Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Marcelo Medeiros mostra otimismo sobre venda de William: "Acho que as coisas vão se encaminhar para um bom termo"

20 de janeiro de 2017 2
Presidente Marcelo Medeiros acredita que há tempo suficiente para concluir negociação. Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS

Presidente Marcelo Medeiros acredita que há tempo suficiente para concluir negociação. Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS

Tudo indica que o destino do lateral William será mesmo o Wolfsburg, da Alemanha.

Apesar de o Inter ter rejeitado a primeira proposta e o prazo até o fechamento da janela europeia ser curto, o presidente Marcelo Medeiros mostra confiança que conseguirá concluir a transferência do atleta em tempo hábil.

E em condições vantajosas para o clube.

“Estamos trabalhando. Temos a cautela de não falar muito em detalhes, mas temos prazo ainda para concluir (o negócio. Acho que as coisas vão se encaminhar para um bom termo”, disse Medeiros em entrevista ao programa Estúdio Gaúcha, da Rádio Gaúcha.

Em 10 de janeiro, William anunciou em nota oficial que não iria renovar o contrato com o Inter, pois tem o sonho de atuar na Europa. Porém, a primeira proposta apresentada pelo Wolfsburg, de 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões), foi considerada baixa pelo clube.

Como a janela alemã termina no dia 31 de janeiro, as partes têm pouco menos duas semanas para concluir o negócio. No entanto, o prazo não é considerado curto pelo clube.

“Faz duas semanas que nós tomamos posse e temos duas semanas para concluir o negócio. Nosso objetivo é vender o jogador, já que ele se pronunciou que tem o sonho de jogar fora daqui. A gente está trabalhando com todas as forças necessárias para que as coisas do clube tenham um desfecho mais vantajoso possível.”, completou Medeiros.

O contrato de William com o Inter vai até abril de 2018. Em outubro de 2017, ele já poderia assinar um pré-contrato com outro clube e sair de graça ao final do vínculo.

A direção colorada não cogita aproveitar o atleta, pois entende que, se ele não estiver comprometido em jogar a Série B, não valeria a pena tê-lo no grupo. Por conta disso, o lateral está treinando separado do grupo e não participa da pré-temporada em Viamão.

“O William, de uma forma espontânea, expôs o seu desejo de nao jogar no Inter e jogar na Europa em um clube alemão. Nós tentamos convencê-lo e motivá-lo, fizemos uma proposta e ele não aceitou. As negociações continuam. Temos que pensar nos interesses do clube e no que é melhor para o Inter.”, explicou o presidente.

William declarou publicamente que deseja atuar na Europa. Foto: Lauro Alves / Agência RBS

William declarou publicamente que deseja atuar na Europa. Foto: Lauro Alves / Agência RBS

Procurada pela reportagem da Rádio Gaúcha, a empresa Refast, que representa os interesses do lateral William, disse que não irá se manifestar sobre o assunto.

Medeiros não quis dizer qual saída está mais próxima, se de William ou do meia Anderson, que também foi afastado do grupo por não estar nos planos do clube.

“Está tudo muito bem encaminhado, mas não podemos ser precipitados em dizer que esse ou aquele negocio está mais adiantado. Os negócios são complexos. Às vezes, há mais de três partes envolvidos. Temos que ter cautela”, despistou o presidente, que garantiu que o clube não pretende pagar parte do salário de Anderson se ele for emprestado ao outro clube. “Nossa ideia não seria nesse sentido”, finalizou.

 

Renato age já na pré-temporada para corrigir um antigo problema do Grêmio

19 de janeiro de 2017 1
Renato quer melhorar conclusões a gol. Foto: Lucas Uebel / Divulgação: Grêmio

Renato quer melhorar conclusões a gol. Foto: Lucas Uebel / Divulgação: Grêmio

Uma das dificuldades do Grêmio em 2016 era a finalização.

