Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Novo preparador físico do Inter usa método inovador para prevenir lesões

02 de janeiro de 2015 11
Diego Aguirre e preparador físico Fernando Piñatares, nos temos de Peñarol. Foto: Divulgação

Diego Aguirre e preparador físico Fernando Piñatares, nos temos de Peñarol. Foto: Divulgação

O novo preparador físico do Inter, o uruguaio Fernando Piñatares, costuma fazer uso de técnicas modernas no seu trabalho do dia-a-dia. Uma das suas prioridades é a prevenção de lesões, através de métodos inovadores e trabalhos específicos nas regiões responsáveis pelo equilíbrio do corpo dos atletas.

Um dos treinamentos muito aplicados por Piñatares é o CORE (“núcleo”, em inglês). Trata-se de um trabalho usado frequentemente nos treinamentos funcionais. Consiste na realização de exercícios que trabalham o abdômen, a coluna vertebral e a região pélvica, estruturas que compõe o “núcleo” do equilíbrio do corpo humano.

Com um equilíbrio mais eficaz, a tendência é que os atletas tenham menos lesões ao executarem as atividades nos treinos e nos jogos.

Fernando Piñatares faz parte da comissão técnica de Diego Aguirre e é homem de confiança do novo treinador colorado.

Comments

comments

Comentários (11)

  • João Cunha diz: 3 de janeiro de 2015

    Como já foi dito pelo pessoal, não é tão novo assim, mas ainda temos no Brasil muitos preparadores físicos que trabalham de maneira bem antiquada. Temos exemplos positivos como o Mahseredjian que era preparador do Grêmio e assumiu a seleção. Esse é um dos profissionais que mais utiliza o treinamento físico funcional no Brasil. Na copa do mundo podemos observar seleções como Alemanha, Holanda e EUA trabalhando bastante dessa forma.

  • Marlos cogo diz: 3 de janeiro de 2015

    Esses caras devem ta de brincadeira falar que CORE e um inovação!

  • marlos almeida diz: 3 de janeiro de 2015

    Sao uns brincalhoes esses Uruguaios!

  • JOÃO diz: 4 de janeiro de 2015

    ROMÁRIO O PROBLEMA NÃO ESTA EM OUVIR A NOTICIA MAS SIM EM ACREDITAR QUE ELA SEJA VERDADEIRA SEM CONTESTAR, PARA QUEM TRABALHA NA ÁREA O TREINO DO CORE É ALGO CORRIQUEIRO, TALVEZ SE TU TIVESSE ESSA INFORMAÇÃO COM CERTEZA NÃO TERIA IRONIZADO O COMENTÁRIO DA FABRÍCIA MENTZ.

  • rafael diz: 4 de janeiro de 2015

    Isso é uma realidade no Brasil, inclusive nas categorias de base, já há algum tempo.

  • prof. carlos diz: 4 de janeiro de 2015

    Eu como preparador uso isso há mais de 15 anos…e não existem de como usar o CORE..é apenas de uma maneira..usar e pronto! Existem as etapas de treinamentos e o Core será adaptado em uma sessãode treino, me desculpem, se fosse lá no interior de Roraima( com todo respeito ao estado) faria até sentido a sua ignorância!

  • Prof. carlos diz: 4 de janeiro de 2015

    Outro detalhe, CORE não é método de treinamento, são exercicios utilizados pelos preparadores dentro do método de prevenção à lesões que incluem exercicios de estabilização, exercicios proprioceptivos e outros exercicios.

  • Luiz Paim diz: 5 de janeiro de 2015

    Olá amigos, bom dia!!

    Sou profissional na área da preparação física, e atuo a muitos anos no futebol, e fico feliz quando surgem tais discussões como essa, na área da preparação física.
    Sobre a atividade desenvolvida pelo novo preparador físico do Inter (CORE) realmente, faz muitos anos que ele e difundido no Brasil, eu, na minha volta ao Brasil em 2012, 2013, na equipe do Lajeadense, quando fomos vice Campeões, através de um trabalho multidisciplinar, junto com médicos e fisioterapia, mais a prep. física, não tivemos lesões, na temporada.
    E acompanhando as atividades no Inter, questionei meu amigo e mestre Élio Caravetta, sobre isso, e ele, me respondeu, que um estudo, nos maiores centros do futebol, chegou a conclusão, que clubes com maior exigência de alto rendimento, os atletas tem maior propensão a se lesionar, embora não tenha discutido com ele, não concordei.
    Mas como alguns abordaram, tudo depende da metologia e o conhecimento ao repassar as atividades.
    Porém, asseguro, que esse método, não é inovador….abraços

  • Roberto Peixoto diz: 5 de janeiro de 2015

    Melhor darem atenção a outros esporte, pra gaucha esporte é só futebol. 99,99%…

Envie seu Comentário