Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Inter"

Imprensa italiana noticia interesse do Napoli no zagueiro Léo Ortiz

27 de março de 2017 0
Leo Ortiz atrai o interesse do Napoli. Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / Inter

Leo Ortiz terá passaporte europeu em maio. Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / Inter

Titular em vários jogos do Internacional no início desta temporada, o zagueiro Léo Ortiz começa a atrair o interesse de grandes clubes europeus. De acordo com a imprensa italiana, o Napoli está monitorando o jogador e pretende em breve encaminhar uma proposta oficial pelo defensor de 21 anos.

Segundo o site italiano TuttoMercato, Léo Ortiz em maio já terá passaporte comunitário, podendo atuar nos principais mercados europeus sem ocupar vaga de estrangeiro. De acordo com a publicação, clubes da Inglaterra e da França também já manifestaram interesse no zagueiro.

Filho do craque do futsal Ortiz, o garoto é considerado uma promessa da base colorada. Recentemente, ele renovou contrato com o Inter até dezembro de 2019.

Nos primeiros jogos da temporada, Léo Ortiz foi uma das grandes surpresas do técnico Antônio Carlos Zago que o escalou como titular na grande maioria das partidas, desbancando os reforços recém-contratados Klaus e Neris, o antigo titular Ernando e o jovem Eduardo, que havia atuado como titular em alguns jogos em 2016.

Na vitória por 2 a 1 sobre o São José, no último domingo, no entanto, Zago preferiu montar  a zaga titular com Paulão e o argentino Victor Cuesta.

O Napoli conta hoje com cinzo zagueiros no elenco: o espanhol Raul Albiol, ex-Real Madrid, o senegalês Kalidou Koulibaly, o sérvio Nikola Maksimovic, o romeno Vlad Chiriches e o italiano Lorenzo Tonelli

Elogiados pelos técnicos, laterais homônimos da dupla Gre-Nal ficam de fora da lista do Gauchão

22 de março de 2017 1

Por coincidências do futebol, Grêmio e Internacional possuem um lateral-esquerdo promissor oriundo da base com o mesmo nome: Iago.

E as semelhanças não param por aí. Mesmo elogiados pelas suas qualidades, os dois acabaram ficando de fora da lista dos 32 atletas inscritos para o Gauchão 2017.

Iago gremista tem 21 anos e já atuou diversas vezes em 2016. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

Iago gremista tem 21 anos e já atuou diversas vezes em 2016. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

O Iago do Grêmio tem 21 anos e já atuou como titular em algumas partidas no ano passado, quando o titular Marcelo Oliveira estava lesionado e o reserva imediato Marcelo Hermes já havia sido afastado do grupo. Em 2017, o atleta jogou apenas uma partida, o empate por 1 a 1 com o Ceará, pela Primeira Liga.

Meia de origem, o jogador optou por virar lateral já na base gremista, em 2015, após um conselho do então técnico Roger, que via mais chances para o garoto prosperar naquela função, onde poderia aliar a sua força física com a velocidade no apoio.

“Iago, quer ser rico? Vai para a lateral que vai ganhar muito dinheiro”, disso o treinador na ocasião.

O contrato do atleta vai até dezembro de 2019.

No entanto, o técnico Renato Portaluppi preferiu incluir na lista do Gauchão apenas os laterais-esquerdos Marcelo Oliveira e Cortez, podendo improvisar o volante Michel em uma eventualidade.

Iago colorado tem 19 anos e contrato até dezembro de 2020. Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / Inter

Iago colorado tem 19 anos e contrato até dezembro de 2020. Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / Inter

Já o Iago colorado é um pouco mais novo, tem 19 anos, e era elogiado na base pelo cruzamento e pela boa chegada na área. Em 2017, atuou nas duas vitórias sobre o Sampaio Corrêa, pela Copa do Brasil, e na vitória diante do Criciúma, pela Primeira Liga.

Recentemente, o Internacional renovou o contrato do garoto até dezembro de 2020.

