clicRBS
Nova busca - outros

feira

04 jun10:19

Sábado é o último dia da Feira da Troca e da Barganha



O Movimento Ambientalista da Região das Hortênsias (MARH) está realizando a 4ª Feira da Troca e da Barganha até hoje, dia 4, em Gramado. O evento é uma forma inteligente, educativa, divertida e econômica de preservar a natureza.

É uma oportunidade de doar, trocar, vender ou comprar objetos que não são mais utilizados, como roupas, peças de decoração, utensílios domésticos, livros e móveis.

Quem tem objetos que estão sobrando e podem ser úteis pode oportunizar a utilização das peças por outras pessoas e, ao mesmo tempo, reorganizar o ambiente sem comprometer a natureza.

A Feira também conta com banca de quitutes, roda de chimarrão, oficinas e palestras e exibição de vídeos sobre meio ambiente. O evento integra a Semana do Meio Ambiente de Gramado.


Agende-se


O quê: 4ª Feira da Troca e da Barganha

Quando: Até 4 de junho, das 9h às 18h

Onde: Rua Ângelo Bisol, 457. Salão comunitário da Igreja Evangélica – Igreja do Relógio, em Gramado


Programação


SÁBADO, dia 4:

15h: Oficinas de confecção de apoio para panela feito com CD usado e feltro.

Dica: participe também, no sábado, das oficinas que serão realizadas na feira orgânica/ Praça da Comunicação: produtos de limpeza ecológicos e combate a pragas.

Durante todo o evento: recolhimento de meias de nylon usadas, retalhos de tecido e folhas de caderno, lâmpadas, pilhas, garrafas pet, caixas longa vida e gorduras usadas.


Comente aqui
02 jun14:10

Salão Internacional na Serra expõe bom momento para calçados


Zerohora.com


Termômetro que deve confirmar o bom momento pelo qual passa a indústria calçadista gaúcha, o Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC) teve início ontem, em Gramado. A virada no cenário interno ocorreu depois que o governo impôs limites à entrada dos produtos chineses.

Com recentes números positivos também no cenário externo, o setor espera voltar a crescer ainda em 2010 uma média de 10% em relação ao ano passado. É nos corredores e dentro dos estandes do SICC que a indústria comprovará que o momento é de otimismo. Reunindo 240 expositores e mais de 750 marcas, a feira dá a arrancada nas vendas para o segundo semestre. É neste início de inverno que a indústria aquece as vendas apresentando aos lojistas de todo o país a coleção primavera-verão 2010/2011.

A expectativa é de que durante os três dias de feira sejam vendidos o equivalente a 30 dias da produção das fábricas expositoras. Profissionais de 1,3 mil lojas de 21 Estados brasileiros confirmaram presença no evento, voltado exclusivamente a lojistas. Além disso, são esperados importadores de nove países, como Austrália, Grã-Bretanha, Portugal e Nova Zelândia.

– Este primeiro dia de feira já está batendo o que tivemos em dois dias inteiros no ano passado – adiantou Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, empresa promotora do SICC.

Diretor da Calçados Miucha, empresa com 32 anos de mercado, de Três Coroas, Ricardo Müller revela o segredo do que vai fazer aquecer de vez o mercado até o final do ano: os novos estilos e cores da estação que se aproxima. A moda que vinha nos últimos três ou quatro anos com o mesmo perfil de bico fino, um pouco mais longo, um pouco mais curto, de repente mudou por completo e isso não está no estoque das lojas e nem no guarda-roupa das consumidoras.

Embarques ao Exterior cresceram 11% até abril

– Nas vitrinas de 2009 havia muito bico fino e cores neutras. Agora, esses bicos estão mais arrojados, redondos, com plataformas mais altas, mistura de cores, no branco com o pink. As lojas não têm no estoque esses sapatos, então terão que buscá-los. O consumidor vai procurar isso – avaliou Müller.

Amparado no aumento de 11% no faturamento das exportações dos quatro primeiros meses do ano (veja quadro), o diretor executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados, Heitor Klein, reforça o atual desempenho do setor.

– Esta feira vai confirmar que o momento é positivo – acrescentou Klein.



Cenário atual
O SOLADO
- A sobretaxa ao calçado chinês desde setembro do ano passado deu mais competitividade ao produtor local e uma base para a recuperação do setor. Desde agosto de 2009 em alta, o desempenho do mercado interno, aliado a uma retomada das exportações, permite projetar expansão do setor em cerca de 10%, se comparado com o ano passado.
O SALTO
- Apesar do real valorizado e da crise mundial, dois entraves nas vendas ao Exterior, depois de quedas consecutivas nos últimos anos nas exportações de calçados, o Brasil comemora 2010 com crescimento ininterrupto desde o início do ano. De janeiro a abril deste ano, o país enviou ao Exterior 59,8 milhões de pares ante 49,5 milhões embarcados no mesmo período do ano passado. Esses 10 milhões de pares a mais significam alta de 20,8% em volume. O faturamento de 2010 ficou em US$ 522,2 milhões, enquanto no primeiro quadrimestre de 2009 foram registrados US$ 469,1milhões – aumento de 11,3%.
AGENDE-SE
- O que: Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC)
- Data: até quinta-feira, das 10h às 19h
- Onde: Centro de Eventos do Serra Park, em Gramado
- Expositores: 240 indústrias, somando 750 marcas de calçados e acessórios
- A feira é exclusiva para lojistas
Fonte: Heitor Klein, diretor executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados)


Comente aqui
01 jun17:27

Segundo dia do SICC supera expectativas de público


O segundo dia do 20º Salão Internacional do Couro e Calçado (SICC), que segue até quinta-feira, dia 2, foi novamente marcado pela grande movimentação de visitantes que circulam pelos corredores do Centro de Eventos Serra Park em Gramado.