Pouco antes da arrancada rumo ao título da Copa do Brasil, com as vitórias sobre Palmeiras, Cruzeiro e Atlético-MG, a equipe chegou a ficar cinco partidas sem marcar em setembro.

A falta de gols preocupava o técnico Renato Portaluppi.

“Todos os nossos atacantes têm muita capacidade de bater na bola. Não é falta de confiança, é ansiedade de fazer o gol”, dizia o treinador, que, na época, fez vários trabalhos específicos para aprimorar o chute a gol.

Mas o título da Copa do Brasil não fez Renato baixar a guarda. Uma das ênfases desta semana nos treinamentos da pré-temporada foi a conclusão a gol.

No trabalho da última quarta (17), por exemplo, os jogadores participaram de um circuito onde a finalização era o principal fundamento trabalhado.

Todos os atletas finalizaram várias vezes, tanto com a perna direita como com a perna esquerda, independentemente do pé preferencial de cada um.

A meta é já começar a temporada finalizando melhor.

 

Para municiar Zago, Inter reformula análise de desempenho e aumenta equipe do setor

19 de janeiro de 2017 1
Além de coordenar a análise de desempenho, Maurício Dulac agora também é auxiliar-técnico. Foto: Ricardo Duarte / Divulgação: Internacional

Além de coordenar a análise de desempenho, Maurício Dulac agora também é auxiliar-técnico. Foto: Ricardo Duarte / Divulgação: Internacional

O Internacional aposta muito na análise de desempenho para ajudar no trabalho do técnico Antônio Carlos Zago.

Uma das primeiras medidas da nova direção, ainda em dezembro, foi recontratar o auxiliar Maurício Dulac, que estava comissão técnica de Tite na Seleção Brasileira.

Dulac era analista de desempenho do próprio Inter até setembro de 2015, quando foi convidado pelo então técnico Dunga e foi para a CBF, onde ficou um ano e três meses.

No entanto, houve uma mudança importante nas atividades do profissional neste retorno ao clube.

Dulac agora atua como auxiliar técnico no campo e participa sempre do comando do treinamento junto com o técnico Antônio Carlos e os auxiliares Galeano e Odair Hellmann.

Além disso, coordena o CAD, Centro de Análise de Desempenho. A equipe conta com os analistas Adílson Bastos, Henrique Lisboa e Ricardo Sobrinho.

A função dos profissionais é reunir, com a ajuda da tecnologia, o máximo de informações sobre a performance dos atletas nos treinos e nos jogos.

As atividades são sempre filmadas e o desempenho dos jogadores é monitorado por GPS.

Os dados são repassados para Antônio Carlos levar em consideração na hora de programar os treinos, escolher os exercícios prioritários e também definir a escalação e o esquema de jogo.

Com a presença de Dulac no campo, participando dos treinamentos ao lado do treinador e dos auxiliares, a ideia é aproximar ainda mais a análise de desempenho do comando técnico.

Exclusivo: o vídeo que foi entregue a Drogba para convencê-lo a jogar no Grêmio em 2013

18 de janeiro de 2017 1

10928985_690048447788388_7989091368487128768_n

O Grêmio fez de tudo para contratar Didier Drogba em 2013.

No ano que marcava a inauguração da Arena, o então presidente Fábio Koff buscava um jogador símbolo. O marfinense foi contatado, tomou conhecimento do projeto do clube e, segundo já relatado pelo executivo de futebol da época, Rui Costa, faltou pouco para o negócio ser concretizado.

A Rádio Gaúcha teve acesso ao vídeo de 5min06s que foi enviado para Drogba para convencê-lo a aceitar a proposta do Grêmio.

Em trabalho do colega Duda Garbi, participante do Sala de Redação e repórter que cobre a torcida gremista nas jornadas esportivas na Arena, obtivemos o material produzido especialmente para seduzir o atacante marfinense.

