Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de agosto 2012

Cena lamentável

31 de agosto de 2012 0

Como faço todos os dias, saí da universidade por volta das 22h30 e me deparei com uma cena lastimável. Isso aconteceu na quinta-feira. Um jovem arriou as calças e colocou o traseiro para fora da janela de um Fiat Pálio, de cor azul, com placas de São José. Chamar atenção é uma coisa, atentado ao pudor, é outra. O que faz os jovens perderem a noção, desta forma, nos dias de hoje? Puro exibicionismo? Uso de álcool? Influência de filmes norte-americanos do tipo American Pie? Enfim, nada explica tamanha imbecilidade.

Coluna de 31 de agosto

31 de agosto de 2012 3

Antecipada

Está certo que nossos dias são, muitas vezes, nublados, sem graça. Na região Sul, de modo geral, o sol não dá as caras com tanta frequência como na região Nordeste do País, mas a primavera antecipada deste ano alterou a paisagem, para nosso deleite. As flores vieram mais cedo. Ruas enfeitadas pela natureza encantadora. Viva a primavera e toda a alegria que ela nos traz!

Perguntinha

Quantas pessoas já lhe abordaram e perguntaram, daquele jeito, como quem não quer nada: “Por acaso, você já tem candidato?”. A pergunta vem acompanhada de uma indicação. “Eu tenho um candidato que é…” Coisas do momento eleitoral. Mas que é chato, com certeza é.

Colunista 1

Desde que virei colunista de jornal diário, querem, de todo jeito, me arranjar pegadinhas. Tentam saber em quem irei votar, por exemplo. Ou tentam me arrancar opiniões sobre esse e aquele. Convite para almoço, então, nunca recebi tantos. Mas, como eu sempre digo, estou de dieta, muito obrigado.

Colunista 2

Aliás, neste primeiro mês na função de colunista do Sol Diário já ouvi algumas coisas desagradáveis como, por exemplo, “se não está satisfeito com esta cidade, mude-se daqui”, quando apontamos alguns problemas na tentativa de contribuir com a sociedade onde vivemos. Oras, eu nasci aqui. Amo esta região e, exatamente por isso, quero contribuir, desta forma, para a melhoria das nossas ruas, bairros, nos municípios da região. É nosso dever alertar, cobrar, sim, das autoridades competentes. Mudar daqui, jamais!

Motonave

Excelente a atitude dos organizadores do 8º Motonave, em Navegantes, de não permitir a entrada e circulação de motocicletas com o escapamento aberto ou adulterado, além de empinadas ou som automotivo no local do evento. Bom senso nunca é demais. O Motonave deve reunir mais de 60 mil pessoas, neste final de semana, na avenida Beira-Mar, próximo ao Molhe Norte, em Navegantes.

Fast-food 1

Esses dias, numa filial de uma poderosa rede de fast-food, a fila se estendia até a porta do estabelecimento, quando a gerente do local anunciou: “Acabou o hambúrguer!”. Alguém lá do final da fila disparou: “E vão vender o que, então?”. Realmente, não dá pra entender tamanho despreparo do estabelecimento.

Fast-food 2

Falando em fast-food, um projeto do Senador Eduardo Amorim, do PSC, de Sergipe, quer quer acabar com a venda de brinquedos em restaurantes e lanchonetes. Isso vai gerar muita reclamação no início, mas tem todo sentido. Quantas crianças esquecem o brinquedo ainda na bandeja do fast-food, logo após adquirirem?

Fast-food 3

Cria-se uma necessidade de obter o produto e essa necessidade acaba imediatamente após a compra. Nós, adultos, já somos bombardeados com esse marketing agressivo o tempo todo. Mas as crianças não deveriam ser. Ponto positivo para o projeto do senador. Agora, se vai passar, é outra questão. Até porque o lobby da indústria do fast-food, é muito grande.

“A sabedoria humana é resumida em duas palavras: ‘Espera’ e ‘esperança’”. Alexandre Dumas

Coluna de 30 de agosto

30 de agosto de 2012 0

Resposta 1

O Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura de Itajaí (SEMASA), respondeu à nota publicada, aqui, na segunda-feira, dia 27. A nota trazia uma foto que retratava a indignação de um morador da rua Alberto Werner pela demora do Semasa em reparar um serviço.

Resposta 2

De acordo com o Semasa, o serviço de deslocamento de hidrômetro foi executado pela equipe responsável pela parte hidráulica no dia 27 de julho.  Mas uma segunda equipe é responsável por reconstituir ou pavimentar o que eventualmente fica danificado na primeira intervenção. Segundo o Semasa, esse conserto pode levar até 20 dias para ser feito. O serviço foi realizado no último dia útil desse prazo, ainda na sexta-feira, dia 24 de agosto.