Segundo Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, promotora do SICC, a expectativa é de que o número de visitantes deste ano supere as edições anteriores. “Estamos trabalhando com um crescimento de público na ordem de 40%, acreditamos que vamos fechar os três dias de feira computando cerca de 15 mil visitas profissionais”, diz Pletsch.

Para ele, a garantia deste sucesso é a soma de fatores que começa com a data certa, lançamentos exclusivos da coleção primavera/verão 2011/12, presença de lojistas de todo o país e “um local como Gramado, com toda a infra-estrutura para receber com fidalguia os nossos visitantes,” diz ele.


 

A feira reflete o impacto do crescimento de 30% de expositores e área locável em relação ao ano passado. Também o Projeto Grupo de Importadores, que trouxe 15 compradores internacionais de 11 países, mostra a expansão dos negócios. Entre os importadores estão representantes da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e Estados Unidos.

“Temos dados de muitos fechamentos de pedidos na feira, mas a planilha será finalizada somente na próxima semana. Temos conhecimento de que muitas empresas estão prospectando novos negócios com profissionais destes países”, finaliza Pletsch.

 

Comente aqui
30 mai18:30

Última semana para visitar o Festimalha em Nova Petrópolis


O 22º Festimalha se aproxima cada vez mais das metas projetadas para 2011. Com cerca de 18 mil visitantes no final de semana, de 26 a 29 de maio, o evento chega a um público de 77 mil pessoas.

Para esta edição, o objetivo é chegar aos 90 mil visitantes. – O último final de semana sempre atrai bastante público para o Centro de Eventos. Estamos confiantes em atingir, e até superar um pouco, o número de visitantes que estipulamos como meta para esse ano – afima Daniel Camargo, coordenador do evento.

Com uma extensa feira de malhas e acessórios de moda, o Festimalha segue até dia 5 de junho, com  visitação das 10h às 19h na quinta, sexta e domingo e das 10h às 20h no sábado.

Os ingressos custam R$ 5,00, com descontos especiais para grupos e idosos em alguns dias da semana. Crianças até 10 anos não pagam.


 

Comente aqui
28 mai11:24

Nova Petrópolis vai receber a Expotur Sul 2011



Nova Petrópolis está preparando a rede hoteleira e gastronômica para atender os mais de 550 agentes de viagens, operadores de turismo e trade esperados para a quarta edição da Expotur Sul.

A feira, que acontece nos dias 1º e 2 de julho no Centro de Eventos, contará com mais de 150 expositores e aguarda um público superior a cinco mil pessoas. Para a abertura do evento na sexta-feira, 1º de julho, às 14h, está sendo aguardada a presença de autoridades do turismo estadual.

Os diferenciais desta edição são os estandes em forma de ilha e o palco para a realização de lançamentos. As empresas expositoras já estão fazendo as suas reservas.

Durante o evento, os profissionais presentes também terão a oportunidade de participar de ações como fan tours, press trips, lançamentos, exposições, feiras de artesanato e gastronomia.

A comunidade também está convidada a prestigiar o evento, já que a entrada é liberada mediante credenciamento. As inscrições de profissionais do turismo são gratuitas e ainda podem ser feitas pelo site www.expotursul.com.br.


Comente aqui
05 mai01:00

Mês do Móvel Gramado começa amanhã

O evento promete ser a maior liquidação de móveis do Rio Grande do Sul. O 6º Mês do Móvel Design Gramado inicia amanhã, dia 6, e reúne fábricas associadas ao Sindicato das Indústrias do Mobiliário da Região das Hortênsias (Sindmobil). As principais lojas do ramo estarão expondo para os consumidores, que podem efetuar compras no local.

O Mês do Móvel é o resultado de uma transformação da indústria moveleira da Região. Gramado vai receber as tendências e as novidades do segmento com 16 lojas instaladas na Rua Coberta, até o dia 29 de maio.



Comente aqui
27 abr14:35

Feira Feito em Gramado 2011 será em julho

A 2ª edição do evento que mostra o que Gramado produz acontece, neste ano, de 22 a 31 de julho. O período foi escolhido por atrair turistas nas férias de inverno. Em 2010, a feira ocorreu em outubro e contou com 70 expositores. Para este 2º ano, os coordenadores prometem novidades, como mais expositores, entrega do troféu “Feito em Gramado” e o selo de origem.

Os visitantes poderão conferir produtos, exposições artísticas, palestras, programação cultural e oficinas de empreendedorismo. Os expositores vão mostrar o que gramado produz, como chocolates, móveis, malhas, artesanato, decoração, confecções e produtos coloniais. A feira acontece no Centro de Eventos ExpoGramado.

As empresas interessadas podem realizar a inscrição na Rua Monsenhor Hipólito Constábile, 43, bairro Centro. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (54) 3295-2296.


O lançamento foi feito para a comunidade e expositores


Comente aqui