalos da barbárie humana, e assim ataca a mesma origem da violência, a crueldade e a falta de respeito pelo outro. O ser humano deixado à vontade para satisfazer seus apetites de prazer e subjugação se torna o mais perigoso dos animais. Sem dúvidas, todos saímos beneficiados no combate à violência de qualquer tipo.

  • Henrique Ortiga Filho diz: 31 de maio de 2011

    Os animais não vieram ao mundo para sevir de diversão aos seres humanos. Acho engraçado esse discurso de que a deputada deveria se preocupar com as pessoas, com a criminalidade, as criancinhas abandonadas, os velhinhos e tal, que normalmente parte (o discurso) de quem não faz nada por causa nenhuma, nem por bicho, nem por idosos, nem por índios, e muito menos por criancinhas.
    O exército dos que arregaçam as mangas e fazem se divide em pelotões distintos, e jamais, entre estes, há cobranças desse tipo. Já os que só espiam, que não fazem nada e só apontam problemas para os outros resolverem, estes sim, sempre lembram da criancinhas abandonadas e outros menos favorecidos. Temos hoje nos jornais um ex-deputado preso por suspeita de estupro em SC. Sabe lá qual seria a posição de um dele se ainda estivese legislando. Quem garante que – na hipótese de se colocar contrário ao projeto – não sairia com o dicurso de defensor das criancinhas.
    Parabéns, deputada Ana Paula! Quem lhe conhece sabe de seu compromisso com as questões que envolvem a vida como um todo, e não apenas de forma especista.
    O especista, para quem desconhece o termo, a exemplo da racista e outros preconceituosos, decrimina outras espécies sob argumentos que não sintonizam com o terceiro milênio.

  • Chimaru diz: 31 de maio de 2011

    Tinham é que amarrar esses ignorantes numa corda pros cavalos puxarem. Queria ver se eles iam continuar achando divertido.

    Quando vejo esse tipo de ignorância acontecendo em pleno século XXI, me envergonho de ser humano.

    “quanto mais conheço os humanos, mais eu amo meu cachorro”

  • Halem Guerra diz: 31 de maio de 2011

    Parabens deputada Ana Paula e não se abale com as críticas dos insensíveis. A senhora tem pautado sua atuação legislativa pelo respeito a todas as formas de vida e sempre buscando uma sociedade mais justa, equilibrada e pacífica para todos os seres. Isto é próprio dos estadistas que se preocupam com as futuras gerações, quando os demagogos e populistas estão preocupados apenas com as próximas eleições. Conte com nosso total apoio em mais esta iniciativa pela vida e pelo combate à violência.
    Halem Guerra
    Instituto Ambiental Ecosul de SC

  • Alejandro diz: 31 de maio de 2011

    Espero que a proibição seja aprovada. Irá ser um avanço importantíssimo, com repercussões para o combate à farra do boi e brigas de galo. Tal tipo de festa macabra, como qualquer outra que maltrata animais (nesse tipo também enquadra-se o rodeio, por exemplo), são provas incontestes do quanto as pessoas nela envolvidas, são dotadas de preguiça mental, pútrida ignorância e baixo nível de escolaridade, mas, o que é pior, são destituídas dos mínimos valores éticos e morais. Um bando de pessoas ignorantes e pérfidos. Mas, desconhecem que o reino de satã que lhes aguarda os consumirá no fogo fátuo eterno. Que as pragas mais horrendas de toda ordem atinjam-lhe sem misericórdia até esse encontro com o Reino do enxofre.

  • Alexander Vitor Noronha diz: 31 de maio de 2011

    Parabéns a deputada por essa importante iniciativa.
    Demonstra a preocupação contra todo tipo de violência, seja contra humanos ou animais.

  • José Franson diz: 31 de maio de 2011

    “NO HOMEM E NO ANIMAL A DOR É IGUAL”
    Vamos evoluir?

  • Larissa Ottati diz: 31 de maio de 2011

    Parabéns à deputada Ana Paula. Chega de bárbaries e de “diversões” agressivas.