Elogiado pelo técnico Antônio Carlos Zago pelas suas atuações, Iago poderia ser uma alternativa para manter Uendel improvisado no meio-campo, já que Carlinhos, titular da lateral-esquerda, está lesionado. No entanto, o Internacional preferiu deixar a última vaga que ainda resta para inscrição de atletas no Gauchão reservada para uma nova contratação.

Enquanto isso, os Iagos da dupla Gre-Nal seguem treinando no grupo principal enquanto aguardam por novas oportunidades.

Inter prepara entrevista coletiva para explicar como estão as finanças do clube

21 de março de 2017 0
Presidente Marcelo Medeiros deve convocar imprensa em abril para falar de finanças. Foto: Bruno Alencastro / Agência RBS

Presidente Marcelo Medeiros deve convocar imprensa em abril para falar de finanças. Foto: Bruno Alencastro / Agência RBS

A direção do Internacional pretende apresentar em breve ao público um relato completo sobre como estão as finanças do clube.

A ideia do presidente Marcelo Medeiros e dos seus vice-presidentes é convocar a imprensa nas próximas semanas para explicar qual a real situação financeira no momento e também como estavam os cofres quando a atual gestão assumiu.

Nos próximos dias, a direção irá apresentar ao Conselho Deliberativo o novo orçamento para a temporada 2017.

Um plano orçamentário já foi aprovado em dezembro de 2016, prevendo gasto de R$ 171 milhões com futebol e receita de R$ 60 milhões com venda de jogadores.

No entanto, como na ocasião a atual gestão ainda não havia assumido, ficou combinado com os conselheiros que os números seriam revisados nos primeiros meses do ano.

Após a aprovação do orçamento, a direção pretende marcar em abril uma entrevista coletiva para explicar como está a situação dos cofres colorados e como eles estavam quando a atual direção assumiu.

De acordo com o vice-presidente do Inter, Alexandre Chaves Barcelos, a ideia do clube é tratar do assunto com “transparência”.

Zago indica sequência para D'Alessandro em nova função, mas prioridade é Uendel voltar ao meio

19 de março de 2017 0
No time ideal de Antônio Carlos Zago, Uendel deve atuar no meio-campo. Foto: Rodrigo Oliveira / Rádio Gaúcha

No time ideal de Antônio Carlos Zago, Uendel deve atuar no meio-campo. Foto: Rodrigo Oliveira / Rádio Gaúcha

O técnico Antônio Carlos Zago indicou, após a vitória sobre o São Paulo-RG, que o meia D’Alessandro deve ganhar mais oportunidades na nova função, atuando mais recuado na primeira linha de meio-campistas. No entanto, quando tiver todos os atletas à disposição, o treinador deixou bem claro que a prioridade é ter Uendel atuando naquele setor.

“Nós tínhamos encontrado o Uendel ali naquela posição, mas infelizmente o Carlinhos está lesionado e o Iago não está inscrito. Ai tivemos que colocar o Uendel na lateral-esquerda e isso abriu aquele espaço para olhar outros jogadores (para o meio)”, explicou Zago, esclarecendo que a ideia, quando Carlinhos estiver recuperado, é reconduzir Uendel para o meio-campo.

Enquanto isso não ocorre, D’Alessandro é o favorito para atuar por ali, à esquerda do volante Rodrigo Dourado, e bem mais longe da grande área adversária do que o argentino está acostumado.

“O D’Ale cumpriu muito aquela função (recuado) contra o Grêmio e também contra o São Paulo. Devagar nós vamos encontrando um jogador para aquela posição enquanto o Carlinhos não retorna”, completou o treinador.

Zago confirmou também que o esquema tático está definido. Apesar de ainda poder variar os atletas, o técnico vai manter pelo menos até o início da Série B o esquema 4-3-2-1, também conhecido como “árvore de natal”, pela forma geométrica semelhante a uma pirâmide.

