Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Valores, perfil e possibilidades: os bastidores da ideia colorada de contratar William Pottker

10 de fevereiro de 2017 2

22655619

O Internacional tem interesse na contratação de William Pottker, atacante de 23 anos, da Ponte Preta.

O jogador se destaca em Campinas pelas arrancadas rápidas rumo ao ataque, deixando para trás os zagueiros no um contra um. Este é justamente o perfil buscado pela direção colorada.

O Inter quer desde o início do ano um atacante de lado e com “potência”, um “rompedor” capaz de penetrar as defesas adversárias na base da velocidade.

Taison e Marcelo Cirino foram os primeiros nomes tentados. Agora, William Pottker é o bola da vez, após a sua transferência para o Corinthians ter sido descartada.

O alvinegro paulista pagaria R$ 7 milhões pelo atacante, e firmaria um contrato de quatro ou cinco anos. Logo, se o acerto com o Inter ocorrer, provavelmente será em termos parecidos.

Pottker só não foi para o Corinthians por que a Ponte Preta utilizou o jogador na partida da Copa do Brasil contra o Campinense. Logo, ele não poderia atuar pelo Timão por esta competição.

Como a prioridade colorada é a disputa da Série B, isto não seria um empecilho.

William Pottker iniciou a sua passagem na Ponte Preta atuando na ponta direita, onde aliás o Inter pretende aproveitá-lo. No entanto, o então técnico Eduardo Baptista chegou a usar o jogador também como homem de área em Campinas.

A direção colorada já entrou em contato com os procuradores de Pottker, mas ainda não fez uma proposta oficial.

Nos bastidores, a negociação é considerada difícil, por ser um atleta considerado importante para Ponte Preta. As próprias tratativas com o Corinthians se arrastaram por dois meses, sem um final feliz.

Lateral destaque do Inter mostra interesse por tática e admiração por Atlético de Madrid

10 de fevereiro de 2017 0
Uendel gosta de tática e admira o Atlético de Madrid. Foto: André Ávila / Agência RBS

Uendel gosta de tática e admira o Atlético de Madrid. Foto: André Ávila / Agência RBS

O lateral-esquerdo Uendel foi um dos principais reforços contratados pelo Internacional para a temporada 2017.

Além de corresponder dentro de campo, o jogador está chamando atenção da comissão técnica pelo alto interesse por questões táticas.

Frequentemente, o atleta conversa com o coordenador da análise de desempenho do clube, Maurício Dulac, sobre aspectos ligados a esquemas, sistemas, estratégias e modelos de jogo.

Nos contatos com a comissão técnica, Uendel também costuma revelar a sua admiração pelo Atlético de Madrid, treinado pelo argentino Diego Simeone.

Curiosamente, nos três primeiros jogos do ano, o técnico Antônio Carlos Zago utilizou um esquema muito parecido com o do time espanhol, um 4-4-2 com duas linhas de quatro.

Além do interesse pela tática, Uendel está agradando pelo seu bom rendimento nas partidas.

Odorico Roman: "Mais de uma vez o Renato ouviu 'não' da direção do Grêmio"

08 de fevereiro de 2017 1
Vice de futebol Odorico Roman garante que Renato acata tranquilamente as decisões da direção. Foto: Rodrigo Oliveira / Rádio Gaúcha

Vice de futebol Odorico Roman garante que Renato acata tranquilamente as decisões da direção. Foto: Rodrigo Oliveira / Rádio Gaúcha

O técnico Renato Portaluppi não viajou para Brasília, onde o time reserva do Grêmio enfrenta o Flamengo nesta quarta, pela Primeira Liga.

“Poupado”, o treinador permaneceu em Porto Alegre comandando os treinos dos titulares, que enfrentam o Passo Fundo, no domingo, pelo Gauchão.

Chefiando a delegação na capital federal, o vice de futebol Odorico Roman disse que a decisão foi tomada em comum acordo entre direção e técnico.

O dirigente nega que Renato esteja mandando mais do que devia no futebol e garante que, se discordasse da estratégia, a direção não iria deixar o treinador ficar em Porto Alegre.

“Sem dúvida. Existe um folclore alimentado por algumas pessoas de que o Renato manda e faz o que quer. Isso não existe, ele é uma pessoa afável e de fácil trato”, disse Odorico.