Confira o vídeo:

Com locução em inglês, o vídeo começa exaltando o crescimento econômico e social do Brasil naquela época, enfatiza o estilo de vida “europeu” do Rio Grande do Sul e resume os principais atrativos da cidade de Porto Alegre.

Depois, o destaque é para o Grêmio. Com o hino do clube, imagens da construção da Arena e vídeos de gols e títulos históricos, a história e o presente gremista são rapidamente apresentados a Drogba.

A torcida tricolor tem um destaque especial, com áudios de músicas tradicionais e imagens da avalanche no Olímpico.

O vídeo encerra com a reprodução de vários gols da carreira de Drogba, com som da torcida do Grêmio ao fundo.

Em meio às imagens, é apresentada uma pequena mensagem, com legenda e locução em inglês, dirigida diretamente ao eterno astro do Chelsea e da Costa do Marfim.

Veja abaixo a mensagem em português na íntegra, em tradução livre:

“Aquele que por uma obsessão nunca se rende. Por nunca se conformar, melhora seus talentos dia após dia. Pelo amor da vida, está sempre em busca de novas conquistas. Aquele que tem força e é um lutador. Que tem a necessidade de ganhar junto com o clube. Então, este é o homem. Feliz 2013, Didier Drogba”

A negociação com Drogba

As tratativas foram confirmadas publicamente apenas em junho de 2016, em entrevista concedia por Rui Costa ao apresentador Eduardo Gabardo, no programa Estúdio Gaúcha, da Rádio Gaúcha.

“Ele (Drogba) fazia parte do nosso projeto de trazer para a Arena e para o Grêmio uma autoestima muito forte. Houve sim uma sondagem, uma conversa, não diretamente com o atleta, pois ele é um profissional que tem um estafe muito grande. Mas posso dizer, sem nenhuma indelicadeza, que ele conheceu sim a história do Grêmio, conheceu sim o Grêmio, conheceu a camisa do clube, conheceu as características da cidade e as características culturais do nosso país. Tudo isso chegou a ele”, contou Rui, à época.

Segundo o ex-dirigente, hoje na Chapecoense, o negócio teve chances concretas de dar certo. “Era o primeiro ano da Arena, em 2013, e tínhamos um projeto de um jogador que fosse impactante. Ele foi contatado e inclusive recebeu a camiseta do Grêmio. Por muito pouco. não acabou vindo para o Grêmio”, completou Rui.

Confira aqui mais detalhes sobre como foram as conversas entre Grêmio e Drogba:

Na época, Drogba estava no Shanghai Shenhua, da China.

O negócio não prosperou. Porém, quatro anos depois de receber o vídeo, o astro marfinense está perto de atuar no Brasil.

Hoje defendendo o Montreal Impact, do Canadá, o atacante negocia com o Corinthians para a temporada 2017.

 

Presidente do Tolima exige vender 100% de Angelo Rodriguez e rejeita primeira oferta do Grêmio: "Está distante"

17 de janeiro de 2017 4

22763425

O Tolima não gostou da primeira proposta do Grêmio pelo atacante Angelo Rodriguez. Em contato com a Rádio Gaúcha, o presidente e acionista majoritário do clube, o empresário Gabriel Camargo Salamanca, disse que a primeira oferta gremista ficou abaixo do esperado pelos colombianos.

“O Grêmio enviou a proposta mas ainda está distante”, disse Salamanca, que confirmou que os dirigentes gremistas já sabem quanto o Tolima quer pelo atacante de 27 anos.

“Espero que façamos o negócio. Recebi um e-mail no domingo à noite (dos dirigentes gremistas) e respondi na segunda de manhã com as condições para a venda do Angelo. Estamos negociando. Vamos ver. Eles devem responder até amanhã (quarta) no mais tardar”, disse Salamanca.

Segundo a imprensa colombiana, o Grêmio oferece 1,3 milhão de dólares, enquanto o Tolima pede 2 milhões de dólares.