“Esse vai ser o nosso esquema de jogar, até porque se encaixa direito nas características dos jogadores que temos. Nunca escondi que gosto de jogar com atletas velozes nas beiradas, mas o esquema vai ser esse até o final do Gauchão, já que encontramos uma forma de jogar”, finalizou.

O Inter tem a possibilidade de inscrever mais um jogador na lista do Estadual até o dia 31 de março. Esta vaga está sendo guardada para uma contratação. No entanto, o clube não descarta abrir mão deste reforço e inscrever o jovem lateral-esquerdo Iago. Tudo para ter Uendel de volta ao meio-campo. Uma conversa nesta semana entre treinador e direção vai definir qual será a posição tomada pelo clube.

Saiba por que o Inter não inscreveu o jovem Iago no Gauchão

14 de março de 2017 0
Mateus Bruxel/ Agência RBS

Mateus Bruxel/ Agência RBS

 

O jovem lateral do Inter Iago não pôde atuar na derrota para o Juventude, por 1 a 0, pois não está inscrito no Gauchão. A decisão de deixá-lo fora da relação foi uma opção da direção colorada. Como o clube só pode fazer mais uma alteração na lista de atletas, a ideia é guardar a vaga para uma eventual contratação.

Todas as equipes já enviaram a lista de 32 jogadores no início da competição, com a possibilidade de fazer até três alterações até o dia 31 de março.

O Inter já inscreveu o lateral William no lugar do lateral Artur (emprestado para Ponte Preta) e, até o final da semana, vai colocar o zagueiro Victor Cuesta na vaga do volante Fernando Bob ou na do atacante Aylon (emprestados para Ponte Preta e ao Goiás, respectivamente).

Com isso, o técnico Antônio Carlos Zago terá apenas 31 jogadores aptos para atuar — e sobrará ainda uma vaga para um novo atleta.

Esta lacuna deve ser preenchida por um nova contratação que ainda não foi anunciada. Se a Ponte Preta for eliminada na primeira fase do Paulistão (que termina no dia 29 de março), é possível, inclusive, que o atacante William Pottker, já acertado com o Inter, seja inscrito.

Caso o clube não consiga efetivar mais uma contratação antes do prazo para alterações na lista, não está descartado que o próprio Iago acabe entrando na relação e participando dos jogos seguintes do Gauchão.

Enquanto não tem Iago, Zago deve utilizar Uendel, ou então improvisar William na lateral-esquerda. As duas alternativas foram usadas contra o Juventude. Titular da função, Carlinhos está lesionado.

Mais um jovem cai nas graças de Zago e deve ganhar sequência no Inter

09 de março de 2017 1
Iago deve seguir atuando na lateral colorada. Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / Internacional

Iago deve seguir atuando na lateral colorada. Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / Internacional

O lateral-esquerdo Iago, 19 anos, tem tudo para ser o próximo jovem do elenco colorado a aparecer com mais frequência na equipe titular.

O jogador foi a grande surpresa na escalação na vitória por 4 a 1 sobre o Sampaio Corrêa, na quarta, pela Copa do Brasil. E o seu rendimento agradou bastante ao técnico Antônio Carlos Zago.

“Ele deu mostras de que o Inter está ganhando um novo jogador. É um jogador interessante e rápido”, definiu o treinador.

Como Carlinhos, o titular da função, está lesionado e vai parar por cerca de um mês, Iago deve ganhar uma sequência na equipe.

A outra alternativa seria reconduzir o lateral Uendel à sua função de origem.

No entanto, esta hipótese é improvável, já que a presença do ex-jogador do Corinthians no meio-campo é algo já consolidado no esquema de Antônio Carlos, e com bons resultados.

Desde que Uendel foi posicionado no meio, à esquerda de Rodrigo Dourado, na vitória por 4 a 1 sobre o Oeste, o rendimento do Internacional melhorou significativamente.