  • João Manoel Aguilera Junior diz: 31 de maio de 2011

    Já passou da hora de se proibir as puxadas de cavalo. É uma crueldade. A Declaração Universal dos Direitos dos Animais assegura que nenhum animal deve ser explorado para a diversão dos seres humanos.
    Quer se divertir? Vá ao teatro, ao cinema, à um show de música, dança, ópera…
    Pratique um esporte… Leia um bom livro… Faça sexo…

  • izolina ribeiro diz: 31 de maio de 2011

    O que precisar de apoio da gente aqui de Sampa é só pedir. Tem todo nosso apoio e por favor vá nos mantendo informados sobre a evolução do projeto para podermos divulgar e apoiar. Isso não é cultura é psicopatia de gente sem noção que não percebe o quanto um animal nobre como os cavalos são maltratados para que eles possam curtir isso que chamam de diversão.

  • Sandra B. Espindola diz: 31 de maio de 2011

    Parabéns à deputada.
    Esse sofrimento imposto aos animais é sinal de insensibilidade e ignorância.
    Vamos viver pacificamente e harmonicamente, em todos os reinos da natureza…

  • Celeste Almeida diz: 31 de maio de 2011

    Que bela iniciativa. Parabéns à deputada. Chega de brutalidade contra aqueles que não podem se defender.

  • Claudemir Casarin diz: 31 de maio de 2011

    Os que estão pensando nas crianças deveriam passar a apoiar esta iniciativa da deputada e mãe, dna. Ana Paula, pois essa “tradição” que os cavalos estão obrigados a participar, no mínimo serve de péssimo exemplo a nossos filhos ao lhes indicar que pode-se ter prazer na dor dos outros. Na escola chamamos de bullying esse tipo de violência.

  • Regina Saraceni diz: 31 de maio de 2011

    DEPUTADA ANA PAULA, A CONSCIENTIZAÇÃO É GERAL, NÃO HÁ MAIS ESPAÇO ÁS ATROCIDADES ANIMAIS, SEJA DE QUALQUER ESPÉCIE FOR. TODO SOFRIMENTO DEVE SER COMBATIDO, ESSE “FOLCLORE” ARCAICO NÃO SE ADEQUA MAIS Á NOSSA REALIDADE.
    PARABÉNS POR ENCARAR MAIS ESSE DESAFIO, CONTE COM NOSSO APOIO E ADMIRAÇÃO.
    REGINA SARACENI DA ANOÉ
    ASSOC. PROT. ANIMAIS DE MATINHOS/PR

  • Iracema B. Hochman diz: 31 de maio de 2011

    PARABENS, Deputada Ana Paula.
    Chega de COVARDIAS, chega de VIOLÊNCIA, chega de USO E ABUSO dessas pobres vidas que nem voz possuem para pedir socorro.
    Pelo FIM das “puxadas”, “farras” e outros USOS E ABUSOS.
    Mais uma vez, PARABENS Deputada Ana Pula.
    Iracema B. Hochman – Rio de Janeiro/RJ

  • acir ramos diz: 31 de maio de 2011

    parabens pela iniciativa deputada,eh uma vergonha para nos catarinenses de bem,saber q se usa a palavra “cultura” para mautratar animais,ate pq issi nunca foi em ligar algum cultura,espero q tenhas muito sucesso em tua iniciativa
    vamos lutar juntos pelo nao a puxada de cavalos brigas de galo rodeios e tantos outros eventos q usam animais para se divertirem
    parabens deputada Ana Paula Lima

  • Conceição Aparecida de Azevedo diz: 31 de maio de 2011

    Nossa, que maravilha a atitude da Deputada Ana Paula Lima.

    O sofrimento imposto aos cavalos é uma coisa absurda, nada justifica a tortura.

    Como disse meu amigo ai de cima (rsrsr) José Franson “”NO HOMEM E NO ANIMAL A DOR É IGUAL”.

    PARABÉNSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

  • ROBERTO G. FERNANDES diz: 31 de maio de 2011

    O MARAVILHOSO DA DEMOCRACIA, É LER TANTOS COMENTÁRIOS, A FAVOR OU CONTRA, NÃO IMPORTA, O QUE VALE É O DIREITO A OPINIÃO. O MAIS ENGRAÇADO AINDA, É QUE TODOS TÊM RAZÃO, MESMO PARECENDO UM PARADOXO SENÃO VEJAMOS:
    a) OS QUE SÃO A FAVOR DA DEPUTADA, QUEREM DEFENDER OS ANIMAIS DA CRUELDADE IMPOSTA PELOS SERES (DITOS) HUMANOS. ESTÃO CERTOS, POIS OS ANIMAIS (DITOS) IRRACIONAIS, NÃO FORAM CRIADOS PARA SEREM MALTRATADOS, MAS SIM AMADOS POR NÓS E ESSA É A MINHA VISÃO ESPIRITUALISTA;
    B) POR OUTRO LADO, GOSTARIA DE VER O CURRICULO PLÍTICO DESSA DEPUTADA E SABER QUANTAS LEIS ELA ELABOROU A FAVOR DA CIDADANIA E DOS SEUS ELEITORES QUE NA VERDADE É QUE DETÉM (MORALMENTE) O MANDATO. A POLÊMICA É BOA E CURIOSA.
    MAS, VAMOS CUIDAR DOS SERES HUMANOS, DANDO-LHES CULTURA, EDUCAÇÃO DE PRIMEIRA, SAÚDE, SEGURANÇA, BONS EMPREGOS E ESTAREMOS INDIRETAMENTE CUIDANDO DOS NOSSOS QUERIDOS IRMÃOS OS ANIMAIS.
    ABRAÇOS

  • Andréa Marcellino diz: 31 de maio de 2011

    Parabéns pela iniciativa! Está mais do que na hora da Consciência Ambiental fazer parte do cotidiano político! Que venham muito mais atitudes a exemplo desta!!

  • Lilian Queiroz de Sousa diz: 1 de junho de 2011

    Fico feliz e parabenizo à Deputada Ana Paula por essa iniciativa tão importante. Precisamos evoluir na forma com que tratamos os animais.

  • marli moraes diz: 1 de junho de 2011

    Sem dúvida que essa coisa tão cruel quanto antiquada deve ter um fim. Parabéns pela coragem da proposição.

  • Haroldo Wonsowski diz: 1 de junho de 2011

    Excelente iniciativa da nobre deputada, estava na hora de acabar com essa pratica criminosa e covarde

  • Fabiana Ribeiro diz: 1 de junho de 2011

    Parabéns Deputada Ana Paula, pela iniciativa em proibir esse “espetáculo” sangrento.
    O ser humano é incitado pela violência os animais, e enquanto não houverem leis que realmente funcionem, os animais serão explorados dessa forma.

    Parabéns, são deputados como a senhora que honram nossos votos.

    Att
    Fabiana
    Curitiba/PR

  • marly diz: 1 de junho de 2011

    puxada de cavalos é inaceitável!!! pura crueldade com inocentes. isso tem que parar definitivamente!!!!

  • Evelin Huscher diz: 1 de junho de 2011

    PARABENIZO a corajosa atitude da Deputada Ana Paula por abraçar a causa da proteção animal elaborando este importante projeto para a defesa de nossos animais. Aqueles que a criticam, sugiro se informarem melhor sobre sua importante atuação no cenário político catarinense. Ela é uma defensora de todas as causas sociais, do salário dignos e justo de nossos professores, ao incentivo à adoção de crianças e adolescentes, apoio à classe dos trablahdores na área de saúde (ela própria enfermeira de formação), luta pelos direitos das minorias e tantas outras bandeiras que essa VALENTE, DESTEMIDA e SENSIVEL parlamentar tem sido para nós catarinenses. A luta pelos direitos dos animais é mais uma prova da GRANDEZA dessa mulher. Sou eleitora dela e sempre serei!

  • Lorenza Feitosa diz: 1 de junho de 2011

    PARABÉNS DEPUTADA!!!!!Tem que acabar a puxada.