O vice gremista revela também que já houve vários casos em que pedidos do treinador foram vetados pela direção.

“Mais de uma vez o Renato ouviu um ‘não’ da direção. Ele recebe com tranquilidade, é profissional e entende as razões. Sempre que for bom para o Grêmio não atender um pedido do Renato, isso será feito sem problema algum”, finalizou.

Renato também é "poupado" e não vai a Brasília para jogo do Grêmio contra o Flamengo

07 de fevereiro de 2017 2
Técnico Renato Portaluppi ficou em Porto Alegre com os titulares. Foto: Camila Domingues / Especial

Técnico Renato Portaluppi ficou em Porto Alegre com os titulares. Foto: Camila Domingues / Especial

O Grêmio decidiu poupar não apenas os titulares para o jogo desta quarta, contra o Flamengo, pela Primeira Liga.

O técnico Renato Portaluppi também será “preservado” da partida e sequer viajou para Brasília com a delegação.

A equipe gremista será comandada pelo auxiliar Alexandre Mendes.

Renato permanecerá em Porto Alegre trabalhando com os titulares, que jogarão contra o Passo Fundo, no domingo, pelo Gauchão.

Não é a primeira vez que o treinador decide não comandar o time em jogos em que o time utilizado é reserva.

Em 2016, por exemplo, isso aconteceu no jogo contra o Santa Cruz, no Recife, em meio às finais da Copa do Brasil, e também na última rodada, contra o Botafogo, na Arena.

Nas duas ocasiões, o time foi comandado pelo auxiliar James Freitas, que não está mais no clube.

Os reservas do Grêmio têm chegada prevista à capital federal para o início da noite desta terça.

A escalação terá: Bruno Grassi; Léo Moura, Rafael Thyere, Bressan e Cortez; Arthur, Kaio e Michel; Fernandinho, Everton e Miller Bolaños.

Destaque do Inter, garoto Charles ainda não mostrou duas das suas principais virtudes na base

07 de fevereiro de 2017 0
Volante Charles é um dos destaques do Inter no início da temporada. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

Volante Charles é um dos destaques do Inter no início da temporada. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

O volante Charles, 20 anos, é até agora um dos principais destaques do Internacional nos primeiros jogos de 2017.

Se a primeira amostra já é boa, o rendimento do garoto ainda tende a melhorar.

Apesar de estar chamando atenção pela qualidade no passe e pelas boas atuações, o atleta ainda não mostrou duas das suas maiores qualidades na base.

De acordo com pessoas que o acompanham há mais tempo, o jogador sempre se destacou pelo bom cabeceio e pela tolerância à fadiga.

Com 1,86m de altura, Charles tem boa impulsão e muito boa técnica no jogo aéreo. Na base, fez vários gols de cabeça, como por exemplo na Copa São Paulo de 2016.

Segundo o coordenador de preparação física, Élio Carraveta, outro ponto forte do volante é o fato de ele dificilmente apresentar desgaste muscular.

Se eventualmente o garoto virar titular absoluto do técnico Antônio Carlos Zago, é improvável que ele precise ser poupado seguidamente por cansaço.

Direção do Grêmio esclarece por que não foi à Fifa cobrar dívida do Atlético-MG por Victor

04 de fevereiro de 2017 6
Goleiro Victor atuou no Grêmio entre 2008 e 2012. Foto: Bruno Cantini / Divulgação / Atlético-MG

Goleiro Victor atuou no Grêmio entre 2008 e 2012. Foto: Bruno Cantini / Divulgação / Atlético-MG

O Atlético-MG deve R$ 8,7 milhões ao Grêmio por contra da contratação do goleiro Victor, em 2012.

Os mineiros não pagaram e o assunto tramita na Justiça.

A direção gremista fez um esclarecimento importante nesta semana sobre o tema.

O clube de Belo Horizonte não pode ser notificado na Fifa, pois se trata de uma transferência nacional.

Segundo o vice de futebol Odorico Roman, uma ação na entidade máxima do futebol mundial só caberia se fosse uma transação envolvendo clubes de países diferentes.

Desta forma, a única maneira de exigir que o Atlético-MG pague a dívida é recorrer à Justiça brasileira

Em 2016, a 17ª Vara Cível de Porto Alegre determinou que a quantia fosse paga, mas o clube mineiro recorreu.