Esta estratégia foi repetida na vitória sobre o Brasil, no empate no Gre-Nal e também na vitória sobre o Sampaio Corrêa, jogos onde o desempenho colorado foi considerado muito satisfatório.

Assim o caminho está livre para Iago mostrar ainda mais das suas credenciais.

Confira a explicação do Inter sobre a má qualidade do gramado do Beira-Rio

03 de fevereiro de 2017 0
Gramado do Beira-Rio ainda apresenta irregularidades. Foto: Rodrigo Oliveira / Rádio Gaúcha

Gramado do Beira-Rio ainda apresenta irregularidades. Foto: Rodrigo Oliveira / Rádio Gaúcha

A péssima qualidade do gramado do Beira-Rio é algo que chama atenção desde a reapresentação do grupo colorado para a temporada 2017, em janeiro.

Apesar de uma relativa melhora, no jogo contra o Brasil, na última quarta, pela Primeira Liga, persistiam várias falhas e irregularidades na grama que preocuparam a comissão técnica no início do jogo.

Ainda antes da partida contra os pelotenses, um dirigente ouvido pela reportagem da Rádio Gaúcha revelou que uma das causas para o problema foi a demora no aumento da temperatura em Porto Alegre, em dezembro, o que dificultou o crescimento das sementes específicas para o calor, a chamada “grama de verão”.

Na reapresentação do grupo, dia 11 de janeiro, a má qualidade do gramado do Beira-Rio já chamava atenção. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

Na reapresentação do grupo, a má qualidade do gramado já chamava atenção. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

Nesta quinta, a pedido do Blog Gre-Nal, a direção do Inter enviou um esclarecimento oficial sobre o tema:

“Com o atraso da última rodada do Campeonato Brasileiro (pela tragédia da Chapecoense), algumas ações para manutenção e melhoria do gramado foram adiadas. Esse atraso acabou influenciando no tempo necessário para o crescimento e fortalecimento da grama plantada”, explicou o vice de patrimônio do clube, Léo Centeno, através da assessoria de imprensa.

A expectativa do Inter é que, ainda no mês de fevereiro, o gramado volte a ter a qualidade de antes.

‘No jogo contra o Brasil de Pelotas pela Primeira Liga, já se notou uma grande melhoria no gramado em comparação ao dia da reapresentação dos jogadores. Acreditamos que dentro de 15 ou 20 dias o gramado do Beira-Rio já esteja muito perto do padrão de excelência que sempre foi destaque”, completa Centeno.

Novo posicionamento de Paulão foi uma das novidades de Zago na vitória do Inter

02 de fevereiro de 2017 2
Paulão atuou pelo lado esquerdo contra o Brasil. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

Paulão atuou pelo lado esquerdo contra o Brasil. Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

As vaias da torcida não foram o único fato que chamou atenção na atuação do zagueiro Paulão, na vitória do Inter por 2 a 1, sobre o Brasil, nesta quarta, pela Primeira Liga.

Em uma rara situação desde que chegou ao Beira-Rio, o defensor foi posicionado pelo lado esquerdo da zaga.

Isso é uma novidade para o atleta. Desde 2014, quando desembarcou no clube, Paulão sempre atuou no lado direito da defesa, independentemente do seu parceiro. Foi assim também na maior parte da sua carreira.

No primeiro jogo do Inter em Porto Alegre, em 2017, no entanto, o técnico Antônio Carlos Zago resolver colocar o jogador, que é destro, no lado esquerdo.

Quem atuou no lado direito foi Klaus, que sempre atuou por ali no Juventude, sob o comando do próprio treinador.

Nos treinamentos, Zago costuma testar todos os zagueiros nos dois lados.

Em baixa com a torcida, Paulão foi muito vaiado pelos torcedores no anúncio da escalação e também nos primeiros minutos de partida.