  • Sônia Zainko diz: 1 de junho de 2011

    Parabéns pela nobre iniciativa, deputada Ana Paula! Espero que consiga esta vitória, que é dos animais e dos humanos também.

  • FERNANDA BRANDAO diz: 1 de junho de 2011

    ANA PAULA LIMA MERECE NOSSO RECONHECIMENTO E DIVULGAÇAO DE SEU NOME! PESSOAS ASSIM ,CONSCIENTES, DE UM BOM NIVEL, MERECEM NOSSO APOIO…SEU NOME E PARTIDO ESTAO SENDO IMEDIATAMENTE DIVULGADOS EM MEUS SITES DE RELACIONAMENTO E TERAO MEU VOTO GARANTIDO QD EM AMBITO FEDERAL…NOME ANOTADO, DIVULGADO E ASSINADO EM BAIXO.
    FERNANDA BRANDAO

  • Fátima Borges diz: 1 de junho de 2011

    Parabéns para a Deputada, poucos são os que têm uma visão mais aprofundada e percebem que quem luta contra a violência em animais, está na verdade, protegendo a sensibilidade de nossas crianças e adolescentes, pois convivendo com a violência contra indefesos, nossos jovens tornam-se insensíveis e , futuramente, poderão caminhar para a violência tanto contra humanos indefesos como em animais, igualmente indefesos.
    E, como sempre gosto de repetir:
    QUEM FAZ COM BICHO FAZ COM GENTE, É SÓ UMA QUESTÃO DE TEMPO E OPORTUNIDADE!

  • Neuranei diz: 1 de junho de 2011

    PARABÉNS Deputada Ana Paula pela forma como vem tratando e defendendo a causa animal. É preciso a coragem de uma mulher (pois só temos homenzinhos deputados com h minúsculo) para se sensibilizar e acabar com as diversas formas de crueldade praticada contra seres indefesos que não tem voz. Seja a voz deles também, colocando um fim aos maus-tratos contra animais. Há 10 anos deixei de votar, por não acreditar em políticos, mas sua atitude e sua coragem me fazem repensar. Porém, na próxima eleição irei votar sim, mas meu voto é valioso e votarei apenas na senhora, pois por enquanto é a única que mostra seu valor.

  • Heike Weege diz: 1 de junho de 2011

    Parabéns pela coragem, Deputada. É de mulheres corajosas que o mundo precisa. A aprovação do projeto em muito ajudará a causa da defesa animal. Que se seja proibida qualquer forma de diversão com animais em Santa Catarina.
    Chamar a puxada de cavalos de tradição ofende as pessoas que, como eu, vivem em Pomerode e jamais ouviram falar nessa atividade que somente visa lucro. Quando criança, fui educada para respeitar todos os animais. Jamais um colono brincaria com seus cavalos, pelo contrário, eles descansavam aos domingos enquanto seus donos iam a igreja ou aos campos de futebol, às domingueiras, etc. Colonos respeitam seus cavalos! Esses que hoje se divertem com a dor deles são aproveitadores de cavalos.

  • maike harnisch diz: 1 de junho de 2011

    Ainda bem que tem gente de fibra nesse Brasil,pelo menos assim um pouco será feito com relaçao ao bem estar animal.Se todos fizermos um pouco,iremos acabar com esta crueldade que ainda chamam de puxada.
    tenho certesa que com este grandioso projeto aceito,teremos mais força para lutar.

  • Rosalia Marçal diz: 1 de junho de 2011

    Parabéns deputada pela coragem de lutar por essa nossa causa.
    Acredito que a deputada se empenhara, bravamente em favor dos animais.
    E foi por conhecer suas lutas que votei na deputada.
    Fim das puxadas .