Diretor do Panathinaikos esfria chance de Rodrigo Moledo voltar ao Brasil agora: "Talvez no meio do ano"

03 de fevereiro de 2017 0
Félix Zucco / Agência RBS

Félix Zucco / Agência RBS

O zagueiro Rodrigo Moledo está sendo cobiçado por Grêmio e Internacional como reforço para a temporada 2017. Apesar do desejo do jogador de retornar ao Brasil, o seu clube, o Panathinaikos não tem a intenção de liberá-lo agora. No meio do ano, no entanto, as possibilidades são bem maiores, segundo admite o homem forte do departamento de futebol do clube grego.

“Conversei ontem com o Moledo. Ele me disse que quer voltar ao Brasil, mas nós não podemos liberá-lo agora. Talvez no proximo verão (europeu, em junho) mas agora não é possivel. Só se tivermos uma proposta muito boa”, disse à Rádio Gaúcha o diretor esportivo do Panathinaikos, Niklos Liberopoulos.

O motivo da recusa em negociar Moledo é a importância do jogador no esquema tático do técnico Marinos Ouzonidis.

“O Rodrigo Moledo é muito importante para o Panathinaikos. No momento, nós só temos quatro zagueiros. Se não tivermos uma proposta muito boa, realmente não podemos liberá-lo agora”, completou Liberopoulos.

Como a janela grega já está fechada, o clube dificilmente conseguiria repor a saída de Moledo agora. Como é muito improvável que os gregos aceitem uma oferta de empréstimo neste momento, a tendência é que a dupla Gre-Nal tenha que esperar até junho para fazer uma nova investida pelo defensor.

Confira a explicação do Inter sobre a má qualidade do gramado do Beira-Rio

03 de fevereiro de 2017 0
Gramado do Beira-Rio ainda apresenta irregularidades. Foto: Rodrigo Oliveira / Rádio Gaúcha

Gramado do Beira-Rio ainda apresenta irregularidades. Foto: Rodrigo Oliveira / Rádio Gaúcha

A péssima qualidade do gramado do Beira-Rio é algo que chama atenção desde a reapresentação do grupo colorado para a temporada 2017, em janeiro.

Apesar de uma relativa melhora, no jogo contra o Brasil, na última quarta, pela Primeira Liga, persistiam várias falhas e irregularidades na grama que preocuparam a comissão técnica no início do jogo.

Ainda antes da partida contra os pelotenses, um dirigente ouvido pela reportagem da Rádio Gaúcha revelou que uma das causas para o problema foi a demora no aumento da temperatura em Porto Alegre, em dezembro, o que dificultou o crescimento das sementes específicas para o calor, a chamada “grama de verão”.

Na reapresentação do grupo, dia 11 de janeiro, a má qualidade do gramado do Beira-Rio já chamava atenção. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

Na reapresentação do grupo, a má qualidade do gramado já chamava atenção. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

Nesta quinta, a pedido do Blog Gre-Nal, a direção do Inter enviou um esclarecimento oficial sobre o tema:

“Com o atraso da última rodada do Campeonato Brasileiro (pela tragédia da Chapecoense), algumas ações para manutenção e melhoria do gramado foram adiadas. Esse atraso acabou influenciando no tempo necessário para o crescimento e fortalecimento da grama plantada”, explicou o vice de patrimônio do clube, Léo Centeno, através da assessoria de imprensa.

A expectativa do Inter é que, ainda no mês de fevereiro, o gramado volte a ter a qualidade de antes.

‘No jogo contra o Brasil de Pelotas pela Primeira Liga, já se notou uma grande melhoria no gramado em comparação ao dia da reapresentação dos jogadores. Acreditamos que dentro de 15 ou 20 dias o gramado do Beira-Rio já esteja muito perto do padrão de excelência que sempre foi destaque”, completa Centeno.

Renato já tem data para escalar os reforços do Grêmio pela primeira vez

03 de fevereiro de 2017 0
Lateral Cortez é mais um que deve ganhar uma chance na partida da Primeira Liga. Foto: Lucas Uebel / Divulgação: Grêmio

Lateral Cortez é mais um que deve ganhar uma chance na partida da Primeira Liga. Foto: Lucas Uebel / Divulgação: Grêmio

O jogo contra o Flamengo, na próxima quarta, pela Primeira Liga, deve ser repleto de atrações para o torcedor do Grêmio.

