clicRBS
Nova busca - outros

arte

05 jul20:00

Artista gramadense lança exposição em Porto Alegre


Rita Gil, leitora-repórter


Sem  fugir do compromisso com o passado ainda tão vivo e recente em minha memória, dou testemunho e com meus pincéis, registro e eternizo alguns momentos da história de Gramado. Uma pequena cidade de veraneio que a partir de 1958, com a sua primeira Festa das Hortênsias, protegida pela fé e a pureza de suas raízes, se transforma  numa linha de tempo de 50 anos  em um grande polo turístico, sem por isso perder as características de uma grande família.

Faço uma singela homenagem à minha terra natal, onde cada obra representa uma página da nossa história, tendo como temática principal rastros da cultura local e a forte religiosidade que norteia o povo gramadense.



Agende-se

O que: Vitrine de Rita Gil

Quando: até 23 de julho

Onde: Avenida Benjamin Constant, 1273, Porto Alegre-RS


Comente aqui
03 jul10:24

Fundação de Canela promove curso de origami


O curso é destinado a crianças a partir de oito anos e adultos sem limite de idade. Abordará a história desta arte milenar, os tipos de papéis mais apropriados e a confecção de objetos nos três níveis: básico, intermediário e avançado.

As atividades pretendem estimular o senso estético na criação de ornamentos de papel, a capacidade de observação, atenção e de concentração, despertar para a preocupação ecológica, a partir da reciclagem de revistas, jornais e outros papéis impressos como matéria-prima, exercitar a paciência, a autoconfiança, o relacionamento interpessoal e reduzir o stress. O ministrante é o ilustrador e origamista André Assis.



O curso será dividido em três módulos:

Módulo 1 (6/7/2011): Introdução: história e importância do origami, tipos de papéis mais utilizados, apresentação e confecção das dobras e peças básicas;

Módulo 2 (7/7/2011): Confecção de peças intermediárias
Módulo 3 (8/7/2011): Confecção de peças avançadas

O curso terá 6 horas de duração e será oferecido nos turnos da manhã, tarde e noite nos dias 6, 7 e 8 de julho de 2011.

Manhã: 09h às 11h

Tarde: 14h às 16h

Noite: 19h às 21h


Valor da inscrição: R$ 90,00 com material incluso (papéis e apostila)


Comente aqui
28 jun15:58

Primeira Maratona de Monólogos de Gramado vai reunir talentos do teatro



O atelier do Centro Municipal de Cultura de Gramado recebe no dias 8, 9 e 10 de julho, a partir das 20h, a primeira Maratona de Monólogos de Gramado. Os alunos do Curso de Estilos Teatrais da Professora Lisiane Berti provarão que são capazes de conversar sozinho e mais, fazer disso uma arte.

Os alunos serão avaliados por uma comissão composta por Rodrigo Cadorin, Carla Ferreira e Julio Zaicoski. Ao final de cada noite de apresentações, vai ocorrer um bate papo entre alunos de teatro, jurados e plateia.

Serão entregues três prêmios criados pela artista plástica Rita Gil para os vencedores das categorias de Melhor Interpretação, Melhor Monólogo e Melhor Monólogo Júri Popular.

O ingresso custa R$5,00. Mais informação através do site www.grupoartigos.com.br .


Confira a programação e participe!



08.07.11 (Sexta-feira):


20h – “A Valsa nº 6” de Nelson Rodrigues com Kalidja Frizzo

20h15min – “O Paranóico e Mestre Pierre” com João Vitor Fernandes

20h30min – “Minhas Queridas” de Clarice Lispector com Isadora Santos

20h45min – “Delírios de uma Drag” texto e interpretação de Tiago Cardoso

21h – Bate papo com platéia, jurados e alunos de teatro


09.07.11 (Sábado)


20h – “Anticorpus” texto e interpretação de Matheus Kohler

20h15min – “Gueto” adaptação de Lisiane Berti com Natascha Soranso

20h30min – “Um alguém, mas quem?” texto e interpretação de Tiago Severo

20h45min – “Fábulas da Minha vida” de Lisiane Berti com João Pedro Lippert

21h – Bate papo com platéia,jurados e alunos de teatro


10.07.11 (Domingo)


20h – “Essa Propriedade está Condenada” de Tenessee Willians com Dafne Ecker

20h15min – “Dependência” de Tiago Melo com Cassiano Velho

20h30min – “Duas Bolas” de Danusa Leão com Karla Ferreira

20h45min – “A Mosca” de Juan Sevedras com Bernardo Lessing


Comente aqui
27 jun20:25

Teatro de Bonecos e Escultura movimenta a Escola das Artes


A Escola das Artes Pedro Henrique Benetti do Natal Luz recebeu a comunidade no sábado, 25 de junho, para uma apresentação da turma de Teatro de Bonecos e Escultura. Nem o frio intimidou o público que lotou a arquibancada para prestigiar os alunos. Divididos em dois grupos, eles apresentaram um jogo de improvisação comandado pela professora Miriã Rossani.