Zagueiro do Nacional, Polenta revela: "Nico López queria me levar para o Inter"

01 de fevereiro de 2017 2
Foto: Alejandro Aparicio / Nacional

Foto: Alejandro Aparicio / Nacional

*Por Renata de Medeiros

Zagueiro sondado pelo Inter para reforçar o time nesta temporada, Diego Polenta revelou que Nico López pediu que ele viesse para o Inter. Os dois foram colegas no Nacional — equipe em que o atacante colorado atuava antes.

“Falei com ‘El Diente’ (apelido de Nico López) todos os dias e ele que queria me levar para onde está”, disse Polenta em entrevista ao programa de rádio Último al Arco de Sport 890, reproduzida pelo Ovación.

Na mesma entrevista, o zagueiro afirmou que ficará no Nacional, apesar de todas as especulações sobre uma possível saída. Ao seu empresário, Pablo Betancur, Polenta afirmou que pediu que permanecesse no clube uruguaio para disputar a Libertadores deste ano.

No início de janeiro, Betancur comparou Polenta a Hugo De León, zagueiro do Grêmio na conquista da Libertadores e do Mundial de 1983. Na ocasião, o empresário já projetava que o jogador permaneceria no Nacional:

“É possível que Diego (Polenta) siga no Nacional. Não há nenhuma oferta concreta do Inter. Eles têm uma carência de um líder e de um zagueiro como Hugo De León foi para o Grêmio há alguns anos. Um líder, um capitão”.

 

Assim como o Grêmio, Inter também precisa arrecadar R$ 60 mi com vendas em 2017

31 de janeiro de 2017 6
Presidente Marcelo Medeiros também terá que negociar atletas para evitar déficit. Foto: Fernando Gomes / Agência RBS

Presidente Marcelo Medeiros também terá que negociar atletas para evitar déficit. Foto: Fernando Gomes / Agência RBS

Após a venda do volante Walace para o Hamburgo, por 10 milhões de euros (R$ 33, 8 milhões), a direção do Grêmio abriu a possibilidade de negociar mais atletas.

Trata-se de uma necessidade, pois o orçamento do clube prevê arrecadar mais de R$ 60 milhões com venda de jogadores. O Internacional, que ainda não vendeu nenhum jogador, também tem uma necessidade bem parecida.

Os orçamentos de Grêmio e Internacional foram aprovados pelos Conselhos Deliberativos dos dois clubes em dezembro do ano passado.

Veja mais:
Grêmio estima arrecadar mais de R$ 60 milhões com vendas de jogadores em 2017
Orçamento do Inter para 2017 estima receita de R$ 60 mi em vendas de jogadores

O planejamento gremista estipula uma arrecadação de R$ 61,2 milhões com negociações de atletas.

Como o clube tinha apenas 60% dos direitos econômicos de Walace, apenas 6 milhões de euros (R$ 20,3 milhões) entraram nos cofres tricolores.

Conforme o previsto, as próximas negociações precisarão render cerca de R$ 40 milhões para que não haja déficit em 2017.

Já o orçamento do Internacional prevê uma receita bem parecida com venda de atletas. No caso colorado, a meta é arrecadar R$ 60,3 milhões com negociações.

A diferença é que, ao contrário do rival, o clube do Beira-Rio não vendeu ninguém até o momento.

O único que ainda pode ser negociado nesta terça (31), último dia da janela europeia, é o lateral William. No entanto, os valores especulados ainda são muito pequenos perto do objetivo estipulado para o ano.

O Inter tem uma outra peculiaridade em relação ao Grêmio. Como o orçamento foi encaminhado para o Conselho em dezembro, ainda na gestão Vitório Píffero, a nova direção pode fazer mudanças após tomarem ciência da situação financeira do clube.

O presidente Marcelo Medeiros e seu conselho de gestão ficaram de encaminhar até março um novo orçamento para os conselheiros. No entanto, não há nenhuma garantia de que o valor necessário para zerar o déficit vai baixar.

Isso significa que os dois grandes clubes de Porto Alegre precisarão arrecadar um valor significativo com venda de jogadores na janela do meia do ano para não terminarem o ano deficitários.