Resposta 3

O órgão municipal ainda disse que a espera por esse tipo de atendimento depende da demanda. Mas, convenhamos, o morador tinha razão de estar indignado. Mesmo sendo informado, mesmo dentro do prazo do Semasa, vinte dias é muito tempo para concluir uma operação como esta. De qualquer forma, agora está tudo em ordem na calçada do morador da rua Alberto Werner.

Poucas chances 1

No que depender do que foi feito até agora, o Brasil tem poucas chances de obter bons resultados em algumas modalidades, principalmente nos esportes individuais, nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. É o que pensa o professor Jairo Elisio de Melo, coordenador da área de esportes da UNIVALI. “Dinheiro tem. O que falta é um melhor gerenciamento dos recursos por parte do Comitê Olímpico Brasileiro (COB)”.

Poucas chances 2

“Precisamos de centros de excelência em várias modalidades espalhados pelo País”, diz Melo. Segundo ele, quatro anos é um período de tempo pequeno para conseguirmos bons resultados em alguns esportes. O professor também destaca que o Brasil peca na preparação psicológica e física dos atletas. Ou seja, nossa esperança vai se concentrar, mais uma vez, nos esportes coletivos.

Domésticas

A categoria dos empregados domésticos possui apenas nove, dos 34 direitos previstos aos assalariados em geral. Agora, uma Proposta de Emenda Constitucional deve garantir, pelo menos, outras 16 garantias. Nada mais justo.

Isadora

Nos dias de hoje, estudantes usam a Internet com deboche e humor, quando querem reclamar de algo relacionado às instituições. O fato de maior repercussão, na Internet, esta semana, chama atenção por envolver uma menina de 13 anos. Isadora Faber usou a rede para reclamar dos problemas apresentados em sua escola, em Florianópolis. Quase 30 mil curtidas no Facebook, em apenas um dia. Apesar da idade, trata dos assuntos com seriedade. Belo exemplo.

“O passado e o futuro não existem. Tudo é presente”. Gonzalo Torrente Ballester

Coluna de 29 de agosto

29 de agosto de 2012 0

Poluição visual 1

Sobrecarregados. É assim que estão os postes das nossas cidades. Duas empresas de telefonia fixa, TV a cabo, concessionária de energia elétrica. São muitos os serviços. São muitos cabos. Daqui a dez anos, como estarão esses postes? É preciso pensar nisso já.

Poluição Visual 2

E, por falar em poluição visual, as placas de candidatos são cada vez em maior número. O excesso enfeia as cidades. Alguns moradores permitem a instalação de verdadeiros outdoors na frente de casa. Espero que façam isso de forma consciente, por convicção, sem aceitar  dinheiro em troca.

Revisão

Tenho a impressão que as concessionárias de veículos, atualmente, ganham mais dinheiro com as revisões do que com a venda dos automóveis. Fazer uma revisão, hoje em dia, está pela hora da morte. Absurdo! E por que cobrar pela mão de obra, se o veículo está na garantia? Contrasenso.

Comícios

Ouvi falar que os candidatos a prefeito, em Camboriú, devem realizar mais de 30 comícios durante a campanha. Haja fôlego. Haja cabo eleitoral. Haja interdição de ruas. Haja paciência por parte do eleitor comum, aquele que ainda se veste normalmente, sem adicionar cores de coligação ao vestuário.

Cotas nacionais 1

A partir de domingo, entra em vigor a Lei 12.485, que determina cotas nacionais dentro da programação dos canais de TV por assinatura. Matéria publicada no Sol Diário de 27 de agosto trouxe detalhes dessa lei. Acostumados que estavam com os enlatados norte-americanos, agora os telespectadores passam a contar com programas produzidos aqui.

Cotas nacionais 2

A partir de agora, canais de seriados, documentários, animações e programas de variedades são obrigados a destinar 1h10 semanais para programas nacionais, até 12 de setembro. A partir do dia 13 de setembro, são 2h20 semanais com programação totalmente nacional. Bom para o mercado que já observa aquecimento no setor audiovisual do País.

Cotas nacionais 3

Independentemente de programação nacional ou internacional, uma coisa parece proposital. Aos finais de semana, a programação da TV por assinatura deixa a desejar. Os melhores programas são exibidos, geralmente, durante a semana, quando nem sempre se pode assistir.

“O inferno são os outros”. Jean-Paul Sartre

Coluna de 28 de agosto

29 de agosto de 2012 0

Cada um por si 1

Quer sair de Itajaí pela Contorno Sul e entrar no trecho sul da BR-101, por volta das 8h? Então tenha paciência redobrada. Quer entrar em Itajaí, vindo de Brusque, no mesmo horário? Mais paciência ainda. Desorganização total. Um perigo. Risco iminente de acidentes no local.

