clicRBS
Nova busca - outros
11 out07:49

Frühlingsfest apresenta tendências de jardins de contemplação e interativos


Os espaços montados na Rua Coberta, junto a Praça das Flores, apresentam variados tipos de jardins durante o Frühlingsfest, Festival da Primavera, até o dia 16 de outubro. Consagradas como locais de descanso e lazer, as áreas externas das casas vêm ganhando projetos cada vez mais inovadores com jardins de contemplação e pergolados que convidam à leitura e ao relaxamento em meio ao verde.

Exemplos de jardins contemplativos, apresentados pela Exemplo Jardinagem e Maiquel Scherer Paisagismo, apontam a tendência de tornar os jardins mais interativos através de plantas e estruturas para jardins. Nestes espaços o objetivo maior é harmonizar plantas, rochas, troncos e até lagos, mas que permitam a circulação das pessoas entre as plantas.


Esta linha de jardinagem também é retratada através das áreas de descanso montadas no Frühlingsfest pela Floricultura Úrsula e Móveis Roloff, projetos pelo Maiquel Scherer. “Os espaços com bancos e plantas garantem um recanto prazeroso. Estamos percebendo que as pessoas estão aproveitando o local para apreciar a vista, ler, tomar chimarrão ou simplesmente relaxar durante o passeio”, destaca Débora Luisa Krauspenhar, coordenadora do evento.

Sidnei Augusto Paetzinger, proprietário da Exemplo Jardinagem, apresenta em seu espaço os caminhos no jardim, que permitem as pessoas transitar pelos canteiros, assim como desfrutar de pergolados com plantas trepadeiras. “Em praticamente todos os projetos de jardinagem buscamos integrar o que a natureza oferece, para parecer o mais natural e simples possível, integrando calçadas com as plantas”, disse Paetzinger. Com execução de projetos paisagístico de todas as regiões do Estado, a empresa atua na área há cerca de cinco anos, com mais de uma centena de jardins feitos. Informações em www.exemplojardinagem.com.br.

Proprietário da Maiquel Scherer Paisagismo apresenta em seu espaço uma sala de estar ao ar livre. O projeto contempla um pergolado de madeira pinus tratado com uma durabilidade de cerca de 30 anos, com um desenho inovador e uma diferente forma de montagem. A proposta do pergolado ainda contempla móveis feitos com madeira de demolição e que podem ficar ao ar livre, aliada a uma vegetação de cerca de 80% com plantas permanentes, que não necessitam a troca a cada estação, e mesmo assim garantem um colorido agradável aos olhos. Scherer trabalha com projetos paisagísticos residenciais e comerciais, além de paisagismo urbano, principalmente na região das Hortênsias e Vale dos Sinos. Informações em www.maiquelscherer.blogspot.com.


Fonte: Assessoria de Imprensa de Nova Petrópolis


Por

Comentários