O técnico Renato Portaluppi já confirmou que pretende utilizar uma equipe reserva, por conta da grande sequência de partidas do mês de fevereiro.

Com isso, vários reforços recém-contratados e atletas que retornaram de empréstimo devem ser titulares pela primeira vez em 2017.

Os laterais Léo Moura e Cortez, o volante Michel e os atacantes Beto da Silva e Jael têm boas chances de começarem o jogo, marcado para o estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Atletas que voltaram de empréstimo, como o zagueiro Bressan, o meia Maxi Rodríguez e o atacante Fernandinho, também devem começar no time titular. Quem eventualmente não iniciar, deve entrar no decorrer do segundo tempo.

Atacante Jael deve ganhar oportunidade contra o Flamengo, pela Primeira Liga. Foto: Lucas Uebel / Divulgação: Grêmio

Atacante Jael deve ganhar oportunidade contra o Flamengo, pela Primeira Liga. Foto: Lucas Uebel / Divulgação: Grêmio

O único reforço que já estreou com a camisa gremista é o lateral Leonardo Gomes, que iniciou a partida contra o Ypiranga, nesta quinta, pelo Gauchão, já que o titular Edílson ainda se recupera de uma cirurgia e deve voltar em breve.

Porém, a tendência é que a escalação que foi utilizada na vitória por 2 a 0 sobre o time de Erechim seja mantida para o jogo de domingo, contra o Caxias, também pelo Estadual.

“Vai depender dos jogadores, temos que dar tempo para readquirirem ritmo de jogo. Hoje estão todos exaustos. Vamos ver no dia a dia quem poderá jogar. Vamos recuperar esse time na sexta e no sábado. Se não mudar de ideia, a equipe será a mesma. Contra o Flamengo, já falei com o departamento de futebol. Não adianta botar a mesma equipe, será totalmente diferente. Poderemos ver os jogadores que chegaram, e dar ritmo a eles”, explicou o técnico Renato Portaluppi.

Com base nas palavras do treinador, uma estimativa de time para o duelo contra o Flamengo, em Brasília, teria: Bruno Grassi; Léo Moura (Edílson), Rafael Thyere, Bressan e Cortez; Michel e Kaio; Fernandinho, Maxi Rodríguez e Everton; Jael.

O time para este jogo, no entanto, só será confirmado a partir de segunda-feira.

 

Confira cinco motivos que fizeram o Inter contratar atacante Carlos, do Atlético-MG

02 de fevereiro de 2017 0

O Internacional está prestes a anunciar a contratação do atacante Carlos, 21 anos, do Atlético-MG.

O jogador está acertado e depende apenas da parte burocrática para ser oficializado.

Carlos será o sétimo reforço do Inter para 2017. Foto: Bruno Cantini / Divulgação / Atlético-MG

Carlos será o sétimo reforço do Inter para 2017. Foto: Bruno Cantini / Divulgação / Atlético-MG

Veja abaixo os cinco motivos que fizeram a direção colorada ir atrás deste atleta:

1) Carência de centroavantes

Carlos é um atacante de área, um goleador. Havia o entendimento que esta era uma carência do grupo, já que Ariel não aprovou e Brenner ainda é uma aposta. Ele chega para atuar como um camisa 9 legítimo.

2) Aumentar a velocidade do time

Não se trata de um centroavante trombador. Afinal, a estatura (1,72m) não é o ponto forte de Carlos. No entanto, um dos diferenciais do jogador é a velocidade. A ideia é ter um camisa 9 que alie oportunismo com rapidez.

3) Polivalência

Apesar de ser um centroavante, Carlos já atuou em alguns momentos pelo lado, em 2015, com Levir Culpi. Não foram os seus melhores momentos, mas, em caso de necessidade, pode também atuar na beirada.

4) Custo relativamente baixo

Carlos chega por empréstimo até dezembro de 2017, com opção de compra estipulada. Por isso, o custo será baixo. Trata-se de um jogador bem mais barato que foram Ariel e Rafael Moura, por exemplo.

5) Jovem com currículo

Apesar de ter apenas 21 anos, Carlos já tem um currículo importante. Está desde 2013 no Atlético-MG, fez gols e teve boas atuações na conquista da Copa do Brasil 2014 e já trabalhou com treinadores de peso, como Cuca, Levir Culpi e Marcelo Oliveira.