Cada um por si 2

O mesmo acontece no viaduto da BR-101, no trevo que vai para Blumenau. Creio que esses dois viadutos foram mal planejados. Mas, já que isso ocorreu, qual a saída? Semáforo? Alguma coisa precisa ser feita urgentemente.

Verão

Pode não ter nenhuma relação, mas já tem gente preocupada com o próximo verão. Dizem que se, agora, em pleno inverno, tivemos temperaturas tão altas, imagina como será o verão. Pelo menos para o turismo local seria excelente.
Filas virtuais

As filas do INSS melhoraram muito, mas agora elas são virtuais. Liga-se para um número 0800 e espera-se para ser atendido. O problema é que, geralmente, essa espera é muito grande. Quando é para fazer a perícia, a espera pode durar meses. Neste caso, o trabalhador afastado sustenta a família de que forma?

Caminhadas 1

Alguns candidatos são adeptos das tradicionais caminhadas. Equipe de assessores vai atrás. É dever dos assessores impedir que o candidato apareça com mancha de suor na camisa, que pareça bem disposto junto ao eleitorado, que durma bem no dia anterior para evitar cara de sono. Para tudo dar certo, o candidato, muitas vezes, troca de camisa várias vezes, conforme a temperatura exigir. Afinal, ele vai cumprimentar os possíveis eleitores.

Caminhadas 2

Vai ouvir pedidos, vai sorrir muito, vai pegar criancinha no colo, tomar café na casa do morador mais humilde. Ufa, vida de candidato não é fácil! Uma parte dos assessores abre caminho e impede que o candidato se depare com aquele desafeto mais ferrenho. Estratégias não faltam para garantir uma ótima caminhada ao candidato.

Redução do IPI 1

Automóveis vendidos no Brasil custam, em média, o dobro dos mesmos automóveis fabricados lá fora e ainda querem nos conquistar com redução de IPI? É pouco, perto do descompasso.

Redução do IPI 2

Sem falar no que essa redução provoca. Estímulo ao consumo que gera aumento no índice de endividamento da população, ampliação da poluição urbana, aumento da frota e mais congestionamento nas ruas. O estímulo à economia custa caro.

“Palavras são apenas sombras vagas do muito que queremos dizer”. Theodore Dreiser

Resposta do Semasa

27 de agosto de 2012 0

O Serviço Municipal de Água, Saneamento e Infraestrutura de Itajaí (SEMASA) respondeu à nota publicada na coluna, na segunda-feira, dia 27. A nota trazia uma foto que retratava a indignação de um morador da rua Alberto Werner pela demora do Semasa em reparar um serviço. De acordo com o Semasa, o serviço de deslocamento de hidrômetro foi executado pela equipe responsável pela parte hidráulica no dia 27 de julho.  Mas uma segunda equipe é responsável por reconstituir ou pavimentar o que eventualmente fica danificado na primeira intervenção. Segundo o Semasa, esse conserto pode levar até 20 dias para ser feito. O serviço foi realizado no último dia útil desse prazo, ainda na sexta-feira, dia 24 de agosto. De acordo com o Semasa, o tempo de espera por esse tipo de atendimento depende da demanda. Mas, convenhamos, o morador tinha razão de estar indignado. Mesmo sendo informado, mesmo dentro do prazo do Semasa, vinte dias é muito tempo para concluir uma operação como esta. De qualquer forma, agora está tudo em ordem na calçada do morador da rua Alberto Werner.

Obstáculo

27 de agosto de 2012 0

A foto em destaque é da calçada da avenida Abraão João Francisco, a Contorno Sul. Obstáculos como este são comuns nas calçadas da região. Quando não se tem ciclovia, o ciclista acaba usando a calçada. A mesma que deveria ser utilizada apenas só por pedestres. De qualquer forma, ambos se deparam com esse tipo de obstáculo.

Coluna de 27 de agosto

27 de agosto de 2012 0

Indignação

A foto em destaque na coluna impressa de hoje é da estudante Iara Cunha. Ela registrou o fato porque, primeiramente, achou engraçado. Depois, percebeu que, se um morador chega ao ponto de fazer isso, é porque realmente estava muito indignado com o Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura de Itajaí (SEMASA). Segundo Iara, essa foto foi feita na altura do número 148 da rua Alberto Werner, próximo da esquina com a rua Heitor Liberato.

Marginal Oeste

A Marginal Oeste, em Balneário Camboriú, é um caso sério em alguns momentos do dia. Em horários de pico, fazer um simples contorno para ir em direção ao Centro exige paciência redobrada e muita atenção, por parte do motorista.