Este é o primeiro ano que a Escola das Artes integra os cursos de Teatro de Bonecos e Escultura. Além dos alunos, um grupo de professores da modalidade também se apresentou.

Rafael Rossa, Fernando Rossa e Juliano Rossi interpretaram os “Corsários Inversos” num espetáculo de teatro e música. Já os alunos de escultura enfeitaram a Escola das Artes com desenhos que representam cada uma das modalidades trabalhadas.

Para Lisiani Urbani, as atividades abertas ao público têm como objetivo integrar a comunidade e possibilitar que as pessoas conheçam o trabalho desenvolvido e assim, incentivem a participação de todos.


Comente aqui
21 jun20:00

Escola das Artes prepara Noite de Teatro de Bonecos e Escultura


A Escola das Artes do Natal Luz de Gramado realiza sua primeira apresentação de 2011 no próximo sábado, dia 25 de junho, às 19h, na sede da escola. A comunidade de Gramado poderá conferir os talentos do curso de Teatro de Bonecos e Escultura.

A noite terá como atrações o duelo de improviso dos alunos de Teatro de Bonecos e apresentação do espetáculo “Corsários Inversos”, do Grupo Mosaico Cultural de Porto Alegre.


Grupo Mosaico Cultural apresenta diversas linguagens teatrais

 

Durante o ano serão realizadas diversas apresentações das modalidades ensinadas na Escola das Artes. No mês de julho haverá apresentação de Circo, em agosto de Dança, em setembro de Música e em outubro de Teatro.


Agende-se

O quê: Noite de Teatro de Bonecos e Escultura

Quando: Sábado, 25 de Junho, às 19h

Onde: Escola das Artes Pedro Henrique Benetti – Instituto Natal Luz

Quanto: Entrada franca


Comente aqui
19 jun18:24

Alunos da Escola das Artes recebem Uniformes


Os 320 alunos da Escola das Artes Pedro Henrique Benetti do Natal Luz de Gramado receberam os uniformes para a prática de cada modalidade artística que realizam. – Os alunos recebem todo o material necessário para as aulas, uniforme, sapatos para dança, sapatilhas, material didático. Nosso objetivo é fornecerem todas as condições para o melhor aproveitamento dos cursos para sua formação profissional – afirma Lisiane Urbani Cadorin, diretora da Escola.

Jaine Aparecida Signorini, de 13 anos, está cursando pelo terceiro ano a Escola e participa das modalidades de circo, dança e violino – para mim o uniforme mais bonito é o da dança, adoro usar, tenho orgulho de fazer parte da Escola – diz animada ao receber o kit com os três uniformes.



Escola das Artes

A Escola das Artes Pedro Henrique Benetti, projeto social que teve início em 2009, promove a formação de jovens artistas da comunidade em nove modalidades: Perna de pau, Teclado e Violino, além das já tradicionalmente oferecidas pela Escola: Dança (Jazz, Ballet e Sapateado), Circo, Escultura, Teatro, Técnica Vocal e Teatro de Bonecos.


Comente aqui
18 jun15:35

Exposição “Cabeças cheias de Histórias” em São Francisco de Paula



Agende-se

O quê: Cabeças cheias de histórias – Rita Gil

Onde: Hotel Cavalinho Branco (Praça Tiradentes n°50 – São Francisco de Paula)

Quando: De 18 de junho a 18 de julho. Abertura no sábado, às 18h.


Comente aqui
18 jun15:24

Exposição gramadense inicia neste sábado em São Francisco de Paula



A exposição “Cabeças cheias de Histórias” traz cerca de 20 cabeças em argila. Rita conta que se aprofundou no passado da família, originária nos Campos de Cima da Serra, e foi moldando rosto por rosto, história por história. A temática desta série surge de um demorado quebra-cabeça que a artista montou, decifrando cartas, documentos, memórias orais, fotos e objetos que foram guardados pelas mulheres da sua família durante quase dois séculos, além de uma mescla de elementos rurais, geográficos, políticos e religiosos daquela época.