Um dos motivos para o valor ser mais alto é que os colombianos não abrem mão de vender a íntegra dos direitos econômicos de Rodriguez.

“A única condição indiscutível é a venda de 100 porcento dos direitos esportivos”, finalizou Salamanca.

Prazo curto: Inter e William têm apenas duas semanas para resolver impasse

17 de janeiro de 2017 6
William declarou publicamente que deseja atuar na Europa. Foto: Lauro Alves / Agência RBS

William declarou publicamente que deseja atuar na Europa. Foto: Lauro Alves / Agência RBS

Inter e William correm contra o relógio.

As partes têm apenas duas semanas para definir a venda para o Wolfsburg.

Caso não haja acordo até o dia 31 de janeiro, quando expira a janela de transferências do futebol alemão, clube e jogador se verão diante de um impasse.

O lateral já declarou publicamente que deseja sair do Inter para atuar no futebol europeu.

Por este motivo, o clube decidiu afastar o jogador. Ele ficou de fora do grupo que foi para a pré-temporada em Viamão e treina separado dos demais atletas no CT do Parque Gigante.

O Wolfsburg já fez uma proposta de 3 milhões de euros por William, mas o valor foi considerado baixo pelo Internacional.

Os alemães ficaram de aumentar a oferta, mas, segundo as partes, isso não ocorreu até agora.

Para a venda ocorrer, além das partes chegarem a um acordo, é necessário toda a troca de documentação ser feita antes das 23h59min (horário alemão) do dia 31 de janeiro.

Se a transferência ocorrer depois do prazo, o clube alemão até poderá comprar os direitos do atleta, mas só poderá inscrevê-lo em julho, quando inicia a janela de verão na Europa.

Não havendo acerto com os alemães, Inter e William estarão diante de um imbróglio: ou o clube muda de ideia, reintegra o jogador e resolve aproveitá-lo nas competições da temporada mesmo após o lateral ter declarado que quer ir embora, ou então o atleta ficará pelo menos mais seis meses treinando separado.

O contrato de William com o Inter vai até abril de 2018. Em outubro de 2017, o jogador poderá assinar um pré-contrato com qualquer outro clube e, então, deixar o Beira-Rio de graça.

Plantão da Bola (13/01) - Beto da Silva no Grêmio? Alemão no Inter? E mais: Drogba e Ronaldinho

13 de janeiro de 2017 0

No Plantão da Bola desta sexta (13), um dos principais destaques foi a possibilidade de o Grêmio contratar o atacante peruano Beto da Silva.

Além disso, a atualização dos reforços do Inter.

E mais: Drogba no Corinthians e Ronaldinho negociando com o Coritiba.

Confira:

Plantão da Bola (12/01) - Reapresentação do Grêmio; Inter se aproxima de Alemão e Klaus

12 de janeiro de 2017 0

O Grêmio se reapresentou nesta quinta (12) com três caras novas: Léo Gomes, Léo Moura e Michel.

O Inter está bem encaminhado com dois atletas para a defesa: o lateral Alemão e o zagueiro Klaus.

Confira estes e outros destaques no Plantão da Bola desta quinta-feira:

Inter acerta com Alemão e depende de um acordo com Bragantino para anunciar lateral

12 de janeiro de 2017 0
Alemão será o substituto de William na lateral colorada. Foto. Vitor Silva / Divulgação / Botafogo

Alemão será o substituto de William na lateral colorada. Foto: Vitor Silva / Divulgação / Botafogo

O Internacional chegou a um acordo com o lateral-direito Alemão, 26 anos, que atuou no Botafogo no final de 2016. Porém, para a transferência ser concluída, falta a direção colorada se acertar com o Bragantino, que detém os direitos federativos do jogador.