  • Ana Rita Hermes diz: 1 de junho de 2011

    PARABÉNS Deputada Ana Paula! Sinceramente, espero que seus pares entendam a importância que esta lei terá para a proteção animal em Santa Catarina. E que também, se aprovada, como esperamos, que acompanhem o fiel cumprimento da lei, doa a quem doer. Está na hora da população em geral e nossos representantes na Assembléia entenderem que os animais são dignos de respeito e que usá-los em nome de tradições arcaicas e cruéis não acrescenta nada a ninguém. Pelo contrário, mostra que somos uma raça que se julga superior e que acha que tem o direito de subjugar outras espécies, destruir a natureza, tudo em nome do progresso e da cultura.

    Ana Rita Hermes
    Presidente
    Frada – Frente de Ação pelos Direitos Animais
    Joinville – SC

  • Sueli Amaral diz: 1 de junho de 2011

    Parabéns pela iniciativa,nós Catarinesnse nos honrramos em ter uma deputada que nos ajude com o Bem Estar Animal
    Conte com todo apoio da Hachi Ong Proteção Animal.
    Sueli Amaral -

  • CURTO&GROSSO diz: 1 de junho de 2011

    Muito louvável a iniciativa da deputada e deplorável a atitude do povo que insiste em práticas cruéis contra os animais.
    O mais bizarro é que havendo tantas coisas importantes para serem discutidas ou realizadas, tempo e dinheiro sejam gastos para coibir ações criminosas e covardes contra bois e cavalos que estão aí apenas para nos servir.

    Tradições e idiotices jamais deveriam andar juntas !

  • Gilmara diz: 2 de junho de 2011

    Parabéns Deputada Ana Paula, se atrocidades acontecem com o apoio das prefeituras, é necessário criar lei para proibir essa prática que de tradição não tem nada.
    Sou de origem alemã, meus avós eram colonos, e eu nunca tinha ouvido falar dessa prática absurda.
    E tenho observado sua atuação nas mais diversas causas. Novamente parabéns!

  • Barbara Lebrecht diz: 2 de junho de 2011

    Incluir os animais em seu círculo de consideração moral e ser seu porta-voz é um ato de bravura neste país onde muitos valores ainda estão invertidos.
    A Dep. Ana Paula sempre lutou pelas causas sociais. Estivemos juntas no grupo de adoção de crianças, acompanho sua luta a favor de todas as classes negligenciadas, sem jamais ter havido insinuação de ganho de voto. Este é apenas a consequencia normal e merecida. Entre os críticos constatei o nome de familiares de nossos agressores durante a Puxada, de e de outros que não conhecem a causa animal a fundo, ou tem outros interesses.
    Parabéns, Deputada. Lutaremos até o fim pelos indefesos animais.

  • mauricio paiva diz: 2 de junho de 2011

    Que boa iniciativa. Está na hora do povo deixar de lado essas práticas medievais primitivas e usar sua energia para coisas mais produtivas.

  • Annita diz: 2 de junho de 2011

    Por que eles não se divertem com eles mesmo puxando uma carga BEM pesada? Vamos ver se são homens mesmo…Parabéns deputada! Não há cultura em atos cruéis, sádicos e covardes!

  • RAQUEL AZEVEDO diz: 3 de junho de 2011

    Parabéns Deputada pela sua iniciativa, que se torne lei. Todos contra os maus tratos com os animais!

  • José Franson diz: 3 de junho de 2011

    Os animais humanos, enquanto coletivo não devem ser estimulados ou ter facilidades para manter em sua companhia outros animais. Não evoluiu o suficiente para entender que ele não é o senhor dos viventes. Vamos fazer de tudo para diminuir o sofrimento dos inocentes. Parabéns
    Ana Paula pela iniciativa, vamos trabalhar ativamente pela aprovação.

