clicRBS
Nova busca - outros
13 jul15:26

Quando a criatividade vence o vandalismo


ESTAÇÃO GRAMADO

Lila Rizzon



Uma escultura vem chamando a atenção na mostra coletiva com artistas plásticos gramadenses, que integra a programação do Estação Gramado.  A escultura ‘Desprendimento da Alma” (foto acima),  nasceu de um ato de vandalismo sofrido pela artista plástica Débora Irion, que teve sua casa arrombada e todas as peças do seu atelier destruídas no início de maio.

“Ao ver várias das minhas esculturas quebradas, decidi que o melhor a fazer seria transformar estes trabalhos, que foram propositalmente destruídos, uma vez que nada foi roubado em minha casa”, conta Débora.  Utilizando pedaços das esculturas, unidos a outros materiais, a artista plástica criou a peça hoje exposta no Centro de Cultura Arno Michaelsen, localizado às margens do Lago Joaquina Rita Bier.

“O artista é um transformador  e o ato destrutivo que me foi imposto teve como resultado incentivar minha criatividade e minha capacidade de reinventar”, justifica. Ao lado da peça,  está fixado o poema  ‘Vândalo’, criado pela artistas plástica para o autor da destruição de suas esculturas. “A criatividade é imaterial, é indestrutível, é infinita”, conclui.

A mostra coletiva de artistas plásticos gramadenses segue até o dia 27  de agosto. Os horários para visitação são das 8h às 11h30 e das 13:30 às 17h, de segundas à sextas-feiras. E das 10h30 às 12h e das 13h30 às 16h30 aos finais de semana.


Por

Comentários