Até o dia 23 de janeiro, o Botafogo tem a preferência para exercer a compra de 70% dos direitos econômicos de Alemão por R$ 600 mil. Publicamente, o presidente botafoguense Carlos Eduardo Pereira se retirou do negócio nesta quarta (11), alegando que não conseguiu chegar a um acerto com o jogador. A desistência do clube carioca abriu caminho para o Inter.

No entanto, o presidente do Bragantino, Marco Chedid, alega que ainda não foi comunicado oficialmente desta decisão do Botafogo de desistir do negócio e, enquanto isso não ocorrer, ele não negociará com o Inter e com nenhum outro clube.

“Tenho que respeitar o compromisso que tenho com o Botafogo até o dia 23. Enquanto eles não me comunicarem por escrito que abrem mão da opção de compra, seguirei negociando apenas com o Botafogo”, disse Chedid ao Blog Gre-Nal.

Conforme apurado pelo Blog Gre-Nal, a ideia do Internacional é adquirir Alemão em definitivo, como está sendo feito com o lateral-esquerdo Uendel, do Corinthians. Um empréstimo está descartado. O próximo passo é encaminhar a proposta ao Bragantino e chegar a um acordo com o clube do interior paulista.

Alemão foi revelado no Taboão da Serra, de São Paulo, e passou por diversos clubes do interior paulista antes de chegar ao Bragantino, em 2015. Polivalente e de características ofensivas, o atleta pode atuar como lateral, como segundo volante e também como meia.

Além de Alemão, o Inter já contratou o atacante Roberson e acertou com o zagueiro Neris e o lateral Uendel.

Inter demite preparador físico para colocar profissional indicado por Zago

12 de janeiro de 2017 1
Preparador físico João Goulart foi demitido pela nova direção do Inter. Foto: Leandro Behs / Agência RBS

Preparador físico João Goulart foi demitido pela nova direção do Inter. Foto: Leandro Behs / Agência RBS

A nova direção do Internacional fez uma mudança importante na sua estrutura técnica de futebol.

O preparador físico João Goulart, que era da comissão técnica permanente do clube, foi demitido alguns dias antes da reapresentação do grupo para a temporada 2017.

A área será comandada pelo profissional Carlos Pacheco, que faz parte da equipe trazida por Antônio Carlos Zago.

Pacheco permanecerá no clube enquanto Zago for o treinador.

Este modelo, de confiar o comando da preparação física a alguém da confiança do técnico, já foi adotado várias vezes na pelo Inter nos últimos anos.

Jorge Fossati, Dorival Júnior, Abel Braga e Diego Aguirre também tiveram a condição de formar a sua comissão técnica, indicando o profissional da parte física.

Com Fossati, em 2010, o preparador era o uruguaio Alejandro Valenzuela. Com Dorival, entre 2011 e 2012, o responsável era Celso de Resende. Com Abel, em 2014, o indicado foi Cristiano Nunes. Já com Aguirre, em 2015, o profissional era o também uruguaio Fernando Pignatares.

Carlos Pacheco (D) trabalhou no Juventude com o técnico Antônio Carlos e com o atacante Roberson (E). Foto: Felipe Nyland / Agência RBS

Carlos Pacheco (D) trabalhou no Juventude com o técnico Antônio Carlos e com o atacante Roberson (E). Foto: Felipe Nyland / Agência RBS

João Goulart estava no clube há oito anos, quando assumiu a preparação física do time juvenil.

Em 2013, foi promovido para o grupo profissional, sendo auxiliar de Paulo Paixão na comissão do técnico Dunga, e, no ano seguinte, auxiliar de Cristiano Nunes na equipe de Abel Braga.

Em agosto de 2015, quando Diego Aguirre foi demitido, João Goulart foi alçado à condição de titular da preparação física do grupo principal e trabalhou com os técnicos Argel, Paulo Roberto Falcão, Celso Roth e Lisca.

Desligado pelo clube, o profissional pretende seguir trabalhando na área e está aberto a propostas de outros clubes.