Arrombamento 1

Cofre da agência do banco do Brasil de Penha foi arrombado na madrugada de sexta-feira. Esse tipo de ação foge do padrão atual, de arrombar caixa eletrônico. Desta vez, ação bem mais ousada. Ataques às agências bancárias se tornaram comuns, principalmente em cidades pequenas.

Arrombamento 2

Geralmente os vizinhos ouvem o alarme do banco. Mesmo assim, ninguém é louco de colocar o rosto na janela para ver o que houve. Muito perigoso. Para isso existem as câmeras de segurança. E a população está certa. Banco tem seguro. Se arriscar, pra quê?

Ouro

Estados Unidos lideram as reservas de ouro do mundo. Em segundo lugar, vem a Alemanha, com reservas bem menores que as norte americanas. Em terceiro lugar não está um país, mas uma instituição, o Fundo Monetário Internacional. O Brasil só aparece em 51º lugar.

Orla de Bombinhas 1

A Sociedade Civil Organizada do município de Bombinhas deu início às discussões e oficinas a respeito do Projeto Orla. Nas reuniões dos dias 20 e 21 deste mês, foram definidas as áreas que serão contempladas. Esta semana, os grupos farão visitas aos locais definidos.

Orla de Bombinhas 2

Participam da discussão representantes dos conselhos municipais de Educação, Saúde, Meio Ambiente, da Fundação Municipal do Meio Ambiente, Agenda 21, Associação dos Maricultores e dos Pescadores, arquitetos, além de representantes da Superintendência do Patrimônio da União/SC e Secretaria de Estado do Planejamento.

Orla de Bombinhas 3

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Antônio Brizoni da Silva, a intenção é que o projeto da Orla de Bombinhas seja concretizado em, no máximo, dois anos.

“Se você tiver cabeça e coração, mostre apenas um de cada vez”. Friedrich Hölderlin

Indignação

25 de agosto de 2012 0

Foto: Iara Cunha

A Iara Cunha mandou esta foto para a coluna e para o blog.  Ela fez esse registro na rua Alberto Werner, próximo da esquina com a rua Heitor Liberato. Certamente, o morador estava bastante indignado com o serviço prestado pelo Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura de Itajaí.

Coluna de 25 de agosto

25 de agosto de 2012 0

Imagina se não fosse

A foto estampada na coluna de hoje é de um terreno baldio na avenida Abraão João Francisco, a Contorno Sul. A placa informa, mas a falta de consciência popular é maior. Não dá para ver em detalhes, mas tem até televisor, teclado de computador. Fico imaginando o que mais teria se não fosse proibido jogar lixo ali.

Propaganda 1

A impressão que eu tenho é que automóveis como o meu, neste período eleitoral, são como peixe fora d’água. O fato de não ter qualquer tipo de propaganda político partidária distingue meu automóvel, e o de várias pessoas, dos demais. De qualquer forma, somos minoria nesta época. Grande parte da frota itajaiense e regional apresenta todo tipo de propaganda política estampada nos vidros e na lataria.

Propaganda 2

Quem lucra com isso são as empresas especializadas em adesivar os automóveis. A moda agora é o perfurate. Nunca se viu tantos carros com isso. Fico imaginando o montante investido, por cada candidato, para adesivar tantos carros.

Clichê

Candidatos, por favor, vamos fugir dos clichês. Nada de pegar bebê no colo desta vez, ok? Vamos combinar?

Na TV

O início da propaganda eleitoral, na TV, não apresentou grandes novidades por aqui. Apresentação dos candidatos, imagens bonitas da cidade e compromisso em fazer uma campanha limpa. Daqui pra frente, tudo pode mudar.

Rodovia

O leitor Roberto Buerger, de Penha, entrou em contato com o Sol Diário para reclamar da falta de iluminação e de segurança na rodovia que liga a BR-101 ao Parque Beto Carrero. Rodovia essa que foi construída especialmente para atender ao parque. Ele tem toda razão. Há muito tempo, a situação é a mesma. A falta de iluminação no local, é algo que precisa ser resolvido o quanto antes.

Maus-tratos

Um dos grandes destaques da semana na região foi, sem dúvida, a questão dos maus-tratos aos animais. E, desta vez, os cavalos foram as principais vítimas. Há muito tempo, vemos esses animais sendo escravizados dia e noite nas ruas da cidade. O dono do cavalo usa o animal em carroças durante o dia inteiro e, à noite, “aluga” o coitado para trabalhar para outra pessoa. O ser humano é capaz de cometer esse tipo de maldade por uns trocados.

“Uma vaga noção de tudo, é um conhecimento de nada”. Charles Dickens