  • Sônia Fonseca diz: 4 de junho de 2011

    Felíz iniciativa da Deputada catarinense. Divertir-se através do sofrimento de animais é um acinte à civilidade!
    Sônia Fonseca

  • Henrique Ortiga Filho diz: 6 de junho de 2011

    Como optei por deixar clicada a opção abaixo “Notificar-me dos prox…”, estou acompanhando tudo que vem sendo postado aqui. Ja na semana passada fiquei imensamente feliz ao testemunhar não só o aumento significativo na quantidade de comentários, como os nomes que foram surgindo, senão todos, a maioria conhecidos.
    Todos, sem exceção, merecem toda conseideração, sem a menor sombra de dúvida, mas este acima, da Sonia Fonseca, tem e coloca aqui um peso maior, e muito maior, digno de registro.
    A proteção animal no Brasil, o nascimento desse movimento, deve muito, senão tudo à Sonia Fonseca. É normal que boa parte de vocês não saiba de quems e trata, mas aqui (Sônia Fonseca), está uma das principais responsáveis pelos primeiros passos dessa luta pelos que não podem falar.

  • Rose Marie Peres diz: 7 de junho de 2011

    Vamos lutar até toda e qualquer exploração animal acabe!!!!

  • Paulo Pinheiro diz: 8 de junho de 2011

    Este PL aprovado e teremos apenas o início. Depois vem aquela luta toda da fiscalização.

    Espero que as lições aprendidas na luta contra a Farra do Boi sejam aproveitadas nessa parte.

    Mas o projeto deve passar e virar lei. A não ser que façam votação secreta…

  • Margarida Castro diz: 27 de junho de 2011

    Parabéns,por esse ato de humanidade cada vez mais ausente nos humanos do planeta. Não se pode mais tolerar brincadeiras nas quais estão incluidos maus tratos a quem quer que seja, humanos ou animais,todos sentem dor, fome,frio,etc. As pessoas precisam enxergar isso, mas com certeza vai demorar,então,tem que ter lei, fiscalização e punição. Sucesso ,desejo-lhe nessa luta.

  • Movimento Mineiro pelos Direitos Animais diz: 25 de novembro de 2011

    Minas Gerais parabeniza a ilustre Deputada pela nobre iniciativa de defender esses seres sencientes que como nós – sentem fome, frio, sede, medo, calor, alegria, necessidade de liberdade, dor etc – e assim, são dignos de serem considerados e respeitados pela nossa espécio, principamente, pelo Poder Público que tem a força de atingir toda a população e mudar realidades. Por meio de leis rígidas que sejam ´séria e efetivamente implementadas, essa realidade de maus tratos findar-se-á, ao mobilizar todos os setores.
    Assim como a barbárie medieval das Puxadas de Cavalo, que as Farras do Boi, Rodeios, Corridas de Jegue, cavalos em carroças, animais em circos, comércio de animais, experimentos em universidades e laboratórios etc tenham logo o seu fim, nacionalmente, para que a humanidade possa caminhar para o tão almejado e tão pouco merecido por enquanto, “Mundo Melhor”. Avançamos nossos conhecimentos tecnológicos e científicos, não obstante, estagnamos em relação à evolução de nossa consciência tanto ao respeito aos seres de outras espécies.

  • Alejandro Caprario diz: 28 de novembro de 2011

    Lendo algumas opiniões, é flagrante a falta de valores éticos e morais de tantas pessoas. Consideram que este assunto não seja relevante e de que haveriam coisas “mais importantes” a tratar do que este tipo de absurdo que transcorre com a puxada de cavalos. Essas pessoas que promovem tal estupidez, são completamente destituídas de valores. Àqueles que criticam a ação de um Deputado para a sua proibição, tem o meso tipo de degrau de evolução equiparada a de símios ancestrais. Agora, a Deputada Ana Lima, ainda que com sua louvável iniciativa sobre este assunto, precisa ainda provar muito mais do porque ocupa o cargo que ocupa, já que o estado continua num estado de insegurança completo como estamos vivendo, sofrendo assaltos e invasões de domicílio, além do impressionante índice de evasão escolar, dentre outros tantos problemas, como a corrupção endêmica. Assim, sendo ela Deputada, precisa ainda provar muito mais do porque merece o salário polpudo que recebe. Esta ação, embora importante, não a exime da responsabilidade de enfrentar os demais problemas. Nós cidadãos, estamos sem políticos que possam fazer alguma coisa de verdade em favor de combater tantas mazelas.

Envie seu Comentário