clicRBS
Nova busca - outros
10 set13:25

Após um mês bloqueada, ERS-115 será liberada neste sábado

Kamila Almeida, Zero Hora

Trinta dias depois de ser interditada devido a problemas estruturais, a rodovia ERS-115 deve ser liberada para tráfego na tarde de sábado. A previsão de liberação do km 28 da via, da Brita Rodovias, concessionária que administra o Pólo de Gramado, é para as 17h.

Veículos leves e pesados podem trafegar no trecho normalmente. O término total dos trabalhos, entretanto, só deve ocorrer em duas semanas.

Conforme o diretor-superintendente da concessionária, Eduardo Machado, quem trafegar pelo local após a liberação nem perceberá que houve qualquer problema na região. Somente a paisagem foi alterada, já que os paredões de sustentação serão substituídos por grama sobre o material compactado.

Todo o asfalto já foi colocado e a sinalização horizontal e vertical também estarão concluídas.

— O que ficou por fazer é irrelevante. São detalhes que não precisarão de interrupção da via. No máximo cinco pessoas dão conta do término — disso Machado.

O diretor detalhou que a grande dúvida no início da obra era como seria o comportamento dos painéis de contenção de 12 metros de altura. Havia a hipótese de as estruturas tombarem, gerando risco para operários, ou romperem totalmente, provocando desmoronamento da rodovia. Apesar de ter havido ruptura de painéis e escorregamentos durante a obra, foi possível adaptar o projeto e contornar situações de risco, além do regime de chuvas que foi menor.

Ao todo, 25 caminhões, 50 operários e cerca de 2,3 mil cargas de caminhão de material rochoso foram necessários para acelerar a conclusão do trecho.

Preste atenção

Nas próximas semanas quem trafegar pelo local ainda poderá ver operários trabalhando na colocação de gramas e na conclusão de drenagens superficiais, como canaletas e bueiros nas proximidades da pista. Nada que interfira na trânsito. Estão previstas ainda para o futuro obras de recapeamento, devido à acomodação natural que o terreno pode sofrer, sem oferecer riscos aos motoristas.

ZERO HORA

Por

Comentários