São seis cabeças femininas: a viúva, a escrava Ignácia, a açoreana, a princesa moura, a bugra e a noiva. – Elas não representam uma determinada pessoa, elas representam todas as viúvas, todas as negras, todas as histórias que ouvi de meus avós – comenta Rita

A cabeça que mais provoca Rita é da noiva, porque o casamento era o assunto principal das moças dos Campos de Cima da Serra, no século XIX. Sua pesquisa mostra que todas as cartas das solteiras giram em torno deste assunto. – Li muitas cartas, trocadas entre primas, e me transportei para aquele lugar, onde um baile, uma festa ou um folguedo era esperado com muita ansiedade – revela Rita.

Rita espera que a pessoa que entrar em sua exposição se desloque para o século XIX e sinta este universo recém passado.

 


Agende-se

O quê: Exposição Cabeças cheias de histórias – Rita Gil

Onde: Hotel Cavalinho Branco (Praça Tiradentes n°50 – São Francisco de Paula)

Quando: De 18 de junho a 18 de julho. Abertura no sábado, às 18h.


Comente aqui
17 jun17:31

“Encontro performance” comemora o Dia do Quilt


Uma loja de Gramado promove neste sábado, dia 18, às 15h, uma ação especial para comemorar o Dia do Quilt. Carmen e Sara Netto recebem quilteiras, artesãs e amigas para criar uma peça conjunta, no deck da loja Fio de Linha, na rua São Pedro, n º 613, em Gramado.

As organizadoras solicitam que aqueles que quiserem participar levem um pedaço de tecido de 30 x 30 para uma brincadeira de troca.

O público pode acompanhar o “encontro performance”, que tem como um de seus objetivos tornar a arte do patchwork e do quilting mais conhecida do público. – A ideia é reunir um grupo para compartilhar essa produção no clima característico da comunidade do patchwork que é de integração, conversa e diversão – comenta Carmen Netto.

Incentivada pela Associação Brasileira de Patchwork e Quilt (ABPQ), as ações alusivas à data também serão realizadas em outras cidades do Estado. – Esse é o primeiro ano em que comemoramos a data no Brasil e esperamos que a comunidade adote a ideia para torná-la uma tradição no país – afirma José Mauro Netto, presidente da ABPQ. No Brasil, o Dia do Quilt será comemorado no terceiro sábado de junho de cada ano.


Sara e Carmem Netto organizam o encontro

 

Festival Brasileiro de Quilt e Patchwork

Gramado também será sede do Festival Brasileiro de Quilt e Patchwork, reconhecida pelo pioneirismo, profissionalismo e compromisso com o desenvolvimento dessa arte. O evento, que esse ano ocorre de 7 a 10 de setembro, no Centro de Eventos da FAURGS, já está com inscrições abertas para cursos e oficinas pelo site www.festivalquiltpatchwork.com.br.


Comente aqui
06 jun13:31

Exposição A Fé como Raiz homenageia Gramado em Porto Alegre


Imagens lúdicas da cidade de Gramado aparecem nas minuciosas pinturas de Rita Gil reunidas na exposição A Fé como Raiz, na Câmara Municipal de Porto Alegre. São obras supercoloridas pintadas em acrílico sobre tela de várias dimensões que mostram santos, festas religiosas, casamentos e paisagens repletas de igrejinhas.

A artista Rita Gil vive em Gramado. É arquiteta graduada pela Unisinos e artista plástica com formação pelo Atelier Livre de Porto Alegre e cursos com Danúbio Gonçalves, Mara Caruso, Vera Wildner, Astrid Lindenmayer, Patrício Farias, Fernando Baril, Brito Velho e Mário Palermo. Expôs em diversos espaços desde 1984. Em 2011, montou a individual Cabeças Cheias de Histórias, no Centro Municipal de Gramado.

A exposição na Câmara de Porto Alegre (Avenida Loureiro da Silva, 255) pode ser visitada até 30 de junho, das 9 às 18 horas, de segundas a quintas-feiras, e das 9 às 16 horas, às sextas-feiras, com entrada franca. Informações: (51) 3220-4392 ou com a artista: ritamgil@yahoo.com.br.



Relato da artista

Sem  fugir do compromisso com o   passado ainda  tão  vivo  e  recente em  minha memória, dou testemunho e com meus pincéis, registro e eternizo alguns momentos da história de Gramado. Uma pequena cidade de veraneio que a partir de 1958 com a sua primeira Festa das Hortênsias, protegida pela fé e a pureza de suas raízes, se transforma  numa linha de tempo de 50 anos em um grande pólo turístico, sem por isso perder as características de uma grande família.

Faço uma singela homenagem à minha terra natal, onde cada obra representa uma página da nossa história, tendo como temática principal rastros da cultura local e a forte religiosidade que norteia o povo gramadense. (Rita Gil)